Edição comemorativa celebra aniversário de 75 anos da marca e chegará para toda a linha de carros.

A marca estadunidense Jeep, que está atualmente produzindo o Renegade no Brasil, fez história no mundo automobilístico e está comemorando nos Estados Unidos da América 75 anos. Com isso, a marca irá realizar o lançamento de uma nova série especial para toda a linha – Cherokee, Compass, Grand Cherokee, Wrangler, Wrangler Unlimited e também o Renegade. O nome será 1941 – Seventy Five Years, que traduzido para o português seria: Setenta e Cinco Anos.

A versão tem grande destaque pelos tons de verde da carroceria (Jungle, Recon ou Sarge), que varia de acordo com o modelo, fazendo referência ao clássico verde-oliva do original jipe Willys MA, além de diversos outros detalhes no acabamento, por exemplo, bancos de couro que possuem o símbolo da série bordado com tecido especial ou em relevo e também as rodas em bronze acetinado.

O lançamento irá ser no Salão de Detroit, que irá ser aberto ao público na segunda-feira, dia 11 de janeiro de 2016, ficando em funcionamento até o dia 24 do mesmo mês. As vendas serão iniciadas durante todo o primeiro trimestre, porém, somente no país norte-americano, portanto, ainda não há previsão para o modelo chegar ao mercado brasileiro.

A Jeep foi inaugurada no mês de julho do ano de 1940, quando o exército americano anunciou aos fabricantes automotivos do país que a corporação necessitava de um carro de leve reconhecimento, para que pudessem substituir os veículos derivados do Ford T e também suas motocicletas. O exército do país convidou um total de 135 montadoras para que as mesmas se candidatassem ao projeto, após ter passado longa lista de especificações a serem seguidas. Entre estas, pedia-se uma carroceria com uma capacidade para transportar 272kg e que possuísse um formato retangular, além de contar com uma distância de até 1,90 m de distância entre-eixos, tração em todas as rodas e com caixa de transferência de duas velocidades, um motor com leve funcionamento que atingisse entre 5 e 80 quilômetros horários, peso bruto total de no máximo 590kg, além de três bancos individuais. As marcas que prontamente assumiram o desafio foram a American Bantam Car Manufacturing Company e a Willys-Overland, sendo logo seguidas pela Ford.

Posteriormente a guerra, a Willys-Overland passou a se chamar Jeep, que acabou modificando o veículo militar em um utilitário off-road.

FILIPE RIBEIRO DA SILVA


Para comemorar os doze meses em que a FIAT se encontra como líder no mercado nacional, a empresa italiana lançou no final de 2013 o Fiat Mille Grazie.

De forma prática, o veículo consiste no típico carro de colecionadores apaixonados pelo Fiat Mille. A empresa indica que vai colocar no mercado duas mil unidades, cada uma numerada de forma oficial e autenticada.

A Fiat indica que os engenheiros trabalharam para aumentar o nível de requinte e ao mesmo tempo proporcionar conforto a quem usa o veículo. Em termos práticos, como novidades existem conteúdos inéditos que surpreendem até mesmo a quem já está acostumado com a produção da marca italiana.

O tom verde Saquarema foi feito de modo especial à série. A empresa fala que também existem detalhes na parte interna e externa que se relacionam com o alto nível de exclusividade.

Ao entrar no veículo é notório o nível de personalização dos bancos com bordados exclusivos. No painel de instrumentos também há novidades, de forma principal por conta da nova grafia composta no quadro de instrumentos.

A caixa de ar tem novas cores e as pedaleiras trazem requinte com poder em imagem esportiva. Na soleira das portas se encontra o logo, que remete à Série Especial da Fiat.

No apoio da cabeça do banco traseiro existe tecido de alta qualidade para aumentar o conforto aos motoristas e passageiros. Tanto no forro como nos revestimentos presentes nas colunas internas há cor preta.

Um dos pontos positivos é que a edição conta com adicionais de série, como no caso do ar condicionado, por exemplo, o que representa verdadeiro alento a quem dirige no clima quente e tropical do país. Retrovisor externo com comando interno, desembaçador do vidro traseiro, além de travas e vidros elétricos, são conjuntos que fazem parte do Fiat Mille Grazie.

Por Renato Duarte Plantier


A Fiat lançou uma série especial da picape Strada Mangalarga Marchador nos modelos Trekking de Cabine Estendida (CE) e Adventure de Cabine Dupla (CD). Essa série especial neste ano é para comemorar os 13 anos de liderança da picape. 

É uma série especial e vem com roda exclusiva e com adesivos da logomarca no para-lama da parte de trás, nos sobre tapetes, nas portas e nos bancos dianteiros, ainda vem com airbag duplo, freios ABS, direção hidráulica, travas e vidros elétricos, pneus de uso misto, suspensão elevada e suspenção traseira com o eixo Omega, volante de couro com o comando de rádio e os retrovisores são elétricos. 

O Strada Mangalarga Marchador Adventure vem o motor de 1.8 16V com 130/132 cv de potencia e o toque de 18,4/18,9 kgfm, vem com o sistema Loker, capota marítima e teto solar. 

O Strada Mangalarga Marchador Trekking vem com o motor 1.6 16V CE com 115/117 cv de potencia e o toque de 16,2/16,8 kgfm, vem com janelas corrediças e ar condicionado. 

O Strada Trekking custa na faixa de R$ 46.550 e o Strada Adventure 1.8 16V CD custa na faixa de R$ 59.440.

Por Mariana Rodrigues


A Renault acaba de lançar uma série especial do Sandero, a versão Step- way Rip Curl. O modelo básico conta com direção hidráulica, computador de bordo, ar-condicionado, vidros elétricos (apenas na dianteira), rodas de liga leve aro 16 e travas elétricas, e som com entradas auxiliar e USB e viva-voz Bluetooth.

Mas para aqueles motoristas encantados pelos detalhes, que fazem toda a diferença na hora da compra, seguem todos os acessórios da versão completa, que contará com capas dos retrovisores externos, maçanetas, barras longitudinais de teto com uma pintura que se assemelha a inox, e na cabine ainda há diversos detalhes na cor vermelha, que dão um ótimo contraste.

A suspensão continua alta que dá a sensação de robustez, e a direção é pesada nas manobras. O motor é potente com 1.6 16V flex de 112/107 cavalos. A desvantagem é que o carro consome muito combustível.

Outro fator negativo é que como este seria um veículo voltado para surfistas, o tecido dos bancos deveria ser de neoprene, material impermeável, mas por enquanto é apenas um tecido comum.

A fabricante já afirmou que a edição será limitada, com 4 300 unidades, produzidas até outubro.

Por Camila Caetano


A italiana Fiat está posicionada como uma das montadoras de maior aceitação em todo o mundo. No Brasil, os modelos por ela fabricados lideram as vendas, segundo informações mais recentes divulgadas pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave).

O novo Uno, um bom chamariz para quem deseja ter um carro econômico de design inteligente, não é o único da Fiat a apresentar novidades em relação à linha 2012. O Idea, por exemplo, acaba de estacionar na rede de concessionárias com duas inovações: um kit batizado de High Safety Drive (HSD), com freios ABS e air bag duplo como item de série a todas as versões Sporting e Essence, e a Série Especial Itália para os exemplares Essence e Essence Dualogic (serão apenas 580 unidades produzidas).

A última novidade acima é uma espécie de comemoração sobre um acordo realizado entre Brasil e Itália no intuito de aumentar a relação bilateral nos campos comerciais, culturais e sociais. A versão especial italiana do Idea traz como diferencial rodas de liga leve aro 16, lanternas traseiras e faróis com máscara negra, adesivos exclusivos e outros componentes que incrementam o visual do modelo.

De acordo com a Fiat, para as versões Sporting e Essence existe a possibilidade de colocar volante em couro.

Por Luiz Felipe T. Erdei





CONTINUE NAVEGANDO: