O ano de 2014 tem sido considerado de queda para a venda de automóveis em todo o Brasil. Sabe-se que para as montadoras não está sendo nada fácil superar as metas de vendas em relação ao ano de 2013. Especialistas afirmam que fatores ligados à instabilidade financeira, à consciência do consumidor em não comprometer a renda total da família e à alta da inflação no país têm afastado os clientes das lojas.

Conforme dados da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (FENABRAVE), no 1º semestre de 2014, o mercado de automóveis no Brasil apresentou queda em cerca de 17,12% das vendas realizadas em relação ao semestre do ano passado, exceto no primeiro mês do ano em que se registrou um maior número de vendas, com cerca de 227,8 mil unidades vendidas. Porém, três meses após, o cenário mudou e houve uma queda em média de 25% nas vendas.

Ainda segundo os especialistas, os veículos que mais venderam no ano até o momento foram: o Volkswagen Gol, campeão de vendas, com modelos e opcionais entre 1.0 e 1.6, com preços variando entre R$ 32.490 e R$ 51.270; o Fiat Palio, sendo segundo modelo mais vendido no país, com motores de 1.0 e 1.6 e preços variando entre R$ 34.060 e R$ 43.680; o Fiat Strada, também um dos líderes de vendas com preços variando entre R$ 36.590 e R$ 59.360; o Chevrolet Onix, sendo o mais vendido da Chevrolet, na época do lançamento, com motores 1.0 e 1.4, e preços variando entre R$ 34.500 e R$ 48.850,00; e o Ford New Fiesta com motores 1.5 e 1.6 com preços das versões entre R$ 42.990,00 e R$ 59.990,00.

Nota-se, portanto, que mesmo com a baixa nas vendas, especialistas no setor afirmam que vale a pena pesquisar, considerando a chegada do final de ano e o giro que se faz na economia do país com a injeção do 13º salário, o período será um dos mais propícios para aqueles consumidores que sonham em adquirir um carro modelo 2014, obtendo bons descontos como IPI e taxa zero, além de brindes de série do modelo. Com a chegada, dos modelos 2015, as montadoras estão realizando diversos feirões com objetivo de zerar os estoques e fechar o ano com uma média melhor.

Por Valter Falinácio

Volkswagen Gol

Fiat Palio

Fiat Strada

Fotos: Divulgação


Depois de apresentar a configuração hatchback da nova geração do Ford Ka, a fabricante estadunidense lançou no Brasil a versão sedan, o Ka+. Inaugurando uma versão de carroceria inédita para o Ka, o sedan compacto completa a linha global da Ford no mercado brasileiro que foi totalmente renovada nos últimos anos. O Ka hatch chega às concessionárias da Ford em meados de setembro, enquanto que a configuração sedan (Ka+) estará disponível nas lojas da marca em um momento posterior.

Visualmente, a configuração sedan conta com o mesmo desenho do Ka hatch, seguindo as características atuais de design dos últimos lançamentos da Ford, com destaque para a ampla grade frontal com formato trapezoidal e o desenho dos faróis dianteiros. Contudo, o modelo sedan traz grade filetada, enquanto que o hatch possui grade com disposição do tipo colmeia. Outro ponto de diferenciação entre os modelos é o acabamento interior do farol, já que na versão hatch possui máscara negra e no Ka+ nota-se o interior cromado.

Com o prolongamento do porta-malas, o Ka+ tem capacidade de comportar 445 litros de bagagem, com direto a braços pantográficos.

Enquanto o Ka hatchback terá como principal rival o Hyundai HB20, o Ka+ terá que concorrer de frente com a nova geração do Renault Logan entre os sedans compactos com boa capacidade de carga, bons equipamentos e preço relativamente mais baixo.

Para tanto, o novo Ford Ka+ deixa de lado o acabamento em aço escovado, mais voltado para o público mais jovem, e adota os apliques em Black Piano e revestimento dos bancos com tecido exclusivo, tudo para atrair os consumidores do segmento.

Disponível nas versões de acabamento SE, SE Plus e SEL, as mesmas oferecidas na configuração hatchback, o novo Ford Ka+ terá ainda duas opção de motorização. A primeira opção é o carro trazer o novo motor três cilindros aspirado 1.0 Fox TiVCT 12V Flex, com sistema Easy Start que dispensa o uso de tanquinho, capaz de entregar até 85 cv e torque de 10,7 kgfm quando abastecido com etanol. A segunda opção é o bloco 1.5 Sigma Flex que rende até 111 cv e torque de 14,9 kgfm com etanol, o mesmo propulsor utilizado no New Fiesta. Independente do motor, o Ka+ sempre vem com câmbio manual de cinco velocidades.

Abaixo, versões e preços do novo Ford Ka+:

– SE 1.0 – R$ 37.890;

– SE Plus 1.0 – R$ 39.890;

– SEL 1.0 – R$ 42.490;

– SE 1.5 – R$ 42.890;

– SE Plus 1.5 – R$ 44.890;

– SEL 1.5 – R$ 47.490.

Por Caio Polo

Ford Ka+

Foto: Divulgação


É cada vez mais comum nos dias de hoje a compra de carros. Algumas pessoas possuem mais de um na garagem e quem o tem economiza tempo no decorrer do dia. Todavia, para financiar um é necessário ter uma boa renda fixa para arcar com os pagamentos das parcelas. Desta forma, vamos abordar neste artigo algumas características essenciais para aqueles que pretendem financiar um carro.

Alguns bancos oferecem simulação de financiamento das faixas de preço junto às respectivas montadoras. Isso se dá, uma vez que as linhas de crédito dos bancos associados costumam ser mais baratas. Em alguns casos a prestação pode corresponder a 30% da renda do comprador, o que é considerado o percentual máximo estipulado por lei.

A pesquisa revela informações de carros com valores entre R$ 20 mil e R$ 100 mil, com 36 meses para pagar. O primeiro exemplo foi dado pelo Fiat Palio Fire, cujo valor é de R$ 23.990 e para adquiri-lo é necessário dar 20% ou 30% de entrada. No primeiro caso a parcela sai por R$ 787,16 enquanto no segundo R$ 687,00. Se o veículo estiver na faixa de R$ 30 mil, como é o caso do Volkswagen Novo Gol, que está saindo por R$ 31.440,00 as parcelas aumentam um pouco. O cliente poderá dar 20% ou 30% de entrada, como no caso anterior. Com 20% a parcela encontra-se a partir de R$ 940,19, e com 30%, o valor fica por R$ 913,75.

Entretanto, se o cliente pretende adquirir um veículo mais luxuoso, com preços mais caros, com valores que variam entre R$ 80 mil e R$ 100 mil, como o caso do Toyota Corolla, Peugeot 3008 Allure e Ford Fusion 2.5 com teto solar, os valores das parcelas poderão variar entre R$ 2.490,48 e R$ 2.901,78, para aquelas pessoas que deram entrada de 20% e entre R$ 2.184,13 e R$ 2.563,93 para quem entrou no financiamento e deu 30% de entrada.

Por Luciana Viturino

Fiat Palio Fire

Foto: Divulgação


O sedã Linea vai ganhar algumas novidades interessantes para os fãs da marca e do modelo. A nova versão vai receber facelift, reforço no conteúdo e corte oficial nos preços. A Fiat quer fazer essa reestilização do Linea para atender as demandas dos compradores, que aguardam novas informações do veículo.

O Linea oferece agora duas versões de conteúdo, ambas com o motor E-torq de 1,8 litro, bicombustível. A versão Essence manual vai custar R$ 55.850 e vem ar-condicionado, direção hidráulica, piloto automático, vidros elétricos dianteiros/traseiros com one touch e sistema antiesmagamento, travas elétricas, retrovisores externos elétricos, acionamento rápido das setas, sinalização de frenagem de emergência, volante revestido em couro com regulagem de altura/profundidade e comandos para o áudio.

Além disso, ainda faróis de neblina, regulagem elétrica dos faróis, airbags frontais, freios com ABS (antitravamento), computador de bordo, apoia-braço central traseiro, banco traseiro bipartido, desembaçador do vidro traseiro, chave canivete com telecomando, porta-óculos, rádio CD com MP3 integrado ao painel e entrada USB, rodas de liga leve aro 15, ponteira de escapamento cromada e parafusos antifurto para as rodas como componentes de série.

Para o consumidor que quer acrescentar mais alguns itens, a versão Absolute Dualogic vai custar R$ 66.450 e dará as opções de ar-condicionado automático digital, troca sequencial de marchas por borboleta atrás do volante, Blue&Me, volante com comandos do rádio e telefone com oito botões, sensor de estacionamento traseiro com visualizador gráfico, bancos revestidos parcialmente de couro, parassol no vidro traseiro, rodas de liga leve de 17 polegadas e tapetes bordados.

A Fiat fez essas mudanças e abaixou o preço do novo Linea para conseguir aumentar as vendas do modelo em 30%. Seria, em números exatos, 9.750 emplacamentos em um ano.

O carro não traz nenhuma emoção, as mudanças foram pontuais para tentar angariar o consumidor, mas no quesito custo/benefício o novo Linea consegue atender muito bem as demandas do mercado. 

Por Carolina Miranda

Foto: divulgação


Mais uma novidade vai estar disponível em pouco tempo no mercado automotivo europeu, pois a Opel informou que irá lançar no mês de janeiro uma versão bicombustível do Corsa.

Este novo veículo, chamado de Corsa FlexFuel, poderá ser abastecido com gás liquefeito de petróleo ou com gasolina em um motor 1.2 litros capaz de fazer até 85 cavalos de potência e uma independência de até 1.200 quilômetros utilizando os dois combustíveis possíveis.

Para quem deseja comprar uma unidade do Corsa FlexFuel ele será vendido em Portugal com preços iniciais de 15.950 euros que equivalem a aproximadamente R$43.000,00.

Por Ana Camila Neves Morais


O Reino Unido recebeu nos últimos dias a picape L200 Trojan, nova versão do veículo tradicional da Mitsubishi. O automóvel possui cabine dupla e conta com vários itens de série para os proprietários.

Entre os recursos que já vêm de fábrica, a Mitsubishi ressalta que a L200 Trojan tem rodas de liga leve com aro de 16 polegadas, CD player com MP3, bloqueio do diferencial de trás, ar condicionado, tração Super Select 4WD, vidros elétricos, retrovisores cromados com aquecimento e rebatíveis, entre outras ferramentas.

Na carroceria, o motorista pode optar por comprar a L200 Trojan nas cores Cosmos Black ou Aztec Red. Já a motorização vem com um 2.5 turbodiesel que pode ser escolhido em duas versões diferentes. Uma delas possui 136 cavalos de potência e torque de até 32 kgfm. Já a segunda opção de motor possui potência maior, de 175 cv, e torque máximo de 40,7 kgfm.

A princípio, o veículo está sendo vendido no Reino Unido pelo preço de 17.999 libras e pode chegar a 19.324 libras, o que representa entre R$ 56.500,00 e R$ 60.615,00. Ainda não há informações sobre uma possível venda da L200 Trojan no Brasil.

Por Matheus Camargo


Entre 15.375 libras esterlinas e 19.785 libras esterlinas. Este é o preço da Cruze Station Wagon no Reino Unido. O carro, fabricado pela Chevrolet na Coreia do Sul, tem três tipos diferentes de motor e cinco modelos de opção para os usuários.

Em reais, o valor é equivalente a R$ 49.889 e R$ 64.198. Por este preço, os ingleses poderão comprar o veículo, que tem as versões 1.6 LS, 1.7 VCDi LTZ NAV, 1.7 VCDi LT, 1.8 LT Auto e 1.6 LT. O 1.6 LS é o modelo de entrada e traz alguns itens de série, como ar condicionado, vidros dianteiros elétricos, retrovisores com ajuste elétrico, rack de teto, controle de tração e estabilidade, ganchos para amarrar a carga no porta-malas, etc.

Mais luxuosas, as versões LT possuem alavanca do câmbio e o volante fabricados em couro, faróis de neblina, sensor de estacionamento traseiro, vidros elétricos na traseira, piloto automático e rodas de liga leve com 16 polegadas. A Cruze Station Wagon top de linha, a 1.7 VCDi LTZ NAV ainda oferece uma tela de LCD de sete polegadas no painel, câmara de ré, Bluetooth, rodas de 17 polegadas e ar condicionado automático.

Por Matheus Camargo


Na última semana, no dia 08 de junho de 2012, o mercado automobilístico conheceu as inovações e mudanças da versão 2013 do Fiat Bravo. O novo modelo deste carro foi apresentado em Araxá (MG).

Entre os aprimoramentos a montadora inovou no câmbio automático – chamado de Dualogic Plus – e na nova versão Sporting desta linha de veículos. Estas novidades surgem na tentativa de aumentar as vendas deste modelo entre os hatches médios e aumentar a sua participação nessa categoria que hoje é de 9%. Na reestruturação feita no Fiat Bravo foi eliminada a versão Absolute com câmbio manual.

A versão Sporting está com teto solar Skydome, rodas aerodinâmicas frontais e lateriais, ar condicionado, faixas decorativas, direção com assistência elétrica, suspensão rebaixada em 25 milímetros, entre outros.

Deste modo, o Bravo 2013 é tido como o representante do novo câmbio Dualogic Plus que será estendido aos demais modelos da montadora italiana. Uma das tecnologias incorporadas neste câmbio é o creeping que deixa mais dócil o comportamento do carro nas manobras efetuadas. Assim, ao liberar o pé do freio o carro avança de forma automática para frente ou para trás sem que o motorista acione o mesmo. Além disso, o novo câmbio do Fiat Bravo possui o recurso Parabolic Gear Shift, que torna as trocas de marcha mais suaves.

Para adquirir estas novidades interessantes os preços vão de R$ 53.140,00 (versão Essence) a R$ 66.280,00 (versão T-Jet).

Por Ana Camila Neves Morais


A Chevrolet oficializou os preços do seu novo lançamento, o Sonic, durante uma coletiva de imprensa, no Rio de Janeiro.

A marca anunciou que o Sonic hatch na versão LT custará R$ 46.200. O modelo contará com direção hidráulica, volante regulável em altura e profundidade, freios ABS, trio elétrico, airbag duplo, ar condicionado, computador de bordo, rodas de liga leve aro 15, e bancos traseiros bipartidos.

Já na configuração LTZ, com câmbio automático de seis marchas, o hatch será no valor de R$ 51.500. Além disso, o automóvel possui bancos de couro, rodas aro 16, faróis de neblina, controle de cruzeiro, volante com comandos de som, sensor de estacionamento, e rádio com sistema Bluetooth e entrada USB.

O Sonic Sedan LT terá preço inicial de R$ 49.100, já na versão LTZ sairá por R$ 53.600 e na configuração LTZ, por R$ 56.100. Todos possuem motor 1.6.

A Chevrolet tem expectativa de vender de 1.000 a 1.200 veículos dessa linha.

A marca está apostando na divulgação dos modelos nas redes sociais, já que segundo o diretor de marketing da Chevrolet, Gustavo Colossi, 89% das pessoas usam a internet como fonte de informação.

Por Camila Caetano


A Kia Motors inova mais uma vez e traz para o Brasil o novo Sportage Flex com motor que pode chegar até 178 cavalos.

O preço do carro bicombustível varia, o mais barato custa R$ 90.900, podendo chegar a R$ 114.600 dependendo com quantos acessórios virá.

Esse é o terceiro bicombustível que a Kia lançou, os outros modelos são o Soul e o Picanto.

O Kia Sportage vem com ar condicionado, tração 2×4, sensor de estacionamento traseiro, rodas de 18 polegadas e airbag duplo.

Por R$ 95.400 o carro vem com freio de estacionamento no pedal e câmbio automático de seis marchas. Para quem não se importa em pagar uma quantia maior por um pouco mais de conforto, o Sportage sai por R$ 109.300 e vem com computador de bordo, banco com oito opções de ajuste, câmera de ré, piloto automático, revestimento interior de couro e luzes de direção nos espelhos retrovisores. A versão mais cara do modelo Kia Sportage é acrescido de airbags laterais e teto solar duplo com visão panorâmica e sai por R$ 114.600. Outra opção é a tração 4×4, mas nesse modelo o Sportage perde os airbags laterais e é encontrado por R$ 113.400.

Por Jéssica Posenato

Fonte: G1


O Honda City está de cara nova! A montadora acabou de apresentar a nova família do sedã aos críticos especializados no Brasil e o que mais chamou a atenção, foi justamente o visual do carro, que foi reformulado ganhando ares de modernidade. Ao que tudo indica, o automóvel será lançado com essas alterações a fim disputar com New Fiesta da Ford, com o Fiat Linea, com o Chevrolet Sonic e com o  Volkswagen Polo.

As principais modificações foram feitas na parte dianteira do novo Honda City, que recebeu grades cromadas e para-choques redesenhados. Na parte de trás, as lanternas ganharam um arrojado design. Já o interior do veículo praticamente não mudou em termos estéticos e conforto, apenas foi alterado o revestimento dos bancos.

Na parte mecânica, a propulsão ainda será realizada pelo motor 1.5,  i-VTEC flex, com 04 cilindros e capacidade para gerar de 115 a 116 cavalos de potência, a depender do combustível utilizado. O câmbio será automático e manual, ambas as opções terão cinco marchas.

A novidade será disponibilizada em 04 versões, tendo como preço de partida R$ 53.620,00, podendo chegar a R$ 66.855,00 na versão top de linha, que virá com ar condicionado digital, bancos de couro, freios EBD e ABS, detalhes cromados, hastes para troca de marcha no volante, sensor de estacionamento e rodas com aro 16.

Por Larissa Mendes de Oliveira


Boa notícia para os amantes das novidades automobilísticas, o modelo Peugeot 3008 está mais potente, ele ganhou um propulsor 1.6l THP de 165 CV, o que representa um ganho de 9 CV se comparado com a versão anterior.

Isso só é possível devido a uma nova calibração do sistema de gerenciamento do propulsor. Alguns componentes internos também foram alterados. São novos os pistões e o sistema de escape que tem um novo tipo de catalisador.

Lançado no Brasil em 2010, essa versão do Peugeot foi eleita como o “Carro do Ano 2012”. O carro conta com motor Turbo High Pressure, que é de alumínio de 1.598 cm3 de cilindrada.

Segundo a fabricante, esse motor possui uma performance invejável, principalmente devido ao desenvolvimento de alguns componentes que ajudaram a diminuir o consumo de combustível e a consequente redução de poluentes na atmosfera.

A princípio o modelo foi limitado a 200 unidades por mês, mas agora já conta com um volume maior para atender aos consumidores brasileiros.

No Brasil, o modelo na versão Allure está disponível pelo valor de R$ 91.900,00, já a versão Griffe custa R$ 99.900,00, por contar com outros itens, como bancos em couro, teto panorâmico em vidro, entre outros.     

Por Natali Alencar


Um dos carros mais aguardados de 2012 acaba de chegar às concessionárias brasileiras. Trata-se do Chrysler 300, que será comercializado exclusivamente na versão V6, com preço de partida  de R$ 135.000,00, podendo chegar a R$ 179.900. Nas concessionárias onde o carro ainda está a caminho, já é possível fazer as reservas com um sinal de R$ 3.000.

A propulsão do Crysler 300 é feita através de um potente motor  3.6 V6 Pentastar, capaz de gerar  292 cavalos. Um importante detalhe contido no lançamento, é que o modelo possui câmbio automático de 8 marchas. 

Em relação ao entretenimento, conforto e segurança, o automóvel é bastante completo, pois conta com moderno  kit multimídia,  navegador GPS, tela de LED com 8.4”, faróis Bi-Xenon,  faróis de neblina, controle de estabilidade,  airbags, rodas de liga leve com aro 18”.

O design do Crysler é um espetáculo à parte. Sempre retrô, mas com nuances atuais, as linhas do veículo estão ainda mais marcantes. Além disso, conta com belíssimos detalhes em aço cromado  na parte externa.

Se você está ansioso para conferir esse carro, que é um misto perfeito entre tradição e modernidade, veja as fotos no site oficial do modelo: www.chrysler.com.

Por Larissa Mendes de Oliveira


A  Toyota não cansa de inovar e recentemente lançou um revolucionário propulsor  2.7 VVT-i Flex Fuel 16, fabricado especialmente  para  o SW4 e para a Hilux. Esse motor é uma das grandes investidas para a linha 2012. Com a nova versão, a expectativa é que a venda da picape e do utilitário aumentem significativamente nesse ano, atingindo a marca de mais de 1.200 unidades emplacadas.

A motorização em questão oferece um excelente desempenho e potência, chegando a gerar 163 cavalos se abastecido com etanol. Segundo a montadora, a tecnologia utilizada no motor conta com duplo comando de válvulas, fator que otimiza o desempenho, aumenta a economia e diminui a  emissão de CO2 no ambiente, o que se configura como um grande diferencial no mercado automotivo.

A Hilux será disponibilizada em duas versões (SR com cabine dupla  4 x 2 e SRV com cabine dupla 4 x 4). Em comum, as opções  possuem rodas de liga leve com aro de 16 polegadas e  transmissão automática com quatro marchas. O SW4 Flex, por sua vez, conta com rodas de 17 polegadas, câmbio automático e assentos confortáveis para cinco passageiros.

Itens de série como direção hidráulica progressiva, relógio digital, travas, vidros e retrovisores elétricos, completo sistema de som, conectividade USB,  painel com tela de LED, ar condicionado manual,  conexão Bluetooth e banco ajustável compõem as duas linhas lançadas pela Toyota.

O preço da Hilux varia entre R$ 88.730,00 e R$ 103.420,00. Já o SW4 custa em torno de R$ 114.150.

Por Larissa Mendes de Oliveira


As fronteiras de criação da indústria automobilística quando se trata da busca por modelos de propulsão elétrica normalmente não tem limites e demonstra a cada conceito criado uma capacidade enorme de inovação. Este é o caso do elétrico da Renault, o Twizy. Com formato revolucionário, conceitos de locomoção e segurança inovadores, o futurista carrinho elétrico da marca francesa tem potencial para fazer sucesso e cair no gosto dos consumidores que buscam um carro pequeno, econômico, totalmente revolucionário e mais seguro que as motos.

Para começo de conversa o Twizy é bem pequeno, apenas 2,33 metros de comprimento e menos de dois metros de largura. Possui capacidade para duas pessoas, dispostas uma atrás da outra, e vários equipamentos de segurança, entre eles barras de reforço lateral, carroceria deformável e também airbags, além de itens de conforto e tecnologia que lhe dão certa sofisticação. Seu design é totalmente inovador e bem equilibrado levando-se em conta as restrições de suas dimensões reduzidas. Totalmente zero no quesito emissões de poluentes, o pequenino é movido por baterias de íon-lítio que lhe dão autonomia de 100 quilômetros e que em tomada convencional podem ser reabastecidas em um tempo bem pequeno, apenas três horas e meia.

Os propulsores são de baixa potência. A versão Twizy 45 produz apenas 5CV, já as outras duas configurações, chamadas de Urban e Technic possuirão motores que poderão gerar 17CV.

Com preços já divulgados, que na versão mais cara, a Technic custará cerca de 8.890 euros, e tendo previsão de comercialização a partir do final de 2011 e começo de 2012, o Twizy já aceita reservas através do site da montadora que tem planos de vendê-lo em trinta e oito países do mundo, podendo incluir o Brasil.

Foto: Dream Car

Por Mauro Câmara

Fonte: G1


A montadora de veículos Land Rover divulgou na terça-feira (dia 5 de abril) os preços que serão aplicados em todas as versões do novo veículo Range Rover Evoque no Reino Unido. O novo modelo deve desembarcar no Brasil apenas no último trimestre do ano.

Os preços divulgados pela montadora partem de R$ 72.870, salientando que este preço refere-se ao Reino Unido, sabemos que no mercado brasileiro o preço final terá um acréscimo por conta dos impostos e taxas de importação aplicados em nosso país.

A versão mais em conta terá motor 2.2l turbo-diesel com 150 cv de potência e tração apenas dianteira.

No Brasil existe a obrigatoriedade dos veículos possuírem tração 4×4 para a utilização de motores diesel. Portanto, no Brasil o veículo deverá vir equipado com motor 2.0 turbo a gasolina com 240 cv de potência.

O Evoque já foi apresentado no mercado brasileiro durante o Salão do Automóvel de São Paulo no ano passado, e tornou-se a grande aposta da Land Rover para os próximos anos.

Os preços que serão utilizados no Brasil, ainda não foram divulgados pela empresa.

Por Henrique Pereira


O ramo automotivo pertence ao seleto grupo de setores que sempre se reinventam, mensal ou anualmente. Com o bom cenário da economia brasileira no ano passado, fabricantes estrangeiras investiram maciçamente por aqui, seja na comercialização de novos modelos, seja na personalização dos veículos existentes.

A Ford divulgou, há poucos dias, o lançamento do Focus Titanium 2.0 Flex, considerado versão top de linha da série. As novidades começam pelas cores disponíveis aos consumidores: a metálica prata Geada, as perolizadas azul Mônaco, verde Lisboa, preto Gales e cinza Ubatuba e a tonalidade sólida branco Ártico.

São duas as versões abrangidas na versão Titanium 2.0 Flex, a Sedã e a Hatch. Com rodas de liga leve aro 16, os modelos contam com espelhos retrovisores interno eletrocrômico, sensor de chuva, porta-luvas refrigerado, teto solar elétrico, direção com assistência eletro-hidráulica (propicia ao motorista menor consumo de combustível e manobras mais leves), ar condicionado digital, piloto automático e bancos de couro.

Em relação ao sistema de som, a Ford emplacou no Titanium controles no próprio volante, os quais permitem ao condutor executar CD e MP3 sem deslocar veementemente seus braços. Ainda existe conectividade Bluetooth e entrada para dispositivos USB.

O preço sugerido ao Titanium na versão Hatch é de R$ 71,660,00 e de R$ 78.430,00 para a versão Sedã.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Ford


Foram lançados na sexta-feira (11/3) o J3 e o J3 Turin, os dois modelos da montadora chinesa JAC Motors. A inserção dos veículos no Brasil será feita por Sergio Habib, presidente do Grupo SHC, e pretendem concorrer com o Gol, Voyage, Fiat Palio, Renault Sandero, além de outros modelos nacionais.

O J3 é um modelo hatch e vai custar R$ 37,9 mil. Já a versão sedã, o J3 Turin, será vendida por R$ 39,9 mil.

A JAC pretende exportar os seus veículos adaptados ao público brasileiro, que é muito mais exigente que o chinês, e por isso, foram feitas mudanças nas borrachas das portas, no painel de iluminação, nos limpadores de para-brisa, na cor do acabamento interno e no gás do sistema do ar-condicionado.

A JAC apostou em uma variedade de itens de série para atrair clientes: airbag frontal duplo, freios ABS, direção hidráulica, ar-condicionado eletrônico, sensor de ré, farol de neblina e muitos outros itens.

O J3 e a versão Turin vêm com o motor 1.4 VVT de 16V, com a promessa de um menor consumo de combustível e bom desempenho.

A garantia oferecida para ambos os modelos é de 6 anos, apenas aos clientes que realizarem a revisão a cada 5 mil km rodados, na concessionária. Serão construídas 80 concessionárias da JAC no Brasil, sendo que 28 delas serão inauguradas na sexta-feira (18/3).  

Por Andrea Gomes

Fonte: JacMotors


A Peugeot traz para o Brasil em março o 408, sucessor do 307 Sedan, que vem para uma das brigas mais concorridas do mercado: a dos sedãs médios. O 408 é fabricado na Argentina e terá três versões de acabamento: o Allure, o Griffe e o Feline. O seu desenho é bem harmonioso, tanto na dianteira quanto na traseira, o que lhe traz a imagem de um carro requintado.

Os preços iniciam em R$59.500,00 e podem chegar a R$79.900,00. Em todos os modelos, o motor é 2.0 flex e tem até 151 cavalos. O volante é eletroidráulico e o automóvel tem de dois a quatro air bags.

O carro ganhou espaço em relação ao 307. Foram 21 cm no comprimento e 10 cm no entre-eixos. Portanto, internamente, o carro também é confortável: cabem três pessoas no banco traseiro e, na frente, os bancos são ergonômicos, sendo facilmente ajustáveis de acordo com os passageiros.  

Por Flávia Yoshitani





CONTINUE NAVEGANDO: