Novo modelo será mais compacto e ainda mais leve, mas o espaço interno não foi prejudicado.

Apesar de ocorrer apenas no mês de setembro, o Salão de Frankfurt, na Alemanha, já tem um grande candidato a fazer grande sucesso na feira: é o Astra K 2016. O veículo foi apresentado pela Opel oficialmente essa semana na Europa.

Entre as novidades do Astra K, está seu tamanho, pois ele será mais compacto e ainda mais leve, mas de acordo com a montadora, nem por isso deixará os ocupantes todos apertados dentro do carro. A redução de peso é considerável: foram reduzidos de 120 kg a 200 kg, dependendo da versão.

Tudo isso porque a montadora investiu nas pesquisas na carroceria, que passou de 375 kg para 280 kg, representando uma redução de 20% no peso. Ao invés de utilizar alumínios caros, a Opel resolveu aproveitar aços que possuem baixo peso e são ultra-resistentes. A redução também foi graças ao melhor aproveitamento dos eixos e dos subchassis.

Apesar do espaço entre-eixos ter sido reduzido (foram cerca de 2 centímetros), o espaço interno está maior, não deixando os passageiros espremidos dentro do carro.

O Astra K 2016 também vem cheio de tecnologia, contando com um painel central com tela sensível ao toque, utilizando o sistema InterlliLink. Esse sistema oferece compatibilidade com outros sistemas: o CarPlay, da Apple; e o Android Auto, do Google. E na nova versão, o Astra ganha um painel com display digital. Entre outros recursos tecnológicos, ainda estão o volante multifuncional com revestimento em couro, botão start/stop e freio elétrico de estacionamento. Em termos visuais, o veículo lembra bem alguns modelos da Mercedes-Benz.

O novo veículo da Opel vem com quatro opções diferentes de motorização: o 1.0 litro Ecotec Turbo com potência de 105 cavalos; 1.4 litro Ecotec Turbo de 145 cv; 1.6 litro CDTI movido a diesel de 95 cavalos; e a mais potente, a versão de 1.6 litro Ecotec Turbo com 200 cavalos de potência.

O possível valor do Astra K 2016 ainda não foi revelado.

Por Felipe Villares

Opel Astra K 2016

Opel Astra K 2016

Fotos: Divulgação


A Opel também quer ter uma ampla visitação em seu estande no Salão de Genebra e para isso, a subsidiária da GM na Europa revelou por completo e confirmou a presença no evento do Astra OPC Extreme, baseado na versão apimentada OPC, sendo ainda mais esportivo. Se a opinião do público do Salão for positiva, como aguarda a Opel, o Astra OPC Extreme pode virar uma série limitada.

Fruto de um desenvolvimento com atenção voltada ao design e à engenharia, o Opel Astra OPC Extreme traz diversos detalhes estéticos diferenciados, como o para-choque e a grade dianteira, o capô esportivo em fibra de carbono, as saias laterais, o para-choque traseiro com detalhes em fibra de carbono e com defletor de ar, duas saídas duplas de escape, adesivos decorativos e aerofólio traseiro.

Somado a todos esses diferenciais, o Astra OPC Extreme traz ainda rodas de liga leve de 19 polegadas, sistema de freios Brembo com pinças de seis pistões e discos de 370 milímetros de diâmetro na dianteira, reforço para a carroceria no lugar dos bancos traseiros, bem como suspensão regulável, semelhante aos carros de competição.

No interior, a Opel também caprichou e equipou o carro com bancos esportivos Recaro do tipo concha e com revestimento em couro, cinto de seis pontos da Schroth, volante multifuncional com revestimento em camurça, costuras em amarelo, além dos detalhes em fibra de carbono nas portas, no console central e no próprio volante.

Sob o capô, o modelo trará o motor 2.0 Turbo do OPC, mas que foi configurado para entregar 300 cv, 20 cv a mais que o OPC “comum”.  Trabalhando em conjunto com o propulsor turbocharged está um câmbio manual de seis velocidades e um diferencial autoblocante. Com 100 quilogramas mais leve que o OPC, graças aos diversos componentes em fibra de carbono e alumínio, o esportivo acelera de 0 a 100 km/h em 6 segundos.

Por Caio Polo

Opel Astra OPC Extreme

Foto: Divulgação





CONTINUE NAVEGANDO: