Novo modelo especial conta com modificações que o deixaram ainda mais potente.

Após ter sido lançado oficialmente no mês de março no evento denominado Salão de Nova York, agora a versão mais atualizada do Nissan GT-R ganhou uma reestilização feita pelo setor esportivo da fabricante japonesa, sendo que esta nova versão terá o sobrenome Nismo. Segundo os dados estatísticos da fabricante, o propulsor do Nissan GT-R possui a capacidade de produzir uma potência de incríveis 600 cavalos, detalhe que ilustra muito bem o apelido carinhoso dado ao modelo, “Godzila”.

Toda essa força disponibilizada ao veículo é oriunda do propulsor V6 de 3.8 litros, o qual é equipado com dois turbocharger, os quais são utilizados nas competições da GT3. Quando o veículo está em uma faixa de rotação entre 3.600 e 5.600 rotações por minuto, o torque máximo entregue às rodas é de 66,5 Kgfm.

Do mesmo modo que os propulsores de 565 cavalos da versão convencional do veículo, o motor do GT-R Nismo é produzido na cidade de Yokohama, no Japão. A fabricação desse motor é realizada por engenheiros muito experientes, os quais deixam suas assinaturas em uma placa na parte inferior do capô.

Este motor trabalha em conjunto com uma transmissão automatizada composta pelo sistema de dupla embreagem dotada de seis velocidades.

Nessa versão mais esportiva, o para-choque dianteiro foi feito de maneira diferenciada, sendo que ele foi confeccionado por diversas camadas de fibra de carbono, a fim de que a aerodinâmica do veículo fosse mantida mesmo em velocidades elevadas. Segundo a Nissan, essa atualização do modelo deixou o GT-R Nismo mais confortável para ser conduzido nas ruas urbanas, bem como mais confortável.

Já na parte interna, os acabamentos do veículo também foram modificados, modificações estas que incluíram a inserção de couro Alcântara no console central, no descanso de braço e no volante. Este revestimento luxuoso também foi colocado em detalhes vermelhos nos assentos esportivos Recaro.

A tela da central multimídia do veículo nessa versão veio maior e o número de botões teve uma redução de 27 para somente 11. Neste superesportivo também há um eficiente sistema para a realização da filtragem de ruídos indesejados, para que os condutores possam apreciar com maior qualidade o som do propulsor.

No Brasil a expectativa da Nissan é que o GT-R comece a ser comercializado sob encomenda no final desse ano de 2016.

Por Adriano Oliveira


Confira aqui as principais novidades no Nissan Sentra 2017.

A fim de conseguir melhores resultado de vendas no setor dos sedãs médios aqui no Brasil, a grande e renomada fabricante de veículos automotores Nissan fez o lançamento da linha 2017 do Sentra. Nessa nova edição o modelo passou por uma reformulação em que novos equipamentos de série foram inseridos.

O Nissan Sentra versão 2017 chega ao mercado com a mesma motorização, ou seja, o antigo propulsor 2.0 flex com capacidade de produzir 140 cavalos de potência e um torque de 20,3 Kgfm a 4.800 rpm, propulsor este que continua também trabalhando em conjunto com o câmbio do modelo CVT. Nessa nova linha 2017 do Sentra, a Nissan parou de fabricar a versão de entrada do veículo, a S, com o câmbio manual de seis velocidades. Segundo as expectativas da empresa, a versão do veículo que deve ser mais vendida por aqui será a intermediária, denominada SV.

Na versão 2017 o Nissan Sentra que chegará ao mercado nacional virá importado do México e chegará com para-choques redesenhados, inclusive com entradas de ar maiores, além de contar com nova grade frontal em formato de V e novos faróis com a presença de LEDs para condução diurna.

No interior do veículo, as novidades ficaram por conta de novos detalhes confeccionados naquele plástico preto brilhante chamado black piano, bem como com a presença de novos grafismos que foram inseridos no painel de controle. O volante do veículo também passou por uma atualização.

Com relação aos itens de série, nas versões anteriores o Sentra só disponibilizava a tecnologia de controles de estabilidade e tração em suas configurações intermediárias, porém, nessa nova linha o item já é ofertado de série, além disso, o veículo possui central multimídia com visor de cinco polegadas sensível ao toque, retrovisor fotocrômico, faróis com sistema de acendimento automático e sensor de estacionamento traseiro.

Algumas mudanças feitas nessa nova linha do Sentra 2017 são facilmente percebidas logo que se entra no veículo, tais como acabamento interno feito com materiais mais suaves ao toque, volante com revestimento feito em couro e com a presença de botões de comando para a central de multimídia, bem como do piloto automático.

No geral, essa nova geração do Sentra chega como um veículo totalmente reformulado, haja vista que a cabine interna possui um bom nível de conforto e um isolamento acústico ainda mais eficiente.

Por Adriano Oliveira


Veículo será fabricado em Resende (RJ) e irá concorrer com modelos como Duster e EcoSport.

A montadora Nissan anunciou na última segunda-feira, dia de 4 janeiro, que irá produzir o SUV Kicks no Brasil, na fábrica da cidade de Resende, no Rio de Janeiro. Será o primeiro modelo do tipo da marca no país. Conforme Carlos Ghosn, o CEO da companhia, a produção deste modelo irá gerar 600 novos postos de trabalho na fábrica, além do investimento de R$ 750 milhões.

O chefe executivo ainda afirmou que o Kicks irá ser um modelo global, mas a fábrica brasileira será a primeira a produzi-lo. A mesma será responsável pelo abastecimento dos outros mercados pertencentes a América Latina.

Segundo o presidente, a data de lançamento não será divulgada, porém ela já está definida. Além disso, também não foram divulgadas as informações técnicas, porém, conforme algumas especulações, o modelo deverá ser equipado com um motor 1.6 de 16 válvulas e de 111 cavalos, o qual já equipa o March e o Versa.

O índice de nacionalização do SUV Kicks no início de sua produção irá ser de 74%, segundo François Dossa, o presidente da Nissan no Brasil.

Para se ter uma ideia, o March hoje possui 68% de seus componentes fabricado no Brasil e com o objetivo de chegar a um valor 80%.

A Nissan o definiu como crossover, modelo este que é uma mistura de características de diversos segmentos como minivan, utilitário esportivo e sedan. O Kicks irá concorrer diretamente com veículos lançados recentemente, como Jeep Renegade, Honda HR-V,  Renault Duster e Ford EcoSport.

Este é um momento estratégico para a montadora, que tem uma meta de atingir 5% do mercado até o final deste ano. No ano de 2015 passaram de 2,1% para 2,5%, o que não foi considerado um ano muito bom para a Nissan, segundo Ghosn.

Outra grande meta da Nissan é chegar ao pódio e ficar entre as três montadoras que mais vendem veículos na América Latina.

FILIPE RIBEIRO DA SILVA


Modelo está com um visual mais moderno e ganhou novo pacote de itens.

Há alguns anos a briga dos veículos automotores sedãs médios, aqui no mercado brasileiro, tem sido bastante acirrada. Nesta perspectiva, na nova geração desses sedãs não poderia ser diferente.

Após a renomada fabricante Honda ter confirmado os primeiros passos do Civic 10 (veículo este previsto para chegar ao mercado brasileiro até o segundo semestre do ano de 2016) e da promessa da Chevrolet em lançar o Novo Cruze no próximo ano, agora é o momento da fabricante japonesa Nissan anunciar a atualização do Sentra, veículo lançado mundialmente no ano de 2012.

Como a concorrência no setor é bem grande, ainda correm por fora o recém modificado Peugeot 408, o Ford Focus Fastback, o Renault Fluence, o Citroën C4 Lounge e o Volkswagem Jetta.

Este novo Sentra foi anunciado como modelo 2016 no Salão de Los Angeles (EUA), sendo que chegará às lojas Norte Americanas no final do mês de Dezembro com um visual mais arrojado e interessante, visual este que seguirá os preceitos da nova identidade da Nissan.

As primeiras novidades ficarão por conta da substituição daquela antiga carinha oriental e cansada que possuía grandes pontos de LED, que faziam referência aos modelos chineses e que agora foi substituída por guias de luz e faróis de xénon, detalhes estes comumente encontrados nos veículos europeus.

Para atrair os consumidores, as mudanças não ficarão somente na parte externa, tendo em vista que o veículo foi contemplado com um novo pacote eletrônico composto pelos seguintes acessórios: freio automático nas versões mais caras, alertas de trafego cruzado e ponto cego na traseira, bem como piloto automático inteligente.

Nesta primeira análise, os equipamentos e o visual deste novo Sentra conseguem responder a altura o seu principal concorrente aqui no Brasil, que deverá ser o novo Honda Civic. A única notícia desanimadora a respeito deste novo Sentra é que fontes ligadas à Nissan já garantiram que por enquanto a fabricante não possui planos imediatos para a inserção deste veículo no mercado nacional.

Por Adriano Oliveira


Montadora deverá produzir o carro elétrico em sua fábrica no Rio de Janeiro.

A Nissan anunciou que o Leaf terá parte de sua fabricação feita no Brasil, mais precisamente no Rio de Janeiro. O objetivo da marca é a produção do modelo no sistema CKD, sendo que as peças vão chegar já prontas e serão montadas no estado carioca.

O carro elétrico japonês chegará ao mercado nacional como linha 2016. O grande destaque do veículo elétrico é a autonomia da sua bateria, que é de 270 km. Em uma comparação com a versão atual do modelo, a bateria roda 150 km sem necessidade de recarga.

João Veloso Jr, diretor de comunicação da Nissan, deu entrevista e afirmou que o primeiro modelo do Leaf deve ser produzido na fábrica de Resende, no Rio de Janeiro, no ano de 2017. Segundo o mesmo, ele será totalmente nacionalizado apenas em 2020. Outra possibilidade que Veloso comentou é a fabricação do E-NV200 no Brasil.

Assim como outras empresa que trabalham com a fabricação de carros elétricos, a Nissan também espera que o projeto de lei 174/2014 seja aprovado. O mesmo poderá conceder isenção do IPI para modelos elétricos que tenham a produção no Brasil.

Recentemente, houve a aprovação da resolução que dá a isenção para modelos elétricos, movidos a hidrogênio e híbridos plug-in para o imposto de importação. Com isso, pode acontecer uma diminuição de até 30% no curso dos carros importados. Desta maneira, o Nissan Leaf, que tem um preço sugerido em R$ 200 mil, poderia ter esse valor reduzido para R$ 140 mil. Como aconteceria a montagem no Brasil e uma provável isenção para o IPI, o preço tenderia a ser ainda mais barato.

Kia Motors:

A montadora também divulgou que vai importar a versão elétrica do seu modelo Soul. Isso aconteceu também devido a resolução 96 da Camex. O Soul EV já teve homologação para transitar no Brasil. A bateria do modelo tem uma autonomia de 199 km.


Confira as características do novo modelo

Durante o Salão do Automóvel 2015 de Nova York, o mundo conheceu a nova versão do Nissan Maxima, que apareceu em um visual bem diferente do que o modelo anterior, apresentando uma aparência mais esportiva e robusta.

Na parte frontal, o novo Maxima vem seguindo a linha de design dos novos modelos da montadora japonesa, com uma nova grade em formato V e faróis em LED. Ainda na parte visual, o Maxima 2016 vem com frondosas rodas de liga leve com aro de 18 polegadas e dupla ponteira de escapamento. As lanternas traseiras também são em LED, em formato de seta.

No lado interno, o novo veículo da Nissan é bem arrojado, com volante esportivo que tem a base achatada, todo revestido em couro Alcantara. O painel, as portas e os assentos também são revestidos no mesmo material, além de serem reguláveis eletricamente e climatizados.

Em termos tecnológicos, o Maxima 2016 vem com um painel de instrumentos com o sistema Advanced Drive, além de um sistema de multimídia em tela de sete polegadas. Os opcionais do novo modelo incluem controle de cruzeiro, sistema de áudio Bose, sistema de alerta para colisão frontal, e alerta de tráfego na parte traseira.

Na motorização não há nenhuma novidade, portanto, o Maxima 2016 chega com um 3.5 litros V6, com potência de 300 cv e torque de 35,9 kgfm, o que pode ser considerada uma boa configuração para um modelo como esse. De novidade, está a transmissão atualizada Xtronic, que faz o carro render de combustível, 12,75 km/l rodando na estrada, e 9,35 km/l andando na cidade. Tudo isso também graças a sua nova carroceria, que devido ao aumento de aço com uma resistência bem maior, deixou o veículo ainda 25% mais rígido.

O valor inicial do Maxima 2016 parte da casa dos 32.410 dólares, com previsão de chegada ao mercado norte americano no terceiro trimestre desse ano.

Por Felipe Villares

Nissan Maxima 2016

Nissan Maxima 2016

Nissan Maxima 2016

Fotos: Divulgação


Versão 45th Anniversary Gold Edition terá edição especial e limitada

Quando um modelo de carro que é absolutamente admirado faz aniversário é uma festa para todos os fãs. A comemoração fica ainda mais completa se junto com a data chegar ao mercado um modelo de “petrificar os olhos”. Pois foi exatamente isso que a Nissan fez nesta última segunda-feira, dia 17,  com o seu consagrado Nissan GT-R. O modelo que se tornou famoso nas pistas e até ganhou o apelido de Godzilla faz 45 anos e como “cereja” do bolo ganhou um lançamento, uma versão especial de comemoração.

Pelo bem da verdade é bom deixar claro que a edição comemorativa faz parte da linha 2016 do GT-R. Inicialmente a informação é de que o modelo deverá ser comercializado nos Estados Unidos em pouco tempo. A 45th Anniversary Gold Edition apesar de ser esperada não deverá ter muitos modelos sendo vendidos. Para se ter ideia até agora a informação é de que são menos de 30 exemplares para venda. De qualquer maneira como é comemorativo nada mais do que esperar alguns detalhes exclusivos.

Dentre essas “exclusividades” o GT-R 45th Anniversary Gold Edition irá contar com uma pintura única que será na cor “sílica brass”. A pintura traz ainda uma pigmentação em ouro.

Outro detalhe que está chamando a atenção são as rodas – que também são exclusivas – de aro 20 da marca RAYS.

A parte de dentro do Gold Edition também recebeu sua parte merecida. O acabamento nesse ponto será diferenciado. Além disso, ainda haverá uma pequena placa de identificação com os 45th Anniversary.

Já no que diz respeito à linha 2016 do Nissan GT-R a informação é de que toda ela contará com um motor 3.8 V6 turbo com capacidade para gerar até 550 cv de potência. A única exceção neste caso é a versão Nismo que deverá ter um motor ainda mais potente sendo de 600 cv.

Outro detalhe que convém destacar é o fato de que a Nissan irá continuar com as vendas do GT-R Black Edition. Esse modelo conta com alguns detalhes de fibra de carbono como, por exemplo, o aerofólio traseiro e os spoilers.

Em terras americanas o Nissan GT-R 2016 saíra por US$ 101.770, o GT-R Nismo sairá por US$ 149.990 e a versão GT-R Black Edition, por US$ 111.510.

Por Denisson Soares

Nissan GT-R 45th Anniversary Gold Edition

Nissan GT-R 45th Anniversary Gold Edition

Fotos: Divulgação


A Nissan finalmente revelou o Pulsar, hatchback médio da marca japonesa que irá competir com o Volkswagen Golf, Ford Focus e Renault Mégane no mercado europeu, com vendas programadas para o segundo semestre deste ano.

Batizado de Pulsar, o modelo da Nissan representa o retorno da marca a um dos principais segmentos do mercado no Velho Continente após o fim da produção do Almera. O novo hatch médio chega para disputar com modelos muito conhecidos por lá, principalmente o Golf e o Focus. A expectativa da montadora nipônica é conseguir repetir no Pulsar o que ocorreu com o utilitário compacto Qashqai e alcançar ótimos índices de vendas por lá.

Com 4,38 metros de comprimento, 13 centímetros mais longo que o Volkswagen Golf, e a distância entre-eixos de 2,70 metros garante espaço suficiente para os cinco ocupantes e promete ser um dos carros mais espaçosos do segmento.

Esteticamente, nota-se que o Nissan Pulsar segue os mais novos lançamentos da marca, como o Rogue (conhecido como X-Trail em outros mercados), o novo Sentra, mas em especial o crossover Qashgai. Portanto, o modelo traz faróis dianteiros e grade dianteira no mesmo padrão do crossover e, principalmente, lanternas traseiras muito semelhantes aos do Qashgai, inclusive com o mesmo formato.

A marca explica que o desenho não é algo determinante para os consumidores alvo desse segmento na Europa. Há, nesse segmento, uma exigência no acerto dinâmico e, principalmente, no quesito segurança. Por falar em segurança, o novo Nissan Pulsar vem muito bem equipado, já que o hatchback médio vem equipado com os sistemas Nissan Safety Shield e Around View Monitor, que abrange o alerta de mudança de faixa, aviso de pontos cegos, alerta de colisão, sensor de estacionamento e sistema de frenagem de emergência. Para garantir maior praticidade e dinamismo, o modelo ainda vem com o novo sistema NissanConnect, que permite que o condutor acesse à internet e redes sociais.

Mecanicamente, a Nissan irá disponibilizar três opções de motorização. Entre as opções abastecidas com gasolina o modelo pode vir com motor 1.2 DIG-T de 115 cv ou com o bloco 1.6 Turbo que entrega 190 cv. A terceira opção é o propulsor 1.5 dCi movido a diesel, capaz de gerar 110 cv.

Todas as opções de motores podem trazer o câmbio manual de seis marchas ou a transmissão automática X-Tronic do tipo CVT.

Por Caio Polo

Novo Nissan Pulsar

Foto: Divulgação


A companhia japonesa Nissan vem com tudo para tentar uma boa colocação no mercado nacional. Com o lançamento do novo Sentra, ela faz história no Brasil com um dos primeiros modelos após a instalação do escritório no Rio de Janeiro. Tudo começou com a produção da picape Frontier na planta da Renault no Paraná. Já para o ano de 2015, a empresa pretende inaugurar uma fábrica na cidade de Resende, no Sul do Estado do Rio de Janeiro, onde serão produzidos os modelos March, Versa e um SUV compacto também baseado nessa plataforma.

A participação junto ao público brasileiro também pode ser vista nas ações de marketing da companhia japonesa, que patrocina o Vasco da Gama e a escola de samba do Salgueiro. Além disso, a Nissan também é uma das patrocinadoras oficiais das Olimpíadas de 2016 no Brasil. Isso tudo leva a crer que a empresa está se fortalecendo nacionalmente e procura bater de frente com grandes companhias, como Volkswagen e Fiat.

Com a fábrica resendense, a companhia deve produzir cerca de 200 mil carros por ano no Brasil. Junto com as vendas de modelos importados, a empresa pretende se tornar a maior companhia japonesa em atuação no mercado nacional. O desafio começa desde já, com as vendas do novo Sentra e do Altima, que deve chegar no mês que vem.

Nissan.


A companhia japonesa Nissan vem com tudo para tentar uma boa colocação no mercado nacional. Com o lançamento do novo Sentra, ela faz história no Brasil com um dos primeiros modelos após a instalação do escritório no Rio de Janeiro. Tudo começou com a produção da picape Frontier na planta da Renault no Paraná. Já para o ano de 2015, a empresa pretende inaugurar uma fábrica na cidade de Resende, no Sul do Estado do Rio de Janeiro, onde serão produzidos os modelos March, Versa e um SUV compacto também baseado nessa plataforma.

A participação junto ao público brasileiro também pode ser vista nas ações de marketing da companhia japonesa, que patrocina o Vasco da Gama e a escola de samba do Salgueiro. Além disso, a Nissan também é uma das patrocinadoras oficiais das Olimpíadas de 2016 no Brasil. Isso tudo leva a crer que a empresa está se fortalecendo nacionalmente e procura bater de frente com grandes companhias, como Volkswagen e Fiat.

Com a fábrica resendense, a companhia deve produzir cerca de 200 mil carros por ano no Brasil. Junto com as vendas de modelos importados, a empresa pretende se tornar a maior companhia japonesa em atuação no mercado nacional. O desafio começa desde já, com as vendas do novo Sentra e do Altima, que deve chegar no mês que vem.

Ebenézer Carvalho


A Nissan divulgou os preços do novo Sentra. Serão três versões que já estarão à venda em concessionárias de todo o Brasil a partir de Outubro desse ano.

A versão S é a mais barata e sai por R$ 60 990. O veículo possui motor flex 2.0 de 16 V e câmbio Xtronic CVT. O bloco desenvolve 143 CV de potência e o câmbio é manual com seis marchas.

Já a versão SV do modelo sai por cerca de R$ 65.990. O carro possui um câmbio automático como diferencial da versão mais barata.

Por fim, quem quiser adquirir a versão top de linha vai desembolsar R$ 71 990. O veículo contará com uma série de itens adicionais ainda não divulgados pela Nissan.

Todas as versões do novo Sentra serão equipadas com faróis e lanternas de LED (tanto na parte traseira quanto na parte dianteira). Já para quem não dispensa a tecnologia, o modelo terá Bluetooth, volante com comandos para o sistema de áudio, computador de bordo, piloto automático e um sistema de partida que dispensa a utilização de chaves.

Além disso, a nova estrutura entre eixos possui 2,7 m, maior que a anterior e, segundo a montadora, foram feitas modificações significativas na suspensão. Agora, o modelo possui um amortecimento de alta resposta (que vai trazer muito mais conforto ao passageiro), suspensão traseira reforçada e mais um coxim.

POR EBENÉZER CARVALHO


Estão circulando na internet as fotos da nova aposta da montadora Nissan. Trata-se do Terrano 2013, um carro que promete agitar o mercado de autos. As imagens mostrar a parte externa do modelo, mas não dão pistas de como será o seu interior.

Pelo que se pode ver, o carro é bem parecido com o Renault Duster e possui similaridades tanto em termos de design, quanto em termos de plataforma. Vale acrescentar, no entanto, que o Nissan Terrano 2013 será mais luxuoso que o Duster.

O lançamento da Nissan será equipado com modernas lanternas bipartidas, terá acabamento elegante, possuirá saídas de ar condicionado em formado retangular, dentre outros detalhes atrativos.

O novo Nissan será fabricado na Índia e as vendas estão previstas para o início do ano que vem, isto é, alguns meses depois do lançamento em novembro de 2013.

Inicialmente o carro será vendido apenas na Índia e em alguns países da Europa. Entretanto, a novidade pode em breve chegar ao Brasil. Ao que tudo indica, mais informações sobre o carro poderão ser obtidas em um evento que será realizado em Mumbai, na Índia, onde o protótipo será exposto.

Por Larissa Mendes de Oliveira Soares


A montadora japonesa Nissan continua apostando em veículos modernos e funcionais. Exemplo disso é o novo Sentra, atualizado recentemente. O carro em questão é um sedã com inspiração no aclamado Silphy.

As maiores mudanças na nova versão consistem em alterações estéticas, especialmente na parte externa do automóvel, que recebeu inusitadas luzes de LED, grade redesenhada, modificações leves nos faróis e rodas de 17 polegadas.

Em relação à parte mecânica o Nissan Sentra continua sendo equipado por propulsor  1.8 l, com potência de 130 cv. Além disso, o carro conta com câmbio manual de seis marchas e consome em média 14,4 km/l.

Na parte interna, o lançamento virá com um moderno sistema Nissan Connect, que apresenta diversas opções de multimídia e entretenimento. Além disso, o carro possui ar condicionado, porta-malas com capacidade de 428 litros e bancos revestidos em tecido ou couro. O preço de comercialização do veículo ainda não foi divulgado pela fabricante.

De acordo com a Nissan, o novo Sentra não demorará a chegar ao mercado de autos, no entanto, nenhuma data foi confirmada pela montadora. O apaixonados por carros certamente vão aguardar ansiosamente pelo lançamento oficial do modelo.

Por Larissa Mendes de Oliveira


A Nissan está anunciando o lançamento de seu novo Tiida Sedan no mercado automotivo brasileiro. Com isso, a montadora busca conquistar grande parte do público que tem a preferência pelo estilo de carro sedan, ótimo para longos percursos e viagens.

As principais características visuais do veículo compreendem contornos discretos, sem muitas alterações externas, a não ser pelas rodas aro 15” de liga leve.

Internamente, o modelo também não apresentou mudanças marcantes, sendo que o principal diferencial da nova versão está na presença de itens como cinto de segurança especial para limitação de carga, freios ABS com EBD e BA e transmissão automática de 4 velocidades.

Além disso, o veículo conta também com motor 1.8 flex e alguns atributos de série, que incluem ar condicionado, trio elétrico, direção elétrica, computador de bordo, elementos externos da cor do veículo, alarme perimétrico, airbag duplo frontal, entre outros.

De acordo com as informações divulgadas, o Nissan Tiida Sedan de câmbio automático chega ao mercado automotivo brasileiro pelo valor sugerido de R$ 46.290.

Certamente, este é um carro adequado ao consumidor daqui, que busca sempre conforto, segurança e estabilidade aliados a um bom preço.

Por Anne A. Matioli Dias


No dia 22 de março, a Nissan promete confirmar a vinda do novo sedã Versa ao Brasil. O compacto de marca japonesa está mais potente do que nunca e com um preço que com certeza vai caber no seu bolso.

O Versa ainda vai concorrer com o modelo March da mesma marca e que recentemente chegou ao mercado com força total.

Para não perder o costume, a montadora do Japão  já divulgou o tipo de motor acoplado no Versa. Não é nenhuma novidade saber que a motorização será motor 1.6 16V. Assim como no March, o propulsor entrega 111 cavalos de potência a 5.600 rpm de frequência e 15,1 kgfm de torque, possuindo 4.000 rpm.

Tudo indica que o novo modelo é importado do México e custará apenas R$ 36.000. Na Europa, ele começou a ser vendido já no ano passado e por isso, muitos amantes da Nissan puderam verificar seu design inovador e suas novas curvas esportivas que, mesmo para um sedã bastante pesado, pode alcançar boas velocidades.

Uma versão automática do modelo é o próximo passo para consolidar as suas vendas no Brasil e no mundo, segundo a própria Nissan.

Por Jéssica Monteiro 

Fonte: Carro Online


O novo Pathfinder da Nissan promete ser ainda mais eficiente. O protótipo do veículo, que a marca diz ser contemporâneo e autêntico, foi apresentado no início deste ano no Salão Automóvel de Detroit, nos Estados Unidos. Ainda assim está previsto que o modelo norte-americano do Pathfinder seja comercializado final deste ano e a versão europeia só deva ser lançada em 2013.

O novo modelo do SUV japonês de sete lugares aproxima-se bem mais do conceito crossover, com um design de linhas mais dinâmicas.

Na versão americana terá um motor V6 a gasolina de 3.5 litros até 265 cavalos, associado a uma caixa CVT, uma combinação que promete uma redução em 25% no consumo de combustível. Já no mercado europeu, o Nissan Pathfinder terá um motor turbodiesel de 2.5 ou 3.0 litros até 230 cavalos.

Quanto às restantes caraterísticas, a marca optou por não fazer mais revelações por enquanto.

No Brasil, o SUV da Nissan não tem feito muito sucesso. Resta esperar para ver se a nova versão será, ou não, capaz de conquistar o mercado brasileiro.


Foi apresentado oficialmente pela Nissan Motorsports Internacional (Nismo) o novo Nissan GT-R NISMO GT3 (R35) que segue as regulamentações da edição 2012 do Campeonato Mundial da FIA GT3. O carro foi desenvolvido durante todo o ano de 2011 por uma parceria entre a divisão esportiva da Nissan e a JRM (JR Motorsports).

O novo Nissan GT-R Nismo GT3 possui tração nas rodas traseiras e vem equipado com um motor bi-turbo VR38DETT V6 3.8. Segundo a montadora japonesa, a nova versão tem como base a utilizada no modelo de produção em série, que chega a desenvolver 537 cavalos a 6.400 rpm e tem 62,5 kgfm a 5.200 rpm de torque.

A mecânica do esportivo também conta com uma caixa semiautomática de transmissão de seis velocidades, oferecendo a opção de troca através de paletas (paddle-shift) localizadas atrás do volante.

É destacada também no carro a suspensão, que de acordo com a preferência do motorista, pode ser ajustada.  O GT-R 2012 tem apenas 1,3 toneladas e mais 4,7 m de comprimento / 1,99 m de largura.

Celebrando o lançamento do novo carro, a JR Motorsports participou da prova 24h de Dubai (Emirados Árabes), que foi realizada neste fim de semana, com um Nissan GT-R NISMO GT3 pilotado por Franck Malliaux, Alex Buncombe, Michael Krumm e Tom Kimber-Smith.

Por Manoel da Costa Jr


A partir de outubro, o mercado brasileiro de carros populares vai ganhar um novo integrante, o March, produzido pela Nissan, que até o momento, ainda não confirmou os detalhes completos sobre o modelo.

Enquanto isso, informações extraoficiais não param de surgir na imprensa brasileira. As últimas dão conta de que o compacto; que terá como concorrentes o Fiat Uno, o VW Gol, entre outros; será oferecido em sete versões de configuração, sendo quatro delas equipadas com o motor 1.0 e outras três com o bloco 1.6.

Confira a lista de equipamentos de cada versão:

  • Versão 1.0 (modelo de entrada): Duplo Airbag, Computador de Bordo, Ajuste de Banco do Motorista e Ar Quente.
  • Versão 1.0 Plus: Deve trazer todos os itens do modelo de entrada, mais limpador, lavador e desembaçador traseiro.
  • Versão 1.0 Conforto: Deve ter todos os itens do pacote plus, mais direção hidráulica e ar condicionado.
  • Versão 1.0 S: Virá equipada com todos os itens do pacote conforto; mais retrovisores, vidros, portas e travas elétricas.
  • Versão 1.6 S: Vai contar com todos os acessórios do 1.0 S, acrescido de detalhes cromados no interior da cabine.
  • Versão 1.6 SV: Irá somar todos os itens do modelo 1.6 S, além de trazer um acabamento diferenciado, rádio com CD/MP3 e rodas de liga leve.
  • Versão 1.6 SR (Top de Linha): Será praticamente igual a versão 1.6 SV, se diferenciando apenas no seu visual mais esportivo.

Por André Gonçalves


A multinacional Nissan fez chegar ao consumidor sua nova aposta da linha Tiida, modelo 2012.

O veículo vem com rodas de liga leve de 16 polegadas e chave i-Key (que antes era item presente apenas na versão automática), mas que agora foi incluída no modelo SL com transmissão manual.

Para a versão Hatch com motor 1.8, 16 cavalos e câmbio manual, o consumidor irá desembolsar cerca de R$50.990, valor que pode chegar a ser de R$60.290 para o Tiida SL com câmbio automático. Recursos como o airbag duplo e o sistema de freios ABS continuam sendo exclusividade do modelo Hatch.

 Já o Tiida Sedan poderá custar aproximadamente R$44.500 reais, com transmissão manual e ajuste do banco do condutor.

Os clientes que optarem por uma cor mais convencional, como a branca, poderão adquirir qualquer uma das versões do automóvel, pois todas virão com essa alternativa de cor.

 Por Alberto Vicente


As versões 2012 de veículos automotores são anunciadas por várias montadoras para atrair a atenção dos motoristas que almejam, cedo ou tarde, adquirir seu primeiro ou outro carro. Embora o Banco Central (BC) tenha estabelecido novas diretrizes que atingiram o segmento, as vendas parecem não denotar sinais de queda como se esperava anteriormente.

A Nissan anuncia, a exemplo das concorrentes, exemplares já consagrados, com novos desenhos internos e externos. O Sentra, disponível na versão flex e aprovisionado com transmissão CVT, sai das concessionárias nas motorizações 2.0, 2.0 S e 2.0 SL. O modelo também passa a contar com nova tonalidade, a branca perolizada, “conceito” bem aceito pelo mercado brasileiro.

A versão mais básica do Sentra pode ser adquirida por R$ 54.990,00, a qual dá direito, assim como as demais versões, a três anos de garantia sem qualquer limite de quilometragem. O Nissan Sentra 2.0 MT possui câmbio manual de seis marchas, com opção para o XTRONIC CVT.

Em questões visuais, o Sentra 2012 contempla teto suavemente curvo, dianteira de design agressivo e traseira com ampla altura. No interior as novidades vão desde o painel, com medidor de combustível, temperatura e leitor de conta-giros (RPM), até o posicionamento diferenciado do câmbio, situado no painel de instrumentos.

A versão mais simples abrange rádio com recurso MP3 e CD e conexão para iPod, bem como ar condicionado, rodas com calotas aro 16 e porta-malas acarpetado.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Assessoria de Imprensa


Adquirir um veículo automotor após as medidas adotadas pelo Banco Central (BC), no final do ano passado está um pouco mais complicado, mas na verdade não muito difícil. Depois de um ano de resultados gloriosos para o setor, as montadoras e concessionárias passaram a apostar, mais uma vez, nas promoções e nos feirões.

Nos dias 12 e 13 de março, respectivamente sábado e domingo, a Nissan promoverá mais uma vez o feirão “É Agora Nissan”. A promoção engloba desde taxa 0% aos veículos zero quilômetro financiados em até 36 meses até brindes como película solar, tapetes e o pagamento da 1ª parcela do IPVA.

Entre os carros oferecidos pela montadora destacam-se a família Tiida e Livina, assim como o Nissan Frontier e o Sentra. Para conferir os preços e condições da promoção, vá ao Shopping Center Norte (São Paulo, capital), das 9h às 19h.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Assessoria de Imprensa


Com destreza, o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi particularmente bom em 2010. A economia brasileira, que por décadas sofreu problemas relacionados à inflação, conquistou bons índices no período, com destaque ao Produto Interno Bruto (PIB), que segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) abocanhou alta de 7,5% no ano.

O setor de veículos automotores soube muito bem aproveitar os estímulos fiscais concedidos pelo governo; quando esses incentivos cessaram foi a vez das montadoras nacionais e estrangeiras promoverem feirões, promoções e descontos de todos os tipos para a concretização de suas vendas.

Entre a expansão e as projeções positivas, a Nissan do Brasil anunciou a inauguração de sua 100ª concessionária dentro do país, a Katana, edificada em Itumbiara, Sul de Goiás. Nos últimos quatro meses, ressalta a fabricante, 12 unidades da marca foram abertas. Esse bom aumento reflete as expectativas da montadora de alcançar, em três anos, 5% do mercado nacional.

A abertura de novas concessionárias converge com a chegada de um novo veículo ao país, o Nissan March, o primeiro carro popular proveniente do Japão. Informações ditam que o modelo virá equipado com motor de 1.0 16V Flex, proveniente da Renault, e de 1.6 16V, atualmente equipando a minivan Livina.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Fenabrave


Nissan lançou o modelo Livina 2012 em duas versões. Uma delas vem com o motor 1.6 de 16V e possui câmbio manual. Já a versão considerada top de linha vem com motor 1.8 16V  e transmissão automática.

Um dos destaques do veículo é o seu amplo espaço interno e a agilidade. Além disso, a Nissan fez modificações a fim de proporcionar uma melhor relação custo-benefício. O monovolume pode ser comprado a partir de R$ 43.990 na sua versão mais simples.

Outra novidade da montadora é o Grand Livina que vem com câmbio manual de 6 marchas na versão 1.8 S e custa R$ 54.290. O modelo 1.8 SL, mais completo e com câmbio automático também de 6 marchas, fica em torno de R$ 62.290. O Grand Livina 2012 possui para-choques da mesma cor do carro, 64 opções de configurações dos bancos, permitindo que o porta-malas tenha capacidade de 607 litros, e se todos os bancos forem rebatidos, essa capacidade aumenta ainda mais, chegando a 964 litros.

O Grand Livina 2012 apresenta também as versões mais completas, como a versão 1.8 S MT e a top de linha 1.8 SL AT, que vem com volante e bancos em couro.

O modelo é concorrente direto do veículo Zafira da montadora Chevrolet.

Por Andrea Gomes


Adquirir um veículo automotor nem sempre é tarefa fácil. Antes de fechar um negócio, o consumidor tem de estar atento não apenas com o valor das prestações, mas quais outros custos um novo carro acarretará, entre eles Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), DPVAT etc.

Para facilitar a vida de seus atuais clientes, a Nissan do Brasil acaba de anunciar a instauração do 1º Programa de Fidelidade da montadora. Donos de modelos usados da fabricante recebem descontos adicionais de até R$ 5 mil no ato da troca por um exemplar zerado, da própria Nissan.

Para Carlos Murilo Moreno, diretor de Marketing da Nissan do Brasil, os recordes de venda nos últimos meses são reflexos da enérgica campanha em realizar o sonho do carro com tecnologia e qualidade provenientes do Japão.

Segundo a assessoria de imprensa da marca, o programa é válido para a troca dos exemplares Tiida Hatch e Sentra (2007/2008 a 2009/2009), Frontier e Xterra (qualquer ano e modelo). Os modelos disponíveis no programa, para aquisição, são o Sentra, o Tiida Hatch e o Frontier.

A montadora ressalta que para participar do intento o proprietário precisa comprovar ser dono do veículo há pelo menos seis meses.

Por Luiz Felipe T. Erdei


O novo Tiida Sedan da Nissan já tem cara e atrai pela sua modernidade em suas linhas

A Nissan mostrou o primeiro desenho público da nova fase do Tiida Sedan. A nova versão receberá o nome de Versa e inicia as suas vendas nos Estados Unidos. Esse nome já é familiar para os norte-americanos pois o modelo hatch do Tiida, é conhecido também por esse nome.

O modelo apresentado no desenho divulgado pela Nissan, será o mesmo em todos os países onde a empresa vende as outras versões. O novo Tiida Sedan já será mostrado no Salão de Los Angeles em novembro.

Por Carla Caldeira





CONTINUE NAVEGANDO: