Completando a família March, que já está à venda em todo o país a cerca de um mês, a Nissan anuncia a chegada das versões equipadas com o motor 1.6 flex, propulsor baseado no bloco de 1.8 litro que impulsiona o Tiida.

A novidade gera uma potência máxima de 111 cv a 5.600 rpm e 15,1 kgfm de torque aos 4.000 rpm, gerenciado pelo câmbio manual de 5 velocidades, levando o hatch a acelerar até os 191 km/h de velocidade máxima, segundo a montadora japonesa, que afirma ainda que a aceleração de 0 a 100 km/h pode ser feita em 9,49 segundos, quando movido a gasolina.

O novo motor está disponível para três versões do March. No modelo 1.6 S, cujo preço sugerido é de R$ 35.490, os destaques são a presença de itens como computador de bordo, vidros elétricos na dianteira e na traseira, direção elétrica progressiva, ar condicionado, banco do motorista com altura regulável e airbags frontais.

Para o March 1.6 SV, a Nissan sugere preço de R$ 37.990, e o comprador vai encontrar nesta versão rodas de liga leve de 15 polegadas; som com CD, entrada auxiliar, MP3 player e 4 alto-falantes; e alarme acionado por controle remoto.

Já o March 1.6 SR, vendido a R$ 39.990, adiciona vários itens para deixar o modelo com uma cara mais esportiva. Estão presentes roda de liga leve aro 15 na cor titanium, escapamento com ponteira cromada, aerofólio, retrovisores personalizados, adesivos da versão, spoilers traseiro e dianteiro e saias laterais.

Por André Gonçalves


A partir de outubro, o mercado brasileiro de carros populares vai ganhar um novo integrante, o March, produzido pela Nissan, que até o momento, ainda não confirmou os detalhes completos sobre o modelo.

Enquanto isso, informações extraoficiais não param de surgir na imprensa brasileira. As últimas dão conta de que o compacto; que terá como concorrentes o Fiat Uno, o VW Gol, entre outros; será oferecido em sete versões de configuração, sendo quatro delas equipadas com o motor 1.0 e outras três com o bloco 1.6.

Confira a lista de equipamentos de cada versão:

  • Versão 1.0 (modelo de entrada): Duplo Airbag, Computador de Bordo, Ajuste de Banco do Motorista e Ar Quente.
  • Versão 1.0 Plus: Deve trazer todos os itens do modelo de entrada, mais limpador, lavador e desembaçador traseiro.
  • Versão 1.0 Conforto: Deve ter todos os itens do pacote plus, mais direção hidráulica e ar condicionado.
  • Versão 1.0 S: Virá equipada com todos os itens do pacote conforto; mais retrovisores, vidros, portas e travas elétricas.
  • Versão 1.6 S: Vai contar com todos os acessórios do 1.0 S, acrescido de detalhes cromados no interior da cabine.
  • Versão 1.6 SV: Irá somar todos os itens do modelo 1.6 S, além de trazer um acabamento diferenciado, rádio com CD/MP3 e rodas de liga leve.
  • Versão 1.6 SR (Top de Linha): Será praticamente igual a versão 1.6 SV, se diferenciando apenas no seu visual mais esportivo.

Por André Gonçalves





CONTINUE NAVEGANDO: