Foi o tempo que os veículos MINI eram simples ao estilo espartano. A tecnologia agora faz parte do carrinho e de acordo com algumas informações, o modelo a ser apresentado no próximo Salão do Automóvel em Los Angeles deve ser o mais interessante de todos. A BMW não perdeu tempo e despejou no veículo toda a tecnologia que tem direito, incluindo um head-up display (HUD) e um painel recheado de tecnologias de assistência ao motorista.

O HUD deve ser composto de uma tela semitransparente capaz de projetar diversos tipos de informações, como a velocidade atual, limites de velocidade no local e avisos de segurança do sistema. Ele deve ficar isolado do painel principal e um pouco mais acima, melhorando o campo de visão do motorista.

Além disso, a BMW também instalou diversos sensores que aumentaram a segurança do veículo. Agora há a identificação de pedestres junto com um sistema de câmeras de alerta de colisão frontal. Dessa forma, o carro pode até frear automaticamente caso esteja numa velocidade de cerca de 50 km/h.

Essas mesmas câmeras frontais também são a base de funcionamento do sistema automático de navegação, que identifica veículos próximos e controla a velocidade para manter uma distância segura.

Agora é só aguardar a apresentação do MINI Cooper 2014 em novembro desse ano para saber mais sobre as novas tecnologias presentes no ultracompacto.

Ebenézer Carvalho


A MINI, conhecida marca inglesa pertencente ao grupo alemão BMW, acabou de lançar no mercado um novo Cooper. O carro está disponível nas versões perua, estrada, conversível (com 2 e 4 lugares) e esportivo (com 2 e 4 lugares). Todos esses modelos possuem plataformas bem distintas, porém, carregam características típicas da Mini.

Uma das maiores apostas é o MINI Cooper S Coupé (esportivo com 2 portas), que vem equipado com propulsor 1.6 turbo, sendo que essa versão é capaz de desenvolver 224 km/h. O carro é compacto, mas possui um ótimo desempenho. Além disso, possui boa dirigibilidade e estabilidade, que são oferecidas pelo comando no console central.

A transmissão é automática sequencial com 6 marchas. O modelo conta ainda com tração dianteira, discos de freios nas 4 rodas, amplo porta-malas e tanque de combustível com capacidade de 40 litros.

De acordo com a fabricante, o novo MINI Cooper S Coupé é destinado aos apaixonados por velocidade. Para levar para casa o lançamento, é necessário desembolsar cerca de R$ 140.000,00. Para conferir detalhes acerca dos itens de série, design e equipamentos da nova linha, basta acessar o site da MINI.

Por Larissa Mendes de Oliveira


Assim como o Coupé, Cooper, Countryman, Cabrio, e Clubman, foi lançado mais um carro da linha Mini, o Roadster.

O novo lançamento é mais inclinado que os demais, com uma traseira mais elevada, além disso, a grande novidade fica por conta das suas divisões, com motor, cabine e porta-malas, entretanto, sua capacidade no porta-malas ainda é pouca, de apenas 280 litros. O detalhe do Mini fica no aerofólio, que é acionado automaticamente quando atinge 80 km/h.

A desvantagem fica no espaço interno, com somente dois lugares. Para aqueles que gostam de viajar, a vantagem está na disposição do carro nas estradas, pois possui um sistema de direção firme e calibragem de suspensão dura, além de ter recebido reforços na traseira, no para-brisa e nas soleiras das portas. Mas é válido ressaltar que a suspensão, por ser mais esportiva, não consegue filtrar as imperfeições das vias com grande eficiência.

O Roadster S ainda possui motor 1.6 de 184 cv e câmbio automático de seis marchas, além de diversos equipamentos, como ar condicionado, sistema de som, rodas de liga leve, airbags e ESP. A fabricante ainda não divulgou ao certo o valor do carro.

Por Camila Caetano


Outra novidade está prestes a chegar no mercado automotivo, pois a Chevrolet apresentou o teaser com o perfil da nova minivan Spin. Este modelo – um dos novos veículos da Crevrolet desenvolvidos no Brasil – foi divulgado pela filial desta montadora na África do Sul onde o modelo será inicialmente comercializado.

Este novo modelo do automóvel multiuso deve ser lançado no Brasil ainda no ano de 2012.

A Spin em sua nova versão terá variantes com cinco e sete lugares e chega ao mercado com a missão de substituir ao mesmo tempo os modelos Meriva e Zafira, os quais serão aposentados pela Chevrolet.

Este lançamento consiste em mais uma ação da estratégia de renovação dos veículos brasileiros da Chevrolet que já contou com as recentes estréias dos sedãs Cruze e Cobalt, e em pouco tempo terá o reforço com o utilitário TrailBlazer, o SUV Trax e o compacto Õnix.

De acordo com Dan Akerson, CEO global da General Motors, a Spin consiste em um veículo multiuso com visual de utilitário esportivo cujo grande objetivo é combinar a funcionalidade e aparência despojada com uma dianteira inspirada pela TrailBlazer e uma traseira que remonta ao hatch Agile.

Ainda segundo Akerson a nova Spin terá um câmbio automático com seis velocidades, motores 1.8 EconoFlex (com possibilidade de transmissão automática de seis marchas) ou 1.4 EconoFlex (restrito à versão com seis lugares).

Esta novidade interessante terá um preço inicial de R$42.000,00 competindo, assim, de forma direta com modelos como o Honda Fit, Fiat Idea, Nissan Livina e Renault Lodgy.

Por Ana Camila Neves Morais


Um dos lançamentos mais esperados do Salão de Genebra, na Suíça, foi o  Countryman John Cooper Works, da montadora Mini.

O carro tão aguardado e cercado de suspense superou as expectativas de quem conferiu o evento, pois a versão 2013 chegou com o design mais imponente e agressivo, além de ter recebido nova suspensão esportiva, moderno kit aerodinâmico e rodas de 18 polegadas.

O desempenho e a segurança também não deixaram a desejar. A frenagem é bastante precisa e a performance do modelo é realmente surpreendente. O Countryman John Cooper Works 2013 conta ainda com escapamentos especiais, volantes e bancos esportivos, e acabamento interno exclusivo em vermelho ou preto.

O compacto tem sua propulsão realizada através de competente motor 1.6 que atinge a potência de 215 cavalos. Como se não bastasse, o lançamento conta com tração integral e câmbio automático de seis velocidades. Com excelente desempenho o carro da Mini vai de 0 a 100 km/h em apenas 7 segundos, atingindo a velocidade máxima de 225 km/h.

A novidade deve começar a ser vendida na Europa no final do segundo semestre de 2012, entretanto, ainda não se sabe o valor de comercialização.

Por Larissa Mendes de Oliveira


Muitos motoristas literalmente viajam junto com os filmes hollywoodianos, tanto que personagens das películas são representados em eventos da vida real, similar aos cosplayers japoneses. Em várias projeções, poucos são os carros que chamam tanto a atenção dos brasileiros quanto os MiniCoopers, sobretudo em relação ao visual exterior. O Brasil receberá, em breve, uma versão de entrada da marca com custo abaixo de R$ 70 mil, o MINI One.

Os 100 primeiros consumidores que adquiri-lo, ainda em período de pré-reserva, receberão como bônus especial um pacote de serviços que abrange mão de obra e peças. O melhor de tudo é que isso não terá custo algum, sendo basicamente uma promoção.

A versão One do MINI deve chegar aos seus compradores no final do próximo mês. Esses felizardos, que adquirirem as 100 primeiras unidades, sairão favorecidos na hora de realizar inspeções, trocar óleo, filtro de ar e de combustível, fluído de freio, microfiltro do ar condicionado e velas de ignição.

O serviço exclusivo oferecido pela marca tem validade de 50 mil quilômetros ou 03 anos (o que acontecer antes).

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Fenabrave


Poucos o possuem, porém muitos o querem. Um dos braços da BWM, a marca MINI atrai olhares curiosos sempre que seus modelos transitam pelas ruas. A Caltabiano, com dois anos de existência no Brasil, anunciou a chegada do MINI One em solos tupiniquins, o qual pode ser adquirido por R$ 69.950,00.

O compacto inglês aparece no cenário brasileiro aprovisionado com motor 1.6 de 16V, 04 cilindros e 98 cavalos de potência. De acordo com a fabricante, o veículo é capaz de atingir de zero a 100 quilômetros horários em 10,5 segundos e capacidade máxima de 186 km/h.

Com quatro unidades espalhadas por Rio de Janeiro e São Paulo, a rede dispõe o MINI One com câmbio manual de seis marchas, trio elétrico, direção elétrica, ar condicionado, seis airbags, freios ABS, rodas de liga leve e CD Player.

Alessandro Maria, presidente do Grupo Caltabiano, frisa que o exemplar recém-chegado, por enquanto em período de reservas, visa atingir o público jovem, profissionais emergentes e cidadãos que sempre acharam os preços praticados pela marca inacessíveis.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Assessoria de Imprensa


Elegantes, simpáticos, bonitinhos. São essas algumas das palavras destinadas aos veículos MINI, pertencentes ao Grupo BMW. Os modelos já ilustraram vários filmes de grande sucesso de Hollywood. Pelo Brasil, aqueles que os têm geralmente gostam de aproveitar um belo domingo de sol para um passeio pelas ruas e avenidas.

No dia 24 de março, a cidade de Brasília recebeu a primeira loja da MINI, batizada Welt MINI. Por lá já são encontrados veículos da marca, bem como acessórios e a linha MINI Lifestyle. Os brasilienses terão, finalmente, a oportunidade de averiguar de perto o design elegante dos carros dispostos.

De acordo com Martin Fritsches, diretor da marca no país, o Grupo BMW atravessa bom momento no Brasil e no continente latinoamericano, com entrega de quase três mil unidades nas terras brasileiras em dois anos de mercado.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Assessoria de Imprensa


Esteticamente falando, os kits esportivos são lançados pelas montadoras a fim de deixar os carros um tanto quanto mais arrojados. A Mini não fica para trás e lançou para o seu hatchback Cooper o kit esportivo Matt Edition. Porém, com comercialização somente para a França. Por isso, foram somente produzidas 250 unidades dos acessórios. O veículo, nesse caso, é apresentado na cor preto fosco.

Ele também chega com rodas de alumínio exclusivas da série, seus retrovisores tem pintura quadriculada, além dos clientes contarem com um chaveiro, o qual tem o número de série gravado, assim como o painel e o para-lama dianteiro, também vindo com esta numeração.   

Um detalhe do Matt Edition, e que ajuda a deixar o Mini Cooper com o visual mais esportivo, é a sua antena que é mais curta do que as vistas em outros modelos. O preço do kit praticado em terras francesas será de 2.800 euros.

Por Oscar Ariel

Fonte: Auto Evolution


O Cooper, modelo fabricado pela montadora inglesa Mini já é por si só talvez o mais extremado exemplo de carro pequeno do mercado mundial. Seu desenho compacto e suas dimensões reduzidas lhe conferem esta característica. E um carro com estas qualidades tem realmente um segmento de mercado interessante. Principalmente para o trânsito caótico e a falta de espaço das grandes cidades do mundo. Mas agora a Mini esta planejando, um modelo ainda menor que o Mini Cooper, que iria concorrer com outros modelos também reduzidos como o Smart Fortwo.

Para conseguir esta proeza de quase miniaturização de um carro, a Mini deverá construir o novo modelo somente com dois lugares, conseguindo fazer um mini ainda mais mini do atual Cooper. Acima de tudo deverá ser um carro extremamente prático, de fácil manobra e com pouquíssima dificuldade para estacionamento. Embora muitos possam questionar sua estética, se for mantido o estilo do Cooper.

Além deste projeto de um carro menor ainda, a Mini planeja outros lançamentos como um Cupé, um Roadster e variações do atual Cooper e também um utilitário esportivo baseado no Beachcomber, um crossover seu cuja característica principal é ter o teto, tampa do porta-malas e portas removíveis.

Por Mauro Câmara

Fonte: Carros IG





CONTINUE NAVEGANDO: