Carro chegará às concessionárias de todo o país no próximo ano e custará R$ 312 mil.

A montadora Mercedes-Benz anunciou no dia 30 de novembro o lançamento de um novo modelo da marca no mercado nacional. O utilitário esportivo GLE, que vem para suceder o Mercedes Classe M e vem na versão 350d 4Matic.

Anteriormente esse modelo era conhecido como ML, entretanto, continua com o posto de mais luxuoso da empresa, mas agora passa a se chamar GLE. Consequentemente veio uma renovação visual, com várias novidades mecânicas e em seus acessórios. Além do design, seu espaço interno foi conservado devido sua plataforma, o que dá um grande conforto para os passageiros.

O carro foi exposto no Salão de Nova York com uma frente nova, com faróis, para-choques e grades redesenhados. Atrás o veículo conta com uma saída de escapamento e pára-choques, com novos formatos. A lâmpadas em LED vem em uma nova disposição.

Na parte interna, o GLE possui espaço de sobra e um excelente acabamento. Suas medidas são de 4,81 metros de comprimento e 2,91 metros entre-eixos, também possui um grande espaço no porta-malas, comportando 690 litros.

Veículos do SUV apresentam vários acessórios como: sistema Dynamic Select (que tem objetivo de controlar a dirigibilidade de forma dinâmica e contar com cinco modos diferenciados de condução), o Slippery, o Comfort, a Individual, Off-road e Sport. Vem com uma suspensão chamada de Airmatic, que tem uma nova regulagem, que altera suas características de acordo com o modo selecionado no Dynamic Select.

Este modelo também conta com sete airbags, rodas de 19 ou 20 polegadas, faróis em LED com sistema Intelligent Light, sistema start/stop, direção elétrica, conjunto Active Parking Assist com câmera de ré, freios ABS, controle de velocidade em decida, sistema Comand Online com uma tela de 8 polegadas, detector de fadiga, entre outros.

O motor é um turbodiesel, 3.0, 6V de 258 cavalos de potência. Será comercializado na versão 4MATIC e 4MATIC Family, com transmissão automática 9G-TRONIC de 9 marchas, com tração integral 4MATIC.

O carro chegará custando R$ 312.900 e R$ 369.900.

FILIPE RIBEIRO DA SILVA


Novo modelo será um coupé, fabricado baseado na nova geração de plataforma da montadora. Previsão de lançamento é para 2019.

A glória do cobiçado Audi TT pode estar com seus dias contados. Isso porque a Mercedes-Benz está com planos de lançar um veículo para bater de frente com o carro da marca pertencente à Volkswagen.

A informação foi divulgada pelo site da revista Autocar, e dá conta de que o projeto tem previsão para ser lançado nos próximos anos. Segundo a publicação, o veículo da Mercedes também seria um coupé, porém, sua construção seria em cima da nova geração de plataforma da montadora. Essa plataforma é compacta e tem tração dianteira.

Com nova tecnologia, a plataforma é ideal para qualquer tamanho e segmento de veículo, sendo fácil à adaptação de novos recursos, o que inclui a propulsão híbrida.

A previsão é de que o novo carro da Mercedes chegue ao mercado em 2019. E não é apenas o Audi TT que a marca quer brigar de igual para igual, pois eles pretendem, também, encarar o BMW Série 2.

A motorização deve seguir a mesma linha de outros modelos de coupé fabricados pela AMG, como é o caso dos compactos CLA 45 AMG, A 45 AMG, e GLA 45 AMG. Isso significa que esse novo modelo deve vir com um motor turbo de 2.0 litros, que entrega até 400 cavalos de potência.

E quem pensa que é apenas esse novo coupé que deve vir com essa nova carroceria se engana, pois a montadora alemã tem planos de criar também um novo conversível, com essa mesma plataforma.

Sobre o Audi TT, a montadora da Volks também está com grande expectativa, pois seu novo modelo já tem até site exclusivo e já está recebendo reservar em sua plataforma. A marca deve começar a comercializar a nova versão entre o fim de maio e o início de junho desse ano. No site, é possível ver todos os detalhes da terceira versão desse veículo que trouxe grande prestígio à marca.

Por Felipe Villares

Novo Mercedes-Benz coupé

Foto: Divulgação


Novo modelo da montadora irá competir com o Audi TT

le=”text-align: justify;”>
A Mercedes-Benz poderá estar preparando para disponibilizar um novo modelo para concorrer no ramo de cupês esportivos no mercado. Segundo fornecedores atuais, o objetivo da empresa é competir com o Audi TT, que recebeu atualmente sua segunda geração e possui destaque na categoria.

O novo modelo poderá possuir como base a próxima geração do Classe A, que da mesma forma como a versão recente, poderá fornecer, somado ao hatch, os modelos cupê de quatro portas (CLA) e crossover (GLA). Detalhes sobre o futuro modelo ainda são poucas, entretanto, é previsto que o novo Mercedes-Benz possua motores de quatro cilindros, onde a versão 45 AMG faz parte.

Caso tudo aconteça como o previsto, o cupê esportivo da companhia poderá ser recebido nas concessionárias na metade de 2019 também na versão roadster.

A Mercedes-Benz também inicia as vendas, a começar de março, do E 250 Turbo Antgarde VR4 que será produzido blindado. Em Santa Catarina, o veículo é comercializado por encomenda e é proveniente diretamente da Alemanha. O valor é de R$ 339 mil. Ele possui motor 2,0 litros turbo com 211 cavalos de potência e 350 Nm de torque, possibilita acelerar de 0 a 100 km/h em 8,9 segundos e alcança a velocidade máxima de 240 km/h.

O veículo fornece grande comportamento dinâmico, onde sua suspensão e sistema de freios foram produzidos pela empresa continuarem com os padrões de performance, estabilidade e segurança comuns da companhia. De acordo com a empresa, o modelo tem blindagem com nível de resistência VR4 certificado, que confirma segurança contra disparos de armas portáteis com calibre semelhante ao Magnum .44.

O veículo é resistente principalmente em locais apontados como críticos, onde pode-se citar as zonas de união entre peças de metal e vidro, a fechadura da porta, a zona do ar-condicionado ou ainda os triângulos dos retrovisores externos. Os pneus run-flat tratam-se de mais um componente de segurança.

Por Felipe Couto de Oliveira

Suposto novo Mercedes-Benz cupe

Foto: Divulgação


Os veículos com o devido problema correm risco de incêndio

Foi convocado pela empresa fabricante de automóvel Mercedes-Benz, nesta última quarta-feira, dia 11 de março, um recall para 771 veículos do CLS e 239 do Classe E, o que totalizam 1.010 veículos envolvidos.

O motivo para a convocação desses veículos para o recall foi a constatação feita pela empresa de que, possivelmente, estes veículos estejam com a borracha de fixação do capô mal fixada, o que pode ocasionar a soltura deste componente que, se caso entrar em contato direto com o sistema de catalisador da tubulação do escapamento, pode dar início, facilmente, a um incêndio no veículo.

Os proprietários de todas as versões dos veículos citados acima devem comparecer com os seus veículos até uma concessionária da Mercedes mais próxima de suas residências para que o problema seja sanado.

Para sanar este problema, a Mercedes divulgou por meio de nota que os mecânicos da empresa irão realizar a instalação de grampos de fixação da borracha do capô, afim de que os carros não mais corram risco de pegar fogo.

Os veículos que foram afetados com essas anormalidade foram os fabricados entre 2 de julho de 2012 e 1º de dezembro de 2014 e possuem os seguintes chassis WDDHF5KW0EB000789 a WDDHK5KW5EA997875.

Para que o serviço seja feito nas concessionárias da marca e não haja filas de espera, a montadora adotou um sistema de agendamento, a fim de evitar mais transtornos para os seus clientes. O serviço de instalação destes grampos é inteiramente gratuito e demora uma média de 10 minutos para que seja feito com sucesso.

O telefone para os proprietários destes veículos realizarem o agendamento nas concessionárias é o 0800 970 9090, ou para aqueles que desejarem saber mais informações à respeito de todos os detalhes envolvendo essa operação, podem encontra-las no site da marca aqui no Brasil, que é o www.mercedes-benz.com.br.

Desse modo, a Mercedes-Benz está demonstrando o compromisso com o seu consumidor final e justificando porque ela é uma das marcas de maior renome no setor automobilístico.

Por Adriano Oliveira

Foto: divulgação


A Mercedes-Benz enviou seu conceito para o Salão de Genebra. O Concept V-ision e foi apresentado exclusivamente no evento pela companhia. O modelo híbrido é baseado no Classe V e tem o motor de quatro cilindros a gasolina, que proporciona 210 cv e 35,69 de torque, assim como outro bloco elétrico com 122 cv e 34,67 mkgd. Assim, a potência presente é de 333 cv r 61,18 mkgf de torque. Com base no desempenho, o conceito atinge 100 km/h em 6,1 segundos, possuindo a velocidade máxima de 206 km/h. O consumo médio do modelo é de 33,3 km/l, tendo autonomia de 50 km no modo elétrico, sem precisar de recarga.

O modelo tem para-choques, saias laterais, spoiler traseiro que proporcionam a ele um aspecto esportivo, assim como rodas de liga leve de 20 polegadas multi-raios. Contudo, as novidades de destaque estão no interior, com teto panorâmico, poltronas individuais, e totalmente reclináveis, em couro branco. A cor também realiza o revestimento do console e do volante multifuncional. Com a meta de fornecer mais conforto, cada um dos bancos tem suportes para iPad nos encostos de cabeça.

A companhia também anunciou atualmente a chegada da versão E 250 Turbo Avantgarde VR4 no mercado brasileiro. O modelo será comercializado por R$ 339.900, oferecendo proteção equivalente ao nível III-A.

Além da proteção da carroceria, que possui trechos de junção entre equipamentos, e dos vidros, com a tecnologia E-Guard, que proporciona a proteção dos passageiros evitando a projeção de estilhaços para dentro, os pneus do E 250 Turbo Avantgarde VR4 são runflat, o que proporciona que o veículo realize o trajeto por um trecho, com velocidade limitada, ainda se tiver perda de ar. Com base no desempenho, o Classe E blindado possui a aceleração de 0 a 100 km/h em 8,9 segundos, alcançando a velocidade máxima de 240 km/h. O bloco existente no sedã é o 2.0 turbo de quatro cilindros.

Por Felipe Couto de Oliveira

Mercedes-Benz V-ision e Concept

Foto: Divulgação


O novo C450 AMG 4MATIC aumenta ainda mais o segmento de produtos da marca de modelos de desempenho desportivo da famosa Mercedes-Benz. Isso, claro, devido à estreia de um novo modelo da AMG.

Estamos tratando aqui de uma versão de entrada bastante chamativa para o mundo da AMG, é o C450 AMG 4MATIC. O modelo em questão traz uma combinação de um motor V6 de 3,0 litros biturbo de 270 kW o que resulta em 367 cv. E tem mais detalhe que atraem os olhares para esse modelo como o desempenho do sistema de tração integral e também a tecnologia de suspensão que já conhecemos, pois foi adotada no Mercedes-AMG C 63.

Em termos mais populares essas combinações possibilitam ao motorista uma condução confortável e emocionante.

De acordo com as informações divulgadas até o momento o novo esportivo terá duas opções de versões que são a “station” e a “limousine”. Isso acaba por contribuir para a que linha de oferta de produtos seja mais extensa em relação a gama Classe C.

Já as informações que dizem respeito ao lançamento do modelo apontam que o mesmo deverá “dar as caras” no mercado apenas no 3° trimestre de 2015.

Indo um pouco mais a fundo é facilmente perceptível que o novo C 450 AMG 4MATIC tem como base fundamental o modelo de produção mais potente do Classe C, o C 400 4MATIC. O que foi feito foi uma espécie de reanálise das funcionalidades técnicas do carro desportivo da AMG.

O motor V6 biturbo de 3,0 litros pertence a mesma família de motores BlueDIRECT da Mercedes-Benz. Certas inovações na parte técnica ainda contribuíram para que os engenheiros da AMG conseguissem aumentar a potência.

O C450 AMG 4MATIC chama a atenção não apenas pelas configurações, mas também pelos detalhes de seu interior que também apresentam materiais de qualidade que contribuem ainda mais para a esportividade do carro.

Por Denisson Soares

Mercedes-Benz C450 AMG 4Matic

Mercedes-Benz C 450 AMG 4MATIC

Mercedes-Benz C 450 AMG 4MATIC

Fotos: Divulgação


A marca Mercedes-Benz está a cada dia mais inovando no mercado. Um de seus modelos o AMG GT consistirá em um dos destaques no Salão do Automóvel na cidade de São Paulo, quando ele chegar no país.

Mas, as novidades não param por aí. A marca agora está lançando uma nova versão, o AMG GT3 com o intuito de conquistar ainda mais o público. Recentemente ela mostrou os desenhos oficiais do utilitário.

Esta nova versão será a sucessora do modelo SLS AMG GT3 que sairá de linha. Está previsto que o modelo seja mostrado ao mercado no dia 3 de março de 2015, no Salão de Genebra na Suíça. Porém, quanto à sua circulação nas pistas é esperado que tenha início apenas em 2016. O diferencial neste veículo AMG GT3 é que ele é voltado para competições.

A Mercedes-Benz está seguindo as regras da Federação Internacional de Automobilismo na produção do utilitário. O modelo terá uma carroceria mais estendida, com cavas das rodas mais pronunciadas e outras opções de entradas de ar. Um diferencial no modelo está em sua asa traseira que é bem ampla e possibilita uma maior força descendente no eixo de trás. Depois que o AMG GT3 for mostrado ao público, ele permanecerá sendo desenvolvido e testado com o intuito de estar em condições de ser utilizado em competições no ano de 2016.

Com este lançamento a Mercedes-Benz pretende conquistar ainda mais o mercado demonstrando a tecnologia e a qualidade dos seus modelos. A marca foi fundada na Alemanha e tem como destaque o desenvolvimento dos primeiros veículos motorizados do mundo. Os protagonistas desta descoberta foram Gottlieb Daimler e Karl Benz. Eles também obtiveram outras conquistas como, por exemplo, a construção inédita do primeiro ônibus, do primeiro caminhão motorizado movido a gasolina e também do primeiro caminhão motorizado movido a diesel em nível mundial.

Por Felipe Couto de Oliveira

Mercedes-Benz AMG GT3

Mercedes-Benz AMG GT3

Fotos: Divulgação


Após o lançamento das versões preparadas do C 200, do CLS 63 e do clássico SUV Classe G, a Strasse, importadora oficial da Brabus no Brasil, anunciou a chegada do novo C 180 Brabus 2015. Assim como nos outros modelos, a Brabus preparou o novo Mercedes C 180 para deixá-lo mais agressivo, com melhor eficiência aerodinâmica e com motor mais potente do que a versão convencional. A Strasse oferece o novo C 180 Brabus 2015 com preços a partir de R$ 159 mil.

Disponível nas carrocerias sedan e touring (Station Wagon), visualmente o novo C 180 Brabus se destaca pela adoção de um novo para-choque dianteiro com spoiler integrado, rodas de liga leve Monoblock R ou F que podem ser de 18 ou 19 polegadas, aplique cromado nas laterais, para-choque traseiro com difusor de ar integrado e duas saídas duplas de escape, bem como um aerofólio traseiro. Além de deixar o modelo mais agressivo e esportivo, o spoiler dianteiro e o aerofólio traseiro aumentam a downforce, força criada para baixo pelas características aerodinâmicas do carro, melhorando a dinâmica de condução em uma tocada mais esportiva.

No interior, a preparadora acresce ao novo Mercedes C 180 pinos de portas, tapete da marca Brabus, pedais esportivos em alumínio e Paddle Shifts de metal incorporado ao volante, tudo para elevar a esportividade do carro.

Mecanicamente, o novo C 180 Brabus 2015 vem equipado com o mesmo motor quatro cilindros em linha 1.6 Turbo com injeção direta de combustível da versão convencional. Contudo, o bloco foi reconfigurado para deixar de oferecer 156 cv e torque de 250 Nm (25,49 kgfm) para passar a entregar 177 cv de potência e torque de 300 Nm (30,59 kgfm). Dotado de transmissão automática 7G-Tronic Plus com sete velocidades, o modelo preparado acelera de 0 a 100 km/h em 8,4 segundos, com velocidade máxima de 230 km/h.

Vale lembrar que os propulsores preparados pela Brabus possuem garantia de 100 mil km ou dois anos, além de ter todos os componentes manufaturados em OEM Quality. Por fim, para quem já possui um Mercedes-Benz de até 12 meses pode fazer conversão levando seu veículo para a Strasse, importadora oficial da Brabus no Brasil, preparar e deixa-lo mais potente e agressivo. 

Por Caio Polo

Mercedes-Benz C 180 Brabus

Mercedes-Benz C 180 Brabus

Mercedes-Benz C 180 Brabus

Fotos: Divulgação


Foi confirmada a implantação de uma nova fábrica da Mercedes-Benz na cidade paulista de Iracemápolis. O anúncio oficial aconteceu dia 1º de outubro, no Distrito Federal. Em reunião com Dilma Rousseff, presidente do país, os representantes da montadora assinaram o contrato de instalação.

De acordo com Andreas Renschler,  chefe de produção da Mercedes-Benz, o    investimento total na nova fábrica será de 170 milhões de euros, o equivalente a  R$ 510 milhões. A expectativa é que aproximadamente 1.000 empregos diretos serão gerados.

O início das atividades está marcado para 2016 e a princípio a estimativa é de que 20 mil unidades  de utilitários leves sejam produzidos anualmente. Os modelos que já  estão confirmados para fabricação na nova planta são o Classe C e o SUV compacto GLA. Os outros carros da categoria, por enquanto, continuarão sendo fabricados no México.

Philipp Schiemer, executivo da empresa, afirmou que a Mercedes será a única montadora/fábrica de veículos atuante em todos os segmentos de mobilidade (carros, ônibus, caminhões e vans) a ser instalada no Brasil.

A nova fábrica da Mercedes-Benz é a 12ª fábrica de utilitários leves a ser implantada no  Estado de São Paulo, o que sinaliza o quanto o mercado de automóveis no país está mais em alta do que nunca.

Por Larissa Mendes de Oliveira Soares


A próxima geração do Mercedes Classe C finalmente virá em versão hatch, segundo informações de fontes próximas à marca. Por enquanto, os detalhes específicos do novo veículo são desconhecidos, mas sabe-se que o objetivo principal da empresa é fazer uma concorrência direta com o Série 3 GT, da BMW. Ainda segundo as informações, o modelo chega ano que vem e será muito mais moderno e “atlético” que os outros membros da família Classe C. A geração cupê da Mercedes, prevista para o ano de 2015, também terá um visual mais masculinizado, combinando com a nova visão de design da empresa.

Visto recentemente, o próximo Mercedes-Benz Classe C deverá ser bastante parecido com o Novo Classe S, além de ser mais seguro, leve e tecnológico.

Os motores prováveis dessa nova versão devem ser o 1.6 turbo (movido a gasolina e com potência de 156 cv), o 2.0 turbo (que pode ter variações entre 184, 211 e 252 cv), o 3.0 V6 (que chega a 333 cv de potência) e o 2.1 movido a diesel (que oferece 170, 204 ou 231 cv de potência).

Ainda segundo especialistas, o novo estilo poderia até influenciar a nova geração do Classe E, que faria concorrência direta com o Série 5 GT e também com o Audi A6, outro veículo de mesmo formato.

POR EBENÉZER CARVALHO


A Mercedes-Benz apresentou recentemente o seu novo veículo Sprinter Chassi 311 CDI Street. O modelo possui um motor 2.2 a diesel, com dois turbos e quatro cilindros.

Para atender as normas contra emissões de poluentes, o carro vem equipado com a tecnologia EGR, que funciona como uma recirculação dos gases de escape.

A troca de marcha possui 6 relações e ajudam a reduzir o consumo de combustível. No painel do motorista, pode-se ver um indicador que mostra o momento certo para trocar de marcha.

A Mercedes desenvolveu o veículo em duas versões: o longo (com 5,87m de comprimento) e o extra longo (com 6,68m de comprimento). Os dois modelos incluem caçamba, baú com frigorifico ou baú de carga seca.

O Chassi CDI Street possui freios antitravamento (ABS), airbag frontal para o motorista, controle de instabilidade e tração, faróis de neblina, vidros elétricos, CD Player e volante com ajuste de profundidade.

Um grande diferencial do Chassi CDI Street é que ele é considerado um Veículo Urbano de Carga (VUC). Devido a isso, ele pode circular em áreas restritas.

Outro benefício é que para dirigir o condutor só precisa ter CNH na categoria “B”, a mesma usada para veículos de passeio.

Para conferir mais informações, acesse o site www.mercedes-benz.com.br.

Por Luana Lima


A Mercedes-Benz sem dúvida alguma está dentre as mais importantes e luxuosas marcas automotivas do mundo. Exemplo de elegância e inovação, a montadora surpreende a cada lançamento e com o aclamado E63 não poderia ser diferente.

O carrão chega com toda pompa e circunstância que merece, após um longo período de expectativa e especulação. O modelo E63 foi idealizado com a finalidade de alavancar o número de vendas em 2013 e pelo visto, ele não irá decepcionar.

O novo E63 é um carro que alia beleza, conforto, estilo e excelente desempenho. Por isso, é marcado pela qualidade tanto no visual quanto nos atributos mecânicos.

O veículo será equipado com entradas de ar maiores na parte dianteira e para-choques mais modernos. Além disso, o carro contará com rodas de liga leve acopladas ao difusor, que tem como objetivo a diminuição do fluxo de ar na parte debaixo do automóvel.

O motor do carro é o V8 biturbo 5.5, que desenvolve de 0 a 100 km/h em apenas 4 segundos. Como se não bastasse, o câmbio é automático de 7 velocidades. Esse conjunto foi elaborado para oferecer excelente dirigibilidade e estabilidade.

Por Larissa Mendes de Oliveira Soares


Que a Mercedes-Benz é sucesso por onde passa todo mundo já sabe. Novidade mesmo é o mais novo e surpreendente carro da montadora, o Smart Fortwo 2013. O lançamento acaba de chegar às terras tupiniquins e já está tirando o fôlego dos brasileiros apaixonados por carros.

Seguindo seus padrões de estilo, modernidade e requinte, a fabricante está apostando fortemente na boa comercialização do Smart Fortwo 2013, afinal, o carro reúne ingredientes que prometem agradar os usuários.

O carro contará com quatro versões distintas, sendo elas a MHD Coupé, o Turbo Coupé, o Turbo Cabrio e o Turbo Cabrio Tritop. Em todas essas variações, o carro virá com propulsor 1.0, capaz de desenvolver até 84 cavalos de potência e atingir no máximo 120 km/h.

Como se não bastasse, o novo Smart Fortwo 2013 contará com freios ABS, sistema start/stop, airbag duplo, direção elétrica, iluminação em LED, vários porta-objetos, spoilers redesenhados e rodas de 25" de liga leve.

No interior, o veículo possui bancos revestidos em couro, teto panorâmico, ar condicionado e completo sistema multimídia (com Som, GPS, DVD e Bluetooth).

De acordo com a Mercedes-Benz, o lançamento será vendido por valores variáveis entre R$ 53.000 e R$ 73.000, oscilando conforme a versão.

Por enquanto, as primeiras unidades do veículo só podem ser vistas em feiras e salões especializados.

Por Larissa Mendes de Oliveira


A Mercedes Benz é uma das montadoras que mais inova e surpreende no mundo. Pautada numa forte política de modernização, a marca acaba de apresentar ao mercado o modelo Classe B Eletric Drive, sua nova aposta.

O lançamento é visualmente idêntico ao seu antecessor, entretanto, conta com motor elétrico com bateria de lítio. Essa versão atinge a potência de 135 cavalos e alcança a velocidade limite de 150 km/h. Além de alterações no conjunto mecânico, o veículo da Mercedes Benz vem equipado com: ar-condicionado, air-bags frontais e laterais, tração integral e freios ABS.

Na parte interna, o lançamento continua primando pela sofisticação e comodidade. O conforto é oferecido pelos bancos totalmente acolchoados, completo sistema multimídia, opções de entretenimento como Blue Ray, volante com comando, navegador GPS, vários porta-objetos, entrada USP, dentre outras funcionalidades.

Os interessados em ver de perto e até mesmo comprar esse lindo carro sustentável, terá que espera um pouco mais, uma vez que o novo  Classe B Eletric Drive da Mercedes Benz só começará a ser vendido em 2014. Os preços de comercialização não foram divulgados pela marca.

Por Larissa Mendes de Oliveira


A Mercedes-Benz decidiu apresentar oficialmente o seu novo veículo, o CLS 63 AMG Shooting Brake. Esta é uma versão esportiva do CLS, sendo que também tem mais potência do que a perua tradicional.

O motor do novo veículo é um dos destaques. Oferecido em dois modelos diferentes, o automóvel tem uma versão padrão que possui motor 5.5 twin-turbo, com oito válvulas e que gera potência de 525 cavalos.

O torque pode chegar a 71,1 kgfm. Na outra versão, a Edition 1, o BMW CLS tem potência de 557 cavalos e torque de 81,3 kgfm. Em ambas as versões, o câmbio é AMG SpeedShift MCT com dupla embreagem e sete marchas.

A aceleração do veículo é de 4,4 segundo indo de 0 a 100 km/h. Na versão Edition 1, este tempo diminui 0,1 segundo. Já a velocidade máxima é de 250 km/h.

O CLS 63 AMG Shooting Brake já tinha sido apresentado no Salão do Automóvel de São Paulo de 2010, mas, na época, foi apenas um protótipo do veículo. Agora, o carro começará a ser vendido na Europa, com início das vendas em outubro.

Fonte: Mercedes-Benz

Por Matheus Camargo


Agora a Mercedes entrará com as versões 250 e 55AMG do roadster SLK, em troca sairão os modelos 200 e 350, e a estréia será já no segundo semestre.

A versão 250 mantém o motor de quatro cilindros, mas com uma potência bem mais elevada, com 204 cavalos. Já o 350 continua com todo o complexo de equipamentos que inclui faróis bixenônio, sistema Air Guide, ar-condicionado dual-zone, bancos de couro especial Sun-Refletive, sistema que detecta sinais de sonolência no motorista, sensor de estacionamento, equipamento que desloca os apoios de cabeça para proteger os ocupantes, em caso de colisão traseira, seis airbags, e multimídia Comand, ou seja, para quem gosta de carros completos e com total conforto essa é a opção.

Ambos continuam com a mesma transmissão, caixa 7G-Tronic Plus, com sete marchas, sem dizer que para os motoristas que gostam de dominar o carro é possível manter as sete marchas no modo manual, através das borboletas que ficam atrás do volante.

Ainda é possível mudar o modo de direção do carro quando necessário, assim como E (Efficient), o carro consegue ficar mais lento, com aceleração gradual, assim, economiza-se combustível. Já como C (Comfort), é possível obter reações mais rápidas, com todo o conforto. Ainda há o S (Sport), com muita emoção e aventuras, podendo acelerar bastante.

Ainda não está definido o valor exato desses veículos. 

Por Camila Caetano


A Mercedes-Benz acaba de lançar nesse mês em Campos do Jordão (SP) o novo ML 350, com um visual muito mais moderno além de estar mais potente, podendo chegar em até 306 cavalos na versão esportiva, devido ao motor V6 a gasolina, que ainda conta com um funcionamento bastante silencioso.

Mas o condutor pode usar o câmbio semi-automático por meio das borboletas atrás do volante, caso queira mais emoção.

O carro também possui câmbio automático e um porta malas de 770 litros, e direção elétrica, com bastante conforto. Também possui dispositivos de segurança, como ABS e controle de tração.

Como é um esportivo, quando o condutor estiver em lugares mais irregulares e precisar de um controle pode acionar o Downhill Speed Regulation (DSR) que possibilita regular a velocidade, que pode variar de 2 a 18 km/h.

A marca tem a expectativa de vender aproximadamente 250 unidades ainda nesse ano, e será vendido a partir de 335 mil reais.

Já a versão SUV possui um ótimo acabamento no seu interior, e equipamentos como GPS, com a tela colorida de 7 polegadas, além de um sistema que permite acessar as redes sociais através de um celular com conexão 3G. 

Por Camila Caetano


O novo Classe A terá um valor de 18.495 libras no Reino Unido. O preço é equivalente a R$ 61.225,00. A informação foi divulgada pela Mercedes-Benz, fabricante do automóvel, que ainda ressaltou que o veículo deverá começar a ser comercializado no Reino Unido somente a partir de dezembro.

A Mercedes já informou que o carro possuirá dois tipos de motorização e de câmbio no Reino Unido. Em qualquer um dos casos, o modelo utiliza o diesel ou a gasolina como combustível. Uma das opções de motor a diesel é 1.5 com 109 cv de potência e a segunda alternativa é 1.8 com potência de 136 cv. Já na versão a gasolina, o carro tem motor 1.6 com 122 cv ou ainda um motor 2.0 com 211 cv de potência. Quanto ao câmbio, os proprietários podem escolher por modelos automáticos com sete marchas ou manuais de seis velocidades.

Como itens de série, o veículo possui sistema de som com tela de 5.8 polegadas, USB e entrada auxiliar; freios ABS com recurso adaptativo; Bluetooth; múltiplos airbags; Hill-Start Assist; controle de estabilidade; entre outros atrativos.

A versão Sport do veículo ainda tem grade com filetes e saídas de escapamento cromados, rodas com 17 polegadas de aro, piloto automático e sensor de chuva.

Na versão top de linha, o novo Classe A oferece kit aerodinâmico, suspensão esportiva, cintos de segurança vermelhos, luzes de LED diurnas, rodas de 18 polegadas e melhorias no controle de estabilidade.

Fonte: Mercedes-Benz

Por Matheus Camargo


Chegou ao Brasil nesta quarta-feira (20) a mais nova versão do Classe C, da Mercedes. O C 3 Coupé Black Series é o modelo mais potente já produzido pela montadora desta linha de veículos.

O C 3 Coupé Black Series vem com motor 6.3 litros, oito válvulas e 517 cavalos de potência com 6.800 rpm e torque de até 620 Nm a 5.200 rpm. O limite máximo de velocidade é de 300 km/h, mas o veículo vai de 0 a 100 km/h em 4,2 segundos.

O câmbio é de sete velocidades, com propulsor combinado. A troca de marchas nos modelos Manual e Sport Plus, inclusive, acontecem em somente 100 milésimos de segundo. Outros benefícios são a suspensão esportiva ajustável e sistema de freios AMG.

O carro também possui cinco airbags, limitadores de força dos cintos de segurança, tensionadores, freios ABS com ESP de estágio triplo, sistema para alerta sobre a perda de pressão nos pneus, assistência dos faróis e controle de velocidade automática e com limitador.

O porta-malas tem capacidade de 475 litros e as rodas foram alargadas em 28 milímetros de cada lado. Já no interior, o C 3 Coupé Black Series possui bancos em couro e individuais, mesmo na traseira. Nos bancos da frente, há sistema de aquecimento e o volante conta com borboletas para as trocas de marchas.

Apesar de ter sido lançado no Brasil, o veículo teve a divulgação de seu preço somente em dólares. O carro custará 337.800 dólares, o que representa cerca de 684,3 mil reais.

Fonte: Mercedes-Benz

Por Matheus Camargo


Grandes novidades estão reservadas para o Salão de Pequim, a ser realizado na segunda quinzena de abril de 2012.

Certamente, o evento será o cenário de grandes lançamentos automobilísticos.

Na ocasião, será apresentada a inusitada Mercedes-Benz Classe G, que ganhou detalhes diferenciados como os novos espelhos laterais e luzes de LED aplicadas abaixo do farol.

Dentre outras características, o carro impressiona especialmente devido à potência de 612 cavalos, gerada pelo eficiente motor Biturbo V12 e presente na versão G65 AMG.

Além disso, a linha trará ainda outra opção de motorização. Trata-se do propulsor Biturbo V8 que atinge 544 cavalos e será encontrado na versão G63.

Ambos os motores tem o desempenho superior aos modelos utilizados em outros carros da classe G lançados anteriormente.

Na parte interna, é possível verificar mudanças na alavanca de câmbio e no painel do carro.

Vale destacar que a transmissão em todos os modelos da família será a  7G-Tronic, com tecnologia automática de sete velocidades.

Mesmo com essas modificações, o carro  segue bem parecido com o seu antecessor.

De acordo com a montadora, o Classe G 2013 chegará ao mercado europeu no primeiro semestre do ano que vem, tendo como preço de partida,  85.311 euros.

 

Por Larissa Mendes de Oliveira


Foi anunciado pela Mercedes-Benz o lançamento de uma edição especial e limitada do SL 65 AMG, sendo produzido a fim de homenagear os 45 anos da família SL. O carro deve chegar ao mercado já no segundo semestre de 2012.

A versão de aniversário do Mercedes-Benz SL 65 AMG virá com configurações impressionantes. O desempenho será de tirar o fôlego, afinal, o modelo da montadora alemã virá equipado com o moderno propulsor V12  6.5 Biturbo, que desenvolve incríveis 630 cavalos de  potência, atingindo de 0 a 100 km/h em apenas 4 segundos, com a velocidade máxima  de 250 km/h, podendo ter o limite programado de forma eletrônica.

Além desses atributos que fazem do SL 65 AMG um automóvel super potente, o lançamento pesa apenas 1.950 kg e conta com bancos especiais. Outro atrativo é o completo sistema multimídia com equipamento de som e computador de bordo.

De acordo com a montadora, a novidade automobilística terá uma tiragem de  45 unidades que serão disponibilizadas para venda em breve, entretanto, o preço do novo SL 65 AMG ainda não foi informado.

Por Larissa Mendes de Oliveira


O chefe-executivo da Renault, Carlos Ghosn, disse que a montadora francesa irá colaborar com a Mercedes-Benz em um modelo novo de alta performance. Ele fez os comentários durante uma entrevista com a rádio France Inter na semana passada.

Ghosn se recusou a revelar quais módulos da Mercedes iriam usar, mas as empresas já têm acordos em vigor para compartilhar plataformas e motores.

Um porta-voz da empresa também se recusou a oferecer detalhes.

Durante a entrevista de rádio, Ghosn reconheceu as dificuldades da Renault em produzir veículos de alto desempenho. Ele disse que a empresa aplica o que aprendeu com seus erros passados.

Tudo o que foi dito, por enquanto, será válido apenas na França.

O modelo “fruto” dessa parceria, infelizmente demorará muito tempo para chegar ao nosso país, levando em conta que o carro-chefe da Renault, o Latitude,  não está disponível no Brasil, e provavelmente nunca estará, já que o carro teve sua primeira aparição no ano de 2010 e a empresa nem sequer se manifestou sobra a vinda desse modelo.

A novidade parece ser excelente, mas até agora ninguém sabe se os brasileiros terão a possibilidade de adquirir o automóvel.

Por Junior Beluzzo


A fabricante Mercedes-Benz, uma das montadoras mais tradicionais e luxuosas do mundo, apresentou na cidade de São Paulo o seu novo conceito do Classe A. A apresentação foi feita durante um evento de luxo promovido pela empresa.

O novo veículo foi pensado para o público jovem e apresenta o conceito de um hatch. O carro deve ser lançado mundialmente nos próximos meses, e os interessados poderão comprar o novo veículo ainda em 2012, inclusive os consumidores brasileiros.

De acordo com a Mercedes-Benz, o Classe A possui um design dinâmico e proporcionará maior conforto e segurança. A inspiração para a produção do carro se deu a partir das novas tendências, inovações e soluções tecnológicas.

O Classe A será lançado juntamente com o Classe B e está sendo visto por especialistas como uma iniciativa da Mercedes-Benz para baixar os seus preços de entrada no país.

Vale ressaltar que em 2011 as vendas da montadora tiveram um aumento de 28%, essas vendas foram impulsionadas pelo modelo Classe C.

Por Joyce Silva


O Salão de Detroit é sem dúvida um dos maiores em se tratando de carros. O evento acontece em janeiro e já promete muitas novidades. E para adiantar alguma coisa, vamos falar sobre os novos modelos da Mercedes.

Os novos modelos são: E300 BlueTEC e E400 Hybrid. Ambos são as versões híbridas do Classe E e prometem boas expectativas para os visitantes do Salão.

O modelo E300 BlueTEC será disponibilizado na Europa nas configurações station-wagon ou sedã. O carro contará com um motor a diesel de quatro cilindros e 2012 cv sendo combinado com um motor elétrico de 27 cv. Segundo a empresa, a economia do modelo é de 23,8 hm/l e as emissões são de 109 g/km.

A versão E400 Hybrid irá ter um propulsor de 3.5 V6 com 302 cv de potência e 37 mkgf de torque funcionando a gasolina, sendo acoplado com um elétrico. A economia do sedã é de 11,3km/l e o primeiro país a vendê-lo será os Estados Unidos e, por conseguinte, serão o Japão e a China.

Fique ligado nas novidades sobre automóveis aqui.

Por Tiago Batista


O sedã C 180 Turbo, da Mercedes-Benz, acaba de ganhar uma versão especial, equipada com o sistema multimídia COMAND Online, que anteriormente era oferecido apenas para o modelo top de linha da Classe C (C 250 Turbo Sport). A novidade estará disponível em todas as revendedoras da marca até o final de 2011, com preço sugerido de R$ 123.900.

O equipamento engloba uma série de funcionalidades, entre as quais o navegador GPS, leitor de CD e DVD, conexão Bluetooth para celular, entrada USB, reprodutor de arquivos MP3 e WMA, rádio AM/FM, reprodução de músicas sem fio e acesso à internet, que pode ser feito através de um telefone celular, conectado ao sistema, permitindo acessar qualquer site. O COMAND Online conta ainda com um disco rígido cuja capacidade é de 40 GB e com um display colorido de 7 polegadas (17,8cm).

O restante da configuração do C 180 Turbo COMAND Online é idêntico ao da versão convencional, incluindo airbags, ar condicionado THERMATIC, bancos com ajuste elétrico na dianteira, piloto automático, faróis com acendimento automático, luzes de LED na traseira, rodas de liga leve aro 17, volante multifuncional, entre outros itens.

Sob o capô está o turbinado motor 1.8 16V, com injeção direta de combustível, acoplado ao câmbio 7G-Tronic Plus, de 7 marchas. O bloco rende 156 cv de potência e 25,5 kgfm de torque, podendo atingir uma velocidade máxima de 223 km/h. Controle eletrônico de estabilidade e tração e o sistema de suspensão Agility Control completam a parte mecânica.

Fonte: Mercedes-Benz

Por André Gonçalves


O Mercedes-Benz Classe B 2012, nova geração da minivan alemã, tem estreia prevista para o Salão de Frankfurt, em setembro. A fabricante tem revelado alguns detalhes pouco a pouco, principalmente através de teasers, mas pelos comentários que têm surgido na imprensa internacional, o modelo chegará com muitas novidades em relação à atual geração. Uma delas é o dispositivo de prevenção de colisões (Collision Prevent Assist), que utiliza um radar para monitorar os arredores do veículo, com a finalidade de evitar impactos com outros carros ou pedestres.

O veículo será oferecido com motores a gasolina e a diesel, que poderão ser acoplados aos câmbios: manual de 6 marchas ou automático de 7 velocidades e dupla embreagem. Os blocos 1.6 turbo (a gasolina) estarão disponíveis em versões de 121 cv e torque de 20,4 kgfm e de 154 cv de potência e 25,5 kgfm de torque. Já os propulsores 1.8 turbodiesel vão oferecer opções com desenvolvimento de 107 cv de potência e força de 25,5 kgfm e de 134 cv e 30,6 kgfm. Todos os motores vão contar com o sistema start-stop, para diminuição de consumo e emissão de poluentes.

O novo Classe B deve chegar ao Brasil no primeiro semestre de 2012. 

Fonte: Motor Trend

Por André Gonçalves


Com a crescente preocupação com as questões ambientais e com o rigor das normas para emissão de poluentes por veículos automotores, principalmente na Europa, a indústria automobilística vem procurando se adaptar a essas exigências e produzir veículos que sejam mais econômicos e agridam menos o planeta.

Procurando atender as exigências deste novo cenário a Mercedes-Benz informou, de acordo com sites especializados, que o seu sedã de luxo, o requintado E63 AMG, a partir do mês de setembro deste ano passará a ser montado com um novo motor que vai substituir o propulsor 6.2 l V8 aspirado usado atualmente. Entrará em cena o novo motor 5.5 V8 biturbo recheado de tecnologia para aumentar a eficiência e economia do modelo.

Entre vários itens tecnológicos o novo motor contará com um intercooler para resfriamento a água e a ar, comando de válvulas variável e sistema de sobrealimentação. Com tudo isso, de acordo com a montadora, o E63 AMG consegue ter um consumo médio de 10,2 Km/l e pode gerar 525 CV de potência. E ainda compõe o conjunto mecânico a transmissão automática de sete velocidades.

Mais econômico, mais eficiente, com menor emissão de poluentes e com o seu design clássico e elegante o Mercedes E63 AMG, na Europa terá preços a partir de 105.971 euros (cerca de R$ 240.000, sem os impostos brasileiros e taxas de importação). Na versão Estate o modelo da Mercedes custará a partir de 108.409 euros (R$ 246.000).

Por Mauro Câmara

Fonte: Carro Online


Quem se lembra do Mercedes-Benz Classe A antigo, que já parou de ser fabricado pela montadora alemã, futuramente vai ter uma boa surpresa quando a marca voltar a fabricar o modelo que será totalmente remodelado e com os quatro pneus no futuro.

O carro conceito do novo Classe A foi apresentado no Salão do Automóvel de Nova York e também no Salão de Xangai e surpreende pelo design arrojado, que segundo a montadora foi inspirado no vento e no movimento das ondas. Pelo produto final os projetistas e designers da Mercedes-Benz conseguiram dar forma ao vento. O desenho é esguio, em linhas que parecem fluir alongando o design e dando um intenso ar de movimento. Os faróis possuem um desenho arrojado que lembra também um movimento como o refluxo de ondas. E tudo isso dotado de uma elegância moderna e marcante.

O conceito do novo Mercedes Classe A foi montado com um propulsor 2.0 l de quatro cilindros que pode produzir 210 CV de potência alimentando com força o design fluído do modelo e, para torná-lo ainda mais sofisticado, a futura geração contará com inovações na sua categoria. Entre elas um sistema orientado por radar que ajudará a detectar possíveis colisões.

Sem uma confirmação oficial por parte da montadora de quando o novo Classe A começará a ser produzido só resta aguardar e sonhar.

Por Mauro Câmara

Fonte: G1


Elegância aliada em alto grau à esportividade. Assim é o novo Mercedes-Benz CLS 63 AMG, o modelo mais carregado de espírito esportivo da famosa linha CLS da Mercedes.

De desenho sofisticado composto de linhas bem trabalhadas em vincos e formas que dão ao modelo um visual fluente e ao mesmo tempo repleto da classe tradicional de uma Mercedes. E ele já se encontra à venda no Brasil na versão com motor 5,5 Litros V8 biturbo de 525 Cv de potência.

Mas para se tornar o alegre proprietário de um modelo como esse será necessário encomendá-lo e enfrentar uma fila de espera. O modelo custa US$ 260 mil ou o equivalente a R$ 433.000. Mas para aqueles que acham que o motor 5.5, que pode levar o CLS 63 AMG a 250 Km/h ainda é pouco, a montadora oferece um kit para desempenho que conta com câmbio de sete velocidades que acrescenta ao propulsor mais 32 Cv de potência, o que leva aos 300 Km/h, com arranque de 0 a 100 Km/h em apenas 4,3 segundos, aumentando a potência de um modelo bonito e esportivo por natureza e que conta com toda a tradição da Mercedes-Benz.

Por Mauro Câmara


Assim como a GM e a Nissan já vendem os seus carros elétricos Volt e Leaf na Europa, a Mercedes não ficou para trás e também está investindo pesado em carros elétricos.

Na Espanha, por exemplo, o mais recente lançamento foi o Classe A E-Cell. Semelhante ao tradicional Mercedes Classe A, que é movido a gasolina, o E-Cell tem 5 lugares e as baterias de lítio ficam na carroceria, na parte inferior do veículo.

As baterias podem ser carregadas em tomadas comuns, porém demoram 8 horas para completar a carga, já em um posto apropriado para esse tipo de recarga, a demora é de apenas 3 horas, o que garante ao proprietário do veículo 255 km de autonomia. O E-Cell também tem a capacidade de recuperar a energia em reduções e frenagens.

A Mercedes tem um portfólio bastante avançado nesse segmento, pois vem desenvolvendo carros elétricos, como o Van Vito E-Cell, desde 2009.  

Por Edson Nascimento


Os carros da divisão esportiva da Mercedes-Benz, a AMG, normalmente são carros poderosos em termos de potência movidos por motores potentes e desenvolvidos com alta tecnologia. Seus modelos conseguem combinar desempenho com visual sofisticado, esportividade audaciosa e requinte, como no modelo SLK 55 AMG, que reúne todas estas qualidades.

Mas para completar a excelência de seus modelos a AMG está desenvolvendo um novo motor para equipar não só o SLK 55 AMG como o CLK AMG. O novo motor V8 será um 5.5 aspirado com capacidade de gerar 62 CV de potência a mais do que o atual propulsor que equipa o SLK 55 AMG. Com este acréscimo substancial de potência o esportivo de luxo com o novo motor poderá chegar a uma carga total de 422 CV. É para o vento bater de fato com força no rosto.

Mas o motor com maior potência, que será apresentado em 2012, vem acompanhado também da preocupação com a questão das emissões de poluentes, pois a empresa procura com o novo motor, conforme afirma matéria do site especializado Autoweek, alcançar mais economia e a diminuição das emissões. O novo propulsor contará com um sistema que para o funcionamento de até quatro cilindros nos casos em que a demanda de força para o motor não é necessária.

Por Mauro Câmara


Um carro esportivo de luxo com design agressivo e alma de carro de fórmula um com DNA de equipe de competição e que alia a classe e o glamour de uma das marcas de veículos mais requintadas do mundo. Assim é o Mercedes-Benz SLR MacLaren Edition.

Este modelo teve suas últimas unidades fabricadas em 2009, deixando tristes muitos dos apaixonados por carros esportivos de luxo, não só pelo seu desempenho, mas também pelo seu desenho moderno e requintado, de linhas alongadas como uma seta.

Mas de acordo com matéria do site Carro Online a Mercedes-Benz e a MacLaren resolveram fabricar mais vinte e cinco unidades do modelo especial fabricando uma última edição limitada. Talvez uma última oportunidade para os apaixonados pelo estilo tentarem obter um carro exclusivo como esse.

A motorização que equipará esta versão do MacLaren Edition será um 5.2 V8 com interessantes 620 CV de potência. Mas as grandes mudanças de acordo com a matéria citada encontram-se uma nova caixa de direção e um novo jogo de suspensões que prometem dar mais desempenho, segurança e esportividade para quem dirigir esta máquina.

Por Mauro Câmara





CONTINUE NAVEGANDO: