Muitos jovens e até os que não tão jovens assim, participar de competições legalizadas de corrida amadora é uma verdadeira febre.

Nestas competições a maioria dos carros ganha um “plus” no que se refere à sua potência, uma vez que a grande maioria dos participantes não tem condições de arcar com carros top de linha.

Não é difícil encontrar e todos já ouviram falar nos famosos Turbos que “turbinam” os possantes a fim de melhorar a velocidade e resposta dos veículos.

Entenda melhor como funciona este equipamento:

Os turbos são equipamentos acoplados ao motor que por meio de um sistema de ventoinhas adiciona ar comprimido dentro dos cilindros. Com maior quantidade de ar a combustão proveniente dos cilindros se torna mais intensa e eficaz, essa eficácia é convertida em desempenho pelo próprio motor. Estima-se que as hélices do turbo alcança a marca de 150.000 rotações por minuto, muito mais rápido que a rotação normal da maioria dos motores. Vale lembrar que para inserir um kit turbo no carro é necessário pegar autorização no Detran, pois sem ela o motorista que for flagrado dirigindo um veículo turbinado terá o carro apreendido e pode receber multa por alteração ilegal do veículo automotor.

Por Fernando Setoue


No dia 02 de julho de 2013, a Chevrolet postou um recado emergencial, em seu site oficial http://www.chevrolet.com.br/Universo-Chevrolet/Noticias.html, em “Últimas Notícias”, Recall – Pedal de Freio.

O comunicado de recall é dirigido aos proprietários dos veículos da marca Chevrolet, mais especificamente, Chevrolet Onix e Prisma 2013, de número de série do chassi de DG260034 a DG334810, da data inicial e final de fabricação de 20 de maio de 2013 a 08 de junho de 2013, e Chevrolet Cobalt e Spin 2013 e 2014, da data inicial e final de fabricação de 21 de maio de 2013 a 08 de junho de 2013, do número de série do chassi de DB323045 a DB335478 e de EB104832 a EB111963.

Segundo o comunicado, o componente envolvido é o pedal de freio, do qual a soldagem do suporte não está em conformidade. Por essa razão, o proprietário que tenha o veículo que se enquadre na descrição mencionada deverá levá-lo a uma Rede de Concessionárias e Oficinas Autorizadas Chevrolet, para que o veículo seja inspecionado e eventualmente que o pedal de freio seja substituído.

O serviço é gratuito; quanto à inspeção leva cerca de 6 minutos, já para a substituição, caso necessário, será de 45 minutos. Vale alertar ao proprietário a urgência de verificar se seu veículo possui tal problema, pois há grandes riscos de acidente, devido a possível inoperância do pedal. Verifique no site citado para obter maiores informações, e se for o seu caso, não adie o reparo.

Por Karen Regina Igari





CONTINUE NAVEGANDO: