Linha 2019 do Ford Focus está com uma nova proposta de preços.

A Ford está iniciando as vendas de sua linha 2019 do Focus e está realizando um realinhamento nos seus preços para reforçar a competitividade nos seus dois modelos, o Hatch e também o Fastback. Porém, a maior diferença pode ser encontrada no Fastback, que abaixou cerca de R$2.500 nos catálogos dos SE Plus, Titanium e Plus.

Reconhecido como uma referência em quesito de direção, o novo Ford Focus foi pioneiro no segmento oferecendo seus equipamentos de controle eletrônico para estabilidade, estacionamento totalmente automático com segunda geração e ainda um assistente de frenagem para autônomo. No total, a sua linha é formada com 12 catálogos, sendo com sete modelos Hatch possuindo motores de 1.6 Sigma e Flex com 135 cv e 2.0 Direct também Flex com 178 cv, e cinco modelos do Fastback, equipado com um motor 2.0, que possui transmissão sequencial com seis velocidades.

O Ford Focus Hatch ano 2019 tem como sua versão de entrada o modelo SE 1.6, que já possui de fábrica controle eletrônico em estabilidade e uma tração AdvanceTrac, assistente para partida em rampa, e a central multimídia sendo SYNC, além de rodas de liga leve com 17 polegadas, pelo valor de R$78.100 um acréscimo de somente R$1.100.

Já o Focus Hatch SE, possui um motor 2.0 Direct e Flex além de transmissão sequencial com seis velocidades, saindo pelo valor de R$85.800 com um acréscimo de R$900 somente. Essa versão também tem como opcional uma central de multimídia a SYNC 3, com uma tela de 8 polegadas, pelo valor de R$86.800.

O modelo SE Plus 1.6 acrescenta também seis airbags, e sua central de multimídia é a SYNC 3, além de câmera de ré, e bancos de couro com ar-condicionado automático e uma digital de dupla zona, por um valor de R$88.000 sem nenhum aumento de valor. Já o SE Plus 2.0, vem com um motor Direct Flex e sua transmissão sequencial, sai pelo valor de R$94.400 com um acréscimo de R$900.

O Focus versão Titanium 2.0 vem equipado também com um teto solar elétrico, e um sistema de navegação, possui uma chave com sensor de presença com acesso inteligente, partida de botão Ford Power e um som Sony Premium Sound possuindo 9 alto-falantes, pelo valor de R$104.900.

O topo de sua linha é o Titanium Plus 2.0 que acrescenta o sistema de estacionamento automático que é de segunda geração, um assistente de frenagem totalmente autônomo, ajuste elétrico para o banco do motorista e os seus faróis são de bi-xenon adaptativos e ajuste automático, pelo valor de R$110.600. Essas duas últimas citadas não tiveram nenhuma alteração de valor em relação à sua linha 2018.

O Focus Fastback vem seguindo a mesma oferta dos equipamentos do seu modelo hatch. Sendo o primeiro de seu catálogo, SE 2.0, custando o valor de R$85.200 e com a sua opção de central de multimídia SYNC 3 saindo por apenas R$86.300, em ambos os seus valores seguem sem nenhum reajuste.

Já os outros três catálogos que são os mais equipados do modelo Focus Fastback 2.0, com uma redução considerável de R$2.500 passaram a custar a média dos seguintes valores: o SE Plus, valor de R$91.000; o Titanium, valor de R$101.800; e o Titanium Plus, valor de R$107.500.

Agora é a hora de aproveitar a baixa nos seus valores e escolher o modelo que mais encaixa nas suas necessidades do dia a dia.

Escolha o seu carro mais esportivo ou familiar, com certeza terá um Ford Focus que atenderá todas as suas expectativas.

Pesquise todos os modelos, experimente e faça a sua melhor escolha. Pense bem antes de comprar, para não se arrepender depois e sair satisfeito com o melhor modelo que atende todas as suas necessidades.

Por Ricardo Ferreira Rodrigues

Ford Focus 2019

Ford Focus 2019


Modelo será mais potente, com 400cv, e contará com 500 unidades fabricadas, sendo uma edição limitada.

A Ford, já lançou o Focus RS no mercado, mas planeja lançar uma variante mais potente: a RS500. A expectativa do projeto é que ele possa ser apresentado até o início do próximo ano e a nova versão deve contar com vários atrativos como, por exemplo, 400 cv. Além disso, a RS500 deve ter, aproximadamente, 100 kg a menos e uma edição limitada de 500 unidades.

Uma das principais vantagens no lançamento da nova variante, é que a marca poderia se firmar como referência em hot-hatches, além de reaquecer interesse público pelo modelo do novo carro. Os detalhes do RS500 ainda são pouco conhecidos, mas já foi flagrado um protótipo em testes que foram feitos no autódromo de Nurbugring Nordschleife, em que havia várias entradas de ar no capô e, também, um aerofólio na parte traseira do protótipo.

No ano de 2010, teve o último lançamento da geração da RS500, que contava com um motor de 2,5 cilindros em linha, além de ter 350 cv e 46,8 mKgf. Entre outros detalhes da nova variante, estima-se que a RS500 deve alcançar, em média, 4,2 segundos para acelerar de 0 a 100km/h, ou seja, meio segundo a menos que o novo modelo produzido em série.

O Ford Focus RS é considerado a versão mais nervosa do hatch médio, que tem a capacidade de gerar 350cv a 6.000 rpm. Além disso, o carro tem motor de 2.3 litros de 4 cilindros, torque de 48,3 Kgfm e câmbio manual de 06 marchas. Entre outros detalhes, o Ford Focus tem intercooler maior e admissão de ar com pouca restrição.

O carro também tem uma nova tecnologia: Stall Recovery, que desliga o motor em paradas rápidas, e depois o aciona de forma automática por meio do pedal da embreagem. Outro detalhe, é que o Ford Focus RS tem sistema de vetorização de torque, que tem a finalidade de distribuir força de forma independente entre as quatro rodas. Além disso, conta com o motor EcoBoost de 2,3 litros, no qual incorpora um sistema de injeção direta de combustível, além de ter comando de válvula variável nos dois eixos e turbocompressor. Assim, o carro apresenta boas respostas em baixas rotações com um overboost potente, que pode alcançar até 6800 rpm.

Por Babi

Ford Focus RS500

Ford Focus RS500

Ford Focus RS500


Para o mercado brasileiro, a marca oferecerá apenas a versão topo de linha Titanium, com preço de venda em R$ 229.900.

A Ford lançou no Brasil o Edge, o crossover que estava sendo esperado em sua segunda geração há algum tempo, uma vez que a primeira geração desembarcou no país em 2008. Para o mercado brasileiro, a marca oferecerá apenas a versão topo de linha Titanium, com preço de venda em R$ 229.900.

Importado do Canadá, o Ford Edge Titanium chega com motor 3.5 V6  gerando 284 cv de potência, e traz novos itens de série e elementos já vistos no Ford Fusion, como o quadro de instrumentos com tela digital e comando soft touch no painel. De fábrica, o Edge oferece 8 airbags, e cintos laterais traseiros infláveis, sendo o Edge o primeiro carro a chegar no país com tal recurso.

O modelo também oferece na versão que desembarca no país tecnologias de auxílio à condução do motorista, como piloto automático adaptativo com alerta de colisão, sistema de permanência de faixa, que faz a direção vibrar quando ocorre saída de pista, câmera dianteira 180 graus, monitoramento de ponto cego com alerta de tráfego cruzado, entre outras tecnologias. A chave do veículo também chega com uma tecnologia diferenciada, que permite que o consumidor limite funções do veículo em algumas situações como, por exemplo, em estacionamentos com manobristas.

Entre os itens e recursos do Ford Edge Titanium segunda geração estão a direção elétrica com assistente dinâmico de direção, borboletas no volante e câmbio automático de seis marchas. O sistema de estacionamento automático funciona em vagas paralelas e perpendiculares, e permite ao veículo fazer entrada e saída da vaga de modo autônomo.

Para quem é fã de praticidade, o modelo traz um dispositivo que abre o porta-malas automaticamente ao passar o pé sob o para-choque traseiro, que facilita ao usuário acomodar suas compras no porta-malas sem se preocupar com a abertura do porta-malas se estiver com as mãos ocupadas para abri-lo. A cereja do bolo do Ford Edge Titanium fica por conta da central multimídia Sync 2, com sistema de som Premium da Sony, tela sensível ao toque de 8 polegadas e duas telas de DVD no encosto de cabeça dianteiros, como item opcional. O teto solar panorâmico também está disponível nesta versão, acrescentando R$ 5 mil ao valor de R$ 229.900.

Por André Barbirato

Ford Edge


Modelo ganhou mais acessórios e teve seu preço reajustado.

A nova linha dos Ford Ka e Ka+ 2017 vem com valores reajustados pela empresa e agora iniciam em R$ 41.990 para a versão hatch e no sedã parte de R$ 44.990. O aumento, no geral, oscila entre R$ 300 e R$ 550 e foi incidido sobre todas as versões da linha. No entanto, a empresa também aproveitou que virou o ano e modelo para que assim equipasse a linha 2017 com novos acessórios. A partir de agora, o Ka e o Ka + já terá em todas as versões, diretamente de fábrica: apoio de cabeça no banco traseiro central, banco bipartido na proporção 60 – 40, além de cinto de segurança de três pontos.

Também a versão SEL Plus, que é top de linha do sedã Ka+, passa, a partir de agora, a ter sensor de estacionamento traseiro e bancos revestidos em couro. De acordo com o gerente de produto da Ford, Fernando Pfeiffer, na linha 2017 foram reforçados todos os catálogos dos modelos Ka e Ka+ com novos acessórios de série. Além de ter agregado mais segurança e requinte na versão de topo, com o diferencial de sensor de ré e banco de couro.

Uma outra novidade para esta linha é o plano de revisões que foi definido com plano fixo. Serão somente três revisões pelos três primeiros anos de uso e deve ocorrer a cada 12 meses ou 10.000 km rodados. Anteriormente, a primeira revisão deveria ser realizada partir do sexto mês de uso. A mudança ocorreu para que reduzisse o custo de manutenção em 32%, de acordo com a montadora.

Abaixo seguem os preços atualizados da linha:

  • Ford Ka SE 1.0: R$ 41.990, era: R$ 41.590
  • Ford Ka SE Plus 1.0: R$ 44.390, era: R$ 43.990
  • Ford Ka SE 1.5: R$ 45.990, era: R$ 45.690
  • Ford Ka SE Plus 1.5: R$ 48.390, era: R$ 48.090
  • Ford Ka SEL 1.0: R$ 48.140, era: R$ 47.590
  • Ford Ka SEL 1.5: R$ 52.140, era: R$ 51.690
  • Ka+ SE Plus 1.0: R$ 47.390, era: R$ 46.990
  • Ka+ SE 1.0: R$ 44.990, era: R$ 44.590
  • Ka+ SEL 1.0: R$ 51.140, era: R$ 50.590
  • Ka+ SE Plus 1.5: R$ 51.390, era: R$ 51.090
  • Ka+ SE 1.5: R$ 48.990, era: R$ 48.690
  • Ka+ SEL 1.5: R$ 55.140, era: R$ 54.690
  • Ka+ SEL Plus: R$ 57.840.

FILIPE R SILVA


Veículo custará a partir de R$ 99 mil e contará com 6 versões.

Após ter passado por uma repaginação, a Ranger é uma das caminhonetes mais bonitas existentes no mercado brasileiro. E é neste contexto que a grande e renomada fabricante de veículos automotores Ford, após ter feito a antecipação das novidades da versão topo de linha da Nova Ranger, fez a apresentação oficial do veículo. A caminhonete chegará ao mercado com um visual renovado e terá como versão de entrada o modelo XLS, equipado com um propulsor 2.5 Flex, o qual trabalhará em conjunto com um câmbio manual de cinco velocidades, essa versão será comercializada aqui no mercado nacional por R$ 99.500.

Este novo motor 2.5 Flex foi batizado pela fabricante com o nome de Duratec e consegue produzir uma potência máxima de 173 cavalos quando utilizado com álcool e de 168 cavalos quando utilizado com gasolina, além de um torque de 24,5 e 23,8 respectivamente.

O veículo virá dotado de um sistema eletrônico de partida chamado Ford Easy Start, o qual dispensa o uso do ultrapassado tanquinho auxiliar de gasolina. Já para os que preferem o modelo movido à Diesel, as opções são os propulsores 2.2 (capaz de produzir uma potência máxima de 160 cavalos e um torque de 38,7 Kgfm, que trabalha em conjunto com um câmbio manual de seis velocidades) e 3.2 TDCi (dotado de cinco cilindros, que é capaz de produzir uma potência máxima de 200 cavalos e um torque de 47 Kgfm, sendo que este já trabalha em conjunto com uma transmissão automática de seis marchas).

A Ford, além de ter repaginado o visual dessa caminhonete, investiu significativamente no pacote tecnológico do modelo, sendo que cada versão vem com pacotes bastante recheados.

Veja abaixo os modelos e os seus respectivos valores:

  • Ranger 2.5 Flex XLS MT 4X2: R$ 99.500
  • Ranger 2.5 Flex XLT MT 4X2: R$ 109.500
  • Ranger 2.2 Diesel XLS MT 4X4: R$ 129.900
  • Ranger 2.2 Diesel XLS AT 4X4: R$ 142.900
  • Ranger 3.2 Diesel XLT AT 4X4: R$ 166.900
  • Ranger 3.2 Diesel Limited AT 4X4: R$ 179.000

Outra novidade trazida pela Ranger 2017 e que com certeza irá agradar muitos consumidores será o aumento do prazo de garantia do modelo, que passou a ser de cinco anos sem limitação de quilometragem para pessoas físicas. O plano de manutenção do modelo, além de ter preços fixos, tem a previsão da realização de uma revisão anual ou 10.000 Km no decorrer dos três primeiros anos de utilização.

Por Adriano Oliveira


Primeiros testes devem ser realizados em breve com o modelo Fusion Hybrid autônomo.

No último dia 28 de dezembro de 2015, o jornal The Wall Street publicou que a Ford Motor Company está trabalhando num convênio com a gigante Google, da Alphabet Inc., para a produção de carros autônomos que fariam uso dos avanços tecnológicos grande companhia da Califórnia. A finalidade deste acordo seria ajudar a montadora, que durante a gestão do diretor-presidente Mark Fields, vem aumentado o foco em tecnologias avançadas para automóveis, para que assim, esta também possa lançar carros autodirigiveis no mercado. Entretanto, a parceria não aconteceria exclusivamente com a Ford, pois a empresa de TI continuaria a dialogar com outras fabricantes.

Carros que não necessitam de um motorista, com toda certeza, deverá ser uma realidade em um futuro próximo e a Google tem buscado obter vantagem neste segmento. Eles irão necessitar de um parceiro para que essa tecnologia possa ser produzida e segundo algumas fontes, a Ford está tomando a frente na construção deste modelo.

No momento ainda não se possui muitas informações sobre o fato, porém, o principal objetivo é o estabelecimento de uma parceria de produção, feita com um contrato de longo prazo. Caso as duas partes venham a fechar um acordo, o mesmo deverá ser anunciado em breve, logo no começo deste ano de 2016. Embora a empresa do Vale do Silício tenha se recusado a falar sobre este acordo, um porta-voz acabou admitindo que a companhia está negociando com fabricantes.

Este boato surgiu depois de alguns dias de um anúncio feito pela Ford, onde a mesma traçou metas para o lançamento de alguns testes a serem realizados nas ruas da Califórnia com o Fusion Hybrid autônomo.

Este programa de testes irá ocorrer na Palo Alto Research e também no Innovation Center da empresa, que possui mais de 100 pesquisadores, cientistas e engenheiros. Está previsto para começar neste ano os teste de estrada pública, que servirá como base para os autônomos.

FILIPE RIBEIRO DA SILVA


Novo modelo conta com detalhes exclusivos na carroceria e traz equipamentos repaginados.

A Ford apresentou, nos Estados Unidos, a versão top Limited do modelo F-150 2016, que apresenta algumas características que se diferenciam das versões de entrada. Entre elas estão os detalhes na carroceria e pelos equipamentos repaginados. De acordo com a montadora, a nova picape está mais luxuosa e conta com uma tecnologia mais avançada já produzida pela marca.

A Ford adotou, na F-150 Limited, o capô com o nome da versão. O modelo vem equipado com rodas de liga leve aro 22 e grade dianteira com desenho diferenciado e exclusivo. Em relação ao modelo de entrada da picape, houve modificações nos para-choques na cor da carroceria, além de maçanetas e ponteira do escapamento cromadas. O modelo ainda conta com de detalhes prateados na tampa da caçamba.

Por dentro, o modelo conta com detalhes em couro preto e Mojave, nos bancos dianteiros e traseiros com aquecimento. O luxo também está nos acentos que massageiam o motorista e passageiro da cabine. Além dele, destaca-se os detalhes em madeira de eucalipto, quadro de instrumentos e uma placa com o número de produção da picape.

A edição Limited ainda conta com itens de série como a climatização especial, bancos traseiros aquecidos e a central multimídia SYNC 3 que permite a integração com aplicativos por meio do App Link. O modelo ainda vem equipado com teto solar panorâmico, alertas de mudanças de faixa,  faróis e lanternas de LEDs e câmera 360° para auxiliar na ré.

A F-150 Limited está disponível somente com o propulsor a gasolina 3.5 V6 turbo de 365 cavalos de potência e 57,8 kgfm de torque. O conjunto mecânico da picape pode oferecer traseira ou integral, sendo esta associada ao câmbio automático de seis relações.

O modelo já está disponível nas concessionárias norte-americanas e quem quiser uma delas terá de que desembolsar até US$ 60 mil, dependendo do número de adicionais solicitados. Ainda não há previsão para a chegada da Ford F-150 Limited ao Brasil. 

Por Ana Rosa Martins Rocha

Ford F-150 Limited

Ford F-150 Limited

Fotos: Divulgação


Novo modelo terá a capacidade de gerar 350 cv.

Foi anunciado oficialmente pela fabricante de veículos automotores Ford que o novo Focus modelo RS irá chegar às concessionárias com um propulsor EcoBooster 2.3, o qual terá a capacidade de desenvolver uma potência máxima de nada mais nada menos que 350 cavalos e um torque de 44,9 Kgfm que surge entre 2.000 e 4.500 rpm, sendo que o corte de giro ocorre nas 6.800 rotações, o surpreendente é que este motor é o mesmo que é utilizado no famoso Mustang.

Este hatch apimentado já havia sido apresentado pela montadora na edição 2015 do Salão de Genebra, evento este que ocorreu na Suíça no mês de março. As novidades são muitas e não param por aqui, este veículo ainda conta com a função overboost, a qual tem acionamento feito mediante o aperto de um botão, a finalidade desta função é a de fazer com que o torque deste veículo seja aumentado de 44,9 Kgfm para 47,9 Kgfm durante o período 15 segundos, período este que o carro fica ainda mais potente.

Outros pontos de destaque que a Ford detalhou foi o sistema de vetorização de torque e tração deste carro que para este modelo será integral.

A estreia oficial deste veículo foi feita pela Ford recentemente no Festival de Goodwood, evento este que ocorreu na Inglaterra. Essa estreia foi tão festejada pela Ford que teve direito até a uma exibição feita pelo piloto Ken Block dirigindo o possante.

Este novo Focus RS, quando chegar às concessionárias, virá com câmbio manual de seis marchas, direção elétrica, suspenção do modelo multilink, a qual permite a realização de ajuste de pistas, bem como rodas no tamanho 19 polegadas que terão pneus de perfil 235/35, todos estes itens já serão inseridos de série.

Ainda não há nenhuma especulação a respeito de que a Ford possa comercializar este novo Ford Focus RS aqui no Brasil. Então, enquanto isso não acontece, os consumidores daqui terão que se contentar com a versão convencional do hatch que é comercializada em todo o país com um propulsor 1.6 e 2.0 Flex, sendo que, respectivamente, eles possuem uma potência de 135cv e 178cv, motores estes que tem como opcional o câmbio de cinco marchas manual ou um câmbio de seis velocidades com o sistema de embreagem dupla.

Por Adriano Oliveira

Ford Focus RS

Ford Focus RS

Ford Focus RS

Fotos: Divulgação


Modelo contará com novidades no design, além de vir com o motor 1.6 EcoBoost e bloco 1.5 litro.

Fanáticos por carros e lançamentos sempre esperam por novidades e agora podem ficar contentes! A Ford já está testando seu modelo 2017 do Ford Escape, o carro foi flagrado e, apesar de disfarçado inclusive em seu interior, apresenta uma série de novidades. Seu desenho é inspirado na nova linha do Ford Edge, que já foi apresentada, mas carrega características próprias como a traseira e a parte dianteira totalmente reformuladas. O automóvel da montadora norte-americana também apresentou novos conjuntos ópticos e luzes de LED, que servirão para uso diurno em sua parte dianteira.

Mas as mudanças no Ford Escape 2017 não são apenas estéticas, já se sabe, por exemplo, que ele virá equipado com o motor 1.6 EcoBoost, além de adotar o bloco 1.5 Litro, o mesmo que acompanha o Ford Fusion modelo 2014.

Parece que a Ford está realmente mantendo segredo sobre as novidades do novo Ford Escape, com dificuldade para enxergar mais detalhes, por conta da camuflagem, não podemos afirmar nada mais concreto, principalmente na parte interna do carro, onde a camuflagem estava muito forte.

Podemos esperar até o segundo trimestre do ano que vem, que, segundo a empresa, será o início da produção do modelo 2017 do Ford Escape, seu lançamento está previsto para o fim do ano que vem.

Sobre o veículo:

O Ford escape é um carro do tipo utilitário esportivo compacto da montadora norte-americana Ford. O carro começou a ser produzido em 2001 e seu nome é inspirado em um coupé esportivo que foi produzido durante 10 anos, entre 1969 e 1979. Existem diversas versões do Ford Escape no mercado, incluindo uma versão híbrida com câmbio CVT, uma de suas principais características é seu espaçoso porta-malas, que pode aumentar de tamanho quando os bancos traseiros são abaixados. Seus principais concorrentes são o Tiguan, da alemã Volkswagen, o Hyundai Tucson e o Jeep Patriot.

Por Tom Vitor de Freitas

Ford Escape

Ford Escape

Fotos: Divulgação


Versão europeia será lançado em julho com 2 alternativas de motorização: 2.3 EcoBoost de quatro cilindros e 5.0 de oito cilindros em “V”.

A Ford divulgou recentemente as especificações técnicas da versão europeia do Mustang. Segundo a empresa, o modelo será recebido na Europa em julho com duas alternativas de motorização, sendo 2.3 EcoBoost de quatro cilindros e também 5.0 de oito cilindros em “V”.

A pioneira é mais direcionada para as pessoas que não desejam ter descuidos com a eficácia no consumo de combustível, que possibilita 313 cv e 44 mkgf de torque. Para esta configuração, o consumo médio é de 12,5 km/l. Considerando o desempenho, o veículo possibilita acelerar de 0 a 100 km/h em 5,8 segundos.

A versão de elite V8 fornece 415 cavalos de potência e 54 mkgf. Estando o bloco relacionado com um câmbio manual de seis velocidades, o modelo possibilita acelerar de 0 a 100 km/h em 4,8 segundos.

O Ford EcoSport não verá a disponibilização de diversos concorrentes sem buscar alterar a situação. O modelo que lidera o ramo tornará a ter uma grande reformulação até o começo do próximo ano. Será proveniente dele a base para a grande em união com o capô e faróis, que é um estilo que também será adotado na Ranger. Estar mais crossover não quer dizer deixar de ter aspectos de jipinho, onde pode-se citar o estepe presente na porta de trás. Apesar da alteração estar prevista para outros mercados, aqui o pneu adicional continua onde está.

Na parte interior, alteram especificações de acabamento e performances. Somado a uma versão mais sofisticada do Sync, que inclui uma central sensível ao toque, o painel possuirá quadro mais nítido e comandos com menor dificuldade. Estará mais sintetizado, com base no Ford Focus reestilizado, onde sua disponibilização poderá ocorrer em maio.

O modelo possuirá uma nova alternativa de motor 1.5. É aguardada a transmissão de dupla embreagem Powershift com uma versão mais acessível. Neste momento, a caixa automática é fornecida somente com motor 2.0 Duratec.

Por Felipe Couto de Oliveira

Ford Mustang europeu

Ford Mustang europeu

Ford Mustang europeu

Ford Mustang europeu

Fotos: Divulgação


Foram anunciados quatro aplicativos da Ford que serão destinados ao sistema de conectividade via comando de voz utilizado por automóveis da fabricante para acessar aplicativos do smartphone.

Contando com cada vez mais opções para se manterem conectados, os usuários dos automóveis Ka, Ka+, Ranger, EcoSport, Fusion e New Fiesta nas versões sedan e hatch, poderão realizar outras diversas funções com os novos app's da Ford.

Quatro novos aplicativos foram anunciados pela Ford visando incorporar o sistema Sync AppLink. Os mais novos app's da Ford são Coca-Cola FM, Bradesco Exclusive, Onde Parar, Aupeo

O aplicativo Bradesco Exclusive tem como função localizar as agências mais próximas deste banco e permite fazer recarga nos celulares que adotam o plano pré-pago. Já o app Aupeo é exclusivo para efetuar a localização de estações de rádio mediante o aspecto geográfico (local onde ela está) e gênero musical, ele busca estações de outros países também. O Coca-Cola FM tem como função a conexão do carro com uma rádio digital que possui programação 24 horas por dia. O app Onde Parar verifica estacionamentos próximos e identifica onde há vagas para parar o automóvel não somente na mesma cidade, como também em localidades próximas. Este último aplicativo é uma opção ao Let's Park já existente.

Todos os novos aplicativos estão disponíveis para o sistema iOS e para o sistema Android.

Eles chagaram para completar a lista de apps que estão disponíveis para o sistema Sync AppLink. Os aplicativos que já estavam sendo usados são Rádio Alpha FM, Rádio 89FM, Guia UOL, Let's park, Spotify, Glympse.

Se você possui um dos modelos de carros citados acima, deve conhecer as novidades da Ford em termos de aplicativos. Eles são muito úteis e, com certeza, serão muito bem-vindos durante o tempo que você ficar dentro do carro. Não perca tempo e baixe os aplicativos.

Por Melina Menezes

Apps da Ford

Foto: Divulgação


O novo Ford Ka 1.0 tem um estilo superarrojado e bem moderno que combina muitas das características que se procura num carro de cidade. 

Características:

Quem desenhou o carro pensou, essencialmente, no conforto da condução. Foram acrescentadas algumas características que primam pela inovação:

  • Bancos aquecidos (muito bom para as manhãs de inverno);
  • HLA – Assistência ao Arranque em Subida – uma funcionalidade para não se deixar o carro ir abaixo em subidas ou pisos mais íngremes;
  • Possibilidade de escolha do tipo de motor pretendido – a gasolina ou a diesel. 

Além das mais recentes combinações, o Ford Ka 1.0 traz ainda funcionalidades mais básicas, mas que não deixam de ter muita importância:

  • Possibilidade de alto-falante para o telemóvel;
  • Sensores automáticos para o estacionamento;
  • Os faróis ficam ligados após sair do carro, para iluminar o caminho percorrido.

Estilo:

Por dentro e por fora, o Ka 1.0 tem muito estilo, o que lhe faz valer uma legião de fãs. Este é um carro que serve tanto para homem quanto para mulher, já que o seu design é super clean e moderno e a escolha das cores é muito variada. Os seus pormenores o tornam um carro com um aspeto muito futurista, o que traz uma sensação de segurança. O design exterior do carro é muito robusto. 

Um pormenor para se ter em conta neste carro, é o design dos faróis. Ao lado das lanternas, foram acrescentados prolongamentos em formas de asa, o que lhe confere uma sensação de rapidez e leveza na movimentação. 

Preço:

Quanto ao preço, este não é muito barato, mas é uma boa opção para quem procura um carro estável, novo e de cidade. Varia entre os R$ 35.400 e os R$ 40.000. Essa variação dependerá sempre dos extras escolhidos. No entanto, o seu preço base já contempla muita coisa, como está referido acima, nas "Características".  

Tamanho:

O novo Ford Ka 1.0 não é muito grande mas tem um tamanho suficiente para ser acolhedor por dentro e confortável e, ao mesmo tempo, ser prático para estacionar em qualquer lado da cidade. 

A página no Facebook do novo Ford Ka 1.0 reúne comentários de fãs e de utilizadores deste carro. Confira.

Por Mariana Silva

Ford Ka 2015

Ford Ka 2015

Fotos: Divulgação


Após forte campanha publicitária, tanto na TV quanto na internet, a Ford começa a colher resultados com seu Novo KA. De acordo com a Fenabrave em um resultado parcial, o carro foi o décimo mais vendido em setembro. Um ótimo resultado, tendo em vista que o modelo começou a ser vendido a apenas um mês.

O resultado poderia ser ainda melhor, mas a montadora não ofereceu taxas especiais para o lançamento.

Foto: divulgação

O ranking de vendas dos modelos deve se consolidar na seguinte ordem: Fiat Pálio, Chevrolet Onix, Volkswagen Gol, Hyundai HB20, Fiat Siena, Fiat Uno, Chevrolet Prisma, Volkswagen Fox, Renaut Sandero e Ford KA.

A campanha na TV, internet e na mídia impressa buscou retratar o carro como uma aquisição importante na vida dos consumidores. Seu primeiro slogan foi "Novo KA, o começo de uma grande história" e trás Lazaro Ramos como garoto propaganda.

Foto: divulgação

Com concorrentes de peso e já consolidados, o resultado do estreante surpreende, inclusive, por já ter chamado para recall no mês de lançamento. Segundo a montadora, o problema se deu na ignição, que pode, em certos momentos, sair da posição ligado e acionar a função acessório, o que desligaria o motor, mesmo em pleno funcionamento. Das mais de 7.000 unidades vendidas apenas 219 apresentam o defeito.

Nas redes sociais os consumidores comentam que o carro ficou mais espaçoso e confortável, porém, há diversas comparações com o Up! da Volkswagen. Outros pedem uma versão mais potente a partir de 1.6.

Com visual acertado e várias modificações, este é realmente um modelo novo da linha KA, capaz de fazer o consumidor esquecer o antigo modelo. Esquecer, inclusive, o péssimo resultado do crash-test do antigo KA.

O Novo KA deve conseguir, segundo a montadora, quatro estrelas no rigoroso teste, que pode chegar até cinco estrelas.

Foto: divulgação

O Novo KA é encontrado a partir de R$ 35.390,00 na versão hatch de 1.0 e por R$ 44.990,00 na sedã mais completa, de 1.5. Todos os modelos vêm com direção elétrica e podem ser abastecidos com gasolina e etanol.

Por Fhilipe Augusto Silva Souza


O ano de 2014 tem sido considerado de queda para a venda de automóveis em todo o Brasil. Sabe-se que para as montadoras não está sendo nada fácil superar as metas de vendas em relação ao ano de 2013. Especialistas afirmam que fatores ligados à instabilidade financeira, à consciência do consumidor em não comprometer a renda total da família e à alta da inflação no país têm afastado os clientes das lojas.

Conforme dados da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (FENABRAVE), no 1º semestre de 2014, o mercado de automóveis no Brasil apresentou queda em cerca de 17,12% das vendas realizadas em relação ao semestre do ano passado, exceto no primeiro mês do ano em que se registrou um maior número de vendas, com cerca de 227,8 mil unidades vendidas. Porém, três meses após, o cenário mudou e houve uma queda em média de 25% nas vendas.

Ainda segundo os especialistas, os veículos que mais venderam no ano até o momento foram: o Volkswagen Gol, campeão de vendas, com modelos e opcionais entre 1.0 e 1.6, com preços variando entre R$ 32.490 e R$ 51.270; o Fiat Palio, sendo segundo modelo mais vendido no país, com motores de 1.0 e 1.6 e preços variando entre R$ 34.060 e R$ 43.680; o Fiat Strada, também um dos líderes de vendas com preços variando entre R$ 36.590 e R$ 59.360; o Chevrolet Onix, sendo o mais vendido da Chevrolet, na época do lançamento, com motores 1.0 e 1.4, e preços variando entre R$ 34.500 e R$ 48.850,00; e o Ford New Fiesta com motores 1.5 e 1.6 com preços das versões entre R$ 42.990,00 e R$ 59.990,00.

Nota-se, portanto, que mesmo com a baixa nas vendas, especialistas no setor afirmam que vale a pena pesquisar, considerando a chegada do final de ano e o giro que se faz na economia do país com a injeção do 13º salário, o período será um dos mais propícios para aqueles consumidores que sonham em adquirir um carro modelo 2014, obtendo bons descontos como IPI e taxa zero, além de brindes de série do modelo. Com a chegada, dos modelos 2015, as montadoras estão realizando diversos feirões com objetivo de zerar os estoques e fechar o ano com uma média melhor.

Por Valter Falinácio

Volkswagen Gol

Fiat Palio

Fiat Strada

Fotos: Divulgação


Depois de apresentar a configuração hatchback da nova geração do Ford Ka, a fabricante estadunidense lançou no Brasil a versão sedan, o Ka+. Inaugurando uma versão de carroceria inédita para o Ka, o sedan compacto completa a linha global da Ford no mercado brasileiro que foi totalmente renovada nos últimos anos. O Ka hatch chega às concessionárias da Ford em meados de setembro, enquanto que a configuração sedan (Ka+) estará disponível nas lojas da marca em um momento posterior.

Visualmente, a configuração sedan conta com o mesmo desenho do Ka hatch, seguindo as características atuais de design dos últimos lançamentos da Ford, com destaque para a ampla grade frontal com formato trapezoidal e o desenho dos faróis dianteiros. Contudo, o modelo sedan traz grade filetada, enquanto que o hatch possui grade com disposição do tipo colmeia. Outro ponto de diferenciação entre os modelos é o acabamento interior do farol, já que na versão hatch possui máscara negra e no Ka+ nota-se o interior cromado.

Com o prolongamento do porta-malas, o Ka+ tem capacidade de comportar 445 litros de bagagem, com direto a braços pantográficos.

Enquanto o Ka hatchback terá como principal rival o Hyundai HB20, o Ka+ terá que concorrer de frente com a nova geração do Renault Logan entre os sedans compactos com boa capacidade de carga, bons equipamentos e preço relativamente mais baixo.

Para tanto, o novo Ford Ka+ deixa de lado o acabamento em aço escovado, mais voltado para o público mais jovem, e adota os apliques em Black Piano e revestimento dos bancos com tecido exclusivo, tudo para atrair os consumidores do segmento.

Disponível nas versões de acabamento SE, SE Plus e SEL, as mesmas oferecidas na configuração hatchback, o novo Ford Ka+ terá ainda duas opção de motorização. A primeira opção é o carro trazer o novo motor três cilindros aspirado 1.0 Fox TiVCT 12V Flex, com sistema Easy Start que dispensa o uso de tanquinho, capaz de entregar até 85 cv e torque de 10,7 kgfm quando abastecido com etanol. A segunda opção é o bloco 1.5 Sigma Flex que rende até 111 cv e torque de 14,9 kgfm com etanol, o mesmo propulsor utilizado no New Fiesta. Independente do motor, o Ka+ sempre vem com câmbio manual de cinco velocidades.

Abaixo, versões e preços do novo Ford Ka+:

– SE 1.0 – R$ 37.890;

– SE Plus 1.0 – R$ 39.890;

– SEL 1.0 – R$ 42.490;

– SE 1.5 – R$ 42.890;

– SE Plus 1.5 – R$ 44.890;

– SEL 1.5 – R$ 47.490.

Por Caio Polo

Ford Ka+

Foto: Divulgação


A Ford, uma das maiores montadoras de veículos do mundo, divulgou detalhes do Novo Ford Ka, que pela primeira vez na história terá quatro portas, e de acordo com medições feitas em laboratório, o veículo consumirá apenas um litro de gasolina para cada 13,8 km rodados em média; na cidade o consumo diminui para 13,1 km por litro e na estrada pode chegar até 15,1 km por litro.

Por ser "Flex", o modelo também foi avaliado quando abastecido com etanol e com este combustível consome em média 9,5 km por litro; nas vias urbanas o consumo cai para 8,9 km por litro e nas estradas rodoviárias gira em torno de 10,4 km por litro de etanol. Após medições, o Novo Ford Ka obteve nota máxima no "Conpet", o programa de etiquetagem veicular do Inmetro, sendo classificado como o modelo mais econômico do Brasil na categoria dos compactos.

Outra novidade no Novo Ford Ka é que dessa vez o veículo terá como opção de compra os modelos hatch e sedan, ambos com motor 1.0 e potência de 80 cavalos. Com o intuito de facilitar a vida dos motoristas, principalmente em épocas com temperaturas mais baixas, o supracitado carro da FORD terá sistema de partida a frio, dispensando, assim, o uso de tanque auxiliar de gasolina.

As propagandas do Novo Ford Ka estão cada dia mais evidentes, e desde o seu pré-anúncio a Ford já se gabava por possuir o veículo mais econômico e ainda assim não dispensar o ar condicionado. O Up!, mais novo popular da VW, deve ser o grande concorrente do Novo For Ka. Com relação ao consumo de combustível, os dois se equivalem, no entanto o modelo da Ford se sobressai em vias urbanas, enquanto o Up! ganha no consumo pelas estradas rodoviárias.

Como falado, o Novo Ka é tido como compacto pelos especialistas e, assim, é classificado no mesmo segmento do Toyota Etios, VW Gol, New Fiesta, sendo considerado o mais eficiente da categoria e promessa real de estouro de vendas no país.

Por Vinicius Cunha

Novo Ford Ka

Foto: Divulgação


A Ford apresentou nesta quarta-feira, dia 9 de abril, o novo Focus Sedan para o mercado norte-americano. Através de uma reestilização pontual, o veículo passa a adotar as características atuais de design da fabricante, marcado pela grade frontal proeminente, presente também no New Fiesta, no Novo Fusion e no EcoSport, além de que também será utilizada na nova geração do Ford Ka. Além disso, os faróis dianteiros contam com desenho mais estreito e alongado, semelhante ao do Fusion, enquanto que as lanternas traseiras dispõem de uma nova disposição. Enquanto a configuração hatchback marcou presença no Salão de Genebra, a versão sedan terá estreia oficial apenas no Salão de Nova York, que terá início na próxima semana.

O Focus Sedan ganhou, além do novo visual alinhado com os mais recentes lançamentos, um novo conjunto mecânico para o mercado estadunidense. Portanto, além do motor 2.0, o sedan passar a ser equipado com o bloco 1.0 EcoBoost Turbo e com injeção direta de combustível. Esse novo propulsor propicia uma autonomia maior e um baixo índice de emissão de poluentes. Associado ao motor 1.0 Turbo está uma nova transmissão de seis velocidades.

Além da estética e da parte mecânica, a Ford também aposta na tecnologia. Portanto, o modelo traz desde a versão de entrada um sistema multimídia de série que dispõe de câmera de ré para manobras, adequando-se à nova legislação vigente nos Estados Unidos, além das alterações técnicas que permitem uma maior conectividade com smarthphones.

Levando em consideração que a terceira geração do Focus chegou com atraso ao mercado brasileiro, lançado apenas no fim do ano passado por aqui, o hatchback e o sedan atualizados não devem chegar em 2014. A Ford ainda não confirmou nada, mas há rumores que a marca estadunidense deverá atualizar o Focus no Brasil entre o fim de 2015 e início de 2016.

Por Caio Polo


Ninguém consegue disfarçar a satisfação de estar dentro de um carro moderno, elegante e muito atraente. Esse impacto é provocado tanto em quem está dirigindo, como também em que está passeando dentro dele. E sempre pensando no bem estar do cliente que a Ford já está querendo inovar mais uma vez no modelo do Focus.

A empresa fabricante já está divulgando o próximo lançamento do carro, que parece ganhar um novo estilo, comenta-se que a intenção é criar um luxuoso design, que já é um espetáculo para os olhos dos motoristas e colecionadores. Além do design, o novo modelo que ainda está no projeto, com certeza vai oferecer um eficiente recurso em tecnologia e maior reforço na plataforma.

Pesquisas revelam que o Focus foi um dos carros mais vendidos em 2013, com aproximação de 1,1 milhão de unidades em todo o mundo. Por isso, a Ford tem o objetivo de criar o novo modelo com um design mais inovador. E parece que o estilo oval azul será reencarnado com novos detalhes para provocar muitas emoções.

Raj Nair, chefe de produção global da Ford, anunciou que as pessoas ainda vão ver alguns detalhes do Focus Styling em meados de  2015, cujo projeto já está começando a ser iniciado.

Muitos proprietários falam que adquiram o modelo Focus por razões de qualidade, conforto e tecnologia. Porém, acredita-se que o motivo da escolha do produto foi o impacto provocado pelo design. E por isso, de acordo com Raj, o novo modelo que ainda vai ser lançado vai ter muitas mudanças no design e esse será o principal motivo para atrair mais clientes.

O novo Ford Focus deverá ser lançado no mercado até o ano de 2017.

Por Jaqueline Mendes


Nesta segunda-feira, dia 3 de janeiro, a Ford apresentou as novíssimas versões sedã e hatch do Ka. O nome continua o mesmo, mas o carro é totalmente novo.

O veículo, que foi feito em Camaçari (BA), será vendido como carro global, ou seja, igual em diversos países.

A ideia é que o novo Ford Ka tenha altos volumes de vendas no mercado. A montadora está tão focada nisto, que na Índia foi apresentado um “quase irmão” desse sedã com o nome de Figo, também já usado pela Ford. Porém, o carro que será vendido no Brasil terá uma traseira maior em relação ao modelo indiano.

Será a primeira vez que o Ka terá carroceria de três volumes. O modelo hatch, que foi apresentado no ano passado, provavelmente será o primeiro a ser lançado ainda neste trimestre de 2014.

Já o sedã deve vir como atração da Ford no Salão de São Paulo, no mês de outubro.

A Ford chamou o sedã de Ka Concept 4 portas, deixando para se referir ao hatch como o Ka 5 portas.

A montadora mantém os preços em sigilo, mas o modelo será o de entrada. Sendo assim, será o mais barato do portfólio Ford, vindo logo após o New Fiesta, que sai por R$ 40.990.

A montadora informou que sairá de linha o Fiesta Rocam e o "Kazinho". Desta maneira o Ford Ka Sedã será o substituto natural do Fiesta Sedan Rocam, que sairá de linha, pois o New Fiesta se posiciona em uma faixa de preço superior.

Vale lembrar que a Ford tem como meta vender no Brasil apenas modelos globais até 2015, porém com estes dois lançamentos a meta será alcançada ainda este ano, conforme o anúncio o presidente da filial brasileira, Steven Armstrong.

Segundo Armstrong, o novo Ka deve ter como maior concorrente o Hyundai HB20, seguido do Volkswagen Up!

A Ford apresentou somente o exterior dos veículos. Porém, a tecnologia, a economia em consumo e o conforto, devem ser atrativos do novo carro.

Por Ageu da Rocha


Devido à grande procura de automóveis no Brasil, as marcas mais conceituadas que atuam no país sempre estão atualizando suas linhas e buscando melhorias em seus diversos modelos, dessa forma, podem manter os clientes satisfeitos e buscar mais vendas. A Ford, por exemplo, é uma marca bastante conhecida e muito procurada no mercado, que dispõe de automóveis de alta qualidade, design arrojado, entre outras qualidades.

Se você está em busca de um Ford para a sua garagem, então uma dica é o novo Ford Focus 2014. As novas versões do automóvel já foram definidas e o veículo ficou mais sofisticado e caro. Mais informações a respeito desse lançamento você confere na continuação deste artigo.

Em um primeiro momento, o aumento no preço é justificado pela evolução do design, isso mesmo, o novo Ford Focus 2014 apresenta um design ainda mais arrojado e bastante sofisticado, além de ter sofrido alterações no acabamento. O motor também sofreu mudança e agora é um Direct Flex que oferece 175 cv a gasolina e 178 cv a etanol.

Preços e Versões:

Logo abaixo você poderá conferir mais informações em relação aos preços e versões:

  • Ford Focus 1.6 S (R$ 60.990,00): Essa versão é acompanhada de transmissão manual, freios ABS, duplo airbag, rodas de liga leve de 16 polegadas e sistema SYNC. Além disso, dispõe de transmissão PowerShift e sistema AdvanceTrac, com o preço subindo para R$ 66.990,00.
  • Ford Focus 1.6 SE (R$ 63.990,00): Dispõe de quatro airbags, tela de 4,2 polegadas e bancos em couro. Com a opção da transmissão PowerShift e sistema AdvanceTrac, o preço sobe para R$ 69.990,00.
  • Ford Focus 2.0 SE (R$ 72.990,00): Possui os mesmos itens da versão 1.6 SE, mas com motorização 2.0 e câmbio PowerShift.
  • Ford Focus 2.0 Titanium (R$ 79.990,00): Vem acompanhado com Câmera de Ré, Sistema SYNC com tela de 8 polegadas e Rodas de Liga Leve.
  • Ford Focus Sedan 2.0 S (R$ 69.990,00): Oferece freios ABS, direção elétrica, airbag duplo frontal, controle de estabilidade e tração, volante multifuncional, sistema multimídia Sync com tela de 3,5 polegadas, assistente de partida em rampa, ar condicionado, trio elétrico, entre outros.
  • Ford Focus Sedan 2.0 SE (R$ 74.990,00): Possui adicionalmente quatro airbags, sistema multimídia Sync com tela LCD colorida de 4,2 polegadas, bancos revestidos em couro, sensor de estacionamento e piloto automático.
  • Ford Focus Sedan 2.0 SE Plus (R$ 77.990,00): Possui adicionalmente seis arbags (frontais, laterais e de cortinas), chave com sensor de presença e partida sem chave, acendimento automático dos faróis e ar-condicionado dual zone digital.
  • Ford Focus Sedan 2.0 Titanium (R$ 81.990,00): Possui funcionalidades adicionais à central multimídia como, por exemplo, conexão Bluetooth, comando de voz e sistema premium de som com oito alto-falantes.
  • Ford Focus Sedan 2.0 Titanium Plus (R$ 89.990,00): Vêm com faróis de xenon, teto solar, luzes diurnas de LED, sensor de estacionamento dianteiro e sistema de estacionamento automático.

Por Bruno Henrique


A Ford mostrou como será o visual do KA Concept, modelo futurista do conhecido KA. A apresentação do veículo aconteceu no dia 13 de novembro, na Bahia, em uma cerimônia onde William Clay Ford Jr. (bisneto de Henry Ford) compareceu juntamente com outros membros de suma importância da empresa (Ford).

O automóvel foi lançado como veículo experimental, mas não mudou muito da versão já conhecida. A sua chegada está prevista para acontecer entre Janeiro e Junho de 2014.

Este modelo é um pouco mais avantajado do que o seu antecessor, ele vem com a exigida versão quatro portas (mais porta traseira) e também fornecerá mais conforto aos viajantes.

O Ford KA Concept foi o segundo modelo produzido aqui no Brasil, sendo que o primeiro foi o EcoSport. A expectativa da fabricante é que ele ocupe o lugar do Fiesta Rocam e do antigo Ka.

O Ford Ka Concept se apresentará nas versões hatch e sedã (o modelo sedã será o substituto do New Fiesta), o que levará a fábrica de Camaçari (Bahia) a produzir 300 mil carros por ano, tal produção será possível  graças a um investimento de R$ 2,8 bilhões que será realizado até o ano de 2015.

A Ford disponibilizou o que há de mais moderno em sua linha para o seu novo modelo (Ka Concept). A frente do automóvel vem com faróis cortantes e grades em forma de “trapézio” (bem assemelhado ao New Fiesta). Já nas laterais o seu design é mais moderado, com  linhas de cintura apresentando leves subidas. Por fim, a traseira vem com lanternas que dobram para as laterais até a altura do portas malas.

Este moderno exemplar da Ford pode chegar ao mercado com dois motores: 1.0 de três cilindros (exclusividade) e talvez  o Sigma 1.5 do New Fiesta, a última variedade de motor será para as versões com um preço mais salgado.

Por Igor Lima 


O Novo Ford Focus acaba de chegar ao Brasil na terceira geração e já recebeu uma nova identidade visual lá fora, que por sinal já está presente no novo Fusion. A versão esportiva ST do Focus traz uma grade trapezoidal na frente e diversas outras mudanças que devem surgir no Brasil daqui há algum tempo. O carro já foi visto em testes no exterior com a nova dianteira e deve estrear na Europa já no ano que vem.

Um dos maiores problemas é que a reestilização das linhas da Ford no Brasil já ocorreu em outros modelos como o Fiesta e o Fusion, por exemplo. A empresa explicou que por motivos industriais, as mudanças no Novo Focus devem aparecer somente 18 meses após o lançamento oficial. Caso seja anunciado no Salão de Genebra em março do ano que vem, as mudanças do modelo devem surgir por aqui apenas setembro de 2015. Esse é um delay muito longo frente a outras marcas, que fazem lançamentos quase simultâneos de seus veículos aqui no país.

O novo modelo do Focus não foi muito bem avaliado por aqui. Embora seja o líder da categoria atualmente, o veículo chegou aqui mais caro e com um desempenho abaixo do esperado. A versão de entrada do veículo custa R$ 60.990 e vem equipada com um motor de 135 cv 1.6 Flex. É uma diferença de R$ 8 mil em relação ao modelo antigo, que possui um porta malas maior, mais espaço interno devido à altura do teto e 22 kg mais leve que o modelo atual.

Ebenézer Carvalho


Recentemente a montadora Ford apresentou ao mercado automotivo o novo Focus Sedan. O modelo em questão é moderno e arrojado, conta com um potente propulsor Duratec 2.0 Flex, possui injeção direta de combustível e tem muitos outros atributos que fazem dele uma grande promessa na categoria.

O modelo possui ainda uma alta taxa de compressão, com 16 válvulas e bloco. Além disso, o veículo possui quatro cilindros em linha, cárter e cabeçote fabricado em alumínio.

Segundo a Ford, o novo Focus apresenta potência de 178 cavalos quando movido a etanol. Vale acrescentar que o sedan conta também com duplo comando variável do escape e admissão com controles independentes.

O carro foi apresentado oficialmente na Bienal do Parque do Ibirapuera, na cidade de São Paulo. O evento aconteceu entre os dias 29 de agosto e 01 de setembro. Cumpre salientar que o novo Ford Focus causou burburinho e já mostrou a que veio.

O Ford Focus conta ainda com 6 airbags, dupla embreagem, câmbio automático e controles de estabilidade.

O valor de venda do carro ainda não foi confirmado.

Por Larissa Mendes de Oliveira Soares


Ford Focus Sedan 2014Aconteceu neste último fim de semana o evento de pré-lançamento do novo Ford Focus Sedan.

A montadora aposta no seu mais novo motor que foi especialmente ajustado para funcionar em território brasileiro e entregar a melhor relação custo benefício.

A intenção, segundo a montadora, era proporcionar ao público consumidor a chance de conhecer o motor Duratec, à primeira vista o motor é muito parecido com os que já equipam os modelos anteriores da marca, no entanto a montadora ressalta que esta versão do motor Duratec foi especialmente modificada por engenheiros brasileiros da montadora e que após executadas, as modificações proporcionaram um ganho de potência extraordinário. Na versão original o motor entregava aproximadamente 140 cavalos, após sofrer as modificações o motor passou para a marca dos 180 cavalos.

Outra inovação está no sistema de injeção direta tanto para gasolina quanto para etanol. Segundo o gerente de calibração de motores da montadora essa dobradinha de tecnologias permite ao veículo economizar combustível sem prejudicar no desempenho do mesmo.

A previsão é que o Novo Focus Sedan comece a ser comercializado no Brasil em meados de setembro, ou seja, faltam poucos dias para poder realmente descobrir se o novo modelo da Ford cumprirá com o que foi prometido.

A montadora ainda não divulgou tabela de preços nem possíveis acessórios que possam acompanhar o modelo.

Por Fernando Setoue


A Ford, fabricante americana, apresentou no mercado australiano o seu novo SUV. O Everest é um modelo de sete lugares que irá disputar mercado com outros carros, como Fiat Freemont, Toyota Hilux SW4, GM Trailblazer, entre outros. A empresa não disponibilizou muitos detalhes do lançamento, contudo, é possível afirmar que a plataforma global utilizada é a mesma da picape Ranger.

A Austrália foi escolhida como país de lançamento do modelo devido ao fato da reestruturação dos modelos da marca naquele país. A empresa promete renovar toda a linha até 2017. Ao todo, serão 11 modelos que serão comercializados em todo mundo, dentre eles o Fiesta, Mondeo, Focus, Everest, Falcon, entre outros.

A Ford está preparando um conceito novo para o Everest, que mantém uma visão de esportivo de sete lugares, grande e que apresenta design e desempenho de alto padrão, ideal para o público de diversos países.

“É um veículo forte, resistente e com capacidade para o trânsito das cidades e para o Off-Road”, afirmou o vice-presidente global de Marketing e Vendas da Ford, Mark Fields.

O SUV ainda não tem previsão de lançamento no Brasil, contudo, vale a pena esperar por uma posição da marca para o mercado nacional.

Por Robson Quirino de Moraes


A montadora Ford, uma das mais renomadas do mercado automotivo, acaba anunciar o lançamento da nova versão de um grande sucesso da marca: o Ford Ranger 2014. O carro em questão é referência em design, conforto e desempenho.

O novo Ford Ranger chegará ao mercado brasileiro cheio de novidades, tanto no visual quanto na parte mecânica. Segundo especialistas, o modelo chegará ao mercado com a finalidade de competir diretamente com o novo Toyota Hilux.

O novo Ford Ranger será disponibilizado na versão doméstica ou comercial, sendo que o usuário poderá escolher entre cabine dupla ou simples, tração 4×4 ou 4×2 e acabamento Limited, XL, XLS ou XLT. Em relação à motorização, o carro contará com motor 2.5 Flex ou 3.2 a diesel com cinco cilindros.  

O Ford Ranger contará com os seguintes itens e acessórios: ar condicionado, freios ABS com EBD, travas elétricas com controle remoto, airbags dianteiros, coluna de direção contendo regulagem de altura, chave tipo canivete, computador de bordo com sete funções, direção hidráulica e piloto automático. Vale destacar que todos esses equipamentos são de última geração.

O valor do novo Ford  Ranger ainda não foi divulgado.

Por Larissa Mendes de Oliveira


Ford New Fiesta 2014A Ford apresentou no dia 21/04, na cidade de Foz do Iguaçu (PR) a versão 2014 do New Fiesta que deverá fazer sua estreia garantida nas lojas brasileiras no mês de maio.

Além de sua primeira reestilização o modelo ainda terá um novo motor. O câmbio será automatizado (dupla embreagem). Um detalhe que tem chamado a atenção, entre outras coisas, é o fato de um carro na condição de modelo Premium se engajar no seguimento de hatches compactos.

Confira alguns detalhes de dois dos modelos anunciados e seus valores:

New Fiesta S 1.5 16V:  custará R$ 38.990.

Vem de série com direção hidráulica, travas, retrovisores e vidros dianteiros elétricos. O ar condicionado, sistema de som, freios ABS com EBD e airbag duplo estão incluídos nos itens de série. Uma curiosidade que vale a pena ser lembrada é o fato de que a linha de 2014 não tinha nenhuma versão que custasse menos de R$ 47.730.

New Fiesta SE 1.6 16V Powershift: essa versão, que não sai por menos de R$ 48.990, vem com câmbio automatizado com dupla embreagem e seis marchas no estilo Powershift.

Por Denisson Soares


O modelo Fusion Titanium da Ford, opção top da geração renovada do veículo produzido no México, agora terá 2 catálogos novos.

Com essa nova configuração, o veículo terá a versão de entrada custando a partir de R$ 99.900. Porém, nesta opção o veículo acabou perdendo uma série de itens, como sensor para estacionamento dianteiro, teto solar e controlador da velocidade de cruzeiro.

Já o 2º catálogo do sedã, que custa cerca de R$ 103 mil, apresenta a opção de teto solar. Fora isso, as novas opções de catálogo possuem apenas tração dianteira.

O Fusion Titanium vem com motor 2.0 turbo, que oferece 243 cavalos de potência.

Em março, a Ford apresentou uma versão flex do sedã, que tem um propulsor 2.5 e é vendido por R$ 92.990.

Outra empresa que diminuiu a tabela de vários de seus veículos foi a inglesa Mini. Tanto no caso da Mini como no da Ford, isso ocorreu porque as cotas novas para importação agora não apresentam alta de 30% no que se refere ao IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) para veículos fabricados fora do Brasil.

Por Marcelo Araújo


De acordo com a marca automotiva Ford do Brasil, logo chegará ao mercado o seu novo sedã Fusion. O lançamento oficial do veículo está previsto para o dia 25 de fevereiro de 2013.

Rumores dão conta de que o carro contará com motor flex, tração dianteira e câmbio automático. A fabricante confirmou apenas que o motor será o Duratec 2.5, que desenvolve a potência de 173 cavalos.

Em nosso país, somente uma versão será disponibilizada. Trata-se do modelo SE, que equivale ao intermediário no mercado norte-americano. Nos Estados Unidos o modelo foi muito bem aceito e a fim de repetir o sucesso no Brasil, a montadora fará algumas adaptações pensando nos motoristas brasileiros.

As alterações principais ocorreram na parte mecânica, sendo que a versão original entrega 240 cavalos de potência, um pouco mais do que o modelo adaptado ao consumidor brasileiro. Outra mudança diz respeito aos itens de série, pois no Brasil ficarão fora do pacote o assistente de auxílio ao motorista e o controle de velocidade de cruzeiro.

O preço de venda do novo veículo deve se aproximar de R$ 90.000,00, mas esse valor não foi confirmado.

Por Larissa Mendes de Oliveira Soares


O lançamento da mais recente versão do Fusion ocorreu em dois países simultaneamente: Estados Unidos e Brasil. O Fusion 2013 chegará aos consumidores com mudanças que podem ser chamadas de significativas. A princípio, o preço do carro deve girar em torno de R$ 112.990,00.

Por enquanto, o Fusion 2013 só será disponibilizado na versão Titanium AWD, que nem é preciso dizer que é a topo de linha da fabricante do carro. O carro terá 240 cv de potência e seis marchas (câmbio automático). Neste último caso, o consumidor também terá a sua disposição opções dos comandos manuais no volante.

O motor de quatro cilindros com turbocompressor é um EcoBoost 2.0 e de injeção direta a gasolina. Já o torque será de 34,7 kgfm. Além disso, o carro também terá um comando de válvulas varável duplo, o mesmo será independente tanto na admissão quanto no escapamento.

O Fusion 2013 terá ainda assistência elétrica, 8 airbags e bancos aquecidos (na parte dianteira). Os freios serão ABS. Vale lembrar também que ainda no início do ano que vem mais três versões deverão ser comercializadas por aqui.

Por enquanto, a empresa não divulgou informações sobre o preço do veículo e a data de lançamento do veículo.

Por Denisson Soares


Mais um recall foi publicado na mídia para os donos de automóveis no Brasil e desta vez a convocação é da Ford para aqueles que possuem a Ranger Cabine Dupla 2013 produzida no período de 17 de abril a 21 de maio de 2012 com chassi na numeração de DJ24679 a DJ33229.

A necessidade de ajuste destes veículos ocorre devido a uma falha no travamento do encosto do banco traseiro que pode não ficar fixado corretamente e descolar-se para frente causando lesões nos passageiros.

O conserto deste sistema dura cerca de 20 minutos e será feito de forma gratuita nas concessionárias Ford de todo o Brasil a partir do dia 10 de dezembro de 2012.

Fonte: Autoestrada

Por Ana Camila Neves Morais


A marca Ford é uma das mais conhecidas e respeitadas do mundo, entretanto, quase 28.000 veículos da montadora norte-americana terão que passar por Recall.

O modelo que possivelmente pode apresentar problemas é o New Fiesta (2011, 2012 e 2013). De acordo com a empresa, há um defeito de montagem no sistema de segurança, sobretudo nos airbags, fato que ocasionalmente pode agravar lesões caso ocorra algum acidente.

O problema está concentrado em um dos airbags dos passageiros, especificamente no sensor, que pode falhar durante colisões.

Os convocados para participar da avaliação e reparo são os proprietários dos carros com os chassis apresentados entre os seguintes intervalos:

BM100380 e BM2402152011;

CM100037 e CM 2118212012;

DM10027 e DM1395482013.

A participação no Recall não é obrigatória, afinal não há leis específicas sobre o assunto. Mas ainda assim, é altamente recomendável, especialmente por garantir uma maior segurança para o motorista e seus passageiros.

Os interessados em saber mais a respeito do Recall deverão entrar em contato com a Ford através do site da empresa, ou esclarecer as dúvidas por meio do telefone 0800 703 3673.

Por Larissa Mendes de Oliveira


O novo Fusion da montadora Ford deve estrear no Brasil somente no primeiro trimestre do próximo ano, no entanto, dará o ar de sua graça no Salão do Automóvel de São Paulo, que ocorrerá no final deste mês, no Parque de Exposições do Anhembi.

O modelo já conquistou fãs em todo mundo e essa nova versão promete surpreender e consolidar ainda mais o espaço do Fusion no mercado. Inicialmente, o carro será chamado de Titanium AWD e custará aproximadamente R$ 113.000,00.

Em relação à motorização, o novo Ford Fusion vem equipado com o excelente motor 2.0 EcoBoost Turbo, que apresenta potência similar a de motores 3.0, porém, com a expressiva economia de até 15% no gasto de combustível. Vale ressaltar ainda que de acordo com a gerência de marketing da montadora, o novo Fusion teve todas as suas peças mudadas, não herdando absolutamente nada do antigo conjunto mecânico.

Além das alterações acima listadas, o modelo passou também por mudanças estéticas no design, nas lanternas e nos faróis. De modo geral, o shape e a carroceria do Fusion estão bem diferentes, porém, sem perder a conhecida elegância. A parte interna terá como diferencial o revestimento dos bancos em couro, além do aquecimento automático.

A nova versão do modelo contará com as seguintes opções de cores: cinza, prata, azul, branca, preta e vermelha.

Por Larissa Mendes de Oliveira


Já estão sendo vendidos os modelos 2013 do Ford  Edge nas versões Limited e SEL.

O veículo, em ambas as versões, vem equipado com motor 3.5L V6, com  289 cavalos de potência, além de câmbio automático SelectShift de seis velocidades com opção de troca sequencial.

O veículo vem com itens para conferir segurança aos ocupantes, como seis airbags com sistema de classificação do passageiro, freio a disco nas quatro rodas, recurso para anticapotamento e tração, controle eletrônico de estabilidade, assistente de partida em rampa, sistema para monitorar a pressão dos pneus e chave MyKey, que pode ser usada para limitar a velocidade e altura do som do veículo. Além disso, o modelo ganhou sistema multimídia com tela de 4,2 polegadas, sensor de estacionamento, ar condicionado digital, bancos de couro, computador de bordo, entre outros itens.

Além de vir com os mesmos itens do SEL, o Limited conta ainda com alerta dos chamados “pontos cegos”, sensor de chuva, câmera de ré e rodas de liga leve aro 20 com acabamento cromado. Já no SEL, as rodas são de liga leve aro 18”.

A montadora acrescentou mais opções de cores para o novo crossover, podendo agora ser levado para casa nas cores marrom Dubai, Azul Carmel e Vermelho Vermont.

O Edge 2013 custa a partir de R$ 127.900, na sua versão mais básica, podendo chegar a R$ 157.100, caso sejam instalados todos os itens opcionais.

Por Andrea Gomes 


Há pouco tempo a Ford lançou o seu novo Fusion com motor Ecoboost 2.0, que possui um turbo que é produzido por uma superliga que foi desenvolvida da mesma forma que os motores dos ônibus espaciais.

Esse tipo de motor Ecoboost 2.0 já é utilizado em carros como o Edge e o Explorer, porém, a diferença é que no novo Fusion o motor é capaz de aguentar uma temperatura de até 1050º C, sendo que nos demais carros a temperatura máxima suportada é 970º C.

A ideia de melhorar o Fusion foi a de proporcionar mais durabilidade, maior desempenho e eficiência, além de reduzir a fadiga térmica do motor.

Com a aplicação das melhores tecnologias no turbo do motor, a Ford afirma que o desempenho do carro é mantido durante toda a sua vida útil, tanto em questões mecânicas como em questão da usabilidade do turbo.

O novo turbo do Ecoboost 2.0 foi desenvolvido para uma refrigeração à base de óleo enquanto o motor está ligado, mas ao ser desligado ele continua a ser refrigerado, só que nesse caso é por meio de um sistema de água. Além disso, o turbo opera com uma velocidade que pode chegar a 190 mil rpm.

O lançamento oficial do novo Ford Fusion acontecerá em uma data próxima ao Salão do Automóvel de São Paulo, que começa no dia 24 de outubro deste ano.

Não há informações sobre valores de compra.

Por Guilherme Marcon


A Ford está sempre inovando no mercado e a prova disso é o New Fiesta Sedan que é descrito pela montadora como um carro que reúne o que há de mais moderno em design, qualidade, tecnologia e sofisticação.

Seu exterior possui maçanetas alinhadas ao seu design dinâmico e esportivo, ideal para quem busca um Sedan cheio de elegância e modernidade. Além disso, este modelo traz, novamente aos carros da Ford, o conceito Kinetic.

O seu interior mantém as mesmas características modernas e é considerado funcional, já que possui os seguintes itens: painel de instrumentos cromado e de fácil acessibilidade aos controles do veículo, banco do motorista com ajuste de posição e revestidos em couro, saídas de ar condicionado voltadas também para os bancos traseiros, bolso porta-revista no encosto do banco do passageiro, entre outros.

No quesito segurança o New Fiesta Sedan possui freios ABS, controle de tração, assistente de partida de rampa, entre outros.

O motor é 1.6 Flex com transmissão manual de 05 velocidades e rodas de liga leve aro 16’’.

O modelo ainda está disponível em 08 cores que variam entre as mais clássicas e mais modernas do mercado.

Por Jéssica Severo


O mercado dos automóveis elétricos conta com cada vez mais opções de compra e desta vez a novidade fica por conta da Ford, pois a montadora norte-americana já oferece nas suas concessionárias localizadas nos Estados Unidos, o novo Ford Focus Eletric para venda.

Este modelo, que estava sendo produzido desde dezembro de 2011 no estado de Michigan (EUA), consiste na opção totalmente elétrica do hatch compacto já consagrado desta marca de automóveis em todo o mundo.

Este Focus funciona a partir de um propulsor com 100 quilowatts de capacidade, o qual pode chegar a até 125 cavalos de potência, este propulsor está ligado a uma transmissão com uma única marcha e por isso a marcha a ré é feita de forma eletrônica.

Nesta situação, este carro elétrico consegue percorrer 42,5 km/litro e pode ter uma autonomia sem necessidade de recarregamento de 160 quilômetros, tendo ainda uma velocidade máxima de 125 km/h.

Para aqueles que gostaram desta novidade, o novo modelo elétrico da Ford – que deve demorar ainda um pouco para chegar no Brasil visto que a sua venda ainda está rstrita a alguns estados norte-americanos – terá preços a partir de R$82 mil  e terá como grandes concorrentes neste mercado o Chevrolet Volt e o Nissan Leaf.

Por Ana Camila Neves Morais


A nova Ford Ranger 2013 manteve o nome, mas passou por uma reformulação profunda, o que não acontecia desde 1998. Segundo o jornalista Eduardo Sodré, que testou a nova Ranger para o caderno veículos do jornal "Folha de São Paulo", o destaque é para o motor 3.2 turbo-diesel de cinco cilindros, que com 200 cv é o mais potente da categoria.

A versão testada pelo jornal, a Limited (top de linha), destaca-se também pelo seu acabamento de luxo, pelo ar condicionado digital, pelo navegador GPS incorporado ao sistema de som e, principalmente, pelos seis airbags disponíveis.

Além disso, Sodré salientou que a picape roda de forma silenciosa, apesar de ser a diesel, e que o espaço para as pernas no banco traseiro é adequado.

O veículo possui 1.180 litros de caçamba, transmissão automática de seis marchas e tração 4×4.

Sobre o consumo, foram 8,3 litros de diesel por km na cidade e 13,2 litros de diesel por km na estrada.

Por fim, outros destaques da nova Ranger são os dispositivos de controle de chassi, de controle de ABS e o sistema que evita capotamentos.

A nova Ford Ranger Limited, que deve ser responsável por 50% das vendas da picape no país, chega às lojas em agosto de 2013, por R$ 130.900,00.

Por Christiane Suplicy Curioni


A caminhonete F-150 recebeu uma nova versão da Ford para o mercado dos Estados Unidos. O veículo agora possui um modelo luxo, que tem 370 cavalos de potência, acabamento dos assentos em couro na cor vermelha e sistema de aquecimento e resfriamento nos bancos.

Este modelo apresentado na terça-feira (26) é o topo de linha da F-150 em 2013. Por isso, além dos detalhes já especificados, o veículo também possui rodas de alumínio de 22 polegadas, GPS, para-brisa com sensores de chuva, computador de bordo SYNC e faróis de alta intensidade. Estes itens são todos de série.

Já o motor é um EcoBoost 3.5 litros com seis válvulas. O veículo tem um consumo de 22 milhas por galão e é chamado de F-150 Limited, inclusive contendo a insígnia. Outro luxo é o teto solar, que também é um dos itens que já vêm de fábrica.

O valor do modelo não foi informado pela Ford, mas esta picape será a mais cara de todos os tempos produzida pela marca. Por isso, a expectativa é que o preço não fique abaixo dos 49.030 dólares, valor cobrado por outra edição limitada da F-150, a Harley Davidson.

Fonte: Ford

Por Matheus Camargo


A Ford lançou mais um de seus modelos da linha 2013. O novo Mustang não tem grandes alterações em relação à sua versão antecessora, mas trouxe algumas tecnologias novas implantadas. Entre as mudanças adotadas pela fabricante estão grade dianteira mais visível, faróis reguláveis, entradas de ar no capô e retrovisores com LEDs, que apresentam o logotipo do cavalo no momento em que as portas se abrem.

O Mustang também tem um motor poderoso e uma potência como poucos veículos possuem. O automóvel tem motor 5.0 oito válvulas com 420 cavalos de potência, 18 cv a mais do que a versão anterior apresentava. O câmbio é automático com seis marchas e oferece ainda o recurso SelectShift, que possibilita ao motorista trocar o automático pelo manual.

No interior do veículo ainda pode-se encontrar uma tela de 4,2 polegadas feita em LCD, que contém o sistema de navegação do veículo e o entretenimento SYNC, que oferece botões no volante e aplicativos que permitem monitorar o desempenho do veículo.

Com todas estas especificações, a Ford tinha o objetivo de criar o carro esportivo que oferece o maior número de customizações. Assim, a preparadora Roush ainda criou três modelos de personalização: a Stage 1 (com elementos aerodinâmicos diferenciados, entre eles defletores traseiros e dianteiros, saias laterais e tomada de ar no capô), a Stage 2 (com suspensão recalibrada, estabilizador dianteiro, amortecedores, rodas de 18 polegadas e pneus especiais) e a Stage 3 (que tem um motor mais potente porque adiciona um turbocompressor que aumenta a potência para 573 cavalos).

O preço do Mustang começa em 47.940 dólares, cerca de 98.626,00 reais.

Fonte: Ford

Por Matheus Camargo


Foi apresentada nesta segunda-feira (11), nos Estados Unidos, a nova versão da picape F-150, que tem um modelo policial. De acordo com a Ford, fabricante do veículo, a nova versão foi criada para atender a demanda de clientes.

A F-150 policial já está na linha 2013 da Ford e possui algumas melhorias. Entre os itens inclusos na compra do modelo estão o pacote Special Service Vehicle (SSV) ou veículo especial de serviço, que não tem valor adicional, segundo a montadora.

O novo modelo da picape vem em duas versões: SuperCrew e SuperCab. Qualquer uma das duas está disponível em 4 x 2 ou 4 x 4, com motor de cinco litros V8.

A potência é de 364 cavalos com 5.500 rpm. Outra opção de motor é o 3.5 EcoBoost, com 370 cavalos de potência a 5.500 rpm. O veículo também pode ter um alternador de 220 amp.

Quaisquer das versões da F-150 possuem duas fileiras com bancos; no entanto, apenas a primeira fileira tem como objetivo o conforto. A segunda é voltada para a resistência do material.

A nova F-150 é destinada somente a bombeiros, patrulheiros ambientais, polícia e outros órgãos similares.

Fonte: Ford

Por Matheus Camargo


Produzido no Brasil, o novo Ecosport foi lançado no último dia 23 de abril no Salão de Pequim, apresentando o novo design e a versatilidade do compacto esportivo.

Dentre as novidades da versão Titanium, modelo top de linha e único apresentando até agora, a Ecosport revelou uma silhueta mais elegante e moderna, com formato mais aerodinâmico, remetendo em mais economia de combustível.

O motor 2.0 Duratec será flex e desenvolve até 143 cavalos de potência. Quanto aos equipamentos, a versão top de linha virá com direção elétrica, freios ABS, airbag duplo e de cortina, sistema de entrada e partida sem chave e controle eletrônico de estabilidade. Além de luxos como acendimento automático dos faróis, assistência de partida em rampa e sensores de chuva e de estacionamento.

Outra novidade do utilitário é a maçaneta do porta-malas, que foi embutida na lanterna traseira, dando um visual mais limpo e minimalista. Além do novo design, a montadora revelou preocupações com o baixo nível de ruídos e o sistema de ar condicionado, antes muito criticado por usuários dos antigos modelos.

A Ford, ainda não divulgou a data em que o carro estará disponível nas lojas, mas realizou uma mega apresentação na Fábrica de Camaçari, na Bahia. Segundo o gerente de produto da montadora, Nathan Vieira, a previsão é que o carro chegue ao Brasil entre os meses de julho e outubro, em que acontece o Salão de São Paulo

Por Thais Cortez


Ao longo do tempo, o Mustang, da montadora Ford, ficou conhecido mundialmente em função da originalidade presente em seus modelos customizados.

Sem fugir a esse princípio, a nova linha do Mustang 2013 já conta com três versões surpreendentes e totalmente personalizadas pela conceituada preparadora norte-americana Roush.

A Stage 1 apresenta um conjunto excelente, composto por modernos itens aerodinâmicos, defletores traseiros e dianteiros, grade diferenciada, tomada de ar situada no capô e saias laterais.

O Stage 2, por sua vez, vem com os elementos citados acima, além da suspensão com novas molas, estabilizador e amortecedores dianteiro,  pneus de alta performance e por fim, rodas especiais com aro de 18 polegadas. 

A versão  Stage 3, além de ter tudo que as demais versões apresentam, possui um motor mais potente (V8 5.0), que ao invés dos 412 cavalos do Stage 1 e Stage 2, gera incríveis 573 cavalos de potência, atingindo um desempenho consideravelmente superior.

O visual do Stage 3 também impressiona, com inúmeras opções de cores para a carroceria, equipamentos em LED, rodas imponentes de 20 polegadas e diversas opções de acabamento interno.

 

Por Larissa Mendes de Oliveira


O mercado de picapes está cada vez mais competitivo. As marcas estão sempre atrás de inovações para apresentarem aos seus consumidores e entre essa disputa também está a Ford Ranger.

Agora em sua versão 2013, a picape foi apresentada na ExpoAgro, um dos maiores eventos agropecuários da América do Sul, que sempre guarda bastantes surpresas quando o assunto é apresentação de novas picapes.

Acompanhando o desenvolvimento das novas picapes, a Ranger também se apresenta um pouco mais alta e com um desenho totalmente reformulado, bem diferente da versão vendida no mercado brasileiro. Essa modificação tem explicação, sua principal rival é a picape Chevrolet S10 que também recebeu muitas renovações para continuar líder de vendas no Brasil.

A ExpoAgro sempre apresenta um pequeno percurso para que seja feito pelas novas picapes e com a Ranger não foi diferente.

Foi feito um percurso com vários obstáculos em vários tipos de terreno, atravessando um tanque de água, onde mostrou que a picape pode rodar em locais alagados com até 80 cm de profundidade sem muitos problemas.

Preparando sua apresentação para o Brasil, a marca não revelou oficialmente quando a nova picape irá chegar, porém há rumores de que chegue ainda no primeiro semestre do ano.

Por Matheus Camargo

Fonte: Carplace


O EcoSport está mais incrível do que nunca. A versão 2012 chegou muito mais moderna e potente, com novos propulsores Sigma fabricados no Brasil e tecnologia total flex que turbinou o tão conceituado carro de aventura.

As mudanças do carro começaram de fora para dentro. O visual é um espetáculo à parte, com design agressivo, linhas imponentes e cores cheias de energia. O design está forte como nunca visto antes. É sem dúvida um carro robusto e cheio de identidade. Além disso, o automóvel está mais alongado e ganhou espaço, nova identificação frontal com logotipo, grades redesenhadas, maçanetas na cor do veículo, bagageiro de teto, faróis escuros e rodas de liga leve com aro 15”.

A propulsão do veículo será feita através dos motores Duratec 2.0 16 V Flex e Rocan 1.6 8 V Flex. O modelo terá tração nas quatro rodas e transmissão automática.

Todo o conjunto mecânico do EcoSport foi idealizado para proporcionar força, segurança, estabilidade e dirigibilidade.

Outro ponto alto do lançamento é o conforto no seu interior. Luxuoso por dentro, o carro conta com revestimento completo em couro legítimo, bancos macios, nova iluminação e arte gráfica no painel.

Como mimos ao usuário, o modelo vem ainda com porta mapas, porta copos, porta revista, geladeira, porta objetos, computador de bordo, vidros elétricos e rádio com entradas auxiliares.

Confira mais informações sobre o veículo no site www.ford.com.br.

Por Larissa Mendes de Oliveira


A Ford lança em 2012 o New Fiesta Hatch, um carro conceituado por seu design, tecnologia e sofisticação.

Com um design esportivo e cheio de personalidade, o novo Hatch da Ford vem com a ideia de energia em movimento, ou seja, o conceito Kinetic está presente, trazendo fluidez ao veículo. Já o interior do New Fiesta também é incrivelmente inovador, com um painel de instrumentos cromados, de fácil visualização, acessível e contemporâneo.

Seu motor 1.6L Flex Sigma e a nova carroceria, que diminui o atrito com o ar, proporcionam uma maior aerodinâmica e desempenho, sem deixar de lado o conforto de quem dirigi.

O maior destaque deste carro está na segurança, é o único a oferecer: freios ABS com controle eletrônico de estabilidade e controle de tração, assistente de partida de rampa e sistema de classificação do ocupante (que otimiza a resposta dos dispositivos de segurança se baseando no tamanho dos ocupantes).

Além de todas essas características encantadoras, o New Fiesta Hatch ainda possui oito cores diferentes para a escolha dos consumidores. As cores variam do preto e branco tradicional até o verde mais futurista.

Por Jéssica Severo


A montadora Ford divulgou, no dia 06 de dezembro, a nova linha do crossover Edge, que conta com uma série de itens de alta tecnologia.

Um dos itens modernos é o navegador GPS, que apresenta mapas brasileiros com atualizações; além disso, o modelo trazido do Canadá, apresenta, apenas na versão top de linha, sistema multimídia acionado por comando de voz, exclusivamente desenvolvido pela Microsoft.

O Edge 2012 possui ainda recurso de câmera interna para auxiliar o condutor na execução de ré.

A Ford buscou aliar preço e qualidade, trazendo o Edge em duas versões: Limited e SEL. A Limited é o modelo top de linha e vem com rodas de 20 polegadas. Em se tratando de tração, ambas as versões contam com tração apenas dianteira, mas quem quiser optar por tração nas quatro rodas, a versão Limited oferece essa possibilidade.

O Edge 2012 conta ainda com transmissão de seis marchas automática, podendo também ser ativada manualmente através de acionamento de botão de alavanca. O motor é V6 de 3.5 litros, que desenvolve até 289 cavalos de potência.

Quem quiser comprar o novo modelo do Edge, vai ter que desembolsar entre R$ 120 mil, na sua versão mais simples, até R$ 147 mil, sendo este completo,, incluindo bancos de couro e teto solar panorâmico.

Por Andrea Gomes


A Ford anunciou que em 2012 a maioria de seus carros contará com um sistema que faz a leitura de mensagens de texto de celular SMS para o motorista em voz alta. Se for necessário responder, basta ditar a resposta e a própria ferramenta faz o envio para o destinatário.

Segundo executivos da companhia norte-americana, a medida visa evitar que os motoristas falem no celular enquanto dirigem, o que mesmo sendo proibido continua sendo feito; e que se desconcentrem teclando as mensagens, o que vem sendo apontado como uma das principais causas de acidentes no trânsito nos Estados Unidos.

A ferramenta inovadora se chama Synic, e está sendo instalada em toda a linha da Ford de 2012, exceto na Ranger. Funciona através de um dispositivo Bluetooth instalado no carro, que conversa com os celulares que têm a mesma ferramenta. Com isso emite um aviso sempre que há novas mensagens de texto SMS e as lê para o motorista.

A empresa também está bolando uma atualização, visando permitir que seus clientes com modelos mais antigos possam instalar o Synic em seus veículos. A expectativa é que quem tem um Ford a partir do ano de 2010 possa dirigir sem precisar ler e digitar mensagens.

Por Mozart Artmann


A montadora de veículos Ford anunciou a realização de recall em unidades do veículo Ford EcoSport 2.0 fabricados no ano de 2011 e equipados com câmbio automático.

De acordo com a empresa, existe um problema na fixação do câmbio, que poderá soltar devido às falhas no material dos parafusos que prendem a transmissão.

A Ford alega que caso ocorra este travamento do sistema de transmissão, o câmbio travaria repentinamente todo o conjunto de tração, gerando o risco de acidentes. O chamado de recall seria para fazer a substituição dos coxins de fixação do sistema.

Os veículos envolvidos no chamado possuem numeração de chassis entre: B8559570 a B8606238. Os proprietários destes veículos devem procurar a rede de concessionárias da marca para agendar uma inspeção a partir do dia 30 de maio.

Nem todos os veículos envolvidos no chamado precisarão da realização de intervenções mecânicas.

Por Henrique Pereira


A Ford está trazendo para o Brasil o Fusion V6 FWD com tração dianteira, quarta versão do sedã a ser disponibilizada em território nacional. O veículo chegará ao país custando R$ 94.360.

Em relação à versão top de linha (com tração integral), cujo preço inicial é de R$ 103.360, o FWD perdeu alguns itens de série, entre eles estão: a câmera de ré, o BLIS (sistema que detecta veículos no ponto cego), o sensor de chuva, além de não oferecer o teto solar como opcional.

Em compensação, o modelo tem uma lista de itens recheada, composta pelo sistema Ford Sync, 6 airbags, banco do motorista com ajuste elétrico, ar condicionado digital, direção elétrica, freios ABS com distribuição eletrônica de frenagem, sensor de estacionamento, chave programável, entre outros.

O motor é o mesmo que equipa a versão AWD, o V6 3.0, de 243 cv de potência e 30,8 kgfm de torque, acoplado ao câmbio automático de seis marchas.


Geralmente, quando vamos comprar um carro, já temos a marca e o modelo que desejamos em mente.

Mas uma opção muito interessante que a Ford oferece é a de montar o seu próprio carro. Para isso basta entrar no site da marca, escolher o seu modelo e começar a personalizar.

Durante a montagem, é possível visualizar os valores referente às cores, kits e acessórios originais, com isso você vai conferindo o orçamento final da sua montagem.

Você também poderá calcular o seu financiamento, localizar um distribuidor de sua preferência, pelo CEP e nome ou cidade e Estado, e também conferir a tabela de preços da revisão dos carros da Ford.

Embora esta opção elimine as chances de você se surpreender na loja e optar por um modelo diferente, vale pela praticidade e diversão de montar um modelo exatamente do seu gosto.

Por Mariana Gomes


A Ford pretende começar a produzir, ainda esse ano, a nova versão do EcoSport. Segundo a Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores), a fabricação do novo conceito do utilitário esportivo deve ter início entre setembro e novembro, com previsão de lançamento para o começo do ano que vem.

O veículo será fabricado ainda em mais quatro países, além do Brasil, só que a Ford não chegou a divulgar quais. A montadora apenas informou que Ásia e Europa vão ter linhas de montagens do veículo com previsão de mais de 500 mil unidades a serem vendidas.

O EcoSport foi o primeiro modelo da montadora a ser produzido completamente no Brasil para exportação, no ano de 2002, na fábrica da Ford em Camaçari.

Tudo indica que o esportivo vai ter a sua produção aumentada. Atualmente, a capacidade de produção do Eco é de 250 mil veículos, sendo que a Ford está investindo cerca de R$ 4,5 bilhões para aumentar essa capacidade.

Por Andrea Gomes


Essa notícia com certeza irá deixar muitos fãs felizes pelo Brasil. Para aqueles que sentem prazer em ter que dirigir um Ford Focus, de acordo com Finn Thomasen (diretor de comunicação da Ford Europa), a nova geração do Focus que será lançada este ano na Europa, poderá desembarcar no Brasil já no ano que vem.

Conforme informa Thomasen o Focus começará a ser produzido na Argentina em 2012 e chega ao Brasil no mesmo ano. Ainda não se sabe quais motores serão utilizados no veículo aqui no Brasil.

Vamos aguardar ansiosamente pela chegada deste belo veículo em nosso país, com certeza será um sucesso de venda por aqui, como já vem acontecendo desde sua primeira geração.

Enquanto isso, nos próximos meses teremos a estreia do novo Fiesta Hatch por aqui.

Por Henrique Pereira


A alta tecnologia dos dias atuais tanto simplifica a relação interpessoal como afasta relacionamentos físicos. Certo? Errado! Depende do ponto de vista, o mais correto a citar é que os benefícios propiciados pela internet, pelos aparelhos celulares cada vez mais modernos, entre outros, facilitam o dia a dia das pessoas antenadas em favor da comunicação veloz.

A integração de diferentes plataformas tem conquistado certo sucesso dentro e fora do Brasil, independente do ramo citado. A Ford, por exemplo, decidiu se render às potencialidades do Facebook para divulgar o New Edge 2011. Não bastasse isso, emplacou um novo aplicativo, o “Entre Amigos”, que tem por foco ilustrar as tecnologias do automóvel de forma interativa.

De acordo com Maurício Greco, gerente de Comunicação da Ford, o programa no Facebook, além de aproximar os aficionados pelo modelo, projeta outras informações como fotos e vídeos.

A Ford mostra, com esta iniciativa, o quão pode ser interessante a internet quando bem utilizada. O consumidor não quer simplesmente conferir carros diretamente na concessionária ou apenas receber informações oriundas dos canais emissores. Os clientes almejam, na verdade, a interação total, uma conversa comum entre interessados sobre um mesmo objeto de desejo.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Ford


O país receberá, nos próximos dias, novas unidades da versão 2011 da Ford Ranger Sport. Com remodelagens externas e internas, a picape média apresenta uma variedade de itens de série, a começar pela direção hidráulica e ar-condicionado, imprescindíveis nos dias atuais.

Citando a parte de fora do veículo, as lanternas e os faróis foram escurecidos e as rodas de liga leve pintadas na tonalidade cinza. Como se não bastasse essa atualização, a Ford emplacou molduras laterais na caçamba e na porta.

A picape média conta com vidros elétricos de sistema antiesmagamento, além de travas elétricas, faróis de neblina e alarme, retrovisores elétricos, ajuste de altura do volante e sistema de som com conexões Bluetooth e USB. De acordo com Lucíola Almeida, gerente de Marketing de Picapes e Crossovers da montadora, são 23 itens oferecidos e agregados ao grande leque de cores disponíveis.

O motor da picape média é o Duratec 2.3 16V, capaz de desenvolver 150 cavalos de potência. De acordo com a Ford, a versão 2011 da Ranger é capaz de suportar carga de 777 quilos.

O veículo pode ser adquirido pelo valor de R$55.990.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Ford


As tecnologias “verdes” que procuram garantir carros com menores níveis de emissão de poluentes e menores níveis de consumo de combustíveis também irão chegar ao seleto universo das super máquinas, como os carros superesportivos.

Algumas montadoras tradicionais já fazem projetos neste sentido e esta também parece ser a estratégia da montadora Ford para o ressurgimento do seu superesportivo, o Ford GT. De acordo com sites especializados a montadora projeta a próxima geração do esportivo com conjunto híbrido de motorização.

Conforme o site inglês Auto Express o novo Ford GT terá um propulsor elétrico trabalhando em conjunto com um motor supercharged V8 que produzirão um total de força acima de 600 Cv de potência. E para completar, o novo superesportivo deverá ter tração nas quatro rodas com o motor elétrico alimentando o eixo dianteiro do carro.

Com desenho e DNA de carros de corridas, o Ford GT tem as linhas clássicas de um superesportivo: desenho aerodinâmico, linhas arrojadas e presença que remete as lendárias corridas do automobilismo mundial. Sua fabricação terminou em 2006 e agora resta saber se a nova geração, além dessa adequação aos novos tempos da indústria do automóvel, trará também novidades estéticas e de visual que possam alterar seu desenho superesportivo.

Por Mauro Câmara


O Ford Fusion é um novo conceito em conforto, potência, beleza e segurança. Ele tem design elegante, ar condicionado com controle de temperatura, transmissão sequencial com câmbio de seis marchas, com o desempenho  que só um motor seis cilindros 3.0L com 24 válvulas de 243 cavalos pode oferecer.

Também com uma versão de motorização 2.5L de 16 válvulas de 173 cavalos de potência, o Ford Fusion veio mesmo para mostrar modernidade, esportividade e sofisticação. O Ford Fusion  conta com seis air bags (frontais, laterais e cortina), freios ABS nas quatro rodas com EBD, controle eletrônico de estabilidade e tração do veículo, tração integral nas quatro rodas, disponível para a versão com motor 3.0L V6, espelhos retrovisores elétricos, sensor de estacionamento  e abertura das portas com acionamento por teclas.

Por Gerson de Morais


O poluído meio-ambiente tem incitado empresas de todo o mundo a adotar uma série de medidas para diminuir a emissão de gases nocivos à atmosfera. O setor de veículos automotores, um dos atentos a esse fato, procura se valer da conscientização mais ampla da população e anunciam, quase diariamente, novidades.

A unidade de Michigan da Ford, situada no norte dos Estados Unidos, foi reaberta recentemente e aposta justamente nessa disposição. Com investimentos de US$ 550 milhões, a fábrica será responsável por produzir exclusivamente um único exemplar, o Focus.

Possivelmente, de acordo com o Car Sale UOL, os primeiros modelos serão dispostos nas concessionárias em meados do primeiro trimestre de 2011, por meio da versão elétrica, e a partir de 2012 com a híbrida e a híbrida plug-in (que permite ao condutor recarregar a energia do carro por meio de uma tomada comum).

A Ford aproveitou para anunciar estabelecimento de convênio com as companhias Xtreme Power e Edison no intuito de implementar um sistema de proveito da energia solar, com capacidade para motivar 500 kW de eletricidade.

Por Luiz Felipe T. Erdei


A montadora Volkswagen anunciou nesta semana a intenção de ampliar a comercialização de veículos pelo mundo em 2014 e 23 novidades para o mercado brasileiro a partir de 2011. Outras fabricantes também se propuseram a indicar notícias interessantes aos consumidores, entre elas a Ford, que divulgou na quarta-feira (8 de dezembro) o lançamento oficial do novo Edge, então apresentado ao público na edição 2010 do Salão do Automóvel de novembro.

Matéria veiculada pelo portal online da Quatro Rodas assoalha que a configuração de entrada é representada pelo SEL, que conta com rodas de liga leve de 18 polegadas, bancos acolchoados com couro, sistema de som MP3 e seis airbags. A top de linha é concebida por meio do modelo Limited, com rodas de 20 polegadas, partida sem chave e ar-condicionado digital, com teto solar panorâmico como item opcional.

O crossover Edge contempla reestilização na parte dianteira, com perspectiva inspirada no novo Fusion. Na ala traseira houve substituição das lanternas translúcidas por um par na tonalidade vermelha.

Equipados com motor 3.5 V6 capazes de gerir 289 cavalos, o modelo SEL tem preço sugerido em R$ 122.100 e o Limited R$ 133.910 – podendo ser acrescido para R$ 142.910 caso o comprador queira o teto panorâmico.

Por Luiz Felipe T. Erdei


Carros antigos, sucesso absoluto entre o público, aparecem de vez em quando no mercado mundial, porém com inúmeras reformulações em conformidade com os gostos do mundo contemporâneo, desde adequações nas linhas de design até reformulação de motor, redesenho do painel, volante, entre outros.

Informações levantadas pelo jornal norte-americano The New York Times supõem que a montadora Ford estaria confeccionando um modelo para substituir o Ford GT, mas com escopo na motorização elétrica ou híbrida, assim como o Volt, da GM.

Embora não existam informações concretas, os modelos híbridos ou elétricos, em alta no segmento, podem incitar a Ford a ingressar nesse nicho. De acordo com o Car Magazine, em breve o mercado poderá observar a disposição de um modelo esportivo com base na propulsão voltada ao slogan “ecologicamente correto”.

Por Luiz Felipe T. Erdei


Como está acontecendo no mundo todo, os híbridos estão crescendo nos mercados de veículos e disputando suas respectivas fatias de vendas. E no Brasil não podia ser diferente. Depois do modelo da Mercedes-Benz, o S400 Hibrid, já está a venda no mercado nacional o Ford Fusion Hibrido. Nesta versão o sedã de luxo da Ford combina um propulsor a gasolina e outro elétrico e está custando R$ 133.900, conforme matéria do site G1.

Em comparação com a versão convencional do Ford Fusion o modelo híbrido possui ar condicionado elétrico, sistema de integração, nova transmissão automática continuamente variável, sete airbags incluindo airbags para os joelhos do motorista. O motor elétrico possui bateria de níquel metal e combinando o efeito dos freios regenerativos que recupera grande parte da energia de frenagem e conjuntamente com a energia do processo de combustão do motor a gasolina faz com que o modelo dispense o uso de tomadas.

O motor a gasolina é o mesmo 2.5 da versão convencional, no entanto um pouco menos potente. Na versão híbrida são 158 CV de potência, mas que combinado com o motor elétrico, a potência total pode chegar a 193 CV. De acordo com a Ford sua aceleração vai de 0 a 100 Km/h em 9,1 segundos.

Com seu novo isolamento acústico privilegiado, o mesmo requinte e elegância da cabine que se vê no modelo convencional, o Ford Fusion  Híbrido mantém o luxo e a classe. Suas linhas possuem leveza e imponência, aliando neste modelo híbrido a opção ecológica e economia. Conforme informações da fabricante o consumo deste modelo é de 18,4 Km/l na estrada e de 16,4 Km/l na cidade.

Por Mauro Câmara


Foram divulgadas as fotos da nova Picape Ranger da Ford, mas o lançamento oficial ocorrerá no salão de Sidney. A picape tem porte médio e começara a ser fabricada para a venda em 2011 em diversos países inclusive na Argentina que distribui o automóvel para a America latina. A Ford nesta nova versão oferece mais espaço interno o que tinha ficado para trás comparado as picapes das montadoras concorrentes, a acústica do veículo também melhorou e a posição de dirigir ficou mais confortável.

A Ford não compra mais motores a diesel de outros e países e agora tem o seu próprio. A nova Ranger virá também na versão a gasolina além da versão a diesel. Estima-se que o novo modelo seja distribuído em mais de 180 países mas curiosamente os Estados Unidos um dois maiores compradores de picapes do mundo não esta incluido nesta lista.

Por Ana Carolina


A Ford prepara um novo Mondeo com algumas alterações no estilo do carro. O consumidor poderá perceber as diferenças observando já a frente do carro que tem o pára-choque alterado com luzes diurnas LED. Além da parte frontal, a cabine do Mondeo em novo estilo vem com um console central.

Não só o estilo do Mondeo que será apresentado no Salão de Moscou em agosto mudou. Caracteristicas do motor também foram agregadas, como a opção de motor 2.2 TDCi de 200cv e 2.0 de 240 cv. O Mondeo também traz duas opções de combustível – gasolina e diesel, além de uma nova caixa dupla de embreagem.

Por Jeferson Vainer.





CONTINUE NAVEGANDO: