Descubra as principais novidades presentes no Onix e Prisma Joy 2017.

O novo ano nem começou e já tem trazido muitas novidades no setor automobilístico. Isso porque a GM Motors lançou na última sexta-feira, dia 5 de agosto, a linha 2017 dos seus modelos já conhecidos Prisma e Onix.

Com opções extremamente acessíveis do que os demais carros oferecidos pela montadora, o valor inicial do hatch fica em torno de R$38.990 e em contrapartida, o sedã parte de R$ 42.990. As duas versões tem um motor 1.0.

Sendo chamada de “Joy”, pode-se perceber que em relação à aparência externa do carro, muita pouca coisa mudou, mantendo-se assim o mesmo visual da linha de 2016, diferente daquelas versões mais caras e que foram apresentadas oficialmente no mês de julho. Entre as especificações dos veículos, o motor é o SPE/4 1.0 de 80 cavalos e torque de 9,8 kgfm, acompanhado do nome “Eco” para diferencia-lo das versões anteriores por ter anéis e pistões muito mais leves. Além disso, como forma de melhorar a lubrificação dos automóveis, a Chevrolet também trocou o tipo de óleo, para atender as necessidades.

Com estas mudanças, segundo o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia, o Inmetro, os veículos são tidos como dois dos mais econômicos do mercado, com motor 1.0 e nota máxima no programa. No teste realizado, o Prisma Joy atingiu 13,1 quilômetros por litro de gasolina na cidade e 15,8 quilômetros por litro na estrada. Quando utilizado o etanol, a quilometragem foi, respectivamente, de 8,9 quilômetros por litro e 10,8 quilômetros por litro.

Já o Onix Joy, na opção com gasolina, faz 12,9 quilômetros por litro na cidade e 15,3 quilômetros por litro na estrada. Assim que trocado para o etanol, os valores são respectivamente de 9,1 quilômetros por litro e 10,8 quilômetros por litro.

Sendo, até então, sempre apresentada com a transmissão de cinco velocidades, na nova configuração o câmbio manual passa a utilizar as seis marchas, imitando os modelos mais caros. Além disso, nos detalhes internos, os modelos possuem acabamentos em preto e cinza, bancos revestidos e volante em preto fosco. Já as rodas são de liga leve com medidas de 14 polegas e desenho exclusivo, bem como os veículos possuem o sistema OnStar para recuperar o veículo em caso de furto ou roubo.

Gostou? Pois os modelos estarão disponíveis nas seguintes cores: Preto Ouro Negro, Prata Switchblade, Branco Summit e Cinza Graphite. Além destas, ainda é possível adquirir, somente na versão Joy, o Vermelho Pull me Over. Já o Vermelho Chilli somente estará entre as opções logo no lançamento das versões, com apenas quinhentas unidades. É pra não perder, pois a garantia é de três anos.

Kellen Kunz


Modelo deverá ser lançado com melhorias no motor.

Após o Chevrolet Cobalt ter passado por uma reestilização no ano passado, a renomada fabricante de veículos automotores Chevrolet já divulgou que nos próximos meses irá lançar com algumas novidades a nova linha 2017 do veículo. Dentre estas novidades muitos acreditam que a fabricante irá investir em melhorias no propulsor 1.8, na direção elétrica, bem como no câmbio manual de seis velocidades.

Já há especialistas arriscando em dizer que realmente o antigo motor Econo.Flex 1.8 litros de 8 válvulas foi modificado , sendo que nessa modificação novas peças que possuem menor atrito foram inseridas nele e houve um elevação na taxa de compressão, sendo que essa taxa foi alterada de 10,5:1 para 12,3:1. Com estas modificações a potência deste propulsor foi elevada de 108 cavalos a 5.400 rpm para 17,7 Kgfm a 2.600 rpm, sendo que quando este motor é abastecido com gasolina a 5.200 rpm ele continua gerando a mesma potência máxima anterior que era de 106 cavalos, contudo, o torque a 2.800 rpm passou de 16,4 para 16,8.

As versões destinadas exclusivamente aos taxistas e frotistas, LT e LTZ, continuarão vindo com o motor 1.4 litro, o qual possui a capacidade de gerar uma potência máxima de 106 cavalos e um torque de 13,9 Kgfm quando abastecido com etanol.

Para conseguir uma redução no consumo de combustível nos dois propulsores mencionados acima, a Chevrolet optou por adotar uma nova caixa de transmissão, a qual virá com um câmbio manual de seis velocidades, detalhe este que fará com que haja uma redução nas rotações do motor em velocidades de cruzeiro. Outra novidade ficará por conta da substituição do sistema de direção hidráulica por um sistema elétrico o qual possui funcionamento sem dependência do motor.

Para aqueles que acham que as novidades irão parar por aqui, o sistema de entretenimento do veículo será atualizado, haja vista que a central de multimídia MyLink ll, nessa nova versão, contará com setas de navegação na parte lateral do display , além de contar com comandos de voz.

Essas novas atualizações no setor mecânico, ao que tudo indica, será uma realidade para a linha de veículos 2017 da fabricante, haja vista que a minivan Spin também passará por reestilização e será contemplada com a mais nova identidade visual da Chevrolet.

Por Adriano Oliveira


Modelo chega ao Brasil em nova plataforma e com motor 1.4 turbo.

A Chevrolet lançou recentemente uma de suas grandes apostas para 2016. Trata-se do novo Chevrolet Cruze 2017, que chega bastante forte ao mercado brasileiro. O automóvel passou a ser fabricado na Argentina e conta com nova plataforma e motor 1.4 turbo. A nova geração do Cruze está disponível no Brasil em três versões: LT, LTZ e LTZ 2. Todas as opções são de câmbio automático de seis marchas e seu preço inicial é de R$ 89.990, sendo que a versão mais cara custa R$ 107.450.

Como já destacado, o novo Cruze 2017 vem acompanhado do motor Ecotec 1.4 com turbo e injeção direta. Dessa forma, substituindo o 1.8 16V aspirado, que fazia parte da última geração. Além disso, saiba que o novo motor é associado ao sistema start-stop, que tem como principal finalidade a redução no consumo de combustível. Com o novo motor, o Cruze passa a render 153 cv e 150 cv, quando roda com etanol ou gasolina, respectivamente. O principal destaque fica por conta do torque, haja vista os 24,5 kgfm a 2.000 rpm. O câmbio automático de seis marchas também merece destaque, pois é de terceira geração, mais rápido e possui uma suavidade admirável.

Todas essas novidades e mudanças na parte mecânica do Cruze 2017 trouxeram melhoras quando o assunto é o desempenho, bem como o consumo. Segundo a GM, o Cruze turboflex é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 8,5 segundos. Além disso, o mesmo obteve nota A no quesito de eficiência energética em teste realizado pelo Inmetro.

A nova geração do sedã também teve um aumento em seu tamanho. O Cruze 2017 possui 4,66 metros de comprimento por 1,81 metro de largura, além de 1,48 de altura. Essas novas medidas proporcionaram um aumento no espaço interno. O porta-malas, em contrapartida, ficou menor.

O lançamento da Chevrolet também não deixa a desejar quando o assunto é seu design. O automóvel trás um design mais arrojado e bastante esportivo. Um dos grandes exemplos disso são os faróis rasgados para as laterais, além da caída do teto no estilo cupê. Se comparado com a versão norte-americana, o modelo argentino possui poucas mudanças no visual, como por exemplo, as rodas com acabamento escurecido.

Por Bruno Henrique


Picape ganhou novos equipamentos de primeira e preço deve subir.

A nova Chevrolet S10 chega ao mercado nacional em maio com visual completamente remodelado, dos pneus ao capô. Não é um novo lançamento, visto que a atual ainda está ativa no mercado desde 2012. A apresentação do modelo será na Agrishow, em Ribeirão Preto, São Paulo.

De cara já se pode perceber que as mudanças não ficaram só no Facelift. A nova dianteira da S10 teve como inspiração o Chevy Colorado (a irmã S10 vendida nos Estados Unidos).

A grade horizontal recebeu faróis integrados e a câmera de ré vem associada à maçaneta. Além do novo visual e um painel inteiramente remodelado por dentro, a GM deu uma repaginada em outras áreas da caçamba.

A montadora fez a substituição dos coxins do motor, para dar uma reduzida no barulho interno e trocou as molduras das portas. Para garantir uma direção mais suave, no lugar da hidráulica surgiu um sistema de suspensão elétrica.

Na parte traseira não haverá muitas mudanças, as lanternas da picape devem receber luzes de LED, a depender da versão.

Em sua nova versão a nova picape substituiu o motor 2.4 e será vendida apenas com motores 2.8 Turbo Diesel (200cv).

Na linha 2017 a S10 reestilizada virá com as inéditas cores ‘azul odd blue eyes’ e ‘preto ouro negro’, juntando-se as quatro já existentes no mercado.

O painel da nova picape S10 é outro item que merece destaque, ganhou materiais mais leves e suaves ao toque (Soft Touch), trazendo maior economia e comodidade. No quadro de instrumentos é possível inserir um computador de bordo dos mais modernos, contendo diversas informações sobre o modo de navegar, velocímetro digital, entre outros.

A picape conta ainda com o multimídia MyLink com GPS, o sistema tem tela de alta resolução e novas funções como Android Auto e Apple CarPlay. Possui também sistema OnStar, que alerta o motorista para desviar de faixa e também alerta em caso de colisão frontal, que é de muita utilidade no dia a dia. Através deste sistema, o motorista estabelece a que distância encontra-se do motorista da frente. Luzes vermelhas poderão acender para dar o alerta bem como um auto-falante soar na picape.

Por Ruth Galvão


Modelo receberá nova linha 2016 em breve e versão atual está sendo vendida com descontos de até R$ 7 mil.

O Cobalt, sedan compacto da marca, deverá ter sua nova linha – 2016 – lançada entre o final deste mês e o início do próximo. Por conta disso, as concessionárias estão concedendo descontos que chegam a R$ 7 mil na compra dos modelos 0km que sairão de linha.

A versão atual do veículo de maior valor é a Graphite 1.8 8V Econoflex de câmbio automático, valendo aproximadamente R$ 64 mil. Encontra-se o modelo por cerca de R$ 57 mil à vista. O Cobalt LTZ 1.8 8V também automático está sendo oferecido, para queima de estoque, na faixa de R$ 52 mil; o preço de tabela fica em torno de R$ 58 mil, aproximadamente R$ 6 mil de desconto. A versão LS 1.4 8V Flexpower de câmbio manual, a mais barata, pode ser encontrada de R$ 44.765 – valor de tabela – por preços em torno de R$ 38 mil e R$ 39 mil, mais de R$ 5 mil a menos.

Os valores dos novos modelos do Chevrolet Cobalt ainda não foram revelados. As estimativas vão de R$ 45 mil, pelo mais básico, a R$ 54 mil – versão mais completa e potente.

Na dianteira, o Cobalt terá faróis com mudança no tamanho e no formato; grade e para-choques também serão redesenhados e redimensionados. O sistema de iluminação traseiro mudará tanto quanto os faróis. E o interior tende a ser melhorado. O atual motor 1.4 Econoflex será substituído pelo já em uso no Prisma e no Onix – 1.4 SPE.

Os modelos 2015 novos não estão mais sendo vendidos sem juros a prazo. Os usados são comercializados dentre R$ 42 mil a R$ 49 mil sem desconto e também com taxas de juros no parcelamento. Isso ocorre porque os descontos atuais, de mais de 10%, apenas são rentáveis à montadora para queima de estoque na venda de veículos 0km e à vista.

Por Bruno Klein

Chevrolet Cobalt 2016

Foto: Divulgação


Modelo conta com novidades e itens interessantes em suas versões.

A Chevrolet, montadora de veículos renomada aqui no Brasil, anunciou oficialmente, nesta quinta-feira, dia 13 de agosto de 2015, o lançamento da nova Montana edição 2016. Dentre as novidades trazidas por esta nova versão estão o novo material de revestimento dos assentos na versão LS e outra opção de cor de carroceria a cor metálica Cinza Graphite.

Como já havia sido sugerida por especialistas e proprietários da picape, dessa vez a montadora atendeu às sugestões e inseriu novos acessórios na picape, tais como, tapete para caçamba confeccionado em E.V.A e capa automotiva,  bem como suporte para o transporte de bicicleta.

O veículo ainda trouxe de série sensor de estacionamento, módulo para ativação da função ilt Down, capota marítima e santo antônio.

Mesmo na versão mais básica, a LS, a picape já conta com direção hidráulica, sendo que ela vem com itens de série bastante interessantes como, cinto de segurança e banco do condutor com ajuste de altura, alerta para que o motorista não esqueça os faróis acesos, para-choques da mesma cor que a carroceria, freios ABS dotado de sistema auxiliar de frenagem de emergência o EBD, ar-condicionado, proteção no vidro traseiro por meio de uma grade, retrovisores, travas e vidros acionados por comandos elétricos são os opcionais.

Já a versão topo de linha, a Sport, a montadora investiu na versatilidade dos dois assentos a mais para que o proprietário possa utilizá-lo durante o seu cotidiano e para o lazer, esta versão além de vir completa traz um acabamento muito mais refinado. Nessa versão o cliente terá de série rodas de liga leve no tamanho 16 polegadas, luzes de neblina, faróis com máscara negra, adesivo de coluna e rack  são os itens que fazem a distinção entre as duas versões, dentre alguns outros detalhes mais.

Com relação à motorização, o propulsor continua sendo o motor 1.4, o qual é capaz de produzir uma potência máxima 99 cavalos e 13 Kgfm de torque juntamente com uma transmissão de cinco velocidades manual.

O consumidor que for adquirir a picape nas concessionárias da Chevrolet de todo o país irá encontrá-la, com as seguintes opções de cores: Cinza Graphite, Vermelho Pepper, Cinza Astec, Preto  Carbon Flash e Branco Summit.

Apesar de já ter sido feito o lançamento oficial, a fabricante deixou para divulgar os valores de comercialização dessa novidade somente durante esta semana.  

Por Adriano Oliveira

Chevrolet Montana 2016

Chevrolet Montana 2016

Chevrolet Montana 2016

Fotos: Divulgação


Modelo disponibilizará os pacotes Twilight Blue, Spice Red e Jet Black aos compradores.

Sonho de consumo de muitos, possibilidade real para poucos. Assim é o Corvette, que chega em seu modelo 2016 com algumas novidades, anunciadas pela Chevrolet na última segunda-feira (27/04).

O modelo não perdeu suas linhas esportivas nem seu estilo mais agressivo. Entre os novos itens de série, estão rodas novas de liga leve, novo volante com base achatada (estilo de veículos de competição), capô em fibra de carbono, e duas opções novas para a cor da carroceria: vermelho metálico e amarelo.

Mas as novidades não param por aí. A Chevrolet anunciou três novos pacotes disponíveis para o Corvette, em sua versão 3LT. O que pode ser considerado o mais básico é o Twilight Blue: ele vem com aerofólio traseiro, suspensão Magnetic Ride Control, rodas diferenciadas e interior na cor azul. O segundo pacote, batizado de Spice Red, tem todos os itens que apresenta o Twilight Blue, porém o acabamento é na cor vermelha.

O terceiro e último pacote, chamado de Jet Black, é o mais parrudo de todos: ele vem com insígnias especiais e extrator preto no capô, rodas na cor preta, aerofólio traseiro, pinças de freio na cor vermelha, além de ter, em seu interior, um acabamento sofisticado, feito em fibra de carbono e veludo.

Os valores e a data de lançamento do novo Corvette ainda não foram divulgados pela montadora norte-americana, mas obviamente ele não será acessível para as grandes massas. Pelo menos não aqui do Brasil, e dificilmente o será no resto do mundo.

O que se sabe também é que o modelo virá com dois tipos de carroceria: conversível e coupé.

A montadora não divulgou informações a respeito da motorização e da parte mecânica, nem dos possíveis itens tecnológicos que o carro virá. Mas independente de suas outras configurações, é certo que é um dos veículos mais desejados em todo o mundo, e com a versão 2016 não será diferente. 

Por Felipe Villares

Chevrolet Corvette 2016

Chevrolet Corvette 2016

Chevrolet Corvette 2016

Fotos: Divulgação


Na última quarta-feira, dia 16, a Chevrolet decidiu oficializar o lançamento de sua linha Cruze 2015 para o mercado nacional. Logo de cara (e o que é mais fácil perceber) a estreia traz algumas mudanças visuais. A previsão é de que chegue às concessionárias no mês de dezembro, entretanto, os preços não serão nenhuma novidade, continuarão com estavam.

De qualquer forma, ao darmos uma olhada na tabela de preços sugeridos para dezembro vemos que o modelo acabou ganhando um acréscimo de R$ 400. Isso leva o sedan para a faixa dos R$ 73.500 e o hatch para R$ 70.000.

Já de acordo com informações divulgadas pela montadora os valores apontados já são válidos inclusive para o modelo de 2014. Mas, o bom é que pode ser achado em alguma loja com descontos.

No mês de outubro, durante a realização do Salão de Automóveis de São Paulo, a empresa já tinha antecipado algumas coisas como, por exemplo, o novo conjunto dos faróis de neblina com luzes de rodagem além da grade frontal que foi redesenhada.

Essas mudanças, mesmo que pequenas, são válidas para os dois tipos de carrocerias que estão sendo disponibilizadas.

A fabricante informa também que o motor da nova linha, um bloco 1.8 litro continua sendo o mesmo. A potência total é de 144 cavalos. Entretanto, devido a uma “mãozinha” que agregou uma nova calibragem ele acabou ficando mais econômico. Os números que dizem respeito ao gasto de combustível das versões ainda é uma segredo.

Como itens de segurança o carro apresenta dentre outros os seguintes: trava interna antissequestro, sistema isofix para a fixação de cadeirinhas infantis, cinto de segurança de três pontos em todos os assentos, airbags frontais e laterais e controles eletrônicos de tração e estabilidade (ESP).

De acordo com alguns números divulgados pela GM o Cruze 2015 é até 1,2 segundo mais rápido do que seu antecessor. Desta vez de 0 a 100km foi em 10,2 segundos (com etanol no tanque).

Por Denisson Soares

Chevrolet Cruze 2015

Chevrolet Cruze 2015

Fotos: Divulgação


A GM já começou a testar seu novo hatcback de porte médio que foi baseado no modelo mostrado no salão de Nova York, o Chevrolet Cruze Sport6 2015. 

O modelo foi visto em testes na rodovia Fernão Dias em Minas Gerais. A aparência demonstra inovações no veículo como a grade que foi reformada, além dos novos LEDs diurnos e faróis auxiliares que tornam o modelo brasileiro um pouco diferente do estadunidense.

Dentro do novo veículo existe um sistema capaz de parear até 7 aparelhos via Bluetooth, o qual também aceita comandos de voz. O carro possui uma conexão de 4G LTE da OnSatr que o torna uma espécie “hostpot WI-FI” móvel com uma tela de sete polegadas sensível a toques e portas USB adicionais. 

O layout do interior do veículo sofreu poucas alterações, tornando-se quase idêntico ao antigo, houve um acréscimo de porta-copos, nova disposição dos botões no console e o dispositivo responsável por travar e destravar as portas agora está localizado na porta do motorista. Conta também com uma atualização do sistema Mylink que dá avisos de mensagens de texto ao condutor ainda fornece uma leitura destas.

Ao abrir o capô encontramos um motor 1.8 Ecotec SIDI equipado com injeção direta de combustível flex, que fornece maior potência ao carro e diminui o esforço do motor ao empurrar o Cruze. Os motores que abastecem o modelo americano podem ser a diesel com potência de 2.0 ou a gasolina com potência de 1.4 turbo. O motor 1.8 Ecotec está inserido como o modelo mais simples e barato estadunidense.

A fabricação do Cruze por enquanto está sendo feita no Brasil em São Caetano do Sul, São Paulo, mas há informações de que a GM está em negociação com a Argentina a transferência de sua linha de produção para Rosário, cidade argentina, desta forma o veículo seria importado para o Brasil.

Chevrolet Cruze Ssport6 2015

Chevrolet Cruze Sport6 2015

Fotos: Divulgação


Na última quarta-feira, dia 24, a Chevrolet resolveu apresentar oficialmente a linha 2015 de sua picape de porte médio S10. Logo a primeira vista, um dos principais pontos que chamam a atenção é sobre a motorização da picape. Agora ela conta com um bloco 2.5 flex de 206 cv. Outro detalhe interessante é a presença de um câmbio manual de seis marchas. Os compradores dos novos modelos deverão desembolsar valores iniciais que oscilam entre R$69.800 e R$142.400.

Continuando a falar sobre o motor o bloco conta com quatro cilindros. É um 2.5 Ecotec que traz também injeção direta além de duplo comando de válvulas variável. É interessante observar também que esse bloco é bem mais leve uma vez que é feito em alumínio. É também mais econômico chegando a faixa dos seis por cento se o compararmos com o 2.4 flex de 147 cavalos. Este último ainda é oferecido em alguns modelos no mercado.

Em relação ao consumo a montadora tem seguido sua tradição de ir ao oposto do mercado e não divulgar nenhuma informação a respeito. Ao menos por enquanto.

Mesmo com motor novo na área a GM para sua linha 2015 da picape ainda continuará oferecendo aos consumidores da marca a opção de motorização a diesel 2.8 de 200 cavalos. Com isso uma questão fundamental acabou surgindo: Qual o real motivo de uma nova opção de motorização em um período de tempo relativamente curto? Para sanar as dúvidas a este respeito a própria montadora informou que isso foi resultado de um pedido recorrente por parte dos clientes. Também tem o lado de melhorar a competitividade com a concorrência que também vem aprimorando cada vez mais seus modelos.

A S10 linha 2015, com um novo motor, oferece agora aos consumidores o motor flex com maior potência entre as picapes de porte médio.

Lá atrás falamos do câmbio manual de seis marchas. Pois bem, ele equipa as tanto a versão 4×4 diesel quanto a 2.5 flex. O que desperta a curiosidade também é no que diz respeito às configurações. Tem para todo tipo de gosto. Para se ter ideia serão 14 versões com os mais variados preços.

Por Denisson Soares

Chevrolet S10 2015

Chevrolet S10 2015

Chevrolet S10 2015

Chevrolet S10 2015

Fotos: Divulgação


O ano de 2014 tem sido considerado de queda para a venda de automóveis em todo o Brasil. Sabe-se que para as montadoras não está sendo nada fácil superar as metas de vendas em relação ao ano de 2013. Especialistas afirmam que fatores ligados à instabilidade financeira, à consciência do consumidor em não comprometer a renda total da família e à alta da inflação no país têm afastado os clientes das lojas.

Conforme dados da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (FENABRAVE), no 1º semestre de 2014, o mercado de automóveis no Brasil apresentou queda em cerca de 17,12% das vendas realizadas em relação ao semestre do ano passado, exceto no primeiro mês do ano em que se registrou um maior número de vendas, com cerca de 227,8 mil unidades vendidas. Porém, três meses após, o cenário mudou e houve uma queda em média de 25% nas vendas.

Ainda segundo os especialistas, os veículos que mais venderam no ano até o momento foram: o Volkswagen Gol, campeão de vendas, com modelos e opcionais entre 1.0 e 1.6, com preços variando entre R$ 32.490 e R$ 51.270; o Fiat Palio, sendo segundo modelo mais vendido no país, com motores de 1.0 e 1.6 e preços variando entre R$ 34.060 e R$ 43.680; o Fiat Strada, também um dos líderes de vendas com preços variando entre R$ 36.590 e R$ 59.360; o Chevrolet Onix, sendo o mais vendido da Chevrolet, na época do lançamento, com motores 1.0 e 1.4, e preços variando entre R$ 34.500 e R$ 48.850,00; e o Ford New Fiesta com motores 1.5 e 1.6 com preços das versões entre R$ 42.990,00 e R$ 59.990,00.

Nota-se, portanto, que mesmo com a baixa nas vendas, especialistas no setor afirmam que vale a pena pesquisar, considerando a chegada do final de ano e o giro que se faz na economia do país com a injeção do 13º salário, o período será um dos mais propícios para aqueles consumidores que sonham em adquirir um carro modelo 2014, obtendo bons descontos como IPI e taxa zero, além de brindes de série do modelo. Com a chegada, dos modelos 2015, as montadoras estão realizando diversos feirões com objetivo de zerar os estoques e fechar o ano com uma média melhor.

Por Valter Falinácio

Volkswagen Gol

Fiat Palio

Fiat Strada

Fotos: Divulgação


Quem quiser ter o muscle car com tração traseira da GM em uma versão conversível terá que tirar do bolso a bagatela de R$ 239.900.

Quando o assunto é carro sempre tem um ou outro lançamento que vira meio que um sonho para muita gente seja pela potência ou pela beleza. A Chevrolet resolveu recentemente trazer para o Brasil uma versão do Camaro que tem chamado muito a atenção.

Mesmo dispensando apresentações o esportivo de tração traseira vale a pena ser comentado. Estamos falando do Camaro Sunrise. O modelo nada mais é que a versão que traz a configuração conversível do muscle car. A novidade chega por aqui já com as mudanças visuais implantadas pelo cupê em 2013. Lembrando que esta é a primeira reestilização da quinta geração do modelo. Além disso, tem a capota de lona. As alterações agregam ao modelo um visual de certa forma mais agressivo, mas, sem deixar que isso faça com que o carro pareça pouco amigável.

No caso do Brasil a GM decidiu lançar por aqui a versão com a configuração mais completa (SS) do conversível. O preço por si só chama a atenção: quem quiser ter um na sua garagem vai ter que desembolsar R$ 239.900. Isso representa cerca de R$ 17.900  a mais em relação à versão cupê. E por falar nela, esta última foi lançada primeiro, mas ambas as versões foram desenvolvidas simultaneamente. O setor de engenharia pretendia (e fez) com que a rigidez fosse a mesma nas duas carrocerias isso para não ter que mexer na suspensão do carro.

Devido a esse fato, o conversível recebeu alguns reforços estruturais extras em sua parte dianteira e também na traseira. Em números isso representa um aumento de peso de apenas 126 kg no peso total do modelo que é de 1.916 kg.

Como sabemos o Camaro Sunrise é um modelo de nicho. A montadora tem a expectativa de que seja atingida a meta de vendas de 100 unidades por ano. Um número que basicamente nem chega aos pés da versão com capota rígida. No espaço de três anos foram emplacados no Brasil 3 mil modelo cupê.

De qualquer forma o “candidato” a compra do carro poderá escolher entre as cores cinza, branco, preto e amarelo. Qualquer uma pega bem na foto. O problema vai ser preparar a conta no banco para comprar um.

Por Denisson Soares

Chevrolet Camaro Sunrise

Foto: Divulgação


Para quem gosta de muita velocidade associada à estabilidade, sem dúvidas o Chevrolet Cruze 2014 é uma ótima opção para quem pretende trocar ou comprar o seu primeiro carro. Entre os mais queridos carros nacionais, o sucesso em vendas desse modelo da Chevrolet fez com que a montadora desse uma boa repaginada no carro, dando mais beleza ao seu design e mais potência ao seu motor.

Nas versões sedan e hatch, o público que aprecia um carro com conforto e requinte terá em 2014 uma edição de carro com motor 1.8 de quatro cilindros, com opção de transmissão automática ou manual, que rendendo 144 cavalos de potência. Tudo envolvido em uma tecnologia que torna o Cruze uma ótima opção para quem gosta de velocidade com estabilidade.

A grande novidade do Chevrolet Cruze para esse ano está no sistema de multimídia MyLink, uma ferramenta que reconhece o proprietário do carro pela voz, permitindo que ele utilize em seu carro itens como emissoras de rádio, seleção de música para ser ouvida e acesso aos comandos do sistema de navegação. Além dessa novidade, o dono de um Cruze 2014 também terá controle automático de ar condicionado e possibilidade de travar e destravar as portas sem precisa estar com a chave em mãos.

Todos esses avanços ainda oferecerão comodidades mais comuns em um carro de luxo, como freios ABS, direção hidráulica e bancos de couro (até mesmo o volante será revestido por esse material), o que passa mais conforto para quem gosta de dirigir em longas viagens, além de conferir mais beleza e requinte ao carro.

Essas novidades tendem a colocar o Chevrolet Cruze 2014 ainda mais no topo de vendas em todo o Brasil, já que suas mudanças foram tão significativas para conquistar ainda mais o mercado nesse ano.

O seu preço do veículo é de aproximadamente R$ 66.000,00, a depender da quantidade de opcionais.

Por Michelle de Oliveira


A empresa norte-americana Chevrolet apresentou uma nova série especial chamada “Advantage” para os modelos Cobalt e Spin. Ao mesmo tempo, a marca faz os preparativos para lançar o utilitário Tracker e o Agile novo (os dois em outubro). Voltando à edição “Advantage”, a novidade apresenta mais opções de equipamentos seriais, elementos referentes ao design e uma especial cor cinza metálica "Mond". Ambos os carros levam adesivos na coluna, além de retrovisores no tom brilhante preto e símbolo da “Advantage” colocado nas molduras das laterais.

No que se refere ao modelo Cobalt, as alterações apresentam na parte interna bancos revestido parcialmente por couro (de fábrica) e conjunto de rodas feito em alumínio aro 15" em tonalidade escura. A “Advantage” tem motores de 1.8 e 1.4 L, seja com sistema de transmissão automática ou manual. O modelo Cobalt Advantage 1.8 L tem volante com acabamento feito em couro, controle do rádio, aerofólio na traseira, velocidade de cruzeiro controlada e sensor para estacionamento traseiro. Já a opção 1.4 tem espelhos elétricos, computador de bordo, conjunto de faróis de neblina, vidros elétricos, ABS, airbags frontais, direção do tipo hidráulica, ar condicionado e MyLink.

Já a Spin Advantage, uma minivan, apresenta somente 5 lugares e motor 1.8 L. O sistema de câmbio pode ser do tipo manual com 5 relações de marcha ou automático com 6 velocidades. Referente aos elementos de série há sensor para estacionamento traseiro, conjunto de retrovisores elétricos, computador de bordo, além de faróis de neblina.

Por Marcelo Araújo


Novo Chevrolet TrackerDepois de um período de espera, a empresa General Motors, uma das mais conceituadas que existe hoje no nosso país no ramo de fabricação de automóveis, confirmou o lançamento de seu mais novo veículo.

Estamos falando da nova versão do Chevrolet Tracker 2013, sendo um grande concorrente do veículo EcoSport, da Ford.

Saiba, porém que o Novo Chevrolet Tracker 2013 ainda não tem uma data certa para aparecer nas ruas do Brasil, e as suas principais características são os seus 4 m de comprimento, 1,77 m de largura e 2,55 m de distância entre-eixos.

O seu porta-malas tem a capacidade de suportar 358 litros, e o veículo pode transportar até cinco pessoas de maneira bem confortável.  O motor do Chevrolet Tracker é 1.8 16V Ecotec, e o mesmo pode ser assimilado à transmissão automática de seis velocidades, sendo uma verdadeira máquina.

Sem contar no seu lindo design. As rodas são de aro 18, existe teto solar, bancos de couro, seis airbags, freios ABS com EBD, controle de estabilidade e computador de bordo.

O seu lançamento já aconteceu no México, e em breve esse carro estará à venda no Brasil. Existe uma previsão que o seu valor estará entre R$ 41.883 a R$ 53 mil

Por Josiane Fernandes de Jesus


No dia 02 de julho de 2013, a Chevrolet postou um recado emergencial, em seu site oficial http://www.chevrolet.com.br/Universo-Chevrolet/Noticias.html, em “Últimas Notícias”, Recall – Pedal de Freio.

O comunicado de recall é dirigido aos proprietários dos veículos da marca Chevrolet, mais especificamente, Chevrolet Onix e Prisma 2013, de número de série do chassi de DG260034 a DG334810, da data inicial e final de fabricação de 20 de maio de 2013 a 08 de junho de 2013, e Chevrolet Cobalt e Spin 2013 e 2014, da data inicial e final de fabricação de 21 de maio de 2013 a 08 de junho de 2013, do número de série do chassi de DB323045 a DB335478 e de EB104832 a EB111963.

Segundo o comunicado, o componente envolvido é o pedal de freio, do qual a soldagem do suporte não está em conformidade. Por essa razão, o proprietário que tenha o veículo que se enquadre na descrição mencionada deverá levá-lo a uma Rede de Concessionárias e Oficinas Autorizadas Chevrolet, para que o veículo seja inspecionado e eventualmente que o pedal de freio seja substituído.

O serviço é gratuito; quanto à inspeção leva cerca de 6 minutos, já para a substituição, caso necessário, será de 45 minutos. Vale alertar ao proprietário a urgência de verificar se seu veículo possui tal problema, pois há grandes riscos de acidente, devido a possível inoperância do pedal. Verifique no site citado para obter maiores informações, e se for o seu caso, não adie o reparo.

Por Karen Regina Igari


Os mercados automotivos tem características diferentes de acordo com seus ideiais e consumidores. Isto demanda o surgimento de carros específicos para certas partes do mundo.

Pensando nesta questão, a Chevrolet fez diversas alterações no SUV Captiva para a sua distribuição no Brasil.

Este veículo fabricado no México conta agora com rodas com 17 polegadas, para-choques com novos desenhos e um design externo diferente que o torna mais próximo do modelo Tracker.

Fonte: Caranddriverbrasil.uol

 

As alterações feitas por dentro do Captiva foram poucas como a inserção de novos revestimentos e retrovisor com pequena tela.

De acordo com a Chevrolet, a Captiva modificada deve estar disponível para o comércio nas concessionárias do Brasil já em janeiro do próximo ano

Por Ana Camila Neves Morais


A General Motors mostrou neste mês de dezembro, durante o Salão do Automóvel de Los Angeles, o novo Chevrolet SS.

Este veículo consiste em um sedã com tração traseira que teve como base para criação os carros usados na Stock Car americana.

Por isso, este carro contra com faróis em estilo mais arrojado, duplo escapamento, luzes de neblina de LED e outros.

Fonte: Autoblog.com

 

O Chevrolet SS possui, de acordo com a montadora, um motor V8 com tração traseira sendo o primeiro modelo com estas características feito pela General Motors para o mercado automotivo norte-americano.

A GM pretende iniciar a produção do Chevrolet SS no final do ano de 2013 com produção limitada sugerindo, assim, um padrão bem elevado nos preços deste superesportivo.

Por Ana Camila Neves Morais


Não é novidade para ninguém a paixão que os brasileiros têm por carros. Atualmente, um dos carros mais sonhados e desejados por nós brasileiros é estiloso e potente Chevrolet Camaro, que entrou na sua linha 2013 repaginado e com muitas novidades, mas ainda mantendo o valor já praticado de R$ 203 mil, diga-se de passagem, um valor muito acima dos Camaros vendidos nos Estados Unidos. 

O super esportivo da Chevrolet é um dos carros mais sonhados pelos brasileiros e o novo modelo passa a contar com sistema multimídia, tela touchscreen de 7 polegadas, câmera de ré, 6 airbags, rádio, entrada para USB, 9 alto-falantes, bancos em couro, banco do motorista com regulagem elétrica em seis posições e rodas em alumínio de 20 polegadas. Todos os novos itens são de série.

O novo modelo vem equipado com um super motor de 6.2 litros V8, que oferece 406 cv de potência e é acoplado exclusivamente a uma transmissão automática de seis marchas.

A antiga versão do Camaro teve 796 unidades vendidas no Brasil e a expectativa é dobrar este número com a nova máquina.

Por Bruno Mathiuzzo


A montadora Chevrolet, internacionalmente conhecida por fabricar carros bonitos, com bom desempenho e excelente custo benefício, acaba de confirmar a produção do novo Onix. O carro foi apresentado oficialmente no mês passado, durante a 27ª edição do Salão do Automóvel de São Paulo.

O modelo contará com duas versões bem atraentes. Uma vem com câmbio manual de cinco marchas e a outra possui câmbio automático de seis velocidades. Ambas as versões prometem segurança, estabilidade e boa dirigibilidade.

Segundo a montadora Chevrolet, o novo veículo terá um design diferenciado, linhas expressivas e tecnologias interessantes. Em nota oficial, a fabricante informou que o carro virá com sistema MyLink, que opera como porta-arquivos, configurador de imagens e músicas, além de possuir uma série de atributos que podem ser acessados via Bluetooth ou diretamente na tela LCD. O sistema MyLink não vem nos itens de fábrica, mas pode ser escolhido opcionalmente.

Ainda de acordo com a Chevrolet, o novo Onix é o primeiro carro do mundo a utilizar a tecnologia acima citada. Os valores de comercialização serão revelados em breve, assim como a data de lançamento nas concessionárias.

Por Larissa Mendes de Oliveira


Na última terça-feira (dia 13 de novembro), a montadora GM lançou oficialmente a sua mais nova criação. Trata-se do novo Chevrolet Trailblazer 2013. O evento contou com a participação da imprensa especializada e ocorreu na cidade de São Paulo.

O carro surge com a finalidade de competir com famosos veículos do segmento, sendo que o novo SUV da GM custará no Brasil de R$ 140.000 a R$ 180.000.

Segundo a montadora norte-americana, o Chevrolet Trailblazer 2013 possui vários diferenciais, entre eles estilo robusto, jovial, moderno e elegante. Além disso, o veículo tem design inspirado na nova S10 (sucesso de vendas), oferece maior segurança, tem acabamento requintado, possuir amplo espaço interno e oferece muito conforto.

Por falar em espaço interno e conforto, o carro tem detalhes exclusivos, como painel tipo cluster, climatização que inclui comando circular e bancos macios. Na parte externa, o carro possui linhas bastante expressivas, cores vibrantes e toques cromados.

As expectativas da GM com o lançamento do Trailblazer 2013 são boas, pois a marca visa aumentar sua participação no mercado em relação aos SUVs. No Brasil, a novidade soa bem, pois o país, em função da redução considerável do IPI, tem batido recordes de venda na categoria.

Por Larissa Mendes de Oliveira


Com as recentes novidades divulgadas pelas marcas líderes do mercado de veículos brasileiro, a Chevrolet não ficou atrás e anunciou que o novo compacto da marca vai se chamar Onix. Após a divulgação oficial feita pela assessoria de imprensa da empresa, veio a informação de que o novo modelo será apresentado no Salão do Automóvel de São Paulo, que ocorrerá entre os dias 24 de outubro e 4 de novembro no Anhembi – Zona Norte. Apesar disso, o veículo só começará a ser comercializado no país mais para o fim do ano.

O Onix terá uma tarefa difícil, pois será concorrente de carros com ótimos índices de vendas. Entre os rivais do automóvel podem ser citados o Gol, líder da Volks, e mais dois modelos que começarão a ser vendidos no Brasil em setembro, o Hyundai HB20 e o Toyota Etios hatch. Além destes, o Onix concorre os o já conhecidos Fiat Uno, Palio, Nissan March e Renault Sandero.

Para dar continuidade nas versões do Onix, no início de 2013, chega ao mercado nacional a versão Sedã do veículo. A produção do novo modelo será realizada na unidade fabril de Gravataí, localizada no Rio Grande do Sul.

Por Marcelo Araújo


Mais uma interessante novidade em pouco tempo estará disponível no mercado automobilístico, pois a Chevrolet  irá apresentar no Salão do Automóvel de São Paulo – que vai acontecer em Outubro de 2012 – o Projeto Ônix.

Este novo modelo terá um modelo hatch e outra sedã nas versões LS, LT e LTZ que serão construídas sobre a plataforma Gramma II na fábrica de Gravataí (Rio Grande do Sul); esta plataforma é a mesma que está sendo usada para construir outros carros importantes como a minivan Spin e o Sonic.

Com relação às suas características, o Ônix terá um bom espaço interno, teto elevado e com bancos mais próximos do assoalho deste veículo. O painel de instrumentos será do mesmo tipo usado no Sonic, Spin e Cobalt e nas versões LTZ haverá uma tela multimídia touch screen; além disso, as expectativas é de que este novo modelo terá um desenho mais jovem com um capô e para-lamas pequenos, sua frente será bem curta e uma grade com filetes.

A sua traseira possui um vidro curvo e os vincos da carroceria forma um X na tampa deste novo veículo. O Ônix terá motores 1.0 e 1.4 EconoFlex com potência de, respectivamente, 78 cavalos e 96 cavalos.

Já este modelo na sua versão sedã será igual ao hatch na parte dianteira até as suas portas traseiras. Este novo veículo comecará a ser comercializado no final deste ano e seu preo iniciais serão a partir de R$27.000,00.

Por Ana Camila Neves Morais


Depois de ser anunciada a saída de linha da Meriva e da Zafira, a Chevrolet informou que fará uma versão especial para os dois veículos. O anúncio foi feito na quarta-feira (4), confirmando que os dois carros serão fabricados até dezembro e, então, serão automaticamente eliminados da linha da GM para que sejam substituídas pela nova Spin.

A série especial dos veículos é chamada de Collection. A Meriva custará R$42.290,00, enquanto que a Zafira terá um preço mais salgado, ficando em R$68.990,00. Como são edições especiais, a montadora irá fabricar somente 500 unidades da Zafira e 1.100 da Meriva.

Os dois automóveis terão algumas diferenças em relação à última versão. O design contará com novas cores da carroceria, por exemplo, tendo, inclusive, o Cinza Rusk, tom exclusivo. Além disso, o pacote de equipamentos conta com logotipo Collection nas laterais, chaveiro exclusivo e rodas de liga leve.

Cada modelo também terá itens diferentes. A Meriva possuirá sistema de som com bluetooth e entrada auxiliar, ar-condicionado, airbag, vidros e retrovisores elétricos, regulagem elétrica dos faróis e motor 1.4 Econo.Flex, que chega aos 105 cavalos de potência.

Para a Zafira, há airbags frontais e laterais, ar-condicionado digital, freios ABS, rodas com 16 polegadas, banco do motorista com ajuste lombar, volante com o controle do sistema de áudio, câmbio automático e motor 2.0.

Por Matheus Camargo


Outra novidade está prestes a chegar no mercado automotivo, pois a Chevrolet apresentou o teaser com o perfil da nova minivan Spin. Este modelo – um dos novos veículos da Crevrolet desenvolvidos no Brasil – foi divulgado pela filial desta montadora na África do Sul onde o modelo será inicialmente comercializado.

Este novo modelo do automóvel multiuso deve ser lançado no Brasil ainda no ano de 2012.

A Spin em sua nova versão terá variantes com cinco e sete lugares e chega ao mercado com a missão de substituir ao mesmo tempo os modelos Meriva e Zafira, os quais serão aposentados pela Chevrolet.

Este lançamento consiste em mais uma ação da estratégia de renovação dos veículos brasileiros da Chevrolet que já contou com as recentes estréias dos sedãs Cruze e Cobalt, e em pouco tempo terá o reforço com o utilitário TrailBlazer, o SUV Trax e o compacto Õnix.

De acordo com Dan Akerson, CEO global da General Motors, a Spin consiste em um veículo multiuso com visual de utilitário esportivo cujo grande objetivo é combinar a funcionalidade e aparência despojada com uma dianteira inspirada pela TrailBlazer e uma traseira que remonta ao hatch Agile.

Ainda segundo Akerson a nova Spin terá um câmbio automático com seis velocidades, motores 1.8 EconoFlex (com possibilidade de transmissão automática de seis marchas) ou 1.4 EconoFlex (restrito à versão com seis lugares).

Esta novidade interessante terá um preço inicial de R$42.000,00 competindo, assim, de forma direta com modelos como o Honda Fit, Fiat Idea, Nissan Livina e Renault Lodgy.

Por Ana Camila Neves Morais


A Chevrolet oficializou os preços do seu novo lançamento, o Sonic, durante uma coletiva de imprensa, no Rio de Janeiro.

A marca anunciou que o Sonic hatch na versão LT custará R$ 46.200. O modelo contará com direção hidráulica, volante regulável em altura e profundidade, freios ABS, trio elétrico, airbag duplo, ar condicionado, computador de bordo, rodas de liga leve aro 15, e bancos traseiros bipartidos.

Já na configuração LTZ, com câmbio automático de seis marchas, o hatch será no valor de R$ 51.500. Além disso, o automóvel possui bancos de couro, rodas aro 16, faróis de neblina, controle de cruzeiro, volante com comandos de som, sensor de estacionamento, e rádio com sistema Bluetooth e entrada USB.

O Sonic Sedan LT terá preço inicial de R$ 49.100, já na versão LTZ sairá por R$ 53.600 e na configuração LTZ, por R$ 56.100. Todos possuem motor 1.6.

A Chevrolet tem expectativa de vender de 1.000 a 1.200 veículos dessa linha.

A marca está apostando na divulgação dos modelos nas redes sociais, já que segundo o diretor de marketing da Chevrolet, Gustavo Colossi, 89% das pessoas usam a internet como fonte de informação.

Por Camila Caetano


O novo Chevrolet Volt é um veículo que pretende revolucionar o conceito atual de carro elétrico. Além do seu design bastante atraente, o Volt está virado para um novo conceito de mercado que é o dos veículos elétricos com sistema de autonomia alargada, sendo este o primeiro carro a ser desenvolvido com a capacidade de produzir a sua própria energia.

Apoiada por um gerador de energia com capacidade de 1,4 litros, a sua bateria de refrigeração líquida pode ser recarregada à medida que o carro vai circulando durante mais de 500 km.

Para recarregar a bateria, bastará que ela seja ligada a uma tomada de corrente elétrica (220-230V / 50 Hz) durante um período que nunca deverá exceder 3 horas. Desta forma, o Volt estará habilitado a circular por cerca de 60 km sem qualquer emissão de CO2. Após os 60 km, o Volt pode continuar a circular sendo a bateria alimentada pelo gerador.

O modelo será lançado na versão 5 portas, com 4 lugares. O sistema de frenagem é feito através de discos ventilados tanto nas rodas da frente como nas de trás. Apesar de ser um veículo elétrico, o novo Volt poderá atingir cerca de 160 km/h. Tem uma potência de 150 cavalos vapor e um binário instantâneo de 370 Nm.

Aguarda-se com grande expectativa o lançamento deste novo utilitário amigo do ambiente.


Muito se tem especulado sobre a nova Chevrolet S10 e o seu tão aguardado motor.

Recentemente, a montadora decidiu acabar com o mistério informando que a picape será equipada com o mesmo tipo de motorização usado no modelo tailandês, chamado de Colorado.

Isso quer dizer que a S10 virá equipada com um motor 2.8 a diesel duramax, de 180 cavalos de potência.

O veículo terá tração 4×2 ou 4×4.

Em relação às suas dimensões, a nova S10 terá 1,78m de altura e 5,34m de comprimento. Já a sua capacidade para transportar será de aproximadamente mil quilos.

O cliente que comprar a nova picape da Chevrolet poderá optar pela transmissão manual ou automática, embora sempre com seis marchas.

Vale lembrar que a versão mais luxuosa da picape só estará disponível para carroceria de cabine dupla.

No Brasil, o lançamento oficial da S10 deverá ocorrer entre os dias 14 e 15 de fevereiro de 2012.

Confira mais informações no site www.chevrolet.com.br.


A Chevrolet apresentou esta semana, em Detroit, um novo veículo que poderá chegar ao Brasil ainda em 2012. O modelo, chamado de Encore, está sendo apelidado de “mini-captiva” e foi produzido pela Buick, uma subsidiária da GM.

O mais provável é que o carro chegue ao Brasil com outro nome e configurações diferentes das apresentadas pela Opel (na qual o automóvel apresentava motor de 1.6L e 1.7L). Caso chegue ao país, tudo indica que veículo terá um motor Ecotec de 1.8L e 144cv de potência.

O automóvel pode ser um forte concorrente do Novo Ecosport, que foi totalmente redesenhado e exibe linhas mais arrojadas que o modelo anterior.

O SUV da Ford, que foi concebido no Brasil, foi apresentado durante o Salão de Nova Delhi, que ocorreu entre os dias 04 e 11 de janeiro.

Ambos os modelos utilizam-se da plataforma de carros menores. O Encore utiliza a plataforma do Opel Corsa, enquanto o Novo Ecosport utiliza a plataforma do New Fiesta.

Mais informações sobre o Encore podem ser encontradas no site www.buick.com.

Por Felipe Ogawa


Uma despedida, em qualquer setor da vida, nem sempre é feita em grande estilo, deixando uma marca. E isto também acontece no mundo dos carros. Vários modelos deixam de ser fabricados simplesmente. Mas este não é o caso do elegante e bem constituído sedã Vectra da Chevrolet.

Para marcar a saída de cena do Vectra, que abrirá espaço para a chegada do Cruze, a montadora resolveu produzir uma série especial, limitada a 2.000 unidades, batizada de Vectra Collection, que já está à venda nas concessionárias.

Mecanicamente o sedã desta série especial é igual às demais configurações do modelo com propulsor Flexpower 2.0 l 8V que pode produzir até 140 CV de potência e câmbio automático de quatro velocidades. A exclusividade desta série começa pela pintura em tom metálico na cor verde lótus, nos bancos revestidos em couro, com o nome da série especial bordado. Entre seus equipamentos se destacam o airbag duplo frontal, freios ABS com EBD e sistema de som. O manual do modelo também é um detalhe de requinte e bom gosto encadernado com capa de couro.

Para quem quiser se despedir do Vectra em grande estilo o preço fixado é de R$ 65.400.

Por Mauro Câmara

Fonte: Carros IG


Assim como anunciou o Celta 2012, a General Motors (GM) traz novidades à nova versão do Chevrolet Prisma, que deve agradar ainda mais os consumidores familiares, os mesmos que buscam porta-malas amplo e economia no abastecimento do automóvel.

Segundo a assessoria de imprensa da GM, a fabricação do Prisma ocorre no Complexo Industrial de Gravataí (RS) e, juntamente ao Celta, foi capaz de representar 1,5 milhão de unidades confeccionadas desde o lançamento de ambos.

Assim como no Celta, o Prisma 2012 apresenta modificações internas e externas, com destaque à parte frontal do carro, com barra pintada na cor do veículo e inserção de grade com aro cromado.

A principal novidade no interior é o painel, com novos grafismos e instrumentos com designs diferenciados ante a versão anterior. Volante e bancos também foram reestilizados, segundo a GM.

Essa versão do Prisma emplaca duas motorizações, a primeira (LS) de motor 1.0 Flexpower VHCE, que desempenha 77 cavalos de potência quando abastecido com gasolina e 78 cavalos de potência quando o consumidor opta pelo etanol. O modelo LT abrange motorização 1.4 Econo Flex, capaz de desenvolver 95 cavalos de potência com etanol e 97 cavalos de potência com gasolina.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: GM do Brasil


O Chevrolet Captiva é um utilitário de linhas modernas, porte robusto e desenho agradável e a nova linha 2011 se mantém fiel a este visual interessante. As grandes modificações na linha 2011 foram concentradas na motorização das duas versões do modelo, a Sport e a Ecotec, e um acabamento um pouco mais requintado das cabines.

A versão Sport ganhou um novo motor V6 3.0 Litro cuja potência chega a 268 Cv, mais potente que o motor da versão anterior que era um propulsor tipo 3.6. Já a versão Ecotec do utilitário além de receber uma nova calibração em seu motor 2.4 16V e agora poder produzir 185 Cv, vem acoplado a uma transmissão automática de seis velocidades, que aposenta o câmbio anterior de quatro marchas.

Neste momento a nova linha 2011 já esta à venda em algumas lojas da GM no país e a montadora deverá vender em todo o território nacional até o final deste mês de Fevereiro com preços que vão de R$ 100.774 para a configuração top de linha que vem com tração nas quatro rodas, R$ 96.774 para a versão Sport V6 e R$ 90.299 para a versão Ecotec.

Por Mauro Câmara

Fonte: Carro Online


Quem pensa em espaço, segurança e agilidade, além de tradição e modernidade, pensa logo numa Blazer 2011. Com motor 2.4 Flexpower, a Blazer 2011 conta com mais potência e economia.

Os itens que acompanham a versão Advantage são: acionamento por rádio frequência dos sistemas de travas elétricas e alarme anti-furto, alarme sonoro de faróis acesos e de esquecimento da chave de ignição, barras de proteção laterais nas portas, coluna de direção absorvedora de impacto, faróis de neblina, luz de neblina traseira, freios ABS nas quatro rodas, sistema de imobilização do motor por chave eletrônica, trava de segurança suplementar nas portas traseiras para crianças e muito mais.

A Blazer ainda conta com o motor 2.4 Flex de quatro cilindros em linha, oito válvulas, injeção eletrônica, potência de 141 cavalos a gasolina e 147 cavalos a álcool, com transmissão manual de cinco marchas e tração 4×2.

Por Gerson de Morais


Para quem não abre mão de espaço e elegância, mas que também gosta de economia e desempenho, o Chevrolet Classic 2011 é o pedido certo. Com motor VHCE Flexpower 1.0 de quatro cilindros em linha com oito vávulas, que desenvolve uma potência de 77 cavalos a 6.400 rpm a gasolina e 78 cavalos a 6.400 rpm a álcool, o Classic 2011 com certeza é um carro para quem gosta de economia e espaço  com estilo.

O Classic 2011 também conta com barras de proteção laterais, luz auxiliar de freio, trava suplementar nas portas traseiras para crianças e sistema de imobilização do motor por chave eletrônica.

Por Gerson de Morais


A primeira do segmento a funcionar com motor bicombustível, a Blazer tem tradição e segurança. Mais potente e forte, a Blazer 2011 conta com muito conforto e muito espaço interno. A versão 2011 da Blazer é a Advantage de quatro portas com motor flexpower e tração 4×2.

Ela conta com alarme sonoro de faróis acesos e na chave de ignição, barras de proteção lateral nas portas, coluna de direção absorvedora de energia, faróis com refletores de superfície completa, freio ABS nas quatro rodas, sistema de imobilização do motor por chave eletrônica e trava de segurança suplementar nas portas traseiras para crianças.

O motor, que funciona com gasolina ou álcool, é um quatro cilindros em linha de 2.4 litros com oito válvulas, injeção eltrônica e potência de 141 cavalos a gasolina e 147 cavalos a álcool.

Por Gerson de Morais


Uma novidade promovida pela General Motors do Brasil deverá agradar muitas pessoas. No início da semana (13 de dezembro) a montadora assinalou a volta do Omega, da classe sedã grande, no país. Batizado de Omega Fittipaldi em homenagem a um dos maiores pilotos de Fórmula 1 da história, o veículo chegará com poucas mudanças em seu visual, porém com inovações em seu interior e na mecânica.

Com valor de comércio estimado em R$ 128,6 mil, o carro contará com motor 3.6 litros V6, a gasolina. O sistema de injeção direta de combustível dá bons 292 cavalos de potência ao Omega. De acordo com a GM, a velocidade máxima do sedã está estabelecida em 235 quilômetros horários, porém sua aceleração de zero a 100 é realizada em 6,8 segundos.

Na parte interior do automóvel, uma das principais mudanças pode ser sentida – e observada – no console, pois a GM apostou num sistema multimídia diferenciado, com tela de LCD sensível ao toque dos dedos, entradas USB e sistema de conectividade Bluetooth.

A General Motos prevê comercializar 50 unidades do Omega Fittipaldi por mês (a partir do final de 2010), estabelecendo, pois, concorrência direta com o Toyota Camry e com o Honda Accord.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Car Sale UOL


Principal marca da identidade de um carro, o seu nome muitas vezes supera, em termos de popularidade e empatia com o público, a própria marca do fabricante. Por isso é tão importante escolher o nome certo para o veículo certo. Fazendo um casamento perfeito e criando um símbolo que é o primeiro requisito para atrair a atração e o carinho do futuro comprador.

Por isso talvez a Chevrolet tenha modificado o nome do seu futuro modelo compacto. Originalmente batizado de Aveo, um nome um tanto sério demais e sem sentido para um carro compacto de linhas graciosas e desenho jovial, e conforme definição da própria montadora, com proposta de direção divertida, de acordo com matéria do site Carro Online.

O novo nome escolhido para o compacto agora é Sonic. Realmente este nome tem muito mais a ver com a proposta do modelo e muito provavelmente completará a química de um carro que terá tudo para agradar, inclusive um nome atual, simpático, simples e sonoro.

Inicialmente o novo modelo Sonic será vendido nos Estados Unidos, México e Canadá, mas de acordo com a matéria citada, a montadora ainda não divulgou a data em que a produção será iniciada.

Por Mauro Câmara


O desenvolvimento sustentável do planeta foi um tema debatido com intensidade por Marina Silva, candidata do Partido Verde (PV) derrotada no 1º turno das eleições deste ano. A sociedade se interessou pelas palavras proferidas pela senadora, tanto que seus votos acumulados ao final do pleito surpreenderam não apenas a própria sociedade, mas também especialistas políticos.

Ao ampliar o horizonte sustentabilidade tem-se boa gama de temas, um deles veículos automotores e as novidades para evitar prejuízos à natureza. Dan Akerson, CEO da General Motors, assegurou recentemente que a montadora pensa em algumas maneiras de duplicar e até triplicar o volume de fabricação do Chevrolet Volt.

Matéria veiculada pelo Quatro Rodas assinala que até o momento 240 mil consumidores potenciais já demonstraram interesse em adquirir o carro. Contudo, a produção delineada para 2011 é de 10 mil unidades, volume que pode chegar a 45 mil num prazo de dois anos.

Para Mark Reuss, presidente da General Motors da América Norte, a fabricação do Volt pode ser ampliada por meio de um aumento na produção de células imprescindíveis para a montagem das baterias. É possível existir versão flex do automóvel abastecida com E85 (85% de etanol e 15% de gasolina).

De qualquer maneira, o foco ao Volt é a movimentação por meio de motores elétricos. Devido a esse fator a GM deve contratar cerca de mil funcionários somente para setores de tecnologia. Em trajetos urbanos, o carro é impulsionado somente com eletricidade.

Por Luiz Felipe T. Erdei


O Chevrolet Cruze 2011 estará disponível em quatro versões, a Cruze LS, A Cruze LT, a Cruze Eco e a Cruze LTZ. A Cruze LS tem motor 1.8 turbo de 136 cavalos de potência  e transmissão de seis velocidades manual, e vem equipada com airbags, StabiliTrak ESC e freios ABS.

A Cruze LT tem motor 1.4 turbo com câmbio de seis marchas automático e rodas de 16 polegadas. A Cruze Eco tem motor 1.4 turbo com câmbio manual de seis marchas e pretende ser a líder em economia de combustível do modelo, e será equipada com rodas de liga leve de 17 polegadas com pneus de baixa resistência ao rolamento.

A topo de linha, a Cruze LTZ tem motor 1.4 turbo com transmissão automática de seis velocidades e aros de 18 polegadas. Os modelos terão assentos de couro, acabamento Cruise control, Bluetooth, USB, controle automático de clima, volante com controles de som, e sensor de estacionamento traseiro.

Por Gerson de Morais


Se você está pensando em comprar um carro 0km, mas ainda não se decidiu pela marca, a Chevrolet está realizando uma promoção que pode ajudar-lhe nessa decisão.

A promoção em questão é a 'Esse Camaro é Meu', que premiará o vencedor com um carro modelo Camaro SS.

Para participar é só comprar qualquer carro da marca, em qualquer consecionária do Brasil, desde que o mesmo esteja em estoque para pronta entrega. A compra lhe garantirá um cupom. Depois disso é só torcer.

Dependendo do modelo escolhido, o número de cupons aumenta. Saiba a lista de modelos e a quantidade de cupons ganhos na compra de cada um aqui.

A realização se dará em três períodos, entre os dias 3 e 14 de novembro de 2010; de 16 de novembro a 30 do mesmo mês; e de 1 a 19 de dezembro do mesmo ano. O regulamento pode ser visto aqui.

O Camaro SS, que acaba de ser lançado no Brasil, é a nova geração do automóvel que se tornou um clássico nas décadas de 50 e 60. Ele vem equipado com motor V8 de mais de 400cv de potência, que vai de 0km a 100km em cerca de 5 segundos. O preço de mercado dele é de R$ 185 mil.

Veja vídeos e fotos do carro aqui.

Por Thiago Martins


Com fabricação na planta de Oshawa, no Canadá, a versão 2SS do Camaro vai chegar ao Brasil. A Chevrolet anunciou que irá importar para o nosso mercado o automóvel que é top de linha da marca. O 2SS terá um motor V8 de 6.2 litros, e que pode chegar a mais de 400 cavalos de força.

Seu visual é muito parecido ao original. Outro destaque do modelo são as opções de cores, cinco no total. Em terras brasileiras ele vem disponível nos tons vermelho, branco, amarelo, prata e preto. O preço ainda não foi definido, mas deve se esperar algo bem “salgado”.

O Salão do Automóvel de São Paulo vai ser o palco para o lançamento oficial do Camaro 2SS, segundo informações da Chevrolet. Para celebrar a chegada do Grande ícone da General Motors no Brasil, será criado uma página da internet para o modelo, além de um twitter oficial. 

Por Oscar Ariel


Com a primeira geração produzida na longínqua e inesquecível década de sessenta, mas surpreendentemente fascinante mesmo com o passar do tempo, o Chevrolet Camaro ressurgirá em Outubro no mercado brasileiro para seduzir aqueles que não o conhecem e com certeza fazer reviver muitas emoções naqueles que tiveram o privilegio de conhecer a primeira geração do esportivo que cativava pela potência e pela rebeldia.

E tanto o carro é quase uma lenda que a Chevrolet irá lançar um hot site para o modelo e um Twitter oficial para este que é um dos principais lançamentos da marca no país neste ano e será com certeza uma das grandes atrações da montadora no Salão de São Paulo que ocorrerá no final de Outubro no Anhembi.

A nova versão deste esportivo para o mercado nacional será o V8 com motor em alumínio de 6.2 Litros e 16V, possuindo mais de 400 CV de potência e com transmissão de seis velocidades. Uma máquina a altura da paixão que despertou e com certeza despertará nos apaixonados por carros esportivos e potentes, ainda mais revestidos com esta aura de aventura que o modelo carrega.

Seu desenho trás muito ainda da versão original, no entanto suas linhas estão mais modernas, equilibradamente elegantes sem perder a imponência do modelo original. Ele é hoje um esportivo de aspecto ágil e agressivo, potente e que tem tudo para reacender a paixão ardente do passado.

Fotos: Divulgação

Por Mauro Câmara


Os modelos da linha Vectra 2011 passam a sair com algumas novidades em equipamentos. As versões Expression, Elegance e Elite agora saem de fábrica com ar-condicionado digital e duplo air bag.

Outras configurações que compõem a linha de modelos Vectra são: Sensor de chuva, freios ABS, computador de bordo e sistema de distribuição eletrônica de frenagem(EBD).

Quem também apresenta novidades é o modelo Hatch GT, que agora conta com controle de áudio no volante, rodas de 17 polegadas liga leve e alguns outros apetrechos que foram adicionados no Sedã. Vale lembrar que o Vectra e Vectra GT contem o bloco de 2.0 litros Flexpower, que chega a desenvolver até 140cv se abastecido com gasolina e etanol.

Além dessas novidades de equipamentos, os preços sugeridos para venda foram diminuídos com o intuito de alavancar a saída dos carros das concessionárias. O Sedã Expression de R$58.167 foi para R$56.967

Por Oscar Ariel


O Chevrolet Spark, novo compacto produzido pela GM, já conta com comercial de TV elaborado para seu lançamento. O Automóvel que tem sua chegada agendada para o Brasil a partir de 2012, pode ser visto no Porto de Buceo, em Montevideo no Uruguai, navegando pelas águas do rio La Plata.

O local foi escolhido para dar origem ao filme publicitário do novo modelo. Uma plataforma flutuante foi montada para que pudessem ser feitas as gravações, as quais chamaram muita atenção das pessoas que circulavam pelos arredores.

A produção do novo Spark terá seu inicio dado na  planta de Gravataí, no Rio Grande do Sul.  Em 2009 a Chevrolet noticiou um investimento de mais de R$1 bilhão nas instalações gaúchas para a produção de dois novos compactos, um Hatch e um Sedã. O Hatch deverá ser o novo Spark, que ficaria no lugar que o Corsa ocupa até o presente momento.

Confira abaixo dois vídeos de Comercial do Chevrolet Spark na Europa:

Por Oscar Ariel


Comprar um carro é sempre uma alegria. Porém com o tempo o mesmo necessita de manutenção. É aí que começam as dúvidas, onde ir, qual o melhor mecânico, onde tem preços mais em conta, e sempre a impressão de estar sendo enganado.

Acaba de ser lançado o Novo Serviço Chevrolet, que disponibiliza especialistas em cada área dos carros para fazer a revisão e reparos nos veículos. O principal atrativo do serviço é a praticidade, pela internet as pessoas podem encontrar as oficinas autorizadas mais próximas de sua casa, agendar horário e até mesmo ter orçamento feito na hora.

Muitos reclamam que serviços em autorizadas são mais caros, isso é verdade, porém, vale a pena ir direto em um local que de utiliza peças originais e dá garantia. Evita dor de cabeça e gastos desnecessários. conheça mais aqui.

Por Thiago Martins


Na metade do ano chega ao mercado brasileiro o Chevrolet Malibu e irá ser mais uma opção de sedã para o cliente, e seu valor e tecnologia irá colocá-lo entre o Vectra e o Ômega.

O Malibu chegará somente na versão LTZ e deve desembarcar no Brasil somente no segundo semestre, mas deve ser apresentado ainda em maio. Seus concorrentes diretos serão o Jetta e o Fusion e ele vem ao mercado brasileiro para tentar preencher a lacuna que a Chevrolet ainda mantém um esportivo sedã de luxo.

Algumas linhas do carro foram inspiradas no Corvette e vem equipado com cambio automático e sequancial de 6 marchas, com trocas de marcha com o câmbio tipo borboleta e motor Ecotec 2.4 L de 4 cilindros, além de rodas 18' e detalhes cromados por toda a carroceria.

Conheça mais no site da Chevrolet norte-americana: www.gm.com





CONTINUE NAVEGANDO: