Confira aqui o que há de novo no Volkswagen Jetta GLI 2019.

Conheça as principais informações da nova versão Jetta

Pensando por fora o sedan mudou completamente, com design mais sofisticado e além de ter crescido em quase todas as dimensões ele até lembra um pouco compacto virtus.

Falando da parte externa do carro

Na frente o modelo apresenta uma enorme grade com acabamento cromado ou em Black Piano, dependendo da versão. Os para-choques possuem luz de neblina o capô cheio de vínculos e os seus faróis são full led nas, laterais lembra um pouco Passat e possui rodas 18 polegadas passando para traseira, o Jetta 2019 possui saída dupla de escape, lanterna de neblina e lanterna full led com mesmo estilo apresentado no Tiguan.

No r-line, o interior é a parte onde o Jetta mais necessitava de atualizações e ficou realmente ótimo com acabamento de ótima qualidade, mesclando materiais para suavizar o toque de couro e iluminação de até 30 cores diferentes O Jetta supera todos os seus concorrentes.

Sobre os itens de série

No quesito itens de série, o modelo vem recheado, nas versões mais caras conta com bancos revestidos em couro, com vidros elétricos, ar digital Dual Zone, teto solar, chave presencial com acesso ao veículo, partida do motor por botão seletor de modos de condução, start-stop, volante multifuncional, retrovisores rebatíveis eletricamente e sistema de som Beats com 12 alto-falantes 400 watts. Outra novidade bem bacana é o painel Active info display' 100% digital e com várias configurações, além do computador de bordo e do painel integrado com a nova Central Multimídia de 8 polegadas, que possui inúmeras funções como configurações do veículo, navegador GPS integrado, câmera de ré e conectividade com Apple Carplay e Android Auto.

Carro com motor potente

Agora falando em motorização para este ano, único propulsor que já está por aqui é o bloco 1.4 de 4 cilindros Turbo, entregando até 150 cavalos e 25,5 kg força metro de torque, aliada a uma transmissão automática de seis velocidades, com condições de trocas manuais em desempenho. Modelo está ótimo, ele até leva certa vantagem contra alguns concorrentes.

Avaliação geral do Jetta 2019

Ponto positivo fica para o consumo com duas médias de 11 Km por litro na cidade e 14 km por litro na estrada, com gasolina. Para 2019, a versão R-line top de linha conta com o propulsor 2.0 350 TSI, que entrega até 230 cavalos e conta com transmissão dsg de dupla embreagem. A segurança do novo Jetta nos Estados Unidos tem como destaque alerta de colisão com frases de emergência, alerta de ponto cego, alerta de tráfego cruzado e piloto automático adaptativo.

Falando em preços, não esperem um Jetta muito acessível. O modelo atual automático parte de R$ 94.000 no Brasil, já as duas versões iniciais serão ofertadas por aqui com preços entre R$ 100.000 e R$ 115.000.

Carro com bastante espaço interno

Outro detalhe bem interessante sobre esse carro, é que ele possui muito espaço interno. Esse é um grande diferencial para quem quer um carro espaçoso e que ofereça muito conforto para todos os ocupantes do carro.

Ficha Técnica

Design:

– Frente agressiva e marcante

– O design frontal tem traços nítidos, combinados com a grade frontal e conjunto ótico de LED, harmoniza uma vista forte e inovadora.

Segurança:

– City Emergency Brake

– Segurança na cidade

– Função City Emergency Brake é um componente do sistema Front Assist que monitora a distância entre os veículos durante o deslocamento e detecta risco de colisão.

Tecnologia:

– Active Info Display

– Discover Media

– Faróis em LED

– Volante Multifuncional

– Sensor de chuva e crepuscular

Performance:

– Transmissão auto. 6 velocidades

– Motor 250 TSI

– 150 CV

De modo geral esse carro pode ser visto como uma bela máquina. Ele possui modernidade, espaço, motor potente e muitos itens de série que completam toda sua funcionalidade!

Leandro de Farias


O novo SUV da Susuki tem o seu interior completamente modificado com um quadro novo e com mais itens na sua parte interna. O veículo recebeu um novo design e tem um visual novo que tornou o modelo ainda mais bonito.

O ano de 2019 está sendo um ano cheio de surpresas no mundo dos automóveis. Vários lançamentos legais estão sendo anunciados e entre eles está chegando o Suzuki Jimny 2019, este é sim um grande 4×4. O Jimny 2019 está vindo para o mercado nacional com muita personalidade e chega com seu espaço garantido.

O automóvel será lançado com tecnologia de última geração para criar uma nova experiência ao ser pilotado. O novo modelo da marca Japonesa tem o sistema de tração com conversão de 4×2 e para 4×4, o conversor e outras novidades estão vindo com o novo lançamento da Suzuki, o modelo Jimny Sierra 2019.

Abaixo segue algumas informações e mais algumas novidades do Jimny Sierra 2019.

Jimny Sierra: novidades 2019

O novo SUV da Susuki tem o seu interior completamente modificado com um quadro novo e com mais itens na sua parte interna. O veículo recebeu um novo design e tem um visual novo que tornou o modelo ainda mais bonito.

O modelo de 2019 recebeu algumas modificações em seu volante e apresenta um ar mais esportivo.

Cores disponíveis

O modelo 2019 vai ter 10 cores disponíveis no mercado, são elas: Beje Jizan, branco alpino, prata rhodium, preto ônix, verde sertões, vermelho mônico, azul pacífico, laranja fun e amarelo rally.

Itens de série

O Suzuki Jimny será uma versão mais segura, moderna e confortável. A seguir estão alguns itens que estarão presentes no modelo 2019.

Direção hidráulica, airbag frontal duplo, sistema immobilizer, ar-condicionado, rádio AM/FM, CD player, mp3, Bluetooh, sistema multimídia 7’’ com espelhamento de tela, teto solar panorâmico, suspensão trilink, porta objetos, brake light, direção progressiva, faróis para neblina, rodas de liga leve, assistência de frenagem (BAS), entre outros.

Ficha técnica

Segue abaixo uma ficha técnica do novo Jimny Sierra 2019:

Em comprimento o veículo tem 3645mm, largura de 1600mm, altura 1705mm, entre-eixos 2250mm, bitola deianteira 1355, bitola traseira 1365mm e altura livre do solo 200mm.

O peso em ordem de marcha ficou em 1090kg, a carga útil 330kg, o peso bruto total 1420kg, capacidade de reboque sem feio 350kg, capacidade de reboque com freio 1300kg, e o carro tem 4 lugares.

Motorização

O modelo Jimny Sierra de 2019 será fabricado com o motor 1.5 16V que irá render 108 Cv a 6.000 rpm e torque de 14,1 kgfm a 4.000 rpm. O veículo estará com as opções do câmbio manual de 5 velocidades e outra automática com 5 velocidades.

O veículo será fabricado com a disposição longitudinal e está disponível somente com motores a gasolina. O tanque tem a capacidade de 40 litros.

O motor possui 1328 cilindradas, com 4 cilindros em linha, o cabeçote com 16 válvulas, VVT.

Consumo

Os testes de desempenho de consumo do novo Suzuki Jimny Sierra tiram resultados dentro das médias para os modelos SUV mais atuais.

O consumo médio em estradas dentro da cidade chegou a 10,3 km por litro. Já em autoestradas o veículo chegou a rodas 11,9 km por litro.

Valores no Brasil

A marca Japonesa já avisou que os valores aqui no Brasil poderão aumentar em até 20% em relação aos modelos das últimas gerações que foram vendidos aqui em nosso marcado.

Os valores nas concessionárias serão:

Versão Jimny 4 All 4×4 básica: R$ 70.990,00

Versão Jmny 4 Sport básica: R$ 78.990,00

Versão Jimny 4 Work básica: R$ 69.990,00

Versão Jimny 4 Work Off Road 4×4: R$ 77.990,00

Versão Jimny 4 Sport Desert: R$ 85.990,00

Suziki Jimny no mercado brasileiro

Com uma versão mais tecnológica, mais moderna e mais segura o Jimny será um grande competidor entre os modelos da categoria SUV. O modelo Suzuki SUV tem um mercado fiel no mercado nacional. Com certeza o modelo será bem recebido no Brasil e logo estará circulando nas cidades.

O que você achou do novo lançamento da Suziki?

Por Mauricio Lazarini Bento Junior

Suzuki Jimny Sierra 2019

Suzuki Jimny Sierra 2019


O T-Cross, um SUV inédito da fabricante Volkswagen, deverá ser lançado em breve no mercado brasileiro.

A montadora alemã Volkswagen já está colhendo os frutos no Brasil por meio de um processo de reestruturação, o qual a empresa iniciou ainda no ano de 2017 ao realizar um investimento na ordem de R$ 7 bilhões até o ano de 2020. Modelos como Virtus, Polo, Jetta e Tiguan recebem a companhia, em breve, do T-Cross, um SUV inédito da fabricante.

Em uma conversa com o CEO e presidente da marca germânica, Pablo Di Si informou que o modelo T-Cross é um veículo pensado totalmente para que atenda a vontade do consumidor no mercado brasileiro. Ainda comentou que este segmento de SUV, onde a VW está entrando cria-se muitas expectativas, o qual irá ser um divisor de águas no conceito da fabricante.

Ainda é válido lembrar que o modelo VW T-Cross com fabricação nacional possui modificações importantes com relação ao modelo que é comercializado no mercado europeu, incluindo desde o design que é robusto até a distância de seu entre-eixos que possui 2,65 metros, já no modelo da Europa o mesmo possui 2,56 metros.

Di Si ainda destacou que a marca aprendeu bastante com a fabricação do novo modelo VW Polo e que muito mais aprendizado foi adquirido no desenvolvimento do VW Virtus. Desta forma, a montadora somou todo esse conhecimento, aprimorando o processo na produção do VW T-Cross.

O novo VW T-Cross, que possui seu lançamento esperado para o mês de abril, contará com propulsores TSI de 1.0 litros com capacidade de gerar uma potência de 128 cavalos e um outros TSI de 1.4 litros com potência de 150 cavalos, ambos com tração no eixo dianteiro. A transmissão será manual com 6 velocidades na versão de entrada, já nas demais variantes será um automático com 6 relações. Ainda é provável que uma versão seja lançada com um propulsor MSI de 1.6 litros, porém apenas irá atender outros mercados da América Latina.

Com um visual arrojado e imponente, o carro atende bem as exigências dos consumidores do Brasil. Seus faróis e lanternas traseiras são de full LED, possui uma exclusiva paleta de cores com oito opções de pintura. O modelo ainda conta com teto solar, retrovisor rebatível eletronicamente, central multimídia arrojada e diversos itens altamente tecnológicos.

Di Si ainda afirmou, após ser questionado com relação à liderança do mercado, que o objetivo da montadora é exatamente este após o ciclo atual de investimentos, porém a marca só irá atingir esta colocação caso seja uma liderança de forma saudável não forçando assim o aumento do volume de vendas diretas.

A Volkswagen, agora um pouco mais dinâmica, já vem surpreendendo por sua sequência de produtos lançados no mercado e pela autonomia conquistada pela filial do mercado brasileiro.

A concessionária digital teve seu nascimento aqui no Brasil e irá ser implantada nas demais lojas da montadora pela América Latina no primeiro trimestre deste ano. Uma caminhonete do tamanho da Toro é o conceito Tarok que é um projeto totalmente nacional que irá ganhar uma vida logo, possuindo um grande potencial, devendo até desembarcar em outros mercados, principalmente no europeu. Um SUV novo e maior que o VW T-Cross, porém menor que o VW Tiguan, o Tarek, a ser fabricado na Argentina desembarcará no ano de 2020, buscando reforçar ainda mais o portfólio da montadora.

Tendo o cenário econômico e político menos traumático, se comparado com o ano passado, os clientes passaram a ficar mais confiantes neste mercado, de acordo com Di Si. O mesmo ainda disse que a montadora irá sentar novamente para conversar sobre os investimentos a partir do ano de 2020, sendo que nesse ciclo, a marca deverá contemplar modelos famosos da montadora como Voyage, Saveiro e Gol, que deverão ser renovados.

Por Filipe Silva

Volkswagen T-Cross 2019

Volkswagen T-Cross 2019


Linha 2019 do Volkswagen Polo chega ao mercado brasileiro com valores a partir de R$ 50.490.

O modelo Polo, daVolkswagen, em sua linha 2019 chegará em breve às concessionárias do Brasil. A montadora alterou os pacotes opcionais e juntamente foram alterados os valores. Sofreram aumento em todas as versões. O VW Polo 2019 iniciará em R$ 50.490 na versão mil cc e poderá chegar a até R$ 72.990 na versão top de linha, que seria a 1.0 TSI Comfortline.

Itens de série

A fabricante não realizou alterações na lista de equipamentos de série do modelo na versão 2019. Sendo assim, iniciando na versão de entrada o modelo hatch já conta com ar condicionado, direção com assistência elétrica, vidros elétricos nas quatro portas, faróis com dupla parábola, chave do tipo “canivete” dotado de controle remoto e travas elétricas.

Versão Comfortline

A linha Comfortline ainda soma coluna de direção ajustável tanto na distância quanto na altura, banco traseiro bipartido, Controle Eletrônico de Estabilidade, sistema de infotainment Composition com display sensível ao toque de 6,5 polegadas, faróis de neblina com “cornering light”, rodas em liga leve com 15 polegadas “Viper” e pneus 185/65, ajuste elétrico dos retrovisores, sensores de estacionamento traseiros, descanso de braço na dianteira com porta-objetos, volante multifuncional, lanternas traseiras escurecidas e vários outros itens.

Versão Highline

A versão top de linha, chamada de Highline, possui todos os equipamentos citados anteriormente e ainda soma: um sistema chamado de “Kessy” que realiza a ignição do motor através de um botão na parte central do console e também abre as portas sem utilizar a chave, ar-condicionado “Climatronic”, controlador automático da velocidade de cruzeiro, banco do passageiro na dianteira rebatível, duas portas USB para carga, faróis de neblina também com “cornering light”, porta-luvas refrigerado, luz de condução diurna juntamente com faróis de neblina, sobretapetes, volante multifuncional com revestimento em couro dotado de “shift paddles”, detalhes, na cabine, em preto brilhante e rodas em liga leve com 16” polegadas “Avalanche” e pneus 195/55.

Itens opcionais

Na lista de equipamentos opcionais modelo acabou sendo modificado tanto no preço quanto nos itens. Nas variantes 1.6 MSI e 1.0, a VW adicionou ao pacote Connect o sensor de estacionamento na traseira e ajuste elétrico dos retrovisores. Na variante 1.0, o valor do pacote custava R$ 2.670 na geração de 2018 e a partir de agora equipado com os novos itens custa R$ 3.799. O modelo Polo linha 2019 na versão 1.0 possui ainda o Safety pelo valor de R$ 1.377.

Para a versão 1.6 MSI, o mesmo pacote adiciona ainda sensor de estacionamento na traseira e ajuste elétrico de retrovisor também. De forma curiosa, o valor é menor que o da versão 1.0, sendo que para a 1.6 o mesmo é comercializado pelo valor de R$ 3.405 oferecendo a mesma lista de equipamentos. O preço sugerido para o pacote Safety é de R$ 1.377.

Para a versão 1.0 TSI Comfortline, a montadora retirou o pacote de opcionais conhecido como Tech III. Sendo assim, o modelo possui o Tech 1 pelo valor de R$ 1.865 o qual continuou com os mesmos itens da linha do ano passado e o pacote Tech II sai pelo valor de R$ 3.860 sem alterações nos itens também. Na versão Comfortline a novidade fica por conta da roda em liga leve de 16 polegadas que passou a ser opcional livre por R$ 1.260.

A versão 1.0 TSI Highline subtraiu os pacotes Technology e Space e contará com três diferentes pacotes opcionais. Como opcional livre ainda continua a roda de 17 polegadas pelo valor de R$ 1.243. Sofreu um pequeno reajuste também o revestimento em couro sintético Native por R$ 828. Por fim, o pacote Tech High foi dos R$ 3.380 para o valor de R$ 4.819.

Por Filipe Silva

Volkswagen Polo 2019

Volkswagen Polo 2019


Modelo passa por reestilização e tem detalhes revelados em projeção.

Uma das maiores companhias automobilísticas, em escala internacional, está relançando um de seus melhores modelos. A montadora Audi consiste em uma empresa do ramo automobilístico, oriunda da Alemanha, a qual é parte integrantes do chamado grupo Volkswagen. Este grupo Audi AG, junto às mais famosa companhia alemã, abrange também a organização Lamborghini e a própria Ducati.

Deste modo, a Audi está relançando um de seus melhores modelos, o A4 2020, que consiste em um Sedã cuja próxima estreia estará repleta de novidades, entre elas a repaginação de sua parte dianteira, sendo inspirada no seu irmão maior, o modelo A6.

A história deste típico sedã remonta há quatro anos. Estreou oficialmente, de forma global, no ano de 2015. Assim, a atual geração do modelo Audi A4 não deverá tardar, não sendo necessário mais do que uns poucos meses, de modo que seja possível ele receber atualizações no design externo.

O típico facelift, dito “de meia-vida”, está passando por intensa fase de preparação, por meio dos engenheiros da companhia, sendo que algumas unidades foram flagradas recentemente em algunas testes realizados. Esta situação faz confirmar que os trabalhos sobre o modelo seguem em fase bastante adiantada.

Os aperfeiçoamentos e atualizações estão sendo concentrados, conforme os dados fornecidos pelos especialistas, principalmente na parte dianteira e estão sendo inspirados nos lançamentos mais recentes, portanto, o pacote completo inclui alguns detalhes emprestados do já citado, irmão maior, o modelo A6. É claro que estas mudanças sobre o projeto consiste em retoques leves, ambora suficientes no sentido de manter o modelo A4 bastante atualizado, diante de uma intensa concorrência, para que se possa garantir a chegada da próxima geração da linha.

Em sua parte dianteira, especificamente a sua grade frontal está sendo inteiramente redesenhada, de modo a ser vazada em novos contornos. Dentro desse processo de atualização, os próprios faróis estão ganhando um formato revisto, além de receberem as novas lentes internas, acrescidas de elementos reposicionados.

Este veículo está sendo, em realidade, agraciado, já que o mercado internacional é muito competitivo, neste setor, e, estando no início do ano, toda alternativa de atualização é um meio muito eficiente de se manter na concorrência, enquanto novos modelos estão começando a sair da mesa dos engenheiros.

No detalhe do para-choque o A4 também será significativamente modificado, de modo que o design do mesmo possa acompanhar o estilo da nova grade, vazada em novas molduras, equipada e adaptada para os necessários faróis de neblina, além das entradas de ar. Em sua parte traseira, as lanternas estãos endo redesenhadas em nova assinatura visual; no caso do para-choque, o mesmo receberá um atualizado difusor de tipo integrado.

No geral, se trata de um automóvel que, embora reconhecido pelos clientes da empresa, causará novo impacto, dada a sua atualização. No geral, as alterações são eficientes, como no caso da laterais, que serão equipadas com rodas estilizadas em novo desenho, munidas, esteticamente, de uma nova paleta de cores, que está sendo atualizada em novas tonalidades.

Em sua parte interior, embora os especialistas ainda não possuam informações suficientes, existe a expectativa de se realizarem reformulações cada vez mais profundas, eficientes, precisas e inspiradas no mesmo irmão maior, o A6.

Portanto, completando o seu conjunto interno, tudo indica que a chamada tela flutuante, que é parte do sistema de entretenimento, provavelmente será substituída por um outro sistema, bem mais integrado ao seu painel, sendo ao mesmo tempo, muito mais ergonômico e prático.

Com relação ao motor, os especialistas declaram que serão esperadas mudanças mecânicas, embora, tudo seja possível.

Paulo Henrique dos Santos


Novo Fiat 500X chega ao mercado brasileiro com novos equipamentos e novos motores.

Com chegada confirmada no mercado brasileiro, o mais rápido possível, de acordo com o que foi apurado na última edição do Salão do Automóvel que ocorreu na cidade de São Paulo no mês de novembro de 2018, o Fiat 500X em sua linha 2019 é apresentado com alterações bastante discretas tanto na questão de motorização, disponibilizando um turbo, como em seu visual. Na sua aparência, agora seus faróis contam com lâmpadas com tecnologia LED, desta forma fazendo uso de um conjunto que oferece 20% a mais de eficiência do que o anterior, de acordo com a fabricante. Entretanto, o destaque principal ainda fica por seus novos propulsores sobrealimentados. Isso significa que a linha 2019 do Fiat 500X passará a ser dotado de uma variante com turbinação dos motores chamados de Firefly. Os novos chegam a ser 20% mais eficientes se comparados com os motores anteriores que estão presentes no mercado europeu e foram executados testes de longa duração, totalizando uma rodagem de 5 milhões de km, o que exigiu que o teste ocorresse em 60 mil horas, ainda mais as outras 75 mil horas em que se realizou os testes virtuais.

Após tudo isso chegou-se ao resultado final, que é um novo motor de mil cilindradas e com três cilindros, capaz de produzir até 120 cavalos de potência e um torque de 19,3 kgfm, tendo a força transmitida para seu eixo dianteiro com o auxílio de um câmbio manual, dotado de 6 diferentes velocidades. Situado um pouco acima se encontra o também novo turbo 1.3, com quatro cilindros, capaz de gerar 150 cavalos de potência e 27,5 kgfm de torque o qual possui um câmbio automatizado, com dupla embreagem e seis velocidades. Apesar disso, ainda é menos potente do que o motor que equipa o Jeep Renegade em certos mercados, onde o mesmo conta com 1.3 litros, potência de 180 cavalos, e torque de 27,5 kgfm.

Os dois citados anteriormente são produzidos em alumínio para que assim se reduza seu peso final, fazendo com que o motor 1.0 tenha um peso de somente 93 kg. Embora tenha trazido novos propulsores, o veículo compacto ainda continuou com o motor 1.6 E.TorQ, que produz uma potência de 110 cavalos e se encontra acoplado a uma transmissão manual de 5 velocidades. Mesmo assim contará com variante a diesel, possuindo três diferentes opções de motorização: o 2.0 com potência de 150 cavalos, 1.6 com 120 cavalos e, por fim, o menor, 1.3 com 95 cavalos.

O último motor citado, o de 1.3 litros será comercializado de forma exclusiva com transmissão manual de seis velocidades e tração em seu eixo dianteiro, já o motor de 1.6 litros pode contar com uma transmissão dotada de dupla embreagem. Por fim, o 2.0 contará com uma transmissão automática de 9 velocidade, além de possuir tração em suas quatro rodas. Não se sabe ainda qual dessas variações estará presente no mercado brasileiro. Entretanto, acredita-se que o mais provável é que por aqui desembarque o 1.6 E.TorQ ou ainda o turbo 1.3 com três cilindros.

O modelo 500X da Fiat em sua linha 2019 recebe ainda de série alguns itens de segurança para os ocupantes, como assistente de faixa de rolamento, reconhecimento de placas de trânsito, frenagem de emergência automática, faróis automáticos tendo o farol alto de forma adaptativo, alerta de ponto cego para o condutor e diversos outros. Além disso, recebe a central multimídia Uconnect, em sua última versão, que possui display com 7 polegadas, que realiza integração com Apple CarPlay e Android Auto, câmera de ré e também navegação através de GPS.

Por Filipe Silva

Fiat 500 X 2019

Fiat 500 X 2019


Conheça aqui as principais novidades presentes no Porsche Panamera GTS 2019.

O Panamera é um carro executivo de luxo (segmento E na Europa) fabricado pela montadora alemã Porsche. Ele é o único sedã fabricado pela Porsche como parte de sua estratégia de expandir seu mercado.

O carro foi revelado ao mundo há quase 10 anos (em abril de 2009) no Shanghai International Automobile Show, na China.

Depois de dois anos do seu lançamento (em 2011), foram lançadas versões híbridas e a diesel. Em abril de 2013 foi anunciado um facelift para o Panamera, fazendo sua primeira aparição novamente no Shanghai Auto Show, na China. A Porsche lançou uma versão híbrida plug-in nos Estados Unidos, o Panamera S E-Hybrid, que foi lançado no mercado norte-americano em novembro de 2013. A primeira geração teve os anos-modelos de 2010 a 2016.

Segunda Geração

A segunda geração do Panamera foi revelada ao mundo no dia 28 de junho de 2016, em um evento especial no país natal da Porsche. Aconteceu em Berlim, capital da Alemanha. O Panamera de segunda geração é 3,5 cm mais longo, 0,5 cm mais largo e 0,5 cm mais alto que o Panamera de primeira geração, tendo 3 cm a mais de distância entre eixos. Praticamente do mesmo tamanho. Os modelos de segunda geração começaram em 2017. Mas vamos ao que nos interessa hoje: a versão com motor GTS da segunda geração!

Versão GTS

A versão GTS foi introduzida à primeira geração em 2011 e será introduzida à segunda geração em 2019.

A versão GTS na segunda geração fica entre as opções S e Turbo. A chegada ao Brasil ficou para o mesmo ano de lançamento da versão: 2019.

Motor e Potência

O motor biturbo é um 4.0 V8 com 460 cavalos (338 quilowatts). Ele tem por volta de 15 quilowatts a mais que no Panamera GTS de primeira geração. O motor vai entregar um torque de 63,3 kgfm estando a 1.800 rotações por minuto. O motor opera em conjunto com um câmbio automático de oito velocidades e dupla embreagem. Esse motor monstruoso faz com que o Panamera tenha uma aceleração poderosa: chega a 100 km/h em 4,1 segundos. A velocidade máxima que o carro pode alcançar seria de 292 km/h. O consumo fica aproximadamente em 9,7 km/L na combinação de cidade e estrada.

Visual Exterior

Podemos ver que há um predomínio da cor preta em alguns detalhes do visual externo do Panamera GTS: ela está na grade frontal, spoilers laterais, entradas de ar, na saída do escape e nas rodas. Falando em rodas, elas podem vir em dois tamanhos: 20 ou 21 polegadas (50,8 cm ou 53,3 cm, respectivamente). Os discos de freios das rodas da frente têm 39 cm! As rodas traseiras contam com discos de 36,5 cm.

Aerofólio inovador

Na parte traseira existe um aerofólio bem interessante! Quando o carro está em alta velocidade ele se abre para cima e para os lados. Isso dá ao carro mais estabilidade em curvas, pois o deixa mais grudado ao chão. O aerofólio tem 4 estágios. São dois aerofólios diferentes

Porta-malas

Ele tem exatamente 500 L de volume e a acomodação da bagagem é muito fácil, pois ele é largo na abertura, apesar de não ser muito alto.

Interior

Na parte traseira os passageiros não têm tanto espaço. Apesar dos 2,95 m de entre-eixos. Ele leva duas pessoas sem tanto espaço para as pernas. Mas ele oferece tecnologia avançada como um contrapeso. Há uma central de comando para os passageiros controlarem individualmente a temperatura do ar-condicionado. Internamente, o acabamento das portas é muito bem feito. Costura aparente na cor vermelha, cromados, alumínio e Alcântara. O Alcântara também está em todo o teto do carro, no volante e em outras partes do acabamento. Os assentos são revestidos de couro com costura aparente e Alcântara.

Som e Painel

A qualidade do som é excelente. É o de se esperar de uma Porsche! A central multimídia é sensível ao toque. Você pode usar os seus dedos para aproximar o mapa do GPS, por exemplo. Você comanda o ar-condicionado, modos de condução e muitas outras coisas por essa central multimídia. Ela é muito fácil de usar. Muito intuitiva. A alavanca do câmbio é superesportiva.

Para mais informações sobre o Porche panamera GTS clique aqui e veja diretamente no site da Porsche Brasil.

Por Bruno Rafael da Silva


3ª Geração do Modelo chega às concessionárias mais leve e moderno.

A dieta atingiu a mecânica. A companhia automotiva Porsche fez estrear há quase dois anos a sua 3ª geração de SUV, modelo Cayenne. O veículo foi exibido ao público em pré-estreia no famoso Salão de Frankfurt, durante a segunda quinzena de setembro de 2017. Entre as características mais destacáveis deste automóvel, está a sua carroceria inteiramente produzida em alumínio e, pasmem, as suas rodas traseiras se locomovem como as dianteiras.

O modelo Cayenne está equipado com um motor de seis cilindros e um novo câmbio automático em oito marchas. A sua versão de menor potência consiste em um motor 3.0 turbo, com desempenho de 345 cavalos. Esta força move o veículo de 0 a 100 km/h em um tempo recorde de 6,2 segundos, atingindo o máximo de 245 km/h.

A versão Cayenne S está munida de V6 com 2.9 litros Biturbo, apresentando desempenho de 446 CV, que superam a marca registrada pelo modelo que deixará de ser comercializado. Aparelhado desta maneira, este ainda atual utilitário pode acelerar de 0 a 100 km/h na escala de tempo de 5,2 segundos, atingindo a marca de 265 km/h.

Outros atributos são:

Em seu interior, o modelo Cayenne está com um design mais moderno. A partir desta linha, todo o quadro de instrumentos está formado por um típico mostrador central analógico. Ao redor, estão instaladas duas telas de sete polegadas, sendo que a sua central multimídia mede 12,3 polegadas.

Outros atributos acessórios, porém, de grande utilidade são:

O auxílio à condução por meio da câmera para visão noturna; a função de aviso para mudança de faixa; o assistente de manutenção para faixa; a função de reconhecimento para os sinais de trânsito; a assistência que auxilia em engarrafamentos e o controle em cruzeiro adaptativo.

Este mesmo modelo Cayenne foi zavado, também, em um design puxado para o esportivo, como todo modelo produzido pela Porsche. Possui um chassi inteiramente novo. Este automóvel é extremamente consistente, dado que a companhia produz carro para o terreno bruto.

Entre outras especificações novas, que preenchem o Cayenne, está o seu eixo traseiro dinâmico, já citado. Trata-se de uma tecnologia quase de vanguarda, atualmente presente na linha Panamera.

Munido desta equipagem, as rodas traseiras são capazes de virar, em conjunto com as rodas dianteiras, porém, não na mesma direção delas, quando o veículo está em baixa velocidade. Este recurso consiste em facilitar as manobras. As rodas traseiras também acompanham as dianteiras quando em altas velocidades, no sentido de que o veículo efetue curvas em maior precisão, estabilidade e, por conseguinte, segurança.

Com relação à “dieta”, o modelo Cayenne foi vazado nos mesmos moldes do 911 e do Panamera, cuja parte exterior é toda produzida em alumínio, o que tornou este SUV uma veículo mais veloz e eficiente, estando abaixo das 2 toneladas. Oficialmente ele possui 1.985 kg, ou seja, são 55 kg a menos em relação à sua anterior geração, e isso levando em conta o que lhe foi acrescentado em termos de tecnologia.

Em 2017, ano em que estreou, este modelo Cayenne foi comercializado por meio de encomendas, que passaram a ser abertas na Alemanha. Os valores para o mercado internacional iniciaram em 74.828 euros, que equivalem a 283,6 mil reais, no Brasil. A sua versão S iniciou a comercialização a partir de 91.964 euros, ou 348,5 mil reais no Brasil.

O preço é salgado, porém, a companhia está entre as de maior categoria internacional. Vale a pena conferir, caso o leitor seja um especialista ou de grande poder aquisitivo.

Paulo Henrique dos Santos


O novo Virtus será lançado no Brasil em 2019 e terá motor 1.4 TSI.

A notícia se espalhou rapidamente nos portais de notícias automotivas. Sites nacionais e internacionais deram a notícia! Até mesmo sites automotivos da Índia noticiaram a novidade do Salão de São Paulo. Era o Volkswagen Virtus GTS conceito, que estava em exposição no Salão do Automóvel 2018 em São Paulo. Foi confirmado o lançamento do Virtus no Brasil no ano de 2019.

O carro deve estrear em terras tupiniquins ainda antes de julho de 2019 e tem visual inspirado no GTI da Europa. Equipado com câmbio automático e motor 1.4 L o modelo promete força e conforto na medida certa.

Vamos a alguns detalhes e características do sedan:

Frente

Começando pela parte de fora, o Virtus conta com para-choque exclusivo e faróis com a tecnologia LED. Temos uma grade no estilo colmeia, com o logo GTS. Um detalhe que vale a pena observar é que o para-choque está com visual esportivo. Podemos ver também um esforço da marca para dar um ar elegante e exclusivo em retrovisores e para-choques com a aplicação da cor preta a essas peças.

Rodas

A versão mostrada no Salão tem rodas de 18 polegadas (45,7 cm) e pneus 215/40 (21,5 cm de largura). Essa configuração será provavelmente a mesma na versão que será produzida em massa.

Traseira

Na parte de trás, há um defletor na tampa do porta-malas.

Interior

A parte que muita gente valoriza mais por razões estéticas e gosto por tecnologia é o interior dos veículos. Se você é apaixonado por painéis modernos e bonitos o Virtus 2019 não vai te decepcionar.

No acabamento interno, o veículo vem equipado com painel digital, chamado de Active Info Display iluminados com luzes vermelhas. Todo o interior do sedan tem detalhes em cores escuras. O volante tem design exclusivo com a sigla GTS na base.

Na versão que será produzida em massa os bancos terão tecido aveludado com detalhes na cor vermelha. O logo GTS vai ficar no encosto dos bancos.

Motor

Agora vamos à parte preferida daqueles apaixonados por potência, cavalos, torque e ronco: o motor!

Quando acelerado a 4.500 rotações por minuto o motor de 1,4 litro do Virtus GTS vai entregar 150 cavalos de potência (111 quilowatts) abastecido tanto com etanol quanto com gasolina. A partir das 1.500 rotações por minuto o carro vai entregar um torque de 25,5 kgfm. O motor estará acompanhado da transmissão automática de 6 velocidades.

Mais sobre o Virtus

Apesar de ter sido oficialmente anunciado como um carro conceito, a versão de produção deve ser praticamente a mesma. O Virtus é essencialmente uma versão sedan para a América Latina do extremamente popular Polo supermini disponível na Europa, enquanto o “GTS” é um GTI diluído.

Bonito. Mas e o Motor?

Enquanto o estilo segue fielmente o estilo “hot hatch”, não podemos dizer a mesma coisa sobre o que está sob o capô. O Polo GTI europeu vem com um motor a gasolina de 2.0 litros turbo, produzindo 200 cavalos (149 quilowatts) de potência, enquanto o Virtus GTS tem que se contentar com o conhecido motor TSI de 1,4 litro, com 150 cavalos (111 quilowatts). Este motor também pode ser adquirido na Europa nas versões mais básicas do Polo.

Só automático?

Outra grande diferença entre os dois modelos fortemente relacionados está nas opções de caixa de velocidades. A Volkswagen dá aos compradores europeus a liberdade de escolher entre um modelo manual de seis velocidades e um modelo automático também de seis velocidades, enquanto o Virtus GTS no Brasil terá apenas a opção automática disponível.

Para mais informações sobre o Volkswagen Virtus diretamente no site da Volkswagen clique aqui www.vw.com.br/pt/carros/virtus.html.

Volkswagen Virtus GTS 2019

Volkswagen Virtus GTS 2019


O novo modelo Polo GTS chega com grandes novidades e algumas mudanças que prometem conquistar cada vez mais os admiradores e fãs do novo veículo.

O ano de 2018 está chegando ao fim e, com ele, várias novidades estão sendo anunciadas para o próximo ano pelo mercado automobilístico em todo o mundo.

Para quem acompanha as novidades no mundo dos veículos de quatro rodas, uma das notícias mais aguardadas já confirmadas pela própria Volkswagen é a chegada da nova versão 2019 do Polo às concessionárias da marca em todo o país.

O novo modelo, o Polo GTS, chega com grandes novidades e algumas mudanças que prometem conquistar cada vez mais os admiradores e fãs do novo veículo.

Na tentativa de manter a sua marca de vendas tanto no mercado nacional quanto internacional, a Volkswagen mais uma vez se reinventa e traz ao público brasileiro os novos conceitos que foram incorporados à versão 2019 de um dos seus maiores sucessos de vendas no mercado europeu.

Numa tentativa de repetir o sucesso de comercialização do veículo lá fora, a Volkswagen apostou mais uma vez na famosa fórmula de sucesso: o binômio tecnologia e conforto.

As novidades do novo Polo GTS para o seu visual

Os consumidores que valorizam o aspecto externo, o novo Polo GTS 2019 chega com algumas mudanças.

O novo visual ganhou um desenho mais que exclusivo para o novo modelo. As linhas de grade frontal receberam um novo desenho externo, o que dá ao novo modelo um ar mais esportivo sem perder a sofisticação.

Para compor este visual mais esportivo e luxuoso, o novo modelo ganhou também um conceito em formato de colmeia para a sua frente e ele chama a atenção para um simples detalhe: tudo é exclusivo desde o design do novo para-choque até o estilo de desenho dos faróis em LED e quem fazem da nova dianteira.

O conceito de exclusividade pode ser explorado ao máximo para o novo Polo com a adoção de linhas de desenho exclusivo nas portas e soleiras do novo modelo na cor preta e uma linha vermelha nos faróis de LED que continuam pela grade da frente e abrigam o logotipo da marca.

Os detalhes na cor preta e brilhante também podem ser vistos no defletor da tampa traseira do novo veículo.

Para os menos avisados, o novo modelo já tinha sido mostrado neste ano de 2018 no último Salão do Automóvel, sendo que uma data ainda não tinha sido definida para a sua estreia. Desta vez, a montadora resolveu oficializar o lançamento do novo modelo que deverá entrar no circuito de vendas do mercado brasileiro logo no primeiro semestre de 2019. Portanto, para quem quiser garantir o seu modelo, é preciso ficar atento logo a partir de janeiro deste ano.

Polo GTS 2019 – Mecânica e Transmissão

Tanto o novo Polo GTS 2019 quanto o seu ‘primo’ da mesma categoria, o novo Virtus 2019 deverão chegar às lojas da Volkswagen em todo o Brasil com um motor 1.4 do tipo 250 TSI e transmissão automática de seis velocidades. A potência de novo sistema pode chegar até 150 cv independente do tipo de combustível: gasolina ou etanol.

Para quem adora sofisticação e conforto, o novo modelo 2019 promete trazer boas novidades em seu interior. Todo o desenho do painel interno e da direção também adotam um design exclusivo e a iluminação de primeiro adotou a cor vermelha. Os bancos foram concebidos para adotarem um revestimento em veludo com o logotipo GTS estampado em cada encosto, todos na cor escura, assim como os demais detalhes que fazem parte do conjunto.

O novo modelo traz também todos os detalhes que sempre compõem os veículos para este tipo de categoria como ar-condicionado digital, painel central digital e uma série de opcionais que deverão fazer parte da nova versão e que poderão ser melhores conhecidas quando ele estiver disponível para venda em todo o país.

Por Emmanoel Gomes

Volkswagen Polo GTS 2019

Volkswagen Polo GTS 2019


Modelo chega para concorrer com HR-V e outros SUVs.

A montadora chinesa Chery, que está presente com fábrica no Brasil há mais de 4 anos, está entrando com tudo no mercado de SUVs compactos para o ano de 2019! A estatal chinesa anunciou na terça-feira (11) que o seu Tiggo 5X vai partir de R$ 86.990 na versão mais básica; custará R$ 96.990 na versão top de linha. Os carros entrarão no mercado na segunda metade de dezembro.

Há uma fábrica localizada no município de Anápolis, Goiás, que produz a maioria dos carros da Hyundai no Brasil (com exceção do HB20 e do Creta). Essa fábrica vai ganhar a produção do Tiggo 5X e provavelmente de outros modelos da Chery.

Comparado a concorrentes no setor de SUVs o novo carro da Chery é maior que o SUV da japonesa Nissan, o Kicks. Enquanto o Nissan Kicks 2019 tem o comprimento de 4,29 m, o Tiggo 5X tem 4,34 m. O SUV da japonesa Honda, o HR-V, tem 4,29 m.

Motor

O motor do sino-brasileiro é bicombustível e tem potência de 150 cavalos (111 quilowatts) quando abastecido com etanol. Com o derivado do petróleo ele chega a 147 cavalos (109 quilowatts). O carro vem equipado com uma transmissão automatizada de 6 velocidades.

Versões

5X T– O modelo mais “básico” vem equipado com luzes de direção diurna (as chamadas DRL), que facilita a visualização do carro durante o dia. Sua central multimídia tem compatibilidade com telefones celulares rodando o sistema Operacional Android, através do Android Auto e também com telefones com iOS, através do Apple Carplay. Essa central multimídia tem uma tela de quase 23 centímetros de diagonal. O carro tem 4 alto-falantes e dá conforto aos ocupantes do banco traseiro com as saídas de ar traseiras e bancos traseiros bipartidos. Não poderiam ficar de fora tecnologias como a chave presencial e o freio de estacionamento elétrico.

5X TXS– O modelo mais completo conta com toda a tecnologia disponível no modelo mais básico e algumas coisas a mais. No caso das luzes, além das luzes de direção diurna (DRL) o modelo tem faróis de neblina. Há um mimo especial nas rodas, que vêm com aros de quase 46 cm (18 polegadas). Outro item em alta e que está presente nessa versão é o teto solar panorâmico, que é maior do que o teto solar comum. Não poderiam deixar de faltar os bancos de couro na versão mais completa, e ainda com ajustes elétricos! Vamos falar de segurança? Air bags laterais e de cortina complementam a segurança. E como se os 4 alto-falantes da versão básica não fossem o suficiente, essa versão vem com 6.

O Tiggo 5X foi apresentado no último salão do Automóvel de São Paulo, que ocorreu entre os dias 8 de 18 de novembro de 2018.

Sobre a Chery

A Chery é uma fabricante de automóveis chinesa com sede em Wuhu, província de Anhui, na China. A montadora foi inaugurada pelo governo da China em há 21 anos (em 1997) e é uma empresa estatal. Seus principais produtos são carros de passeio, minivans e SUVs; mundialmente, vende carros de passageiros sob a marca Chery e veículos comerciais sob a marca Karry. A Chery é a décima maior montadora chinesa, medida pela produção de 2012 (cerca de 590 mil unidades produzidas). A Chery iniciou a produção de automóveis há 19 anos (em 1999) e sua exportação da China há 17 anos (em 2001).

No Brasil

No Brasil a empresa tem uma base de produção em Jacareí, no interior de São Paulo e já opera há mais de 4 anos. Na segunda fase, a fábrica atingirá uma capacidade de produção anual de 150.000 unidades. Agora em 2018 a montadora se junta à coreana Hyundai na produção de carros em Anápolis, Goiás, onde será produzido o Tiggo 5X.

Por Bruno Rafael da Silva

Chery Ttiggo 5X 2019


A Hyundai irá lançar o seu modelo elétrico no Brasil em breve.

Se você gosta da ideia de economizar combustível e ao mesmo tempo ser responsável pela sustentabilidade do planeta, você pode apostar num carro híbrido ou totalmente elétrico.

Os carros híbridos oferecem dois motores: um motor a combustão (normalmente a gasolina) e um motor elétrico. Em veículos de pequeno porte o motor elétrico auxilia o motor à combustão, possibilitado a diminuição de emissão de gases poluentes e ajudando o bolso do motorista, pois há enorme economia de combustível. Também há os chamados “híbridos completos”, onde a movimentação do carro fica a cargo do motor híbrido e o motor à combustão fica responsável pela movimentação de um gerador, que carrega as baterias.

O primeiro modelo de carro híbrido produzido e vendido em larga escala foi o Toyota Prius, que começou a ser vendido há 21 anos (em 1997), tornando-se o híbrido mais famoso e vendido do mundo. Mas a concorrência chegou em outros modelos.

A montadora sul-coreana Hyundai vai se juntar à Toyota (que tem seu Prius), à Ford (que tem seu Fusion Hybrid) e outras montadoras, lançando o Ioniq no Brasil.

Há 2 anos (em 2016) vimos o Hyundai Ioniq híbrido ser exibido no Salão do Automóvel aqui no Brasil. Mas esse ano a coisa foi diferente. Em 2018 vimos a versão totalmente elétrica em exibição.

Carros totalmente elétricos não possuem motores à combustão, não emitindo nenhum gás poluente e sendo quase totalmente silenciosos. Eles precisam ser frequentemente carregados, já que não são movidos a gasolina.

Diferentes do que ocorre com o Toyota Prius, o Hyundai Ioniq tem a opção híbrida e a opção totalmente elétrica em um único modelo. Ainda há a opção Hybrid Plug-in. O modelo já tem promessa para chegar ao Brasil mas as datas ainda não foram definidas.

Especificações Técnicas

Com baterias de lítio de 28 KWh, a versão totalmente elétrica tem uma autonomia de até 280 km, de acordo com a Hyundai. Ou seja, você pode dirigir até 280 quilômetros entre uma carga e outra da bateria. Para se ter uma ideia, a viagem entre a cidade de São Paulo e a cidade de Santos, no litoral paulista tem entre 60 e 90 km (dependendo do ponto da cidade), sendo possível uma viagem de ida e volta entre as duas cidades com apenas uma carga das baterias do Hyundai Ioniq.

O motor elétrico tem 90 quilowatts (120 cavalos), é capaz de alcançar uma velocidade de 165 km/h. Se o motorista conectar o carro a um carregador do tipo rápido (de 100 kW), a carga já vai estar quase completa (mais de 80%) em 25 minutos.

Detalhes do Carro

Os faróis do veículo sul-coreano são do tipo LED. O painel do carro tem uma tela TFT de 17 centímetros de diagonal e é compatível com Google Android Auto e Apple Car Play.

Preços

Ainda não foi definido nada em relação aos preços, mas especula-se que o carro possa chegar próximo dos R$ 200 mil. Nos Estados Unidos o modelo top de linha chega a custar US$ 37.000 (R$ 142.968). Mas nos Estados Unidos há uma política de crédito do governo federal para encorajar a compra de híbridos e elétricos. Nesse caso, o carro sairia de US$ 37.000 (R$ 142.968) para US$ 29.500 (R$ 114.000).

No Brasil ainda não há incentivos federais para compra de carros híbridos e elétricos, mas há incentivo no Estado de São Paulo, como devolução de 50% do IPVA de carros híbridos e elétricos que não custem mais de R$ 150 mil.

Para informações completas sobre o Hyundai Ioniq híbrido, visite este link www.hyundaiusa.com/ioniq-hybrid/specifications.aspx?%20specs e veja informações sobre o veículo. Lá na Terra do Tio Sam o veículo pode ser encontrado em sua versão mais simples por US$ 22.400 (R$ 86.571).

Por Bruno Rafael da Silva

Hyundai Ioniq 2019

Hyundai Ioniq 2019


O novo Fiat 500X é muito espaçoso, aconchegante, com muita conectividade e modernidade.

O Fiat 500X vem para o mercado trazendo um novo conceito de carro. Com muita modernidade e beleza esse Sedan vem com tudo para enfrentar seus principais adversários e entre eles estão: Nissan Juke, Kia Soul e Mini Countryman. Por ser um carro muito completo, ele dificilmente irá desagradar a uma quantidade alta de usuários, mas é claro que o quesito gosto não se discute não é mesmo? O novo Fiat 500X tem detalhes parecidos dos seus concorrentes e mais alguns detalhes. Então confira agora as informações desse carro.

Carro muito espaçoso e aconchegante

O Fiat 500X é um carro muito espaçoso e aconchegante. Por essa razão os usuários desse carro não terão o que reclamar. Pois com um carro desses, a viagem se torna mais simples, já que dentro dessa máquina tem bastante espaço e bancos confortáveis. Os acentos são feitos com tecido de couro e pequenas almofadas laterais, elas servem para deixar o corpo bem confortável e relaxado durante toda a viagem. Ainda falando dos acentos, ele tem um detalhe muito importante, que é o encosto para a cabeça, dessa forma fica muito fácil tirar uma soneca durante a viagem.

Parte interna com muita modernidade

Ainda falando da parte interna do Fiat 500X, é preciso ressaltar sua conectividade e modernidade. Dentro do carro os usuários vão encontrar:

– Encostos de cabeça arredondados e com controles de áudios e clima-controle;

– Central multimídia com tela de 5 polegadas com touchscreen Uconnect;

– Sistema de rádio por satélite e Bluetooth

– Abertura de ventilador com três botões;

– 6 Airbags;

– Espelhos aquecidos;

– E muito mais.

Grande espaço para os passageiros traseiros

Não podemos deixar de falar de mais um detalhe incrível desse carro, que é seu enorme espaço traseiro na parte de trás. Seu sofá tem piso plano e espaço suficiente para acomodar os ocupantes e também deixar suas pernas livres. Por essa razão esse carro é indicado para pessoas altas ou que estão acima do peso. Também é possível dormir tranquilamente nessa parte do carro.

Porta-malas bem espaçoso

O porta-malas desse carro é muito espaçoso e ideal para carregar diferentes tipos de bagagens. Dessa forma não se ocupa espaço na parte interna do carro, mantendo o lugar dos ocupantes traseiros intactos.

Motorização de alto nível

O motor do Fiat 500X é alto padrão, e os usuários vão contar com duas opções que são: 1.4 e o 1.6. Além disso, esse carro oferece transmissão automática com 9 opções de marchas. Ele consegue fazer 180 cv máximo, levando a uma alta aceleração.

Carro com muita beleza externa

O Fiat 500X 2019 tem muita beleza e seu designe é muito moderno. É considerado um carro grande e bem espaçoso. Ele também é indicado para quem já tem segurança ao dirigir, por ser maior que muitos carros, algumas funções podem ser mais trabalhosas, como estacionar em um local com poucas vagas por exemplo. A parte externa conta com grandes rodas e faróis grandes, assim como suas lanternas de LEDS.

Valor de mercado desse carro

O valor de mercado desse carro está estipulado em 17.900 Euros. É um ótimo valor para um carro tão completo e cheio de funções que só acrescentam no dia a dia de seus consumidores. Mas ainda não saíram informações do seu real valor em Real. A princípio, serão 4 versões diferentes, cada uma com seus atrativos. O que podemos esperar são apenas notícias boas.

Será que vale a pena investir nesse modelo?

Sim. Avaliando todos os pontos positivos desse carro, optar por comprá-lo pode ser sim uma ótima opção. Já que ele tem motivos de sobra para ser classificado como um carro moderno, completo e espaçoso!

Por Cristiane Amaral

Fiat 500 X 2019

Fiat 500 X 2019


Novo modelo da Volkswagen será lançado no Brasil em 2020.

Toda estreia de um novo automóvel, sobretudo em uma das grandes companhias automotivas em todo o mundo, constitui um evento à parte, que atrai tanto os consumidores, quanto a própria mídia.

Assim, a companhia Volkswagen fez estrear novo modelo por meio de apresentação realizada no Salão de Guangzhou, na China, que constitui um evento de exibição dos dois novos SUVs para aquele país. O primeiro deles é o intitulado Tharu, que consiste em um modelo cuja linha será comercializada no Brasil, a partir do ano de 2020, junto do título de Tarek, sendo que a produção se dá nas esteiras industriais da Argentina. Esta estreia, já efetuada na China, para a versão R-Line, vasada em um visual mais esportivo, e equipado de um motor 1.4 TSI com desempenho de 150 CV, também deverá munir a versão da argentina.

Vamos a mais detalhes:

Produzido sobre a plataforma chamada MQB, o novo Volkswagen Tarek foi elaborado nas seguintes dimensões: são 4,45 metros de comprimento; 1,84 metros de largura; são 1,63 metros na altura e mais 2,69 metros no entre eixos.

É importante frisar que essas medidas tornam esse novo veículo sutilmente maior que o seu principal rival no mercado, o Jeep Compass, que chega a medir 4,42 metros de comprimento e mais 2,64 metros no entre eixos. A meta da empresa é a de que este modelo alcance um bom posicionado entre o modelo T-Cross, que estreará nas concessionárias no mês de maio, e o modelo Tiguan, que está faixa de preços entre 100 mil e 130 mil.

Deste modo, com a chegada efetiva do veículo, é muito provável que a popular versão equipada com cinco lugares, a do Tiguan, hoje comercializada na faixa de 125 mil, tenha a sua comercialização suspensa.

Entretanto, na China, o SUV em questão, de porte médio, será comercializado munido de dois tipos de motores. O SUV inicial está aparelhado do motor 1.4 TSI com 150 CV de desempenho, e mais um conjunto de câmbio DSG, com dupla embreagem e sete marchas, para o Brasil. Alguns especialistas especulam que os consumidores brasileiros poderão esperar por uma equipagem de transmissão Tiptronic em seis marchas.

Entretanto, as versões mais incrementadas e, por conseguinte, mais caras, estarão aparelhadas de um motor de 2.0 TSI, com 186 CV de desempenho, também munida de um câmbio tipo DSG, porém, equipado com a tração integral em 4-Motion. Este é um modelo que, por ser de menor potência, não será causa de disputa interna com o novo modelo Tiguan, o qual ainda mantém uma capacidade para até sete ocupantes como qualitativo diferencial.

Portanto, a produção do novo Volkswagen Tarek, que ocorrerá na unidade industrial de fabricação na região de Pacheco, na Argentina, está pré-programada para iniciar no ano de 2020, sendo o fruto de um imenso investimento, no custo de US$ 650 milhões.

Este modelo pretende, e certamente vai ocupar o patamar de prestígio que hoje ocupa a perua famosa intitulada SpaceFox, que é uma carro família, grande, confortável e seguro, a qual deixará ser der comercializada. O Volkswagen Tarek se posicionará, certamente, entre o modelo T-Cross, programado para estrear oficialmente no mês de abril de 2019 e o modelo Tigual AllSpace, o qual já está à venda, oriundo do México.

A companhia automotiva Volkswagen consiste em uma grande empresa alemã, que é parte integrante do Grupo Volkswagen. É, atualmente, o maior fabricante de automóveis em todo o mundo e possui a sua sede principal estabelecida na cidade de Wolfsburg, na Baixa Saxônia.

Por Paulo Henrique dos Santos

Volkswagen Tarek

Volkswagen Tarek


O Renault Alaskan 2019 é um modelo bastante equipado, proporcionando aos seus usuários mais tecnologia; amplo conforto; mais segurança; mais economia e maior estabilidade.

Todo lançamento de um novo veículo, na atualidade, consiste em um grande evento entre os consumidores, sobretudo entre os mais abastados. Recentemente uma das maiores companhias automobilísticas europeias promoveu a pré-estreia de um novo carro.

Trata-se aqui da nova picape Renault Alaskan edição de 2019, a qual está prestes a chegar ao mercado automobilístico do Brasil. Esta caminhonete estará pronta para ocupar um bom patamar entre os líderes do comércio nesta categoria. Todo consumidor que esteja em busca de mais informações a respeito deste novo Renault Alaskan 2019, valerá a pena seguir este artigo até o fim.

Assim, esta nova geração que está sendo produzida pela Renault, na série Alaskan, corre sobre os trilhos da linha de montagem, porém o seu oficial lançamento se dará somente em 2019. Trata-se de um modelo bastante equipado, proporcionando aos seus usuários mais tecnologia; amplo conforto; mais segurança; mais economia e maior estabilidade.
Entre seus atributos mais externos, a caminhonete Alaskan edição 2019 estará repleta de linhas robustas, em acabamento num estilo bem marcante, apropriado para uma verdadeira picape moderna e imponente.

Em sua parte frontal este veículo está munido de uma nova grade, em design chamativo, com lanternas alongadas completando esteticamente esse estilo.

Entre as especificações da Renault Alaskan 2019, podem ser listadas as seguintes:
Possui Ar-condicionado digital em duas zonas e manual; equipado com bancos de couro com função de aquecimento e mais os ajustes elétricos para o do motorista e do passageiro; munido de ignição na ausência da chave; possui bancos com suporte lombar e os bancos dianteiros operam com aquecimento; o computador de bordo; dispositivo de Bluetooth; dispositivo GPS; a câmera de ré; o seu volante é multifuncional; equipado com os auxílios de subida e de descida; equipado com a chamada Visão de 360 graus por meio de câmeras.

A revelação da ficha técnica é que vai garantir aos consumidores e usuários informações essenciais e precisas, mantendo todos por dentro do conjunto das características referentes ao modelo de veículo prestes a ser comercializado. São detalhes que, em realidade, o consumidor precisa saber sobre as suas dimensões; suas capacidades; a motorização e o chassi.

Embora não estejam disponíveis informações mais completas, para que o consumidor tenha uma noção básica de como este modelo chegará até si, é só conferir as informações da ficha técnica presente em suas versões atuais já disponíveis:
Ele roda com Diesel e gasolina; possui 16 Válvulas e o Torque é de 450-2000 N • m / rpm; as rodas são de 255/60 em R18; possui a suspensão dianteira de tipo McPherson independente e a suspensão traseira de tipo Multi-link; possui um tanque de combustível com capacidade para 80 litros; possui capacidade de carga para até 1000kg; a sua transmissão é de tipo manual em seis marchas e com opção de automática em sete velocidades.

Renault Alaskan 2019 possui diversas versões e os preços variam, conforme segue:

A Nova Renault Alaskan 2019 Flex 4×2 Mecânica, com valor a partir de 115.000 mil;

A Nova Renault Alaskan 2019 Flex 4×4 Automática, com valor a partir de 135.000 mil;

A Nova Renault Alaskan 2019 Diesel 4×4 Mecânica, com valor a partir de 135.000 mil;

A Nova Renault Alaskan 2019 Diesel 4×4 Automática, com valor a partir de 150.000 mil;

A Nova Renault Alaskan 2019 Diesel 4×4 Automática TOP, com valor a partir de 170.000 mil.

Todos esses preços poderão sofrer alterações ao longo do tempo, até o lançamento oficial, embora não cheguem a ser mudanças que pesem muito no bolso. Vale a pena conferir.

Por Paulo Henrique dos Santos

Renault Alaskan 2019

Renault Alaskan 2019

Renault Alaskan 2019

Renault Alaskan 2019


Linha 2019 do Ford Focus está com uma nova proposta de preços.

A Ford está iniciando as vendas de sua linha 2019 do Focus e está realizando um realinhamento nos seus preços para reforçar a competitividade nos seus dois modelos, o Hatch e também o Fastback. Porém, a maior diferença pode ser encontrada no Fastback, que abaixou cerca de R$2.500 nos catálogos dos SE Plus, Titanium e Plus.

Reconhecido como uma referência em quesito de direção, o novo Ford Focus foi pioneiro no segmento oferecendo seus equipamentos de controle eletrônico para estabilidade, estacionamento totalmente automático com segunda geração e ainda um assistente de frenagem para autônomo. No total, a sua linha é formada com 12 catálogos, sendo com sete modelos Hatch possuindo motores de 1.6 Sigma e Flex com 135 cv e 2.0 Direct também Flex com 178 cv, e cinco modelos do Fastback, equipado com um motor 2.0, que possui transmissão sequencial com seis velocidades.

O Ford Focus Hatch ano 2019 tem como sua versão de entrada o modelo SE 1.6, que já possui de fábrica controle eletrônico em estabilidade e uma tração AdvanceTrac, assistente para partida em rampa, e a central multimídia sendo SYNC, além de rodas de liga leve com 17 polegadas, pelo valor de R$78.100 um acréscimo de somente R$1.100.

Já o Focus Hatch SE, possui um motor 2.0 Direct e Flex além de transmissão sequencial com seis velocidades, saindo pelo valor de R$85.800 com um acréscimo de R$900 somente. Essa versão também tem como opcional uma central de multimídia a SYNC 3, com uma tela de 8 polegadas, pelo valor de R$86.800.

O modelo SE Plus 1.6 acrescenta também seis airbags, e sua central de multimídia é a SYNC 3, além de câmera de ré, e bancos de couro com ar-condicionado automático e uma digital de dupla zona, por um valor de R$88.000 sem nenhum aumento de valor. Já o SE Plus 2.0, vem com um motor Direct Flex e sua transmissão sequencial, sai pelo valor de R$94.400 com um acréscimo de R$900.

O Focus versão Titanium 2.0 vem equipado também com um teto solar elétrico, e um sistema de navegação, possui uma chave com sensor de presença com acesso inteligente, partida de botão Ford Power e um som Sony Premium Sound possuindo 9 alto-falantes, pelo valor de R$104.900.

O topo de sua linha é o Titanium Plus 2.0 que acrescenta o sistema de estacionamento automático que é de segunda geração, um assistente de frenagem totalmente autônomo, ajuste elétrico para o banco do motorista e os seus faróis são de bi-xenon adaptativos e ajuste automático, pelo valor de R$110.600. Essas duas últimas citadas não tiveram nenhuma alteração de valor em relação à sua linha 2018.

O Focus Fastback vem seguindo a mesma oferta dos equipamentos do seu modelo hatch. Sendo o primeiro de seu catálogo, SE 2.0, custando o valor de R$85.200 e com a sua opção de central de multimídia SYNC 3 saindo por apenas R$86.300, em ambos os seus valores seguem sem nenhum reajuste.

Já os outros três catálogos que são os mais equipados do modelo Focus Fastback 2.0, com uma redução considerável de R$2.500 passaram a custar a média dos seguintes valores: o SE Plus, valor de R$91.000; o Titanium, valor de R$101.800; e o Titanium Plus, valor de R$107.500.

Agora é a hora de aproveitar a baixa nos seus valores e escolher o modelo que mais encaixa nas suas necessidades do dia a dia.

Escolha o seu carro mais esportivo ou familiar, com certeza terá um Ford Focus que atenderá todas as suas expectativas.

Pesquise todos os modelos, experimente e faça a sua melhor escolha. Pense bem antes de comprar, para não se arrepender depois e sair satisfeito com o melhor modelo que atende todas as suas necessidades.

Por Ricardo Ferreira Rodrigues

Ford Focus 2019

Ford Focus 2019


Nova geração do BMW X5 traz detalhes e novidades que impressionam os apaixonados por carros.

Acabou o suspense em relação às informações do lançamento da Nova Geração do BMW X5. Muitos admiradores da marca estão ansiosos por mais detalhes sobre essa máquina incrível e quem tem tudo para ser sucesso no mercado automobilístico nesse ano de 2018. Esse modelo traz mudanças no seu design externo e promete seguir a mesma qualidade da versão anterior. Fora isso esse carro traz bom motor além de conforto para seus ocupantes. Veja abaixo as principais informações sobre a Nova Geração do BMW X5.

Carro com ótimo espaço no porta-malas

Umas das informações mais pesquisadas na hora de comprar o carro novo é o tamanho do porta-malas. Pois esse espaço é muito importante para todo usuário de carro. É comum que no dia a dia as pessoas que usam carro de modo geral, reservem espaço no porta-malas para transportar diversos tipos de bagagens e objetos. No caso desse carro em específico, ele tem um tamanho acima da média, com 645 litros, e se os bancos estiverem rebatidos esse tamanho vai para 1.860 litros. Por isso ele é indicado para quem tem uma família grande ou gosta de andar com amigos no carro.

Novos detalhes da parte externa da Nova Geração do BMW X5

A parte externa da nova BMW X5 é linda e não passa despercebida, o que não é novidade se tratando da marca. Uma das novidades desse carro é que ele tem faróis de laser que tem capacidade de iluminação de até 500 metros, o que é muito. Além disso, o desenho desse novo modelo é muito sofisticado e ao mesmo tempo robusto. É um carro grande por dentro e por fora, o que vai animar a maioria dos usuários da marca. Suas medidas são: 4,92 m de comprimento, 2,97 m entre eixos e 1,74 m de altura. O que resume a grandiosidade dessa máquina.

Modernidade na parte interna do carro

A parte interna da nova BMW X5 também tem seus encantos como já era esperado. O destaque principal fica com o painel virtual de 12,3 polegadas com a função Head UP Display acoplada, essa modernidade agrada a todos os consumidores do carro e serve para distrair os ocupantes em quanto fazem algum trajeto de carro. Além disso, a nova versão possui porta-copos que servem também para resfriar o carregador de celular. Podemos ver que modernidade não vai faltar na Nova Geração da BMW X5.

Motorização que impressiona

O motor da Nova Geração da BMW X5 vem para trazer excelência e agradar a muitos usuários que estão à espera do lançamento desse carro. Seu motor vai ter duas versões disponíveis e que foram feitas para agradar a todos os usuários. O primeiro motor é o xDrive40i que possui 6 cilindros e faz até 340 cv de potência. A outra opção é o motor XDrive50i que tem um V8 e 4.4 biturbo que consegue fazer até 452 cv de potência máxima. Esse modelo possui versão automática com 8 marchas. É muita potência em um carro só.

Nova Geração da BMW X5 tem muito espaço interno para seus ocupantes

Outra característica desse carro é que ele tem espaço para 7 ocupantes, e por isso ele é considerado um carro para a família grande. Todos os passageiros têm espaço de sobra para ficar bem posicionados e sem se sentir apertados, inclusive em relação a esticar as pernas. Esse é outro ponto positivo desse carro.

Lançamento da Nova Geração da BMW X5

Ainda não tem uma data certa para o lançamento dessa máquina. A única certeza que se tem é que esse carro vai ser lançado até o final do ano de 2018. Mas pode ser que isso aconteça antes também. Vamos torcer para que isso aconteça.

Essas são as informações sobre a Nova Geração da BMW X5!

Por Cristiane Amaral

BMW X5 2019

BMW X5 2019


Modelo chega com preços a partir de R$ 43 mil.

O Hyundai HB20 está com seu modelo da linha 2019 pronto para conquistar o mercado e para isso deu uma boa retocada no visual para oferecer traços mais modernos. O modelo chega às concessionárias com uma série de novidades, entre elas a ampliação da central multimídia, que oferece TV digital e tem um visual bem sofisticado. Até os nomes mudaram e a versão conhecida como Comfort agora é chamada de Unique.

A nova grande frontal está presente tanto no sedã como também no hatch e o contorno cromado dá um toque diferenciado. Quem reparar bem este detalhe no modelo 1.0 turbo verá que esta grade inclusive tem aletas na frente. Mudança também nas rodas de liga leve, tanto para a versão Premium do HB20, como para a Style e Premium do HB20S. O consumidor pode até ficar meio perdido diante destas versões, mas é importantíssimo conhecer bem cada uma delas, para ver assim qual atende melhor o seu perfil.

A traseira do novo HB20 também traz novidades, com a as lanternas bem escurecidas nas versões que oferecem motor 1.0, já que naquelas que o motor é 1.6, usou o conjunto Clear Type, o mesmo que já era visto no sedã. Tem ainda a versão HB20X com rodas diamantadas e um leve detalhe preto. Já a versão HB20 R, que é esportiva, tem rodas aro 15 polegadas e uma grade fazendo contorno, além dos faróis de neblina pretos. tirando a versão Unique, as demais trazem um painel com o Supervision Cluster Sport, tela LCD e bonita iluminação, contando ainda com a tecla de comando de voz presente no volante quando o modelo contar com central multimídia, assim fica mais fácil para o motorista. E estas versões que contam com o moderno sistema multimídia trazem a mesma TV digital que foi lançada na série exclusiva para a Copa do Mundo.

Confira tudo sobre cada uma das versões do HB20 motor 1.0:

Unique: tem ar-condicionado, vidros elétricos na frente, travas elétricas nas portas e no porta-malas, freios ABS, computador de bordo, sistema de áudio BlueAudio, airbag duplo e painel de instrumentos Supervision Cluster. O valor inicial é de R$ 43.990,00 e quem optar pela central multimídia BlueMedia pagará R$ 45.790,00.

Comfort Plus: vem tudo que tem na versão acima, mais vidros elétricos em todas as portas com a função one-touch para o lado do motorista, ajuste elétrico para retrovisores externos, aro 15", moldura das portas com acabamento na cor preta, as maçanetas e os retrovisores são na mesma cor da carroceria, alarme, telecomando na chave canivete e painel de instrumentos Supervision Cluster Sport. O valor de entrada é R$ 47.590,00 e quem pegará a central multimídia BlueMedia pagará R$ 49.390,00.

Turbo: vem com tudo da versão acima, mais emblema 'turbo' no porta-malas, as maçanetas internas e alguns detalhes no interior do carro são em cromo acetinado. O valor de entrada é de R$ 51.790 e optando pela central multimídia BlueMedia, pagará R$ 53.590,00.

O consumidor brasileiro terá que reservar um tempo para analisar cada uma das versões, pois todas têm seus diferenciais e claro que por causa disso, o preço vai variando. Confira os valores do HB20 motor 1.6:

  • Confort Plus: R$ 54.550,00
  • HB20 R spec: R$ 63.690,00
  • Premium: R$ 66.790,00

E tem ainda o HB20S motor 1.0, que tem um pacote de opções interessantes, com travas elétricas, airbag duplo, moldura no porta-malas é cromada, tem console central com porta-objeto com tampa retrátil, os quatro vidros são elétricos com sistema one-touch para o motorista, alarme, entre outras opções, veja os preços:

  • Comfort Plus: R$ 51.590,00 e com central multimídia blueMedia vai para R$ 53.390,00.
  • Turbo: R$ 57.590,00.

Por Russel





CONTINUE NAVEGANDO: