O novo modelo da Volkswagen, batizado de Space Cross, tido como a nova versão para “adventure” do Space Fox, deverá chegar às concessionárias nacionais na segunda metade deste ano.

A confirmação foi dada pela montadora neste mês, durante o Salão de Buenos Aires, que aconteceu na Argentina. Sem dúvida, será mais uma opção para o gosto do mercado consumidor brasileiro, onde já existem modelos similares, como o Palio Adventure, o Ecosport, o Aircross, da Citroën, e alguns outros.

Com um motor flex e câmbio manual iMotion com cinco marchas, o Space Cross vem também com uma suspensão um pouco mais alta que o padrão usual, além de detalhes em preto e prata no para-choques e na carroceria.

O preço do novo aventureiro da VW estará girando em torno de 60 mil reais, para a versão de linha, um pouco acima do preço médio de outros da mesma categoria, porém de outras marcas.

Por Alberto Vicente

Fonte: Carro Online


Informativo divulgado pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave) aponta crescimento de 6,28% nas vendas do setor no 1º trimestre de 2011 em comparação ao período igual do ano passado. O resultado, positivo no confronto anual, também o foi no mensal de março contra fevereiro, base com alta de 11,29%.

Os emplacamentos de automóveis e comerciais leves computaram desenvolvimento de 3,63% entre janeiro e março deste ano em comparação ao 1º trimestre de 2010, para 777.725 unidades. Entre fevereiro e março os dados desse segmento subiram 11,57%, para 288.758 unidades.

O volume de caminhões comercializados no acumulado de 2011 também foi positivo. A alta encontrada chegou a 26,92% no comparativo anual, para 39.413 unidades, assim como também ocorreu no confronto mensal, com índice positivo de 14,11%, para 14.488 unidades no mês de março.

As vendas de ônibus também registraram evolução. No 1º trimestre do ano a ascensão foi de 25,03% em relação ao período análogo de um ano antes, para 8.068 unidades. Em março versus fevereiro, assim como nos demais ramos, os dados foram positivos. No segundo período o incremento chegou a 10,92%, para 2.925 unidades.

Mais modestos foram os emplacamentos de motos, com diferença positiva de 8,21% para o 1º trimestre de 2011 em detrimento ao acumulado de janeiro a março de 2010, ou 438.647 unidades. Em março, o crescimento abraçou índice de 10,31% ante fevereiro, para 160.298 unidades.

Por Luiz Felipe T. Erdei


Dados da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave) mostrou que o número de carros vendidos entre janeiro a março deste ano aumentou 6,28% em relação ao mesmo período do ano passado.

Os números revelam que nos três primeiros meses de 2010 o número de emplacamentos de veículos (automóveis, caminhões, ônibus, motos, entre outros tipos) foi de 1.219.115. Já em 2011, na mesma época, atingiu o marco de 1.295.716 unidades emplacadas.   

Foram comercializadas, de janeiro a março de 2010, 750.504 unidades de veículos das categorias automóveis e comerciais leves, e em 2011 esse valor foi de 777.725, registrando alta de 3,63%.

O segmento de caminhões foi o que teve maior crescimento, pois em relação ao primeiro trimestre, foram vendidos 39.413 caminhões em 2011 e 31.053 unidades em 2010, o que mostra uma elevação de 26,92%.

Já o número de motos comercializadas obtido em 2011 foi de 438.647, isto é, 32.960 unidades a mais em relação ao mesmo período de 2010.

Estima-se que o segmento automotivo continue a apresentar alta e esse crescimento deve chegar a 5,2% nesse ano.

Por Andrea Gomes


Montadora estrangeira de boa aceitação no país, a Kia Motors Corporation divulgou dados de fevereiro relacionados às suas vendas mundiais de carros de passageiros, veículos comerciais e veículos de lazer.

No mês, a fabricante registrou a comercialização de 169.727 unidades, salto de 18,5% sobre fevereiro de 2010. A alta, afirma a Kia, foi sentida em todas as regiões do globo, com destaque para a América do Norte, com expansão de 35,6% nas vendas. Na Europa, outra região de grande sucesso no período, o índice constatado foi de 18,6%.

A Coreia do Sul, por sua vez, observou crescimento de 17,5% no confronto anual de fevereiro, percentual não muito superior em relação ao constado nos mercados gerais (América Central, América do Sul, Caribe, Oriente Médio, Pacífico, África e Ásia, com exceção da própria Coreia e da China), de 15,3%. Os chineses contraíram salto de 5,4%.

A Kia ressalta que as vendas de janeiro e de fevereiro, acumuladas, avançaram 18,9% sobre o mesmo período de um ano antes, para mais de 349,1 mil unidades. O Kia Cerato permanece na liderança de vendas da montadora, seguido pelo Sportage e pelo Rio. O Sorento e o Soul aparecem mais atrás.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Fenabrave


O veículo QQ, míni carro que a Chery irá vender no Brasil já deixou o porto de Xangai com destino ao nosso país, com previsão de chegada no final deste mês em solo brasileiro e início das vendas na primeira semana de abril.

O QQ tem um preço atraente, inclusive menor que o Mille (Fiat), equipado com um motor 1.0 de 68 cavalos, o carro vem equipado com todos os itens de série: ar condicionado, vidros elétricos, direção hidráulica, airbags, faróis de neblina, entre outros. Apesar de ser completo, seu preço é bem atraente para o mercado brasileiro, o veículo com todos esses itens sairá por R$ 22.900,00 (o consumidor deverá arcar com o preço do frete do porto de Vitória onde o carro será desembarcado até a concessionária).

A Chery espera fazer com que o QQ seja o carro mais vendido da marca no país, e impulsionar as vendas em pelo menos mil unidades por mês.

Por Henrique Pereira


A alta tecnologia dos dias atuais tanto simplifica a relação interpessoal como afasta relacionamentos físicos. Certo? Errado! Depende do ponto de vista, o mais correto a citar é que os benefícios propiciados pela internet, pelos aparelhos celulares cada vez mais modernos, entre outros, facilitam o dia a dia das pessoas antenadas em favor da comunicação veloz.

A integração de diferentes plataformas tem conquistado certo sucesso dentro e fora do Brasil, independente do ramo citado. A Ford, por exemplo, decidiu se render às potencialidades do Facebook para divulgar o New Edge 2011. Não bastasse isso, emplacou um novo aplicativo, o “Entre Amigos”, que tem por foco ilustrar as tecnologias do automóvel de forma interativa.

De acordo com Maurício Greco, gerente de Comunicação da Ford, o programa no Facebook, além de aproximar os aficionados pelo modelo, projeta outras informações como fotos e vídeos.

A Ford mostra, com esta iniciativa, o quão pode ser interessante a internet quando bem utilizada. O consumidor não quer simplesmente conferir carros diretamente na concessionária ou apenas receber informações oriundas dos canais emissores. Os clientes almejam, na verdade, a interação total, uma conversa comum entre interessados sobre um mesmo objeto de desejo.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Ford


Os carros mais caros da Volkswagen não têm muita tradição no Brasil, pois a empresa baseia suas vendas e comerciais no Gol e no Golf. No entanto, a montadora alemã está apostando em um novo mercado com a sexta geração do sedã Jetta, produzido no México.

Porém, o carro tem previsão de chegar ao país somente em março ou abril, mas para quem está curioso, há um link no site oficial da montadora (www.volkswagen.com/br) mostrando o novo automóvel, com esboços e papéis de parede para serem baixados.

O modelo é baseado na plataforma do Golf e tem 9 cm a mais que a presente versão. Ele deve vir com motor de quatro cilindros 2.0 litros flex, com transmissão automática DSG de seis relações. Para os interessados, é só fazer o cadastro no site e receber novas notícias sobre o carro. 

Por Flávia Yoshitani


O segmento de veículos automotores é um dos que mais movimenta cifras pelo país e pelo mundo. O Brasil, atualmente 4º maior mercado em todo o globo, continua a apresentar crescimento em seus números, propiciando para as montadoras nacionais e estrangeiras terreno fértil para a expansão de suas atividades e aumento das vendas.

Dados divulgados pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) apontam que a produção de veículos automotores, no país, chegou a 261,8 mil unidades em janeiro, o maior volume já registrado para o mês, superando o recorde anterior pertencente ao ano de 2008.

Segundo Cledorvino Belini, presidente da Anfavea, embora tenha ocorrido aumento na produção de carros, os níveis de estoques estarão dentro da normalidade dentro de 34 a 36 dias.

Se 2010 foi um período muito bom para o setor, as perspectivas para 2011 não são tão boas assim, embora ainda sejam positivas. Segundo a Anfavea, o crescimento deve chegar no índice de 1,1% no referente à produção de autoveículos, porém pode recuar 3,9% se destacadas máquinas agrícolas.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Estadão


Com design atraente, o Hyundai i30 tem preocupado as montadoras concorrentes devido à sua boa aceitação pelo mercado brasileiro. A fabricante sul-coreana indica que novo o i20 deverá causar ainda mais furor no país, com plataforma baseada num projeto de automóvel de pequeno porte da montadora, denominado HB.

De acordo com a imprensa especializada, o i20 será construído no ano que vem na fábrica localizada em Piracicaba (interior de São Paulo). Esse modelo, por sinal, é semelhante à nova geração do Kia Rio, que será exposto em março no Salão de Genebra.

No Brasil, o exemplar deve chegar ao final deste ano, com motorização 1.0 e 1.6, flex, com possibilidade do consumidor escolher entre câmbio manual e automático. Os interessados poderão comprar o Kia Rio por aproximadamente R$ 30 mil, caso a temática cambial seja favorável para o ingresso mais em conta do importado.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Quatro Rodas


O mercado brasileiro de veículos automotores é um dos melhores em todo o mundo, mais precisamente o quarto, atrás somente da China, dos Estados Unidos e do Japão. As fabricantes asiáticas, singularmente, observaram bem o potencial tupiniquim e estacionaram seus modelos com bom êxito, com destaque para a Chery.

Leia mais: Vendas de carros chineses no Brasil – Crescimento em 2010

Independente dessa constatação, a General Motors quer ampliar suas vendas por aqui. Até o final de 2011, ressalta a GM, quatro exemplares inéditos serão lançados. O Chevrolet Cruze parece ser um desses.

De acordo com notícia divulgada pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave) com base em informações divulgadas pela Folha Online, outro lançamento que deverá ser emplacado é o Spark, podendo substituir o tradicional Celta.

Segundo a Federação, um crossover compacto proveniente do Agile poderá vir a entrar no lugar da picape S10, além de uma minivan, substituindo a Zafira ou a Meriva.

Por Luiz Felipe T. Erdei


Quem pensa em espaço, segurança e agilidade, além de tradição e modernidade, pensa logo numa Blazer 2011. Com motor 2.4 Flexpower, a Blazer 2011 conta com mais potência e economia.

Os itens que acompanham a versão Advantage são: acionamento por rádio frequência dos sistemas de travas elétricas e alarme anti-furto, alarme sonoro de faróis acesos e de esquecimento da chave de ignição, barras de proteção laterais nas portas, coluna de direção absorvedora de impacto, faróis de neblina, luz de neblina traseira, freios ABS nas quatro rodas, sistema de imobilização do motor por chave eletrônica, trava de segurança suplementar nas portas traseiras para crianças e muito mais.

A Blazer ainda conta com o motor 2.4 Flex de quatro cilindros em linha, oito válvulas, injeção eletrônica, potência de 141 cavalos a gasolina e 147 cavalos a álcool, com transmissão manual de cinco marchas e tração 4×2.

Por Gerson de Morais


Com um ano para lá de otimista, o segmento de veículos automotores conseguiu expressivas vendas nos últimos meses, sobretudo em dezembro passado, quando o avanço sobre seu mês imediatamente anterior foi de 16,13% e de 30,20% em relação ao período análogo do ano passado. A Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave) relacionou boas estimativas para 2011, mas há quem conjeture essa prerrogativa de maneira mais amena.

De acordo com Tereza Fernandez, diretora da MB Associados, o setor continuará em desenvolvimento neste ano, porém num ritmo mais brando. Em sua visão, o crescimento deverá ser de 5,20%, bem abaixo do índice constatado no ano passado (11,91%), para 5,5 milhões de automóveis, comerciais leves, motos, ônibus e caminhões.

Em sua opinião, a nova gestão presidencial precisará lidar com questões relacionadas ao câmbio, à inflação e à responsabilidade fiscal para não impactar negativamente a atividade econômica. O segundo ponto, sobretudo, terá de ser tratado com atenção por Dilma Rousseff, na ideia de Tereza, com foco na diminuição de despesas.

Por Luiz Felipe T. Erdei


O concorrido segmento dos sedãs no mercado nacional terá um concorrente a mais a partir do ano que vem. Vai chegar ao mercado brasileiro o Hyundai Elantra. Um carro elegante, de linhas modernas que constituem um desenho ao mesmo tempo atual e clássico com visual requintado e estilo esportivo. E que de acordo com a montadora já chegará ao Brasil com motor flex.

Aliás, o conjunto mecânico também chama a atenção. O propulsor é um 1.8 16V de 150 Cv com transmissão de seis marchas nas duas versões oferecidas, a automática e a manual. Conforme dados divulgados pela montadora este conjunto propulsor leva o modelo de 0 a 100 Km/h em somente 9,0 segundos e terá um consumo médio relativamente baixo.

O preço ainda não está definido, mas como a Hyundai está visando o nicho onde hoje atuam o Corolla e o Civic, a ideia da montadora é chegar a uma quantia competitiva para poder entrar firme na briga por esta fatia de mercado. De acordo com matéria do site Revista Auto Esporte, a versão mais simples do Elantra poderá chegar ao mercado custando R$ 70 mil. A versão top de linha poderá ultrapassar a casa dos R$ 80 mil e deverá possuir itens mais sofisticados como um sistema de ajuda de estacionamento e ar condicionado totalmente digital.

Por Mauro Câmara


Para quem não abre mão de espaço e elegância, mas que também gosta de economia e desempenho, o Chevrolet Classic 2011 é o pedido certo. Com motor VHCE Flexpower 1.0 de quatro cilindros em linha com oito vávulas, que desenvolve uma potência de 77 cavalos a 6.400 rpm a gasolina e 78 cavalos a 6.400 rpm a álcool, o Classic 2011 com certeza é um carro para quem gosta de economia e espaço  com estilo.

O Classic 2011 também conta com barras de proteção laterais, luz auxiliar de freio, trava suplementar nas portas traseiras para crianças e sistema de imobilização do motor por chave eletrônica.

Por Gerson de Morais


A primeira do segmento a funcionar com motor bicombustível, a Blazer tem tradição e segurança. Mais potente e forte, a Blazer 2011 conta com muito conforto e muito espaço interno. A versão 2011 da Blazer é a Advantage de quatro portas com motor flexpower e tração 4×2.

Ela conta com alarme sonoro de faróis acesos e na chave de ignição, barras de proteção lateral nas portas, coluna de direção absorvedora de energia, faróis com refletores de superfície completa, freio ABS nas quatro rodas, sistema de imobilização do motor por chave eletrônica e trava de segurança suplementar nas portas traseiras para crianças.

O motor, que funciona com gasolina ou álcool, é um quatro cilindros em linha de 2.4 litros com oito válvulas, injeção eltrônica e potência de 141 cavalos a gasolina e 147 cavalos a álcool.

Por Gerson de Morais


A tendência no setor de veículos automotores é a de substituição dos antigos motores movidos a etanol ou gasolina pelos modelos elétricos e em muitos casos, confecção de carros híbridos. Em janeiro, o Sonata, da Hyundai, será lançado no mercado estadunidense na versão híbrida.

De acordo com o Car Magazine, um exemplar equipado com motor elétrico e outro de combustão chegará ao público por R$ 45 mil (US$ 26.545). Um modelo mais completo será comercializado por R$ 53.590,00 (US$ 31.545).

A Hyundai assinala que o sedã virá aparelhado com motor 2.4 litros (a combustão) de 171 cavalos, associado, pois, a uma transmissão automática de seis velocidades e propulsor elétrico nutrido com bateria de íon-lítio de 30 kW. A fabricante indica que se unindo ambas as potências é possível atingir 209 cavalos.

Por Luiz Felipe T. Erdei


O poluído meio-ambiente tem incitado empresas de todo o mundo a adotar uma série de medidas para diminuir a emissão de gases nocivos à atmosfera. O setor de veículos automotores, um dos atentos a esse fato, procura se valer da conscientização mais ampla da população e anunciam, quase diariamente, novidades.

A unidade de Michigan da Ford, situada no norte dos Estados Unidos, foi reaberta recentemente e aposta justamente nessa disposição. Com investimentos de US$ 550 milhões, a fábrica será responsável por produzir exclusivamente um único exemplar, o Focus.

Possivelmente, de acordo com o Car Sale UOL, os primeiros modelos serão dispostos nas concessionárias em meados do primeiro trimestre de 2011, por meio da versão elétrica, e a partir de 2012 com a híbrida e a híbrida plug-in (que permite ao condutor recarregar a energia do carro por meio de uma tomada comum).

A Ford aproveitou para anunciar estabelecimento de convênio com as companhias Xtreme Power e Edison no intuito de implementar um sistema de proveito da energia solar, com capacidade para motivar 500 kW de eletricidade.

Por Luiz Felipe T. Erdei


Uma novidade promovida pela General Motors do Brasil deverá agradar muitas pessoas. No início da semana (13 de dezembro) a montadora assinalou a volta do Omega, da classe sedã grande, no país. Batizado de Omega Fittipaldi em homenagem a um dos maiores pilotos de Fórmula 1 da história, o veículo chegará com poucas mudanças em seu visual, porém com inovações em seu interior e na mecânica.

Com valor de comércio estimado em R$ 128,6 mil, o carro contará com motor 3.6 litros V6, a gasolina. O sistema de injeção direta de combustível dá bons 292 cavalos de potência ao Omega. De acordo com a GM, a velocidade máxima do sedã está estabelecida em 235 quilômetros horários, porém sua aceleração de zero a 100 é realizada em 6,8 segundos.

Na parte interior do automóvel, uma das principais mudanças pode ser sentida – e observada – no console, pois a GM apostou num sistema multimídia diferenciado, com tela de LCD sensível ao toque dos dedos, entradas USB e sistema de conectividade Bluetooth.

A General Motos prevê comercializar 50 unidades do Omega Fittipaldi por mês (a partir do final de 2010), estabelecendo, pois, concorrência direta com o Toyota Camry e com o Honda Accord.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Car Sale UOL


Aguardado com alguma expectativa pela mídia especializada, que desde novembro de 2010 vem dando notícias sobre este novo lançamento da Hyundai, o sedã Azera teve mais algumas informações técnicas divulgadas pela montadora recentemente.

Com previsão de lançamento para o fim do ano que vem na Europa, e sem definição de quando e qual dos dois modelos deverá chegar aos mercados da América Latina e do Norte, o Azera será um sedã médio de porte robusto, linhas modernas e aparência extremamente elegante, unindo classe e estilo a um desenho atual.

De acordo com matéria do site Carro Online, o novo Hyundai será fabricado em duas versões. A versão mais potente contará com motor 3.0 GDi V6 que produzirá 270 CV de potência e consumo médio na casa dos 11,6 Km/l. A segunda versão virá equipada com motor 2.4 GDi de quatro cilindros tendo como referência o mesmo motor que equipa o também luxuoso sedã Sonata. Com o motor de quatro cilindros o consumo médio de combustível fica em 12,8 Km/l.

Aguarda-se a divulgação de mais detalhes deste novo modelo que com certeza deverá fazer sucesso em vários mercados do mundo.

Por Mauro Câmara


O Peugeot 207 Passion chegou agora em dezembro com a novidade de câmbio sem embreagem. Com motor de de 1.6 litros 16 válvulas Flex, na sua versão XS, tem sensor de chuva, ar condicionado, vidros e travas elétricos, computador de bordo, direção hidráulica, rodas de liga leve de 15 polegadas e espelhos elétricos.

Para melhorar a segurança, vem equipado com farol de neblina e freios ABS. Para quem quer agilidade e melhor performance, a ausência da embreagem faz do Peugeot 207 Passion XS 2011 um carro ágil e forte, com trocas de marchas mais suaves e sem solavancos.

Ele é encontrado nas concessionárias por R$ 43.490,00. No transito anda e para das grandes cidades, a comodidade oferecida pela dispensação da embreagem realmente facilita a vida do motorista.    

Por Gerson de Morais


Marca de veículos mundialmente conhecida, a Land Rover anunciou recentemente a comercialização de três centenas de unidades Freelander 2 Sport Limited Edition no Brasil e no mundo, com possibilidade de ser vendida por aqui a partir de março de 2011. A edição especial mensurada pela montadora agregará algumas particularidades, tais como acabamentos internos e externos diferenciados.

Informações divulgadas pelo Car Sale UOL relacionam que a carroceria poderá contar com as cores vermelho Firenze, preto ou branco. Alguns dos acessórios são rodas de liga leve de 19 polegadas, carcaça dos espelhos retrovisores e maçanetas nos mesmos tons do carro.

A mecânica é igual à vista na versão HSE do Freelander. O motor abarca moderno bloco 3.2 litros a gasolina aspirado, com seis cilindros em linha e variador de fase das válvulas, capazes, pois, de produzir 233 cavalos de potência. O câmbio automático ilustra seis marchas, com possibilidade de trocas manuais.

Por Luiz Felipe T. Erdei


O Salão de Genebra, já com data marcada para acontecer (3 a 13 de março do ano que vem), deverá trazer muitas surpresas aos fanáticos por veículos automotores, assim como sempre ocorre em todo e qualquer evento dessa amplitude. A Rainspeed, montadora suíça, já deu indícios do que o público poderá conferir.

Trata-se do BamBoo, veículo conceitual com capacidade para comportar até quatro passageiros. A montadora assinala que a aparência do carro possui similaridade com os veículos utilizados em campos de golfe e embora alguns componentes remetam à década de 1970, o automóvel possui características contemporâneas.

Antes de o leitor questionar sobre o motor, de antemão a Rainspeed assegura, mesmo sem maiores detalhes, que virá equipado com sistema de propulsão elétrica. O curioso nome, que lembra bambu, será emplacado no interior do veículo por meio de fibras da madeira.

Outro elemento poderá agradar – e muito! – os consumidores: teto removível. Porém, até o momento a Rainspeed não informou o preço estimado.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Car Sale


O desenvolvimento sustentável do planeta foi um tema debatido com intensidade por Marina Silva, candidata do Partido Verde (PV) derrotada no 1º turno das eleições deste ano. A sociedade se interessou pelas palavras proferidas pela senadora, tanto que seus votos acumulados ao final do pleito surpreenderam não apenas a própria sociedade, mas também especialistas políticos.

Ao ampliar o horizonte sustentabilidade tem-se boa gama de temas, um deles veículos automotores e as novidades para evitar prejuízos à natureza. Dan Akerson, CEO da General Motors, assegurou recentemente que a montadora pensa em algumas maneiras de duplicar e até triplicar o volume de fabricação do Chevrolet Volt.

Matéria veiculada pelo Quatro Rodas assinala que até o momento 240 mil consumidores potenciais já demonstraram interesse em adquirir o carro. Contudo, a produção delineada para 2011 é de 10 mil unidades, volume que pode chegar a 45 mil num prazo de dois anos.

Para Mark Reuss, presidente da General Motors da América Norte, a fabricação do Volt pode ser ampliada por meio de um aumento na produção de células imprescindíveis para a montagem das baterias. É possível existir versão flex do automóvel abastecida com E85 (85% de etanol e 15% de gasolina).

De qualquer maneira, o foco ao Volt é a movimentação por meio de motores elétricos. Devido a esse fator a GM deve contratar cerca de mil funcionários somente para setores de tecnologia. Em trajetos urbanos, o carro é impulsionado somente com eletricidade.

Por Luiz Felipe T. Erdei


Conforme anunciado pelo Grupo Renault, o Renault Duster 2011, que foi apresentado no Salão do Automóvel em outubro deste ano, será produzido no Brasil na fábrica da Renault em São José dos Pinhais (PR) a partir de 2011 e chegará nas concessionárias no mesmo ano.

As duas versões do modelo 2011 do Renault Duster virão com motor 2.0 de 16 válvulas.

A versão Authentique, equipada com direção hidráulica, ar-condicionado, vidros e travas elétricos e rodas de liga leve deverá custar cerca de 50.000 reais.

A versão Expression, custará cerca de  57.000 reais, e terá alguns equipamentos a mais que a versão Authentique, como airbags. A versão mais cara do Duster 2011, a Privilege, será vendida a 66.000 reais, e terá como adicionais bancos revestidos em couro e câmbio automático.

Por Gerson de Morais


A picape Plutus, feita numa parceria entre a Effa e a Suzuki, já estará disponível no início de 2011 no Brasil. Com motor 3.2 a diesel com quatro cilindros em linha de 103 CV de potência, o torque máximo chega a 25 mkgf a 3.200 rpm, equipado com câmbio manual de cinco marchas, a Plutus pesa 2.495 kg.

O modelo vem com uma lista de equipamentos de série, como direção hidráulica, ar condicionado digital, freios ABS, bancos em couro, vidros e travas elétricas, CD player, rodas de liga leve de 17 polegadas e retrovisores elétricos. Com um comprimento de 5,35 metros e largura de 1,72 metros, a Plutus tem uma capacidade de carga de 715 kg.

Por Gerson de Morais


O Chevrolet Cruze 2011 estará disponível em quatro versões, a Cruze LS, A Cruze LT, a Cruze Eco e a Cruze LTZ. A Cruze LS tem motor 1.8 turbo de 136 cavalos de potência  e transmissão de seis velocidades manual, e vem equipada com airbags, StabiliTrak ESC e freios ABS.

A Cruze LT tem motor 1.4 turbo com câmbio de seis marchas automático e rodas de 16 polegadas. A Cruze Eco tem motor 1.4 turbo com câmbio manual de seis marchas e pretende ser a líder em economia de combustível do modelo, e será equipada com rodas de liga leve de 17 polegadas com pneus de baixa resistência ao rolamento.

A topo de linha, a Cruze LTZ tem motor 1.4 turbo com transmissão automática de seis velocidades e aros de 18 polegadas. Os modelos terão assentos de couro, acabamento Cruise control, Bluetooth, USB, controle automático de clima, volante com controles de som, e sensor de estacionamento traseiro.

Por Gerson de Morais


Com desenho clássico e elegante e o DNA da marca Audi, o que lhe confere classe e estilo do Audi A1, o Hatch Premium da marca alemã já teve sua pré-venda iniciada no Brasil esta semana, com a previsão de entrega dos primeiros veículos a partir de março de 2011 conforme matéria do site Carro Online.

Além da estética apurada este compacto da Audi virá equipado com propulsor 1.4 TSFI que gera 122CV de potência e terá câmbio S-tronic de sete marchas, além de uma boa quantidade de itens de série que lhe garantem conforto, segurança e desempenho. Entre eles, conforme informações do fabricante estão: computador de bordo, direção hidráulica, freios ABS (anti-travamento das rodas), quatro airbags, controle de estabilidade e sistema de som.

A lista de opcionais enumeradas pela fabricante também é bastante interessante: sistema Keyless, teto solar panorâmico Open Sky, sistema star&stop, sensor de estacionamento, controle de velocidade de cruzeiro (piloto automático), além de opções de acabamento e pintura.

Quanto a sua aceleração os dados da Audi indicam que o A1 atinge os 100 Km/h em interessantes 8,6 segundos, com sua velocidade máxima chegando a 203 Km/h. E seu consumo também é bastante interessante: na cidade faz em média 15,4 Km/l e na estrada 21,7 Km/l. E apesar de compacto a otimização de espaço é bastante razoável. Seu porta-malas comporta 220 Litros, mas com os bancos traseiros rebatidos essa capacidade pode ir a 920 Litros. O preço deste lançamento parte de R$ 89.900.

Por Mauro Câmara


Com motor 2.0 e 16 válvulas Flex, o desempenho desse grande carro chega à uma potência de 143 CV com gasolina e 151 CV com álcool, a 6000 rpm. Tem câmbio mecânico de 5 marchas, direção eletro-hidráulica progressiva – muito mais conforto e prazer ao dirigir.

No parâmetro segurança, o C4 conta com dois air bags frontais, freios ABS com repartidor eletrônico de frenagem (REF) mais auxílio a frenagem de urgência (AFU), além de  faróis de neblina dianteiros opcionais e limitador/regulador de velocidade, entre outros.

No parâmetro conforto, o novo C4 vem com apoio de braço central dianteiro e traseiro, ar condicionado, chave com comando de abertura das portas e comando a distância, rádio com CD player MP3 com comando no volante, sistema de som com seis alto-falantes e volante com comandos centrais fixos com regulagem de altura e profundidade.

Na aparência, o novo C4 conta com para-choques e retrovisores na cor do veículo, rodas de liga leve aro 16’’, além do design avançado e moderno. A tecnologia embarcada conta com computador de bordo, que auxilia no controle e amplia ao máximo o prazer e a segurança em dirigir.

Todas as informações e fotos você vê aqui. Experimente este grande carro.

Por Gerson de Morais


Assim como o modelo não teve grandes mudanças de motorização e internamente, apenas discretas modificações externas, a montadora sul-coreana Kia discretamente já colocou a venda a linha 2011 do seu modelo Kia Picanto.

Na parte mecânica nada mudou. O motor a gasolina de 1.0 Litros 12V é o mesmo com potência de 64CV, bastante razoável para um modelo basicamente urbano. As pequenas modificações ocorreram na parte externa em seu visual. Uma nova grade na parte frontal dentro do padrão da marca. Os faróis de neblina ficaram maiores da mesma forma a entrada de ar. Na parte de trás mudanças só com a falsa entrada de ar, mantendo o conjunto harmônico e agradável.

O modelo 2011 do Kia Picanto continuará sendo vendido com direção hidráulica, airbag duplo, trio elétrico e ar condicionado. E seus preços partem de R$ 34.900 para o modelo com opção de câmbio manual e R$ 39.900 para o modelo com opção de câmbio automático. Agora é só ir a uma concessionária e dar uma conferida na linha 2011 do Kia Picanto.

Por Mauro Câmara

Fonte: Uol


Para os apaixonados pelos Jeeps a Chrysler preparou uma surpresa que será lançada no Salão do automóvel de São Paulo, que promete reacender uma paixão adormecida em um passado recente, quando ele foi o veículo preferido de celebridades como jogadores de futebol e artistas, não só pela esportividade e elegância, mas principalmente pelo status que ele conferia ao seu proprietário.

Em Outubro a montadora lançará no Brasil o novo e remodelado Jeep Grand Cherokee que mudou em todos os aspectos para melhor para voltar aos seus dias de glamour e sedução. Com mudanças em sua estética que lhe conferem ainda mais sobriedade, em sua aerodinâmica redesenhada que hoje proporciona mais economia e em seu acabamento interno agora mais requintado. Apenas o que não mudou foi o estilho luxuoso de um veículo emblemático que agora estará ainda mais sofisticado.

Mecanicamente o novo Cherokee também impressiona por seu motor 3.6 V6 pentastar com bloco de alumínio e com comando de válvulas variável capaz de render 280CV de potência. Terá câmbio automático de cinco velocidades, contando ainda com a opção de trocas manuais através de alavanca.

Suas opções em termos de mecânica renovada não param por aí, conforme matéria do site carroonline.terra.com, e com certeza o transformarão em uma opção de luxo e status novamente para aqueles que buscam conforto, elegância e desempenho e tudo isto estará à disposição do mercado nacional a partir de Outubro.

Por Mauro Câmara


Depois de divulgar o novo Jetta para 2011 na Europa e EUA, a Volkswagem mostrou a configuração dos motores para o veículo. Serão quatro os motores nos EUA, todos a gasolina.

O Modelo  2.0 de 115cv, pode alcançar uma velocidade de 193 km/h. O mais potente é o 2.0 TSI de 200cv, chega aos 209km/h, e seu consumo médio é de 14,4km/l. Há esperança que podemos ter algo similiar aqui no Brasil, já que o Jetta americano é produzido no México.

O salão de São Paulo irá mostrar o sedã que é fabricado em terras mexicanas e terá quatro motores, a gasolina, que chegarão a Europa.

O grande destaque é o 1.2TSI que alia economia e rendimento. Segundo a montadora, o bloco faz 18,8km/l, e chega aos 100km/h em apenas 10,9 segundos. Ainda se encontra os modelos 1.4 TSI e a diesel com os blocos 1.6 e 2.0 TDI.

Oscar Ariel


Os modelos da linha Vectra 2011 passam a sair com algumas novidades em equipamentos. As versões Expression, Elegance e Elite agora saem de fábrica com ar-condicionado digital e duplo air bag.

Outras configurações que compõem a linha de modelos Vectra são: Sensor de chuva, freios ABS, computador de bordo e sistema de distribuição eletrônica de frenagem(EBD).

Quem também apresenta novidades é o modelo Hatch GT, que agora conta com controle de áudio no volante, rodas de 17 polegadas liga leve e alguns outros apetrechos que foram adicionados no Sedã. Vale lembrar que o Vectra e Vectra GT contem o bloco de 2.0 litros Flexpower, que chega a desenvolver até 140cv se abastecido com gasolina e etanol.

Além dessas novidades de equipamentos, os preços sugeridos para venda foram diminuídos com o intuito de alavancar a saída dos carros das concessionárias. O Sedã Expression de R$58.167 foi para R$56.967

Por Oscar Ariel


O Chevrolet Spark, novo compacto produzido pela GM, já conta com comercial de TV elaborado para seu lançamento. O Automóvel que tem sua chegada agendada para o Brasil a partir de 2012, pode ser visto no Porto de Buceo, em Montevideo no Uruguai, navegando pelas águas do rio La Plata.

O local foi escolhido para dar origem ao filme publicitário do novo modelo. Uma plataforma flutuante foi montada para que pudessem ser feitas as gravações, as quais chamaram muita atenção das pessoas que circulavam pelos arredores.

A produção do novo Spark terá seu inicio dado na  planta de Gravataí, no Rio Grande do Sul.  Em 2009 a Chevrolet noticiou um investimento de mais de R$1 bilhão nas instalações gaúchas para a produção de dois novos compactos, um Hatch e um Sedã. O Hatch deverá ser o novo Spark, que ficaria no lugar que o Corsa ocupa até o presente momento.

Confira abaixo dois vídeos de Comercial do Chevrolet Spark na Europa:

Por Oscar Ariel





CONTINUE NAVEGANDO: