Renault Logan e Sandero 2020 – Novidades, Características





Novos modelos serão lançados com novidades e têm previsão de chegar às lojas por aqui a partir do mês de julho deste ano.

Se você pensa em adquirir um novo carro e quer fazer um bom negócio, a dica é que você fique preparado e espere pelas novidades que a montadora Renault está trazendo para o mercado brasileiro. Trata-se do novo Logan e Sandero, que têm previsão de chegar às lojas por aqui a partir do mês de julho.

Apesar da reestilização ser muito aguardada, os compactos já trouxeram a sua linha 2020 para as concessionárias, com central multimídia que apresenta novas funções e uma variedade menor de versões do que aquelas já conhecidas. A produção desses novos modelos já inicia em junho, na fábrica em São José dos Pinhais, no Estado do Paraná.




Linha “2020.2”

Conhecida por alguns como linha 2020.2, as mudanças apresentadas pela montadora para os veículos que serão apresentados não são nada radicais. Nos faróis os elementos internos são diferenciados, com grandes em filetes cromados e, ainda, para-choques novos que chamam a atenção.

Na traseira do modelo Logan, é perceptível que as lanternas receberam elementos internos. Já o Sandero ganhou uma nova personalidade, muito similar à encontrada no Fiat Argo, com lanternas bipartidas que acabam avançando pela tampa do porta-malas. Por isso, a tampa na traseira é diferenciada daquela já vista no carro.


Na versão do Sandero Stepway, segue a linha com a suspensão elevada, rack no teto e molduras presentes nas caixas de roda. A grande novidade da linha é que, além do Sandero, o sedan Logan também trará uma nova receita, apresentando a versão Logan Stepway. Essa traz ingredientes similares ao modelo comercializado na Rússia, chegando ao Brasil para conquistar cada vez mais o público.

Com toda a reestilização proposta, as versões do Sandero e Logan darão seguimento à nomenclatura do Captur e do Kwid. Como versão de entrada, teremos a Life, que entra no lugar da Authentique. Já a Zen irá substituir a Expression e, no topo da linha, a vez será da Intense, que entra no lugar da Dynamique.

Em relação aos equipamentos, vale lembrar que também serão adotadas algumas novidades. É o caso, por exemplo, dos airbags laterais e o controle de estabilidade, limitado até hoje à versão mais esportiva, a R.S. e aquelas que adotaram o câmbio automático Easy R, já não mais produzido.

Motores do Logan e Sandero

Em relação à motorização, as novidades não são muitas, já que nada mudou nesse sentido. Sendo assim, serão mantidos os motores 1.6 de 16V e potência de 118 cavalos. Além dessa, ainda é ofertado o motor 1.0 de três cilindros e 82 cv de potência.

A grande mudança é o câmbio automático CVT, originado da montadora Nissan e apresentado oficialmente como um opcional para o motor maior e mais potente.

Renault: voando alto

Ao que tudo indica e de acordo com fontes ligadas à marca francesa, as concessionárias somente teriam poucas unidades do Sandero e Logan em estoque. Porém, a própria Renault negou tal informação, dizendo ainda que os dois modelos seguirão sendo produzidos normalmente na fábrica paranaense. Por isso, a poucos meses da estreia no Brasil, resta ficar ligado para não perder nenhum lance no que diz respeito a essa aguardada novidade por aqui. Verdade seja dita, a marca tem trazido ao país diversas novidades que têm encantado os clientes mais exigentes. Prova disso é o sucesso das vendas do SUV Captur e do compacto Kwid, considerado nacionalmente como um dos melhores automóveis no que diz respeito ao seu custo-benefício. Colhendo os frutos de sua boa aceitação, ambos os modelos chegaram a posições vantajosas no mercado de automóveis em 2018, número esse que tende a crescer e já tem sido projeto para voos ainda maiores durante 2019.

Por Kellen Kunz

Renault Logan 2020

Compartilhar:


Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *