Volkswagen T-Cross 2019 – Especificações, Características





O T-Cross, um SUV inédito da fabricante Volkswagen, deverá ser lançado em breve no mercado brasileiro.

A montadora alemã Volkswagen já está colhendo os frutos no Brasil por meio de um processo de reestruturação, o qual a empresa iniciou ainda no ano de 2017 ao realizar um investimento na ordem de R$ 7 bilhões até o ano de 2020. Modelos como Virtus, Polo, Jetta e Tiguan recebem a companhia, em breve, do T-Cross, um SUV inédito da fabricante.

Em uma conversa com o CEO e presidente da marca germânica, Pablo Di Si informou que o modelo T-Cross é um veículo pensado totalmente para que atenda a vontade do consumidor no mercado brasileiro. Ainda comentou que este segmento de SUV, onde a VW está entrando cria-se muitas expectativas, o qual irá ser um divisor de águas no conceito da fabricante.




Ainda é válido lembrar que o modelo VW T-Cross com fabricação nacional possui modificações importantes com relação ao modelo que é comercializado no mercado europeu, incluindo desde o design que é robusto até a distância de seu entre-eixos que possui 2,65 metros, já no modelo da Europa o mesmo possui 2,56 metros.

Di Si ainda destacou que a marca aprendeu bastante com a fabricação do novo modelo VW Polo e que muito mais aprendizado foi adquirido no desenvolvimento do VW Virtus. Desta forma, a montadora somou todo esse conhecimento, aprimorando o processo na produção do VW T-Cross.


O novo VW T-Cross, que possui seu lançamento esperado para o mês de abril, contará com propulsores TSI de 1.0 litros com capacidade de gerar uma potência de 128 cavalos e um outros TSI de 1.4 litros com potência de 150 cavalos, ambos com tração no eixo dianteiro. A transmissão será manual com 6 velocidades na versão de entrada, já nas demais variantes será um automático com 6 relações. Ainda é provável que uma versão seja lançada com um propulsor MSI de 1.6 litros, porém apenas irá atender outros mercados da América Latina.

Com um visual arrojado e imponente, o carro atende bem as exigências dos consumidores do Brasil. Seus faróis e lanternas traseiras são de full LED, possui uma exclusiva paleta de cores com oito opções de pintura. O modelo ainda conta com teto solar, retrovisor rebatível eletronicamente, central multimídia arrojada e diversos itens altamente tecnológicos.

Di Si ainda afirmou, após ser questionado com relação à liderança do mercado, que o objetivo da montadora é exatamente este após o ciclo atual de investimentos, porém a marca só irá atingir esta colocação caso seja uma liderança de forma saudável não forçando assim o aumento do volume de vendas diretas.

A Volkswagen, agora um pouco mais dinâmica, já vem surpreendendo por sua sequência de produtos lançados no mercado e pela autonomia conquistada pela filial do mercado brasileiro.

A concessionária digital teve seu nascimento aqui no Brasil e irá ser implantada nas demais lojas da montadora pela América Latina no primeiro trimestre deste ano. Uma caminhonete do tamanho da Toro é o conceito Tarok que é um projeto totalmente nacional que irá ganhar uma vida logo, possuindo um grande potencial, devendo até desembarcar em outros mercados, principalmente no europeu. Um SUV novo e maior que o VW T-Cross, porém menor que o VW Tiguan, o Tarek, a ser fabricado na Argentina desembarcará no ano de 2020, buscando reforçar ainda mais o portfólio da montadora.

Tendo o cenário econômico e político menos traumático, se comparado com o ano passado, os clientes passaram a ficar mais confiantes neste mercado, de acordo com Di Si. O mesmo ainda disse que a montadora irá sentar novamente para conversar sobre os investimentos a partir do ano de 2020, sendo que nesse ciclo, a marca deverá contemplar modelos famosos da montadora como Voyage, Saveiro e Gol, que deverão ser renovados.

Por Filipe Silva

Volkswagen T-Cross 2019

Volkswagen T-Cross 2019

Compartilhar:


Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *