Porsche Cayenne 2019 – Nova Geração




3ª Geração do Modelo chega às concessionárias mais leve e moderno.

A dieta atingiu a mecânica. A companhia automotiva Porsche fez estrear há quase dois anos a sua 3ª geração de SUV, modelo Cayenne. O veículo foi exibido ao público em pré-estreia no famoso Salão de Frankfurt, durante a segunda quinzena de setembro de 2017. Entre as características mais destacáveis deste automóvel, está a sua carroceria inteiramente produzida em alumínio e, pasmem, as suas rodas traseiras se locomovem como as dianteiras.

O modelo Cayenne está equipado com um motor de seis cilindros e um novo câmbio automático em oito marchas. A sua versão de menor potência consiste em um motor 3.0 turbo, com desempenho de 345 cavalos. Esta força move o veículo de 0 a 100 km/h em um tempo recorde de 6,2 segundos, atingindo o máximo de 245 km/h.


A versão Cayenne S está munida de V6 com 2.9 litros Biturbo, apresentando desempenho de 446 CV, que superam a marca registrada pelo modelo que deixará de ser comercializado. Aparelhado desta maneira, este ainda atual utilitário pode acelerar de 0 a 100 km/h na escala de tempo de 5,2 segundos, atingindo a marca de 265 km/h.

Outros atributos são:

Em seu interior, o modelo Cayenne está com um design mais moderno. A partir desta linha, todo o quadro de instrumentos está formado por um típico mostrador central analógico. Ao redor, estão instaladas duas telas de sete polegadas, sendo que a sua central multimídia mede 12,3 polegadas.

Outros atributos acessórios, porém, de grande utilidade são:

O auxílio à condução por meio da câmera para visão noturna; a função de aviso para mudança de faixa; o assistente de manutenção para faixa; a função de reconhecimento para os sinais de trânsito; a assistência que auxilia em engarrafamentos e o controle em cruzeiro adaptativo.


Este mesmo modelo Cayenne foi zavado, também, em um design puxado para o esportivo, como todo modelo produzido pela Porsche. Possui um chassi inteiramente novo. Este automóvel é extremamente consistente, dado que a companhia produz carro para o terreno bruto.

Entre outras especificações novas, que preenchem o Cayenne, está o seu eixo traseiro dinâmico, já citado. Trata-se de uma tecnologia quase de vanguarda, atualmente presente na linha Panamera.

Munido desta equipagem, as rodas traseiras são capazes de virar, em conjunto com as rodas dianteiras, porém, não na mesma direção delas, quando o veículo está em baixa velocidade. Este recurso consiste em facilitar as manobras. As rodas traseiras também acompanham as dianteiras quando em altas velocidades, no sentido de que o veículo efetue curvas em maior precisão, estabilidade e, por conseguinte, segurança.

Com relação à “dieta”, o modelo Cayenne foi vazado nos mesmos moldes do 911 e do Panamera, cuja parte exterior é toda produzida em alumínio, o que tornou este SUV uma veículo mais veloz e eficiente, estando abaixo das 2 toneladas. Oficialmente ele possui 1.985 kg, ou seja, são 55 kg a menos em relação à sua anterior geração, e isso levando em conta o que lhe foi acrescentado em termos de tecnologia.

Em 2017, ano em que estreou, este modelo Cayenne foi comercializado por meio de encomendas, que passaram a ser abertas na Alemanha. Os valores para o mercado internacional iniciaram em 74.828 euros, que equivalem a 283,6 mil reais, no Brasil. A sua versão S iniciou a comercialização a partir de 91.964 euros, ou 348,5 mil reais no Brasil.

O preço é salgado, porém, a companhia está entre as de maior categoria internacional. Vale a pena conferir, caso o leitor seja um especialista ou de grande poder aquisitivo.

Paulo Henrique dos Santos

Compartilhar:


Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *