Carro a Gás – Vantagens e Desvantagens

Saiba aqui as principais vantagens e desvantagens dos Carros a Gás.

Atualmente o país vem enfrentando algumas dificuldades em relação aos meios de combustíveis que se colocam no veículo, não pelo seu desempenho, mas sim pelo preço que está sendo absurdamente alto, então o que resta é procurar maeiras diferenciadas de se conseguir economizar nesse sentido, temos então a opção mais ao alcance do brasileiro atualmente, que é a combustão à gás, já que como o Brasil vem sofrendo por uma crise, a esperança de carros movidos a energia solar ou elétrica acaba ficando um pouco longe da imaginação. Mas o combustível gás tem seus prós e contras, pois sua instalação fica com um preço relativamente alto, mas futuramente se vê a diferença, todas essas coisas serão explicadas com mais clareza nesta matéria.

No Brasil, quando um veículo aceita mais de um combustível mas não passa de dois tipos, é chamado de carro ou moto bicombustível, já quando o gás é inserido, podemos aderir o nome tricombustível, que seria o resultado de aceitação do veículo à gasolina, álcool e gás. Mas como já citado, o mercado nacional ainda não alcança alguns modelos com aceitação de mais combustíveis ainda, então pode-se encontrar em algumas outras partes do mundo carros que utilizem de quatro a cinco tipos de meios para a locomoção, isso é um grande avanço, pois além do dono poder optar por diferentes tipos de preços à colocar, mostra que os veículos atuais vêm sendo cada vez mais evoluídos tecnológicamente.

Decorrendo agora sobre o GNV, ou mais conhecido como o gás natural veicular, combustível que inicia sua produção e começa ser presente no país por volta do ano 2000, e atualmente parece ser deixado lado no mercado pelas pessoas pensarem basicamente apenas na opção do álcool e da gasolina. Muitas brasileiros e até pessoas de outra parte do mundo adaptaram o modelo que recebe gás como combustível e acabam sendo até divulgadoras da conversão de carros para assim fazer a utilização de gás natural veicular. Como já dito, tudo tem seus prós e contras, cada pessoa tendo um ponto de vista diferente sobre este combustível. Prosseguindo, observe algumas desvantagens de estar fazendo a utilização desta tecnologia.

Desvantagens de possuir o carro com GNV



Quando um modelo faz essa utilização, o motor do carro acaba trabalhando com mais pressão interna na peça chamada cabeçote, consequentemente a vida útil desta peça diminui, então isso afeta de maneira que ao quebrar o prejuízo acaba sendo muito grande, pois ela compõe basicamente metade do seu motor. O problema dela quebrar são as chamadas "trincas de cabeçote", causada simplesmente para o aumento de pressão nesta região. Além do problema no cabeçote, como a exigência ao motor maior, a parte elétrica também é um pouco mais cobrada, assim como os cabos de vela e as velas que duram bem menos em relação à um motor composto por gasolina ou álcool, em alguns caso pode-se observar que a durabilidade acaba caindo pela metade, isso em relação à qualquer peça, então esteja atento ao comprar esse tipo de "economia". Mais um detalhe importante é o espaço de uso, como ele é instalado no porta-malas, para carros de família, por exemplo, acaba não sendo tão bem-vindo por uma grande parte ser perdida.

Vantagens de utilização do GNV

Como já dito, por ser algo que tem vantagem econômica sobre os outros meios de combustão presentes no Brasil, seu consumo monetário e de desempenho pode reduzir cerca de 60% segundo testes realizados, mas como já dito, essa diminuição será percebida apenas depois de já ter instalado, pois o valor da instalação não é tão agradável. Como não há outras substâncias de combustível que possa contaminar o óleo do motor, ele consequentemente suja bem menos.

Gustavo Martins





Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *