Curso e Prova para Renovação da CNH

  

  

Nova Resolução do Contran obriga realização de Curso e Prova para Renovação da CNH.

Se você já um motorista habilitado e neste ano de 2018 irá precisar renovar a sua carteira de habilitação, saiba que uma resolução recém-publicada prevê mudanças a partir do mês de junho deste ano. Continue lendo este artigo e saiba tudo sobre o assunto.

É isso mesmo, as regras para renovação e carteira de motorista, independente da categoria vão mudar.


As pessoas quando conseguem a sua habilitação como motorista já sabem que depois de um período terão que renovar o documento. Como é de praxe, os motoristas devem passar por uma taxa de renovação, além de realizarem novos exames capacitativos, físicos e psicológicos.

Agora, com a nova resolução será obrigatória a realização um curso e uma prova, assim como realização de exames.

Desse modo, o curso possui duração de um total de 10 horas, sendo que o motorista poderá optar por realizá-lo na modalidade presencial em autoescolas credenciadas pelo órgão de trânsito estadual e também poderá realizá-lo a distância, já que hoje em dia a maioria das pessoas não possui disponibilidade de tempo para frequentar um curso presencial.

  

O curso é curto, com duração de 10 horas/aula, sendo aulas de 50 minutos. O motorista pode optar por fazer mais duas aulas por dia, assim em cinco dias terá concluído o curso.

Após a sua realização ele fará uma prova composta por 30 questões de múltipla escolha em que é necessária a obtenção e no mínimo 21 pontos para a aprovação.

Assim, aprovado o motorista terá que realizar exames de aptidão física e psicológica, se for condutor de ciclomotor ou de habilitação de categorias “A” e “B”. Caso seja habilitado nas categorias “C”, “D” ou “E”, o motorista além de fazer exames de aptidão física e mental terá que realizar exame de toxicologia.

Bem, a nova forma de renovação da carteira de habilitação entra em vigor a partir do mês de junho deste ano. A resolução foi publicada pelo Departamento Nacional de Trânsito, o Denatran, no último doa 08 do mês de março e atualiza uma resolução criada no ano de 2014.

Segundo o órgão, essa atualização de deve ao fato de que a grande parte dos motoristas, principalmente aqueles que são habilitados há muitos anos, renovam suas carteiras de modo automático, passando somente pela realização dos exames, mas não têm a oportunidade de se atualizarem em relação às questões de trânsito, que estão sempre se atualizando. Por isso, essa nova resolução foi criada, para que de tempo em tempos o motorista se atualize em relação à legislação de trânsito vigente no país. E também por isso, ela será obrigatória para todos que precisarem renovar suas carteiras.

Já é sabido que muitos motoristas não irão gostar dessa nova determinação, afinal, ela demandará mais tempo e dinheiro, já que eles terão que pagar pelo curso e pela prova. Sendo que ainda não foram revelados valores, principalmente pelo fato deles poderem variar de acordo com o órgão estadual.

As autoescolas, assim como os órgãos estaduais de trânsito, terão até o mês de junho para se adaptarem à nova resolução. Até lá, quem precisar renovar a carteira ainda irá fazer de acordo com a legislação vigente, ou seja, sem curso e sem prova. Mas quem a partir do mês de junho deste ano precisar renovar a sua habilitação terá que fazer o curso, a prova e os exames. Isso será obrigatório para o documento de habilitação ser válido em território nacional.

A notícia ainda é recente, porém, com certeza vai gerar polêmica, afinal, muitos motoristas por diversas razões não vão gostar desta nova resolução, principalmente aqueles mais experientes, que possuem mais dificuldades para estudar e realizar provas. Por este lado, muitos condutores se sentirão prejudicados, mas resta aguardar até que ela entre em vigência e os órgãos responsáveis possam avaliar melhor a situação.

Sirlene Montes

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *