Yamaha Motiv.e – Novo Carro Elétrico é Apresentado no Salão de Tóquio 2013



A japonesa Yamaha decidiu inovar criando um automóvel. Isso mesmo, a empresa que é famosa pelas motos apresentou no Salão de Tóquio o conceito Motiv.e. Trata-se de um protótipo idealizado pela montadora auxiliado por Gordon Murray, ex-projetista da Fórmula 1. O modelo é movido a eletricidade e possui boas características. Ele está na mesma categoria que o Smart Fortwo, com pouco mais de 1 metro e meio de comprimento e capacidade para dois ocupantes.

O Motiv.e vem equipado com um motor elétrico que gera 33 cavalos e incríveis 97 kgfm de torque, o que equivale a cerca de dez vezes o que apresenta um modelo compacto de entrada, como o Uno Mille. O peso também é surpreendente, com 730 quilos, o carro é considerado bem leve, o que ajuda no torque. Para fazê-lo rodar, é necessário um conjunto de baterias de lítio, com autonomia para até 100 km. A recarga pode ser feita na rede elétrica de casa mesmo, em três horas padrão ou duas no carregador rápido. A versão a gasolina apresenta um bloco 1.0 de três cilindros com transmissão semi-automática e câmbio de seis marchas.



O protótipo apresentou um desempenho mediano, chegando aos 100 km/h em apenas 15 segundos. Já a velocidade máxima do carro é de 105 km/h, segundo a fabricante. A segurança do carro foi um dos pontos levados em consideração, sobretudo pelos tubos de aço ligados à estrutura, protegendo os ocupantes em casos de batidas. Além disso, o carro conta com freios ABS, possui airbags e tem controle eletrônico de estabilidade.

Outros carros já foram projetados pela marca, contudo, não chegaram a ser produzidos. As expectativas para o Motiv.e são as melhores, começa pelo nome, que remete à motivação, mas será que irá motivar os clientes a comprá-lo? O preço será um atrativo do lançamento. Ele será vendido na Europa por € 9.500 (cerca de R$ 29.900, sem impostos). A Yamaha irá produzir 200 mil unidades do automóvel anualmente e deverá lançá-lo em 2016. 



Por Robson Quirino de Moraes



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *