No mês de setembro foram produzidos 174,2 mil veículos, registrando queda de 42,1% em comparação ao mesmo mês de 2014.

A economia brasileira continua mostrando suas fragilidades em diversos setores. Uma das principais indústrias do país, a automotiva, está enfrentando grande retração neste ano.

Segundo dados divulgados pela Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores), no mês de setembro a retração na fabricação de veículos foi de 42,1%, comparando com o mesmo mês do ano passado.   

O número traz grande preocupação para o setor que via no país, em anos anteriores, grande oportunidade de expansão e investimentos.

Diversas empresas estrangeiras do setor investiram em fábricas no país, proporcionando empregos para o mercado brasileiro. Com as quedas nas vendas, a tendência de dispensas é cada vez maior, prejudicando ainda mais a economia brasileira.  

Somados os automóveis, comerciais leves, ônibus e caminhões, em setembro foram produzidos 174,2 mil veículos. Para comparação, no nono mês de 2014 foram 300,8 mil veículos produzidos. Em relação ao mês de agosto, onde foram produzidas 216,6 mil unidades, setembro/2015 registrou uma queda de 19,5%. Já no acumulado do ano, a queda também é considerável, apesar de ser menos acentuada. Este número é de -20,1%.

Nos nove primeiros meses de 2015 foram fabricados 1,9 milhão de veículos no país. Já no ano passado, no mesmo período, a produção chegou a 2,38 milhões. Segundo a Anfavea, a projeção para o fechamento de 2015 é de que o declínio fique em cerca de 24%.   

Um outro dado bastante interessante divulgado pela Anfavea mostra que o mercado internacional está se recuperando, ajudando no aumento das exportações. Houve um aumento significativo nas exportações em setembro de 2015 em comparação com o mesmo mês de 2014. Com 33,5 mil carros vendidos, o aumento foi de 28,7%. Mesmo com mais carros vendidos, o montante arrecadado de US$ 834 milhões foi 9,7% menor do que no ano passado. As exportações, no acumulado do ano, caíram 10,8% em valor e subiram 12,3% em vendas.

Por William Nascimento

Produção de veículos

Foto: Divulgação


Novo modelo contará com novo motor 1.0 turbo e será lançado no dia 15 de setembro no Salão de Frankfurt.

Mostrado pela primeira vez como ik.2 Concept, no Salão de Genebra, o novo hatchback da Suzuki, o Baleno, será apresentado ao público em setembro.

Com esteia marcada para o dia 15 de setembro no Salão de Frankfurt, o novo hatch compacto da Suzuki irá combinar “design estiloso, amplo espaço interno e novas tecnologias”, nas palavras da marca.

Ainda sem muitos detalhes divulgados, o que se sabe é que o Baleno será uma alternativa mais racional ao Swift, graças às dimensões um pouco maiores (4,02 metros de comprimento e 2,52 metros de entre – eixos) e maior versatilidade. Sob o capô, o compacto vai estrear o novíssimo motor 1.0 litro com turbo compressor e injeção direta. As diferenças ficam por conta de detalhes como para-choques, rodas e acabamentos.

Os conjuntos óticos também mudam nesta versão de produção, num modelo que deverá manter as medidas do iK-2, modelo que tinha 4,0 metros de comprimento, 1,92  metro de largura, 1,45 metro de altura e 2,52 metros de distância entre eixos.

A Suzuki promete para este motor força e eficiência suficientes para as melhores prestações e economia de combustível. Para ficar ainda mais interessante, o Baleno seguira o novo conceito de construção leve da Suzuki.

O lançamento vai ao encontro de legislações, principalmente na Europa, que exigem propulsores que gastem menos combustível e emitam menos gás carbônico na atmosfera.

Embora o turbo compressor dê mais torque e potência ao veículo, a ideia é tornar os veículos mais sustentáveis. Essa onda, chamada de "downsizing", começa a chegar ao Brasil com o lançamento do Volkswagen Up! TSI.

A novidade estreia no novo hatch Baleno. O nome já é conhecido, inclusive no Brasil, mas o formato é inédito, derivado do conceito iK-2, que foi mostrado no Salão de Genebra, em março deste ano. Ainda não há informações sobre comercialização do modelo no Brasil.

Por Guido Michel Macris

Suzuki Baleno

Suzuki Baleno

Suzuki Baleno

Fotos: Divulgação





CONTINUE NAVEGANDO: