Confira aqui as principais novidades no Nissan Sentra 2017.

A fim de conseguir melhores resultado de vendas no setor dos sedãs médios aqui no Brasil, a grande e renomada fabricante de veículos automotores Nissan fez o lançamento da linha 2017 do Sentra. Nessa nova edição o modelo passou por uma reformulação em que novos equipamentos de série foram inseridos.

O Nissan Sentra versão 2017 chega ao mercado com a mesma motorização, ou seja, o antigo propulsor 2.0 flex com capacidade de produzir 140 cavalos de potência e um torque de 20,3 Kgfm a 4.800 rpm, propulsor este que continua também trabalhando em conjunto com o câmbio do modelo CVT. Nessa nova linha 2017 do Sentra, a Nissan parou de fabricar a versão de entrada do veículo, a S, com o câmbio manual de seis velocidades. Segundo as expectativas da empresa, a versão do veículo que deve ser mais vendida por aqui será a intermediária, denominada SV.

Na versão 2017 o Nissan Sentra que chegará ao mercado nacional virá importado do México e chegará com para-choques redesenhados, inclusive com entradas de ar maiores, além de contar com nova grade frontal em formato de V e novos faróis com a presença de LEDs para condução diurna.

No interior do veículo, as novidades ficaram por conta de novos detalhes confeccionados naquele plástico preto brilhante chamado black piano, bem como com a presença de novos grafismos que foram inseridos no painel de controle. O volante do veículo também passou por uma atualização.

Com relação aos itens de série, nas versões anteriores o Sentra só disponibilizava a tecnologia de controles de estabilidade e tração em suas configurações intermediárias, porém, nessa nova linha o item já é ofertado de série, além disso, o veículo possui central multimídia com visor de cinco polegadas sensível ao toque, retrovisor fotocrômico, faróis com sistema de acendimento automático e sensor de estacionamento traseiro.

Algumas mudanças feitas nessa nova linha do Sentra 2017 são facilmente percebidas logo que se entra no veículo, tais como acabamento interno feito com materiais mais suaves ao toque, volante com revestimento feito em couro e com a presença de botões de comando para a central de multimídia, bem como do piloto automático.

No geral, essa nova geração do Sentra chega como um veículo totalmente reformulado, haja vista que a cabine interna possui um bom nível de conforto e um isolamento acústico ainda mais eficiente.

Por Adriano Oliveira


Modelo está com um visual mais moderno e ganhou novo pacote de itens.

Há alguns anos a briga dos veículos automotores sedãs médios, aqui no mercado brasileiro, tem sido bastante acirrada. Nesta perspectiva, na nova geração desses sedãs não poderia ser diferente.

Após a renomada fabricante Honda ter confirmado os primeiros passos do Civic 10 (veículo este previsto para chegar ao mercado brasileiro até o segundo semestre do ano de 2016) e da promessa da Chevrolet em lançar o Novo Cruze no próximo ano, agora é o momento da fabricante japonesa Nissan anunciar a atualização do Sentra, veículo lançado mundialmente no ano de 2012.

Como a concorrência no setor é bem grande, ainda correm por fora o recém modificado Peugeot 408, o Ford Focus Fastback, o Renault Fluence, o Citroën C4 Lounge e o Volkswagem Jetta.

Este novo Sentra foi anunciado como modelo 2016 no Salão de Los Angeles (EUA), sendo que chegará às lojas Norte Americanas no final do mês de Dezembro com um visual mais arrojado e interessante, visual este que seguirá os preceitos da nova identidade da Nissan.

As primeiras novidades ficarão por conta da substituição daquela antiga carinha oriental e cansada que possuía grandes pontos de LED, que faziam referência aos modelos chineses e que agora foi substituída por guias de luz e faróis de xénon, detalhes estes comumente encontrados nos veículos europeus.

Para atrair os consumidores, as mudanças não ficarão somente na parte externa, tendo em vista que o veículo foi contemplado com um novo pacote eletrônico composto pelos seguintes acessórios: freio automático nas versões mais caras, alertas de trafego cruzado e ponto cego na traseira, bem como piloto automático inteligente.

Nesta primeira análise, os equipamentos e o visual deste novo Sentra conseguem responder a altura o seu principal concorrente aqui no Brasil, que deverá ser o novo Honda Civic. A única notícia desanimadora a respeito deste novo Sentra é que fontes ligadas à Nissan já garantiram que por enquanto a fabricante não possui planos imediatos para a inserção deste veículo no mercado nacional.

Por Adriano Oliveira





CONTINUE NAVEGANDO: