Nova geração terá preços a partir de R$ 114.860, e contará com um visual mais moderno e despojado.

Certamente a Toyota Hylux deve ter esgotado os seus estoques. O veículo estava sendo encontrado com abatimentos de mais de R$ 16 mil de desconto e teve alto fluxo de movimentação de compradores querendo correr para fazer um bom negócio. O motivo? É que estava por vir a nova geração, totalmente reformulada, trazendo versões para agradar diversos estilos. Quem não se importou em obter um modelo antigo teve a oportunidade de fazer um grande negócio.

Para quem preferiu esperar, a chegada da nova geração da Toyota Hilux 2016 após expectativas já tem data marcada para vir ao Brasil. O modelo foi confirmado nesta quinta-feira, dia 05, e tem previsão de apresentação no dia 17 de novembro, com lançamento para consumo até dezembro deste ano.

A picape Toyota teve sua origem em 1968 e encontra-se hoje em sua 8ª geração.

O novo modelo teve sua primeira apresentação na Tailândia no início deste ano e vem para o Brasil através de importação, da Argentina, onde será produzida. Terá 5 versões e o preço será a partir de R$ 114.860.

A picape terá visual mais moderno e despojado, com mais cara de carro de passeio, será maior e mais larga, na parte interna terá mais espaço e visual mais elegante na cor preta, luzes diurnas de LED, os faróis, para-lamas e acessórios da dianteira e da traseira que antes eram arredondados, agora vem apresentando contornos achatados.  A Toyota garante que o veículo terá mais dirigibilidade e conforto, suspensão renovada, novo conjunto mecânico e dará mais segurança. Terá uma versão com chassi-cabine, apenas voltada para empresas que será vendido por encomenda.

A versão fabricada na Tailândia foi avaliada com 5 estrelas na proteção para adultos e 4 estrelas para crianças.

O site www.toyota.com.br/hilux-2016  traz informações sobre o produto, e vem com contagem regressiva para a sua chegada.

Por Lilian de Oliveira

Toyota Hilux 2016


A Toyota apresentou na última segunda-feira (31 de outubro) a nova picape Hilux, chamada de SRV A/T TOP. O evento aconteceu na cidade de Bento Gonçalves, interior do Rio Grande do Sul, e contou com a presença da imprensa especializada em automóveis.

Entre as principais mudanças no visual do novo carro está a dianteira, que recebeu uma grade cromada. Os faróis e o para-choque agora têm refletores. O veículo deve ser montado em Zarate, na Argentina.

O para-choque traseiro também é um dos destaques da nova Hilux, além das lanternas, que possuem um estilo completamente novo. Os retrovisores laterais agora têm luzes de sinalização, uma tendência cada vez mais comum. Dentro do carro o conforto é um dos pontos positivos e a novidade fica por conta do painel moderno, equipado com muita tecnologia. Os bancos e as portas também sofreram alterações leves.

O motor da nova Hilux é 2.7 flex e conta com 158 cavalos de potência. A nova picape deve ser a última da atual geração, que deve durar até 2014. A Toyota deve lançar também uma versão com cinco lugares. O carro com motor a diesel deve parar de ser fabricado.

Por Mozart Artmann


A Toyota liberou oficialmente as primeiras informações e fotos da versão 2012 da Hilux, que vai estrear na Austrália, a partir de setembro, e estará disponível nas versões 4×2 e 4×4, com cabine simples, dupla ou estendida. 

Visualmente, as novidades são a grade frontal com barras cromadas; para-choque dianteiro diferenciado e com entradas de ar maiores; para-choque traseiro cromado; novos faróis duplos e capô renovado, para se adaptar às mudanças na dianteira, que deram um aspecto de “rosto sorridente” à picape.

Internamente, as alterações são em menor número, com destaque para alguns componentes que ganharam detalhes cromados, novo painel de instrumentos e principalmente para o sistema multimídia Toyota Touch, que conta com uma tela LCD de 6,1 polegadas, localizada no console central.

Na motorização, as opções continuam as mesmas, com os blocos turbodiesel 2.5 D-4D, que passou por alterações, para entregar 144 cv de potência e torque de 34,8 kgfm, e o propulsor 3.0 D-4D, que gera 171 cv de potência.

Cabe lembrar que as informações citadas referem-se ao modelo que será comercializado na Austrália e também na Europa. A versão “brasileira”, que chega no próximo ano, será produzida na Argentina, e vai oferecer um novo motor 2.7 flex.

Por André Gonçalves





CONTINUE NAVEGANDO: