O lançamento do Peugeot 508 foi uma conquista exata entre os carros importados. Ele chegou para substituir o Peugeot 407 e para competir com o Hyundai Azera e o Volkswagen Passat.

Com a chegada do 508, a nova imagem da Peugeot vai se fortalecendo com relação à identidade visual, que continua com a grade avantajada e os faróis mais estreitos e esticados, no entanto, aplicados de forma mais elegante e poderosa, devido ao capô com vincos.

Outras novidades são o botão de partida (desta vez encontrado ao lado esquerdo do motorista) e a alavanca de câmbio (que foi elevada estrategicamente para servir ao motorista com rapidez e facilidade).

As especificações técnicas deste veículo sedan compreendem motor 1.6 THP (Turbo High Pressure), que pode gerar até 165 cv e 24,5 kgfm de torque, com câmbio automático de 6 velocidades.

Para finalizar, é fato que a Peugeot acertou com este novo modelo oferecido a R$ 119.990. O veículo não deixou a desejar e equilibrou a velocidade com o conforto interno e o acabamento impecável já conhecido da montadora.

Confira mais informações sobre o carro no site www.peugeot.com.br.

Por Anne A. Matioli Dias


Elegantes, simpáticos, bonitinhos. São essas algumas das palavras destinadas aos veículos MINI, pertencentes ao Grupo BMW. Os modelos já ilustraram vários filmes de grande sucesso de Hollywood. Pelo Brasil, aqueles que os têm geralmente gostam de aproveitar um belo domingo de sol para um passeio pelas ruas e avenidas.

No dia 24 de março, a cidade de Brasília recebeu a primeira loja da MINI, batizada Welt MINI. Por lá já são encontrados veículos da marca, bem como acessórios e a linha MINI Lifestyle. Os brasilienses terão, finalmente, a oportunidade de averiguar de perto o design elegante dos carros dispostos.

De acordo com Martin Fritsches, diretor da marca no país, o Grupo BMW atravessa bom momento no Brasil e no continente latinoamericano, com entrega de quase três mil unidades nas terras brasileiras em dois anos de mercado.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Assessoria de Imprensa


O número de concessionárias espalhadas pelo país cresce vigorosamente a cada ano. Em 2010, as chinesas Chery e Lifan inauguraram unidades em vários estados e a JAC Motors, outra recém-chegada, já disponibiliza aos brasileiros uma loja inaugurada há poucos dias, próxima ao CEAGESP de São Paulo.

O grupo SHC, que conta com concessionárias da fabricante Citroën, acaba de anunciar seu mais novo ponto na capital paulista, mais precisamente na Avenida Bandeirantes (Itaim Bibi), um dos locais mais movimentados da cidade por estar próximo de grandes empresas e do aeroporto de Congonhas, além de se situar no caminho para o Porto de Santos.

A expectativa de vendas na nova Francecar é alta. De acordo com Domingos Boragina Neto, diretor-comercial da Citroën do Brasil, os números devem chegar a 100 veículos novos e outros 40 seminovos por mês, a serem completados pela disponibilidade de serviços e peças aos clientes da fabricante.

A inserção de uma nova unidade deve complementar os índices positivos da Citroën em terras brasileiras entre janeiro e fevereiro deste ano, pois as vendas subiram mais de 57% em comparação ao primeiro bimestre de 2010, para 14.524 unidades.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Citroën


A marca Subaru pretende expandir suas vendas no Brasil. O estado do Paraná recebeu novas lojas da montadora. Uma delas foi recentemente inaugurada em Maringá e outra tem previsão de abertura para fevereiro de 2011.

Um dos motivos para a expansão da marca japonesa foi o seu aumento de 54,4% nas vendas em relação a 2009. Para 2011 pretendem obter um crescimento de 100% nas vendas em relação a 2010.

Representantes da Subaru no Paraná explicam que esse crescimento das vendas deve-se à estabilidade da economia, que propicia ao comprador mais confiança para adquirir um veículo, e da boa aceitação dos paranaenses com os automóveis Subaru.

Em 2010, a Subaru trouxe para o Brasil diversos modelos como o hatch Impreza 2.5 WRX e sua versão sedan, os modelos Legacy nas versões  2.0 e 2.5 turbo; o Subaru Impreza XV e a Forester com motores  2.0 e 2.5 Turbo, além do modelo Outback 3.6.

Por Selma Isis





CONTINUE NAVEGANDO: