Multas por farol apagado no Distrito Federal serão anuladas



  

Multas que foram aplicadas no dia 18 de julho serão anuladas no Distrito Federal.

O Governo do Distrito Federal anunciou que as multas que foram aplicadas aos motoristas nesta Unidade da Federação até a segunda-feira, dia 18 de julho, por transitarem com farol baixo apagado em rodovias durante o dia serão anuladas. Entretanto só será válida a medida para os condutores que não são reincidentes nesta infração. A partir da terça-feira, dia 19 de julho, as multas por não utilizar o farol durante o dia serão registradas normalmente.

Desde o último dia 8, quando a lei entrou em vigor, já foram registradas 5.055 multas no Distrito Federal pela infração de não uso do farol. O governador Rodrigo Rollemberg disse que a conversão de multa em advertência está previsto no artigo 256 do Código Nacional de Trânsito (CNT) e que o objetivo do governo não é arrecadar.

O governador também informou que perdoar às multas é uma maneira de levar o conhecimento aos motoristas. Por ser uma medida nova, os condutores ainda não estão acostumadas com a mesma.

Rollemberg disse que tomou tal decisão assim que analisou o caso juntamente com o Batalhão de Trânsito da Polícia Militar e o DER. De acordo com Henrique Luduvice, diretor do DER, o órgão fez diversas campanhas educativas antes de vigorar a lei.

A norma obriga o motorista a manter ligado o farol baixo ao trafegar em rodovias, durante o dia. O condutor que for flagrado será multado em R$ 85,13 mais quatro pontos na carteira.





De acordo com o DER, o Distrito Federal possui aproximadamente dois mil quilômetros de rodovias vicinais, federais e distritais. Com o farol baixo ligado, o órgão diz que pretende reduzir os índices de acidentes.

O DER do estado de Pernambuco também deixou de emitir as multas para os motoristas desde o último dia 12. A medida é válida para 15 rodovias estaduais localizadas na Grande Recife. Segundo o Departamento, as multas não serão aplicadas durante os próximos 40 dias.

Durante o período que as multas estão suspensas, terá uma intensificação no reforço na sinalização e no trabalho educativo das estradas sob jurisdição do estado e alguns locais terão placas informativas. A decisão foi tomada em reunião realizada pelos representantes do Conselho Estadual de Trânsito juntamente com o Batalhão de Polícia Rodoviária – BPRv.

Por Filipe Silva

Farol apagado

Foto: Divulgação



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *