Lançamento do Nissan GT-R Nismo 2017



  

Novo modelo especial conta com modificações que o deixaram ainda mais potente.

Após ter sido lançado oficialmente no mês de março no evento denominado Salão de Nova York, agora a versão mais atualizada do Nissan GT-R ganhou uma reestilização feita pelo setor esportivo da fabricante japonesa, sendo que esta nova versão terá o sobrenome Nismo. Segundo os dados estatísticos da fabricante, o propulsor do Nissan GT-R possui a capacidade de produzir uma potência de incríveis 600 cavalos, detalhe que ilustra muito bem o apelido carinhoso dado ao modelo, “Godzila”.

Toda essa força disponibilizada ao veículo é oriunda do propulsor V6 de 3.8 litros, o qual é equipado com dois turbocharger, os quais são utilizados nas competições da GT3. Quando o veículo está em uma faixa de rotação entre 3.600 e 5.600 rotações por minuto, o torque máximo entregue às rodas é de 66,5 Kgfm.

Do mesmo modo que os propulsores de 565 cavalos da versão convencional do veículo, o motor do GT-R Nismo é produzido na cidade de Yokohama, no Japão. A fabricação desse motor é realizada por engenheiros muito experientes, os quais deixam suas assinaturas em uma placa na parte inferior do capô.

Este motor trabalha em conjunto com uma transmissão automatizada composta pelo sistema de dupla embreagem dotada de seis velocidades.

Nessa versão mais esportiva, o para-choque dianteiro foi feito de maneira diferenciada, sendo que ele foi confeccionado por diversas camadas de fibra de carbono, a fim de que a aerodinâmica do veículo fosse mantida mesmo em velocidades elevadas. Segundo a Nissan, essa atualização do modelo deixou o GT-R Nismo mais confortável para ser conduzido nas ruas urbanas, bem como mais confortável.

Já na parte interna, os acabamentos do veículo também foram modificados, modificações estas que incluíram a inserção de couro Alcântara no console central, no descanso de braço e no volante. Este revestimento luxuoso também foi colocado em detalhes vermelhos nos assentos esportivos Recaro.





A tela da central multimídia do veículo nessa versão veio maior e o número de botões teve uma redução de 27 para somente 11. Neste superesportivo também há um eficiente sistema para a realização da filtragem de ruídos indesejados, para que os condutores possam apreciar com maior qualidade o som do propulsor.

No Brasil a expectativa da Nissan é que o GT-R comece a ser comercializado sob encomenda no final desse ano de 2016.

Por Adriano Oliveira



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *