Lançamento do Renault Grand Captur no Brasil



  

Veículo será produzido no Paraná ainda este ano.

A produção do Renault Grand Captur, projeto este que será produzido sobre a base do Duster, está agendada ocorrer lá pelo meio deste ano. A versão do crossover será montado na cidade de São José dos Pinhais, no Paraná, agora no ano de 2016.

O carro que saiu através do projeto HHA será bem maior do que o Captur original, que possuía 20 cm a menos que o Duster, ou seja, 4,12 m. O Grand poderá passar dos 4,40 m. A base será a B0, a mesma da linha Duster, porém, com dimensões estendidas, da mesma forma que aconteceu com o Oroch. Ocorreu também um aumento na altura, propiciado pelo teto mais alto e com isso serão instalados mais dois bancos no porta-malas. O projeto foi desenvolvido para países emergentes, o que acabou por priorizar o aumento da quantidade de assentos, uma funcionalidade muito requerida no Sudeste Asiático e na Índia. Assim como a picape, o “Captur aumentado” terá suspensão multilink na traseira, assim como no Duster 4X4.

A parte mecânica será cedida pelos modelos da Nissan e com isso o carro terá um propulsor 1.6 HR16, que são utilizados no Versa e March, além do F4R 2.0 do Duster. Os novos propulsores irão oferecer mais força e eficiência em altas e médias rotações, além de adotar também um câmbio automático de 4 marchas.





Com relação ao valor, o carro deve ter seus preços iniciais por volta dos R$ 75 mil, tendo a possibilidade de chegar a R$ 85 mil na versão mais top de linha. Acredita-se que será uma opção maior do que os crossovers compactos atuais, como o Honda HR-V e o Renegade, porém, pelo mesmo valor. Por sua vez, o modelo Duster deverá continuar no investimento de uma poderosa arma, um custo-benefício mais atraente. Em relação ao Captur europeu, o estilo mudará, o qual já possui diversos anos de estrada.

Nádia Neves



5 comentários em “Lançamento do Renault Grand Captur no Brasil

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *