Fabricação do Nissan Leaf no Brasil



  

Montadora deverá produzir o carro elétrico em sua fábrica no Rio de Janeiro.

A Nissan anunciou que o Leaf terá parte de sua fabricação feita no Brasil, mais precisamente no Rio de Janeiro. O objetivo da marca é a produção do modelo no sistema CKD, sendo que as peças vão chegar já prontas e serão montadas no estado carioca.

O carro elétrico japonês chegará ao mercado nacional como linha 2016. O grande destaque do veículo elétrico é a autonomia da sua bateria, que é de 270 km. Em uma comparação com a versão atual do modelo, a bateria roda 150 km sem necessidade de recarga.

João Veloso Jr, diretor de comunicação da Nissan, deu entrevista e afirmou que o primeiro modelo do Leaf deve ser produzido na fábrica de Resende, no Rio de Janeiro, no ano de 2017. Segundo o mesmo, ele será totalmente nacionalizado apenas em 2020. Outra possibilidade que Veloso comentou é a fabricação do E-NV200 no Brasil.





Assim como outras empresa que trabalham com a fabricação de carros elétricos, a Nissan também espera que o projeto de lei 174/2014 seja aprovado. O mesmo poderá conceder isenção do IPI para modelos elétricos que tenham a produção no Brasil.

Recentemente, houve a aprovação da resolução que dá a isenção para modelos elétricos, movidos a hidrogênio e híbridos plug-in para o imposto de importação. Com isso, pode acontecer uma diminuição de até 30% no curso dos carros importados. Desta maneira, o Nissan Leaf, que tem um preço sugerido em R$ 200 mil, poderia ter esse valor reduzido para R$ 140 mil. Como aconteceria a montagem no Brasil e uma provável isenção para o IPI, o preço tenderia a ser ainda mais barato.

Kia Motors:

A montadora também divulgou que vai importar a versão elétrica do seu modelo Soul. Isso aconteceu também devido a resolução 96 da Camex. O Soul EV já teve homologação para transitar no Brasil. A bateria do modelo tem uma autonomia de 199 km.



1 comentário em “Fabricação do Nissan Leaf no Brasil

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *