Mel foi transformado em combustível na Bahia



  

Empreendedor baiano conseguiu transformar mel em combustível para seu veículo.

Luiz Jordans é nome de um inventor baiano que conseguiu transformar mel em combustível e vem chamando a atenção não só das autoridades brasileiras, mas também de vários outros países. Luiz é dono de uma produtora de mel no sudoeste da Bahia, na cidade de Barra do Choça e conseguiu realizar um feito que para muitos seria impossível: transformar o mel em combustível para seu automóvel.

E ele agora conseguiu zerar o descarte do mel e hoje utiliza um veículo para o seu empreendimento, somente à base do mel combustível.

A empresa de Luiz Jordans chega a produzir mais de 10 mil quilos de mel mensalmente e 100 quilos deste mel são descartados mensalmente, porque é um mel que traz riscos se for consumido pelo ser humano, então a solução era transformar todo este mel que seria jogado fora, em ração, que serve de alimento para as abelhas, só que havia o risco de fermentação e isso trazia risco para as abelhas.

A solução seria pegar todo este mel e simplesmente jogá-lo fora, só que Luiz Jordans é muito preocupado com a questão ambiental e não queria danificar o meio ambiente com este descarte. Luiz começou então a pesquisar o que poderia ser feito com este mel e descobriu que ele poderia ser transformado em álcool e com a ajuda da FAPESB – Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia – e também do SENAI – Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial – o empresário começou a dar um novo destino ao mel que deveria ser descartado.

O empresário Luiz Jordans conseguiu, ainda, transformar este mel em produtos que possuem as características para ser utilizado na produção de extratos medicinais e até de licores. Luiz Jordans ainda percebeu que 30% deste mel seria jogado fora, mas ele queria aproveitar todo o mel e não jogar nada no meio ambiente e assim começou um novo projeto, que é este de utilizá-lo como combustível.





Agora o mel  passa por uma fermentação, depois vai para a destilação e chega ao mel combustível. Então, o descarte de mel na empresa do Luiz Jordans é zero, como ele desejava.

O mel combustível é utilizado no veículo da própria empresa e Luiz disse não ter pretensão de utilizar o álcool do mel para fins comerciais, mas sem dúvida alguma, é mais uma solução para a substituição do petróleo que tanta poluição traz para o meio ambiente.

Por Russel

Mel combustível

Foto: Divulgação



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *