Toyota – Teias de aranha prejudicam airbags de carros



  

A Toyota alerta sobre o fato de que teias de aranha podem fazer com que os airbags inflem acidentalmente e façam com que motoristas percam o controle do volante.

A razão dada foi que teias pegajosas podem causar um bloqueio, o que poderia, por sua vez, ativar os airbags do lado do condutor, bem como cortar a direção hidráulica dos carros, potencialmente resultando em um acidente desagradável.

A Toyota também explicou que as teias de aranha podem causar um bloqueio em um tubo de drenagem que vem do condensador do ar condicionado dos carros, o bloqueio faz com que a água escorra para dentro do módulo de controle do airbag, cause curtos-circuitos acionando uma luz de advertência preocupante no painel, ou fazer com que o airbag infle de repente.

A empresa alertou que há ainda um risco de perda completa da “direção assistida” e essa perda resulta em um aumento do esforço de direção.

A Toyota está no processo de notificar os proprietários dos veículos afetados e disse que suas concessionárias só precisam aplicar o selante e instalar uma tampa no ar condicionado condensador na  unidade costura habitacional localizado acima do módulo de controle do airbag, para corrigir o problema.

Um dos modelos que precisa de reparos é o Camry, que é o carro mais vendido nos Estados Unidos, já tendo vendido 318.990 veículos este ano. Do número enorme que precisa de fixação, 847 mil estão na América do Norte com o restante da Europa, Ásia e Oriente Médio.

Camry





Toyota Camry

Foto: Divulgação

De acordo com a Toyota, não houve nenhuma falha devido ao erro ainda. Um porta-voz da Toyota disse à CNN Money que a empresa está ciente de três casos de airbags que inflaram de repente e 35 casos de luzes de advertência acionadas.

A empresa disse que, nos casos que investigou, a causa foi as teias de aranha, mas não pode confirmar que todos os casos sejam de responsabilidade dos aracnídeos.

Por Jaime Pargan



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *