Fisker pretende entrar no mercado chinês em 2013



  

A Fisker está buscando aumentar os seus mercados consumidores para a venda de seus automóveis.

Esta necessidade surge como uma tentativa da montadora de fugir da crise econômica que está causando recessão nos Estados Unidos e Europa onde a empresa comercializa a maior parte de seus veículos.

Em virtude desta situação, a Fisker anunciou que pretende entrar no mercado automotivo da China já no segundo trimestre de 2013, pois este país tem uma estimativa de crescimento na venda de carros de luxo no montante de 2,7 milhões de veículos até o ano de 2020.





Além disso, a empresa norte-americana entrou recentemente no Oriente Médio com o início da oferta de alguns veículos de luxo nesta área do planeta.

Devido ao potencial destes países emergentes, a Fisker quer aproveitar este bom momento fazendo alianças com empresas locais visando o financiamento desta expansão.

Por Ana Camila Neves Morais



Compartilhar:

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *