Juros de Financiamento de veículos – Cuidados



  

É muito importante saber os custos envolvidos na compra do carro novo e os impactos que podem ser acometidos ao orçamento da família. E, por que não procurarmos entender como vai ser o pagamento daqui a dois ou três anos nas parcelas do seu carro novo? Esta preocupação pode livrar o consumidor de uma verdadeira cilada da " Bola de Neve" nas finanças pessoais.

Afinal de contas, na concessionária, o vendedor quer vender, e muitas vezes, a qualquer custo (não os dele. Evidentemente!). Por isso, apesar de estar sugerindo que esta seja uma matéria sobre finanças ou impostos, acredito que ela passa a ter a mesma importância para quem deseja comprar seu automóvel com a segurança de saber exatamente o que vai acontecer durante a sua jornada de pagamento do "bem querido"!

Sendo assim, vamos simular a compra de um automóvel, e entender aquelas continhas que o vendedor da concessionária faz e que quase sempre, não fica muito claro para nós! Suponhamos que você tenha chegado em uma concessionária e encontrou o veículo que gostaria de comprar e para checar se o pagamento do veículo ficaria compatível com seu orçamento você consultou o vendedor.

O valor do carro seria (em hipótese): 15 mil reais, e foi ofertado um percentual de juros de muito baixo, pela compra do carro. O vendedor disse que você, certamente, poderia comprar o carro por pequenas parcelas de apenas R$754,00 em 24 meses, com juros, ínfimos, segundo o vendedor, de menos de 1% ao mês. Até aí, tudo bem. Mas, vamos pensar um pouco!  Por precaução financeira, (a economia é regida por cautela e previsão de riscos), se multiplicarmos o valor das parcelas, proposto pelo vendedor, pelo número de meses, teremos:

Valor do carro à vista = 15 mil reais.                                                                                                                                                                                                                                                                                                       





Valor de parcelas/meses = R$ 754,00

Total Pago em 24 meses = R$ 754,00 x 24  =  R$ 18096,00

Então, isso significa que a taxa percentual de juros ficou acima do valor abstraído pelo vendedor como muito pequeno, ou, menor que 1%. Na verdade, o valor percentual pulou para 1,56%. este exemplo, fictício, pode muito bem, ocorrer comigo, com você, com seu vizinho, ou seja com quem for.

Por isto, tenha muita a cautela na hora de assinar o contrato de compra e financiamento do seu carro novo, ou de outros bens de consumo. As facilidades expostas pelo vendedor ou propagandas, podem ocultar ciladas deste tipo. Então, lápis e caneta na mão, um bom caderninho de anotações para fazer as contas, ou até uma calculadora simples e conhecimentos básicos de porcentagem e juros simples e compostos, podem fazer a maior diferença nesses momentos. 

Por Silvio Teixeira



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *