Chevrolet Volt – Fabricação do veículo poderá ser aumentada



  

O desenvolvimento sustentável do planeta foi um tema debatido com intensidade por Marina Silva, candidata do Partido Verde (PV) derrotada no 1º turno das eleições deste ano. A sociedade se interessou pelas palavras proferidas pela senadora, tanto que seus votos acumulados ao final do pleito surpreenderam não apenas a própria sociedade, mas também especialistas políticos.

Ao ampliar o horizonte sustentabilidade tem-se boa gama de temas, um deles veículos automotores e as novidades para evitar prejuízos à natureza. Dan Akerson, CEO da General Motors, assegurou recentemente que a montadora pensa em algumas maneiras de duplicar e até triplicar o volume de fabricação do Chevrolet Volt.

Matéria veiculada pelo Quatro Rodas assinala que até o momento 240 mil consumidores potenciais já demonstraram interesse em adquirir o carro. Contudo, a produção delineada para 2011 é de 10 mil unidades, volume que pode chegar a 45 mil num prazo de dois anos.





Para Mark Reuss, presidente da General Motors da América Norte, a fabricação do Volt pode ser ampliada por meio de um aumento na produção de células imprescindíveis para a montagem das baterias. É possível existir versão flex do automóvel abastecida com E85 (85% de etanol e 15% de gasolina).

De qualquer maneira, o foco ao Volt é a movimentação por meio de motores elétricos. Devido a esse fator a GM deve contratar cerca de mil funcionários somente para setores de tecnologia. Em trajetos urbanos, o carro é impulsionado somente com eletricidade.

Por Luiz Felipe T. Erdei



Compartilhar:

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *